Click here to load reader

Mais Preza - 21/09

  • View
    222

  • Download
    5

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Mais Preza do dia 21/09

Text of Mais Preza - 21/09

  • [CPOVO: CORREIO_DO_POVO-MAIS_PREZA-MATERIAS [EDITORIAL] ... 21/09/12] Author:PVELOSO Date:21/09/12 Time:14:40

    Olha que legal! Por uma ini-ciativa da Prefeitura de PortoAlegre, inicia amanh o serviode aluguel de bicicletas pblicas,chamado BikePoa. Neste primei-ro momento sero 50 bicis e cin-co estaes (Largo Glnio Peres/Mercado Pblico,Praa da Alfnde-ga, Casa de Cultu-ra Mario Quinta-na, Usina do Gas-metro e Cmarade Vereadores),onde elas poderoser retiradas. Masa previso queeste nmero che-gue a 400 bikesdistribudas em 40estaes espalha-

    das por diversos pontos da Capi-tal. O valor do passe mensal deR$ 10 e dirio R$ 5 e devem serfeitos com carto de crdito, atra-vs de cadastro prvio aqui no si-te, que tambm tem tudo explica-dinho: movesamba.com/bikepoa.

    n SUSI [email protected]

    Aquele cachorro-quenteque voc comia na carro-cinha da esquina, agora

    tem grife. O hambrguer, feitoprimitivamente de po, queijo,maionese e carne, ganhou toqueespecial de chef de cozinha e ex-pert da culinria francesa. Essatransformao de lanches rpi-dos e baratos para pratos gour-met a mais nova onda de PortoAlegre (e que onda bem boa).

    H trs meses, a regio doMoinhos de Vento ganhou umahamburgueria que, at entre osmais enraizados aos costumesda culinria gacha, baseada emchurrasco, churrasco e churras-co, est fazendo sucesso. Com re-ceitas exclusivas, criadas pelochef e proprietrio do local, Ale-xandre Amorim Lise, as especia-lidades se baseiam todas no lega-do da gastronomia francesa. Sque acompanhados daqueladescontrao peculiar do ham-brguer. Desde a decorao, tu-do tem um conceito por trs.Tambm pudera, Alexandre fi-cou um ano estudando o merca-do, antes de abrir o negcio.Queria criar algo que todo mun-do gostasse. Comecei a estudar aalta gastronomia, viajei e vi quepoderia aproveitar esse conceitoda culinria francesa no hambr-guer, conta.

    Dentre as combinaes excn-tricas, e que, inclusive, tornaram-se releituras de pratos franceses,est frango marinado no vinho eervas, acompanhados de legu-

    mes. Ou, quem sabe, algo maisextico, como o casamento entrecordeiro e iogurte e carne de por-co com ma grelhada. Ao todo,so dez especialidades, sempreacompanhadas com batatas rsti-cas (em que se mantm a casca)e um molho especial da casa, quesubstitui a maionese. Para Ale-xandre, uma das maiores diferen-as no hambrguer gourmet,alm de proporcionar a descober-ta de sabores, no deixar aque-la sensao de estufamento.Quem est acostumado a se jogarnos big xis da vida sabe o que .Tem todo um cuidado, at nocorte da cebola, para evitar aque-le desconforto, complementa.

    n Longe de com-paraes, masquem simpatizacom o som doMarcelo Cameloj tem meio cami-nho andado prase apaixonar porCicero. O cantorest em turncom seu discoCanes de Apar-tamento e hchances de traz-la Capital. A ideia da plataforma de crowdfundingQueremos, com base no Rio de Janeiro que, pela pri-meira vez, compartilha com os gachos a oportunida-de de viabilizarem o show. At o dia 1/10 necess-rio que se arrecade 200 ingressos (no valor de R$ 25).Meta atingida, a apresentao rola no dia 11/11, no

    Opinio. E tem mais, quem pagar este valor, caso lotea casa, recebe os R$ 25 de volta. O processo para par-ticipar deve ser feito pelo site queremos.com.br.n O Creed apresenta sucessos como My Sacrificeno Pepsi on Stage, em Porto Alegre, dia 26/11. Osingressos j esto venda no valor de R$ 100 pista(1 lote) e R$ 200 (mezanino) na Multisom (Andradas,1001), 4003-5588 e no ticketsforfun.com.br.

    Cu, sol, Sul

    Foi ontem, mas no pode-mos deixar passar batido. Di-zem (e com toda razo) quesomos bairristas, mas tem co-mo no ser? Rio Grande doSul, praticamente uma nao.Somos um estado que tem asua cara para tudo.

    Dentro de um s estado,paisagens para todos os gos-tos. A fronteira com seus cam-pos e plantaes. A serra comseu ar europeu. Nossas praias(mesmo com o nordesto) vi-ram a casa da gente dois me-ses do ano.

    Temos nossas comidas,nosso modo de falar (que muito tri), nossa msica pro-duz e exporta talentos para oBrasil todo. Temos at umaescola de treinadores e onosso jeito aguerrido de jogarfutebol.

    Temos orgulho de tudo is-so e devemos ter mesmo. Nosou daqueles que acha que de-vemos nos separar do Brasil,mas, sim, acredito que o RioGrande tem tudo que um pasprecisa ter.

    Em qualquer estado que vi-sitamos, fica na cara que so-mos do Sul e o melhor, todosnos recebem bem. Nos veemcomo um povo gente boa. Esomos mesmo.

    Parabns, gachos. Para-bns, Rio Grande do Sul e mui-to obrigado por ser o estadomais completo do Brasil.

    Falamos!

    DIVULGAO / CP

    #helpOcidenten Um dos pontos de encontro mais tradicionais da cena undergroundde Porto Alegre, o bar Ocidente (Osvaldo Aranha, 960), est construin-do seu acervo digital. Para isso, o local est contando com a ajuda dequem viveu essa histria, que j contabiliza mais de 30 anos. Fotos,objetos, at histrias inusitadas e documentos so bem-vindos. Parafazer doaes, basta acessar o site acervodigitalbarocidente.com.br eno facebook/AcervoOcidente.

    Teprograma

    n Nesta domingueira tem um showzao de lanamento do lbum dacarreira solo do msico e ex-baixista da Fresno, Rodrigo Tavares. Aestreia do projeto do cantor, denominado Esteban, rola no Opinio (Jo-s do Patrocnio, 834) cedinho, a partir das 17h. E a gente te d umabarbada. Uma no, trs! O Mais Preza tem trs pares de ingressos dan-do sopa l no facebook/maispreza para quem for esperto. Passa l eno perde tempo, que a promoo encerra hoje mesmo!

    ARTHUR PULS

    RODRIGO FERNANDES / DIVULGAO / CP

    DIVULGAO / CP

    LUCY NICHOLSON / DIVULGAO / CP

    #drops

    Esteban lana lbumnaCapital

    Olancheficou

    elegante

    n Todo mundo tem um colega chato, no interessa o tipo, sempre tem um que a galera apelida, no suporta. Pois, neste comeo de semestre, o Mais Preza foi atrs do pessoal pra saberquais so os piores tipos de chatos da facul. Quer saber? Ento vai l dar uma conferida no blog: maispreza.com.br @maispreza /maispreza

    O chef Alexandre Lise e o Dlices dAbricots que leva chutney de damasco

    Da Frana para os EstadosUnidosMas digamos que voc um

    daqueles fs inveterados pelojunk food americano. Do outrolado da Capital, o bairro CidadeBaixa abriga, h cerca de umms, uma lancheria especialistaem cachorro-quente gourmet,que j no slogan promete, o me-lhor do mundo dos hot dogs. Aideia, do empresrio EduardoNatalcio, veio direto de uma fei-ra em Chicago. De l, ele trouxea inspirao, mas no o card-

    pio. Todas as 16 variedades fo-ram criadas e testadas por ele esua equipe. E criatividade e ou-sadia no faltaram na elabora-o das receitas. Ou vocs jimaginaram que foie gras (patde fgado de pato, consideradouma das maiores iguarias daculinria francesa) poderia ri-mar com cachorro-quente?

    Eduardo afirma que no exis-te lugar ainda no Brasil com tan-ta variedade. E ai de quem ouse

    discordar. No hot dog gourmet,que no dispensa salsicha emnenhuma receita para no sedescaracterizar, tem camaro ecatupiry, salsicha de cordeiro,linguia de frango com ma eat mexicano, com nachos. Tu-do acompanhado por um climaque reproduz as lanchonetesamericanas, mantendo a carac-terstica de um dos lanchesmais aprovados no mundo e, aoque parece, muito valorizado pe-los gachos.