Click here to load reader

MAIS PREZA - 20-07

  • View
    220

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição #53 do Mais Preza

Text of MAIS PREZA - 20-07

  • 5 3#

    c o m p o r t a m e n t o m s i c a c u l t u r a i n t e r n e t c a r r e i r a c i n e m a m o d a a g i t o

    PORTO ALEGRE,SEXTA-FEIRA,20 de julho de 2012

    Continua na pgina 2

    Amizadesem mitos

    Imagine voc: duas pessoas se conhecem na faculdade, viram amigos, se tornam namorados, ficam namoridos e voltam a ser apenas melhores amigos. Foi exatamente esse o caminho que a relao dos estudantes Jeni Severo e Rodrigo Oliveira, ambos de 24 anos, tomou. Depois de namorarem seis meses e at morarem juntos, eles resolveram se separar. Mas

    a parceria e o carinho eram to grandes que no conseguiram se desgrudar, permanecendo, inclusive, morando juntos por quase dois anos. Curto tanto ele que, quando fui morar sozinha, me mudei para um apartamento h duas quadras do dele para ficar perto, conta Jeni, que continuou almoando, indo para a faculdade e saindo com o Rodrigo direto, somente como amigos.

    Ex

    OS TIPOS e nveis de amizadesP

    G.2 YOUPIX

    em Porto AlegrePG.

    3 REMA, REMA no Stand Up PaddleP

    G.4

    Hoje um dos dias em que as redes sociais mais lotam de gifs e frases prontas. Dia em que muita gente perde a esperana de ficar com aquela paixonite secreta porque ela diz feliz Dia do Amigo. Mas nem s de mensagens animadas e desiluses se vive a vida. Falando srio, hoje tambm (mais um) dia de estar com aquelas pessoas que a gente a-m-a, muitas vezes, sem nem saber por qu. Sim; estamos falando do Dia do Amigo e, em pleno 2012, no h espao para preconceito, ainda mais quando o assunto amizade. Por isso, a gente conversou com uma galera e separou para vocs vrios quebra-mitos. Sabe aquele tipo de relao que todo mundo se acostumou a dizer que impossvel, sem condies? Resolvemos provar que tudo balela e que amizade pode rolar fcil, dependendo s da sintonia, e nunca da circunstncia. Olha a!

    Me e filha

    Idadesdiferentes

    Ser que d para encarar ser tipo best da prpria me? A Stphanie Bitencourt, 21 anos, tem certeza que sim. Ela passa o dia inteiro conectada com a me e, quando chega em casa, faz o que mais ama: pedir pizza,

    olhar um filme e colocar as fofocas em dia. No adianta, ela a minha melhor amiga, minha melhor companhia. Sempre que penso em sair, conhecer algum lugar, fazer algum programa, penso logo em convidar ela, conta.

    Quando a jornalista Cristiana Teixeira, de 37 anos, escolheu a Fernanda Ribeiro, de 21, para ser a sua estagiria, jamais imaginou que, nesse hiato de 16 anos de diferena, pudesse nascer uma grande amizade. Passamos por problemas pessoais, choramos e rimos juntas, e isso incrvel em se tratando de uma guria to jovem e que era minha estagiria, conta a jornalista, que acredita em amizade primeira vista. Logo quando olhei para a F, vi que se tratava de uma pessoa especial. Nossa empatia foi instantnea, lembra. Entre as duas, tudo sempre alto-astral na amizade, que j dura dois anos.

    #drible Nem tudo so flores. Fernanda conta que outros amigos no conseguem entender a amizade entre ela e a Cris. Alguns amigos da Cris no acreditam que eu tenha condies de acompanhar os assuntos, as ideias e tudo o que envolve o momento em que ela vive, confessa.

    #drible E como seria namorar sendo melhor amiga do ex? A Jeni encontrou uma soluo: incentivou a amizade entre o namorado atual e o anterior. A gente passa as noites na casa do Rodrigo jogando videogame e tudo ok, porque meu namorado sabe que somos s amigos mesmo, conta ela, que transformou os dois em quase baita amigos.

    #drible Uma questo a ser driblada o fato de a me, de vez em quando, querer controlar a vida dela. Como eu conto tudo, quando minha me no concorda com algo, me d umas lies de moral. Eu poderia me magoar, mas no dou bola. A gente briga e at se xinga de vez em quando, mas que outra pessoa vai perdoar to fcil como a me da gente?, brinca Stphanie.

    As ilustraes lindonas desta matria so do Renan Lima Teixeira. Voc pode conferir todo o trabalho dele aqui : renanteixeira.carbonmade.com

  • 2 S e x t a - f e i r a , 2 0 d e j u l h o d e 2 0 1 2A

    rqui

    vo P

    esso

    al/C

    P

    Curti a nova msica do The Killers, Runaways, lanada na semana passada. Primeiro single do quarto lbum da banda, intitulado Battle Born (com lanamento previsto pra setembro) ela, felizmente, parece resgatar um pouco das origens do grupo lembra a fase solo do Brandon Flowers, com uma pitadinha de U2. Apesar de ser mais baladinha, d pra cantar o refro empolgadamente nas pistas ou simplesmente t-la como uma bela companheira no iPod. Por esse aperitivo, acho que o lbum tem grande potencial pra suprir de modo satisfatrio o silncio de quatro anos. Fiquei curiosa e ansiosa.

    Fernanda Amaral, 27 anos, publicitria

    curtiO que eu

    Tudo tem jeitoDizem que a vida feita de oportunidades. T

    a uma frase que se encaixa a quase todo mundo. Sim, existe uma (no Brasil, grande) parcela da populao que no vai ter muita chance na vida. No vai mesmo? Nenhuma? Talvez seja um tanto cmodo eu dizer isso, j que tive a oportunidade de estudar, fazer uma faculdade e ter uma famlia me mostrando o que certo e o que errado. Pelo que j vi, li e ouvi, sei (embora no tenha sentido na pele) que, pra muita gente, a oportunidade pouco aparece. Mas, me permitam dizer uma coisa: ela hora ou outra surge. O que pode e deve acontecer aquela pessoa no estar preparada para agarrar a chance. Por ser um cara inquieto eu sou um fuador. Vou atrs do que no sei, encontro quem sabe, pergunto como faz, como , tento aprender, fao errado, tento de novo. s vezes (muitas vezes) realmente no tenho sucesso, mas eu tento. J escrevi aqui dia desses que: preguia > burrice. No acho que podemos alcanar tudo o que queremos, mas todos, sim, todos, podemos tentar. Sabe-se l por que algum de ns tem um caminho curto e sem obstculos (e sim, tm muitos que no valorizam e jogam fora).

    H um ms um guri veio me pedir umas moedas na frente de um supermercado. Papo vai, papo vem, resolvi entrar e comprar comida para ele (acho sempre melhor do que dar dinheiro). Fui comprando um sanduche, suco, chocolates e conversando com o pi que devia ter uns 15 anos. Ele morava na rua, fumava s maconha, a namorada estava grvida e ele cuidava os carros da rua pra tentar comer. A histria dele ia me deixando cada vez mais triste, mas eu pensei: preciso dizer algo para esse guri. Olhei no olho e dele e falei: cara, tu realmente tem uma vida difcil, eu no sei como faria no teu lugar, mesmo que eu imagine, eu nunca vou saber como morar na rua, no ter famlia e tal, mas, seguinte, vai atrs de um documento e vai numa escola. L eles vo te dizer o que fazer para estudar, essa a tua nica chance. No t dizendo que fcil, no t dizendo que vai se resolver agora, mas tua chance estudar, tentar te qualificar e conseguir um emprego. Todo o resto roubada. Ele ficou quieto, baixou a cabea e disse: t ligado, eu vou tentar, tem uma tia que t me ajudando a fazer uma identidade, da eu acho que vou conseguir entrar na escola. Me despedi dele e repeti: d um jeito de estudar cara, no desiste, vai atrs, tem um jeito, vai ser difcil, mas isso vai mudar tua vida. a tua chance!. Foram s dez minutos de papo com o garoto, mas eu fiquei dias e dias pensando se ele vai ter mesmo a chance e mais, se ele tiver ele vai conseguir aproveit-la?

    Discordo daquele papo: posso conseguir tudo o que quero. Mas sou muito a favor do: posso tentar conseguir tudo o que quero. Os nveis de dificuldades e obstculos so muito variveis, mas tambm existe um caminho que no o de desistir, mesmo que s vezes parea impossvel. E, por fim, se voc (como eu) teve uma chance, j pensou em ajudar quem no est enxergando a sua? Talvez a gente deva deixar de lado os polticos e o seu sistema e comear uma mudana silenciosa, passo a passo, ajudando um a um. Se a metade do mundo que est mal, tem uma outra metade que pode ajudar. Um para um. Deve ter um jeito.

    Falamos!

    Esse texto foi originalmente publicado no blog de Guilherme Alf (guilhermealf.com.br) e o seu contedo de responsabilidade do autor.

    Guilherme [email protected]

    Eu curti The Amazing Spider Man. Um dos filmes mais esperados do ano, pelo menos pra mim, no deixou a desejar na estreia. O novo filme, primeiro depois da trilogia que acabou perdendo qualidade com o terceiro e ltimo longa, voltou com um Peter Parker demais! Andrew Garfield justificou a presena e afastou as sombras de Tobey Maguire, trazendo para as telonas um Homem Aranha bem mais divertido e sarcstico como nos bons e velhos quadrinhos.

    Lui Felippe, 20 anos, produtor audiovisual

    Arq

    uivo

    Pes

    soal

    /CP

    Amizade uma coisa bonita, todo mundo tem que ter amigos. Sejam aqueles para a vida inteira (que se conta nos dedos) ou os da semana, para dividir um xis no fim da noite. Pensando nisso, a gente listou alguns tipos clssicos de amigos que existem por a nesse mundo. Quais desses esto no seu crculo de amizades?

    A lenda que rola pelos corredores do ambiente corporativo costuma ser a mesma: bem difcil ser amigo de colega de trabalho. Tem aquela histria de que tem sempre um querendo puxar o tapete do outro, meio competitivo.... Papinho que a publicitria Laura Costa, 27 anos, tirou de letra. Ela e a Roberta Alvim se conheceram na agncia que trabalham

    at hoje. Papo vai, papo vem, mesinhas uma ao lado da outra e pimba, foi o suficiente para identificarem que tinham muito em comum. Somos superparecidas em muitas coisas, inclusive na forma de trabalhar! Passamos os dias compartilhando questes profissionais e pessoais tambm, conta Laura. A sintonia rendeu tanto (no s com a Roberta) que hoje elas mantm uma confraria com amigas que se conheceram todas no mesmo local de trabalho.

    #drible Para a publicitria, devido convivncia excessiva ou at a alguma questo profissional, as duas costumam se desentender, mas logo j