Click here to load reader

MAIS PREZA - 30-11

  • View
    237

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Mais Preza do Correio do dia 30/11

Text of MAIS PREZA - 30-11

  • [CPOVO: CORREIO_DO_POVO-MAIS_PREZA-MATERIAS [EDITORIAL] ... 30/11/12] Author:PVELOSO Date:30/11/12 Time:14:01

    n Amanh ningumpode reclamar defalta do que fazer emPorto Alegre: vai ro-lar a primeira ediodo 24 Horas Para oFim do Mundo, umavirada cultural nacidade que comeas 10h de sbado es termina s 10h damanh de domingo. Vai ter de tu-do, desde oficina de cool huntingde moda, aula de ioga ao ama-nhecer, em vrios pontos da Capi-tal. T vendo esse fusca inteiraoa da foto? Vai dar pra grafitar eletodinho em uma oficina de grafi-te. Costuma pegar o bus do Bala-da Segura? Ento, te prepara, queat dentro do buso vai rolar fun-o, como banda ao vivo e curtas-metragens na TV. Estamos falandosrio, ter muuuita coisa bacana!

    L no site 24horas.org, voc en-contra a programao completa eum mapa pra no perder nada. Efica ligado: a partir das 23h, emfrente ao Arajo Vianna, rola umaboate ao ar livre com os DJs dealgumas das festas mais bomba-das da cidade como Dirty Job,Pulp Friction, Popismo, entre ou-tros. Que tal? A gente se v por l,bvio!

    Voc est voltando de uma festa de madruga-da e passa em frente ao Parque da Reden-o, um dos mais tradicionais da Capital.

    Ele est todo iluminado, ocupado por pessoas quefazem msica, piquenique e que se divertem muni-das de velas, tochas e lanternas. No, voc no be-beu demais. Isso realmente ocorreu em uma noitede junho (sim, em pleno inverno) deste ano, emPorto Alegre.

    A Serenata Redeno Iluminada tinha o objeti-vo de ocupar um ponto turstico que, por falta deiluminao e segurana, no recebe visitantes noite. A ao foi organizada por vo-luntrios de diversos movimentoscoletivos urbanos. Desde ento, aCapital entrou de vez na onda des-ses projetos, que incentivam mani-festaes culturais pela cidade, re-cuperando espaos antes esqueci-dos pela gurizada. O nmero depessoas que apoiam a ideia vemcrescendo nos ltimos meses. Nor-malmente so grupos formados poruma turma que manja de algo liga-do cultura urbana (o que no im-pede que voc tambm se engajena causa).

    No ltimo sbado, a Ponte de Pe-dra, localizada no viaduto da Bor-ges de Medeiros, no Centro, foi tomada por toalhi-nhas no cho para o piquenique, msica e at cine-ma ao ar livre. O RUA (Rastro Urbano de Amor),um desses movimentos que se multiplicaram na Ca-pital, organizou o encontro, que reuniu cerca de400 pessoas, como o montador cinematogrfico Al-fredo Barros, 44 anos. Adorei o evento porquetrouxe a magia da arte para um lugar em que apopulao normalmente associa a coisas ruins, co-mo misria e excluso. legal dialogar com a cida-de pensando nela como um suporte para criar no-

    vas formas de arte, opina.Cidade Alta Nenhum canto da cidade escapa.

    A Cidade Baixa, tradicional bairro bomio de PortoAlegre, tambm virou alvo dos movimentos. Depoisda deciso da Justia de diminuir o horrio de fun-cionamento dos bares da regio, a diversidade cul-tural tpica daquele lugar foi, aparentemente, amea-ada. Surgiu ento o grupo Cidade Baixa em Alta,formado por comerciantes locais, para trazer devolta ao bairro a cultura, o entretenimento e a di-verso. No domingo passado, os caras promoveramuma festa de rua e apoiaram o FreeWalkPOA, um

    projeto superbacana que promovetours pelas ruas da cidade, tudo li-vre e para a galera usufruir.

    Ambos os grupos trabalham ativa-mente com as redes sociais na divul-gao das suas aes, que so sem-pre relacionadas com alguma situa-o especfica e boladas em poucosdias. O RUA, inclusive, foi inspiradopor um vdeo de uma mobilizaoque rolou em So Paulo, o Aqui Ba-te um Corao, que mais tarde ga-nhou sua verso gaudria. Aps as-sistir ao vdeo, a advogada HeloisaMedeiros, 35 anos, uma das organi-zadoras do movimento, entrou emcontato com o produtor paulista au-

    tor da ao. O resultado? Em maio deste ano, Por-to Alegre amanheceu com coraes espalhados pordiversos monumentos. O trabalho foi feito pela ad-vogada e seus amigos, que comearam a espalhara ideia, o sentimento de pertencimento e o afeto pe-la cidade. Da surgiu o coletivo. Veio de uma in-quietude da gente de transformar os espaos pbli-cos em espaos democrticos de cultura. Quere-mos arte na rua, no s nos museus e em outroslugares fechados, salienta Heloisa, que j est naexpectativa da prxima mobilizao.

    n Na prxima ter-a, 4, a banda quese originou de umdocumentrio fei-to com msicos derua (lembram?),vem pela segundavez a Porto Ale-gre. O Playing forChange toca noOpinio (Jos doPatrocnio, 834) eos ingressos esto venda a R$ 80nas Lojas Multisom e no minhaentrada.net. Na hora ser R$ 90. E temmais! O Mais Preza tem um par de ingressos de barbada na nossa fanpage: facebook.com/maispreza!

    n A cantora e pianista Norah Jones se apresenta em Porto Alegre dia12/12, no Arajo Vianna. Quer motivos pra curtir a nova-iorquina (ou

    perceber que o show valeum belo de um presente)?Ela tem 12 Grammys na ba-gagem, seis lbuns de est-dio e, por onde passa, s sedespede de casa cheia. No mole! Os ingressos esto venda e custam de R$ 170 aR$ 250 disponveis na bilhe-teria do Teatro do BourbonCountry (Tlio de Rose, 80),livepass.com.br, 8401-0555,4003-1527 e na bilheteriado Arajo Vianna no dia doshow.

    Voc est voltandoda e passao, um dos

    Ele est todo iluminado,fazem msica, piqueniquedas de velas, tochasbeu demais. Issode junho (sim, emPorto Alegre.

    A Serenata Redenovo de ocupar umiluminao e segurana,noite. A ao foiversos movimentosa Capital entrouque incentivam manifestaesde, recuperandogurizada. O nmerovem crescendo nosso grupos formadosalgo ligado culturaque voc tambm

    No ltimo sbado,no viaduto da Borgestomada por toalhinhasmsica e at cinemaUrbano de Amor),multiplicaram naque reuniu cercacinematogrfico Alfredoevento porque trouxegar em que a populaosas ruins, como misriagar com a cidadepara criar novas formas

    Cidade Alta A Cidade Baixa, tradicionalAlegre, tambm virouda deciso da Justiacionamento dos bares

    n L no blog (maispreza.com.br), a gente j t em clima defesta. Primeiro que tem pro-moo para voc curtir nafaixa o show desses queridosa da foto, da Banda Mais Bo-nita da Cidade. So trs paresde ingressos! Vai l que aindad tempo de tentar. Segundoque tem um post ensinando areformar um vestido de ren-

    da para voc ir linda e bela no fester de Ano-Novo sem morrer no car-to de crdito! Voa que t tudo l, te esperando.

    FORA DO EIXO / DIVULGAO / CP

    ALEXANDRE REZENDE / DIVULGAO / CP

    Teprograma

    #drops

    fazendoarte

    Preza

    DRAGAN BURNAC / DIVULGAO / CP

    Flegonobolson Pra quem quer economizar com a enxurrada de compras de final deano a gente d a dica (e o endereo hihi). Amanh em Porto Alegre ro-lam dois brechs legais. A ideia roupa estilosa, de quem tem bom gos-to, com precinho amigo. Um deles o Garage Sale, de curadoria doblog StreetStylePOA e rola no Caf Galgos Brancos (Dinarte Ribeiro,171), a partir das 14h. Comea no mesmo horrio o Brique de Desape-gos, na Cidade Baixa, no Thippos Leo Zamper (Otvio Corra, 84).

    n Estreia hoje nos cinemas o documentrio do ex-baterista dO Rappa,Marcelo Yuka. Vocs lembram da histria? Yuka, que era um dos cabe-as do grupo, levou nove tiros em uma tentativa de assalto no Rio deJaneiro em 2000 e ficou paraplgico. A tragdia deu uma reviravolta navida do msico, que agora, resolveu soltar o verbo e contar sua expe-rincia (inclusive seus desafetos com O Rappa) neste longa, batizado deCaminho das Setas. Parte da histria da msica nacional!

    Narua,

    Vamos?

    PAM MAGPALI / DIVULGAO / CP

    MIDIORAMA / DIVULGAO / CP

    MarceloYukanoscinemas

    n Qualquer um pode parti-cipar e se integrar aos gru-pos. Tambm vale se infor-mar nas redes sociais paradescobrir os outros quetm em Porto Alegre (ouquem sabe criar um seu ede seus amigos?).n RUA: facebook.com/RUA-poan Cidade Baixa em Alta:facebook.com/cidadebaixae-malta

    n Chamadad uma conferida

    O encontro na Ponte

    O encontro na Ponte de Pedra rolou no ltimo sbado e foi a terceira ao do movimento Rastro Urbano de Amor