Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 91 - 13/04/2017

  • Published on
    22-Jan-2018

  • View
    63

  • Download
    1

Transcript

1. SEGURO RESIDENCIAL Garanta a tranquilidade de sua famlia com servios e benefcios para sua residncia. Crediprata Ouvidoria: 0800 725 0996 | Deficientes auditivos ou de fala: 0800 940 0458 www.jornalcidademg.com.br Lagoa da Prata, S. A. do Monte, Moema e Japaraba 13/Abr/2017 - Ano 5 - Edio N 91 JORNAL DE DISTRIBUIO GRATUITA - VENDA PROIBIDA COTIDIANO PG 06 UNOPAR a nica instituio credenciada pelo MEC em Lagoa da Prata autorizada a oferecer cursos superiores POLTICA PG 04 POLTICA PG 04 COTIDIANO PG 11 COTIDIANO PG 08 Go do Dol ocupar cadeira de Macuco dos Rosas na Cmara de S. A. do Monte Prefeito Paulo Teodoro quer diminuir o valor gasto com dirias de viagem Durante a crise, consumidor opta por verses mais baratas de ovos de Pscoa Juiz Dr. Aloysio se despede de Lagoa da Prata CULTURA PG 15 3 edio do E-Cult ser realizada no sbado (15) Projeto de iniciativa do Poder Executivo foi encaminhado Cmara de Lagoa da Prata para seranalisadopelosvereadores. OJornalCidaderealizoupesqui- sa de preos nos principais su- permercadosdeLagoadaPrata. ARQUIVO PESSOAL LINDOMAR FOTGRAFO Homem assassinado na rua Manaus, em Lagoa da Prata Polticos fazem comitivas para pedir mais segurana Violncia se alastra no interior POLICIAL PG 13 POLTICA PG 04 EDITORIAL PG 02 REPRODUO/INTERNET 2. 13.04.2017Leia mais notcias em www.jornalcidademg.com.brEDITORIAL2 Violncia se alastra no interior H cerca de duas dcadas, ou menos, eracomumaspessoasqueresidemnos grandes centros migrarem para as cidades do interior em busca de paz e tranquilidade. Hojeessepanoramamudou,poisaviolncia chegou nos pequenos municpios. Essemovimentomigratriodaviolncia jeraesperadopelasinstituiesdeseguran- a. H cerca de dez anos j havia essa discus- so e sabia-se que a bandidagem iria migrar para o interior, uma vez que h um grande investimentonoaparatopolicialnosgrandes centros. A populao das pequenas cidades no tem muito o que fazer, seno, rezar. Os ban- didos encontram nessas localidades um am- bientepoucohostil,comumaestruturapoli- cial minguada minsculo efetivo e sem es- truturae,portanto,semcondiesdecom- bater a ao dos criminosos, que esto forte- mente armados e organizados. Desinnimodetranquilidade,ointerior se tornou referncia de fragilidade. Com po- lcia deficitria, populao desarmada por aes governamentais e inevitvel circula- o de dinheiro, tornou-se atrativo polo pa- ra a prtica delituosa. Os mais recentes n- meros apenas comprovam isso. DROGAS Alm das duas recentes exploses de agn- cias bancrias de Lagoa da Prata, crimes de maiorimpactoqueassustaramapopulao, outro grave problema so as drogas. As cida- desdointeriorestomercdostraficantes. O comrcio das drogas, principalmente do crack, alimenta as estatsticas de pequenos assaltos diariamente e feito luz do dia. A drogatrazotrfico,quetrazmaiscrimesque trazmaismortes.Nenhumaatividadecrimi- nosamatamaisqueotrficodedrogas,dire- ta ou indiretamente. A crise na segurana pblica brasileira grave. Se no h um xito comprovado por parte das instituies de segurana nem nas grandes, haver, ento, nas pequenas cida- des que recebem recursos escassos e ainda so obrigadas a custear combustvel, funcio- nrioseestruturaparamanteraspolciasMi- litar e Civil? Pouco provvel. QUEM TEM A SOLUO? Algum poderia afirmar que, se o Estado au- mentasse em 20% o nmero de policiais nas cidades, resolveria o problema da criminali- dade?EmLagoadaPrata,aumentaroefetivo em 20% significa estimar um reforo de 7 a 9 policiais (2 ou 3 a mais em atividade durante cada turno de 8 horas). Para comear, o Esta- do est quebrado e pouco provvel que ele vconcederesseaumentoparatodasascida- desdointerior.Masareivindicaovlidae os agentes polticos precisam faz-la. Outras aes esto na pauta dos agentes polticos, como o aumento do efetivo e dar porte de arma Guarda Civil Municipal, ins- talaodemaiscmerasdemonitoramento. So aes que podem melhorar a percepo de segurana, mas no garantem a diminui- o da criminalidade. O certo que ningum tem a resposta. Claro est que preciso agir e necessrio se fazunirforaspolticasecivisparabuscaral- ternativas, como parece acontecer nesta se- mana aps a trgica e lamentvel morte do comerciante Luis. Por mais que esses esforos sejam vli- dos e necessrios, a sensao que fica que os municpios esto tapando o sol com a pe- neira. No porque a sociedade assim queira, mas porque o cerne do problema pode estar muito alm das possibilidades dos munic- pios e de seus moradores. De nada ir adiantar aumentar o efetivo da PM e PC, aumentar o efetivo e armar a Guar- daCivil,instalarmaiscmerasdesegurana, senohouverumadrsticamudanaemnos- sas leis, um melhor investimento em educa- o,diminuiodadesigualdadesocialeum novo processo de reabilitao dos detentos. Eissosedecideemesferasestadualefederal. preciso que os municpios se unam e pres- sionemoCongresso,EstadoeUniopormu- danas em todo o sistema. A Holanda e a Sucia esto fechando pres- dios por falta de presos. No Brasil a cultura construir mais presdios e fechar escolas. DeacordocomoInstitutoAvanteBrasil,opa- s ainda no descobriu o que efetivamente prioritrio. Uma inverso absoluta de valo- res: excluso social e cultura prisional do ci- dado.MenosEstadosocialemaisEstadopo- licial.Verdadeiraalienao.Umpasqueocu- pa o 85 lugar no ranking do IDH (ndice de Desenvolvimento Humano) deve se dar con- ta de que investir em educao mais que um grande passo, quase o todo. A brilhan- te experincia da Coria do Sul um exem- plo disso. DA REDAO contato@jornalcidademg.com.br REPRODUO/INTERNET 3. 13.04.2017 Curta no Facebook fb.com/jornalcidademg EDITORIAL 3 4. 13.04.2017Leia mais notcias em www.jornalcidademg.com.br Prefeito Paulo Teodoro quer diminuir o valor gasto com dirias de viagem Go do Dol ocupar cadeira de Macuco dos Rosas na Cmara de S. A. do Monte Polticos fazem comitivas para pedir mais segurana O prefeito de Lagoa da Prata, Paulo Csar Teodoro, enviou CmaraMunicipalumprojetode lei que diminui os valores das di- riasdeviagempagasaosservidores do municpio ocupantes de cargos em comisso. De acordo com o prefeito, a al- terao se d em razo do momen- to de conturbada crise econmica que o pas tem passado. A altera- o tambm busca adequar tais va- lores capacidade do municpio e ApsamortedovereadorAn- tnioMarcosdosSantos,mais conhecido por Macuco dos Rosas, que faleceu vtima de um homic- dionamadrugadadodia26demar- o, uma das cadeiras do Legislativo de Santo Antnio do Monte ficou vaga e ser ocupada por um novo vereador. Apossedonovolegisladoracon- teceu na reunio ordinria da C- maraMunicipalnaltimasegunda- -feira (10/04). Gustavo Couto, mais conhecido como Go do Dol, as- sumir o posto aps ter toda docu- mentao analisada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TER). GustavonasceuemSantoAnt- niodoMonte,comercianteefilho deWilmaGonalvesCoutoeDurval do Couto Rodrigues. O poltico fi- liado ao PP (Partido Progressista) e recebeu265votosnaseleiesmu- nicipais. JORNAL CIDADE: SEMPRE FOI UM SONHO SEU ENTRAR PARA VIDA POLTICA? GUSTAVO: Minha famlia bas- tante tradicional dentro da politi- ca de Santo Antnio do Monte, in- clusive meu bisav foi presidente da Cmara por mais de doze anos e alguns dos meus parentes j fo- ram vereadores. Ento esse sonho eu j nutria h algum tempo. COMO ASSUMIR O CARGO APS A MORTE TRGICA DO VE- READOR MACUCO DOS ROSAS? De todo corao, digo que no gos- tariadetomarpossenestasituao, com a perda de um grande amigo que ocupava a cadeira de vereador pelosseusmritosevontadepopu- lar. Infelizmente, ocorreu este la- mentvel fato, e eu, como primei- rosuplentedacoligao,emrespei- toquelesqueconfiaramemmim, populao santoantoniense, e em memriadoamigoMacucodos Ro- sas,devocumprircomminhaobri- gao. QUAIS OS SEUS OBJETIVOS POLTICOS DENTRO DO LEGISLATIVO? Primeiramente, trabalhar junto populaoeparceirosdeputadosfe- derais e estaduais, com o objetivo de trazer melhorias ao municpio. PARA VOC, QUAL REA DE SAN- TO ANTNIO DO MONTE MERECE MAIS ATENO DO LEGISLATIVO? Todas as reas so de igual impor- tncia e vou tentar ajudar de todas asmaneiras.Mas,dadoaomomen- todecrisequeopasvivencia,acre- dito que a capitao de empresas e gerao de empregos deve ser con- sideradaumaprioridadeeminente queeu,juntamentecomoExecuti- vo, lutarei bastante para isso. to- da populao santoantoniense fir- mo meu compromisso de melhor trabalhar em prol do crescimento e da qualidade de vida em nossa ci- dade. Agradeo carinhosamente a cada um que me apoiou e acredi- tou em minha capacidade poltica, e a estes prometo ser um vereador queestarsempredisposio,um abraoatodosequeDeusabenoe. na necessidade do servidor comis- sionado, disse Teodoro. PauloTeodoroexplicaqueova- lor da diria de alimentao para deslocamentos a cidades localiza- dasamenosde100quilmetrosfoi reduzido em 50%. O valor da inde- nizaodecombustvelparaosser- vidores que viajarem em veculos prprios tambm foi reduzido, em 25%. Com a alterao proposta, se- r permitida uma economia consi- dervel com o custeio das dirias, atendendo ao princpio da eficin- cia, afirmou o prefeito. O projeto ser analisado pelas comisses do Poder Legislativo e, posteriormente, ir plenrio pa- ra a votao dos vereadores. OcomercianteLuizCarlosLo- pes foi morto no ltimo do- mingo em seu estabelecimento co- mercial. Ele foi atingido por um ti- ronopeito,disparadoporumindi- vduo que tentou assaltar sua lan- chonete. Os polticos de Lagoa da Prata anunciaram, no dia seguinte, que iriam recorrer s as autoridades de seguranadoEstado,pedindosolu- esparaacriminalidadequetoma conta da cidade. O prefeito Paulo Teodoro e os vereadores Edmar Nunes, Josiane Almeida, Lalinho, Preto e Adriano Moreira se reuniram na segunda- -feira com o Delegado Regional Dr. IvanJosLopes.Napautadereivin- dicaesconstavaapoioparasolici- tar ao Estado o aumento do efetivo das polcias Civil e Militar. Outra comitiva estava agenda- da para ser realizada na quarta-fei- ra(12/04),emvisitaaoSecretriode EstadodeSeguranaPblica,Srgio Barbosa Menezes, com a presena dos vereadores Joanes Bosco, Elias Isaias, Quelli Couto e Cida Marce- lino, do presidente do Consep, Dr. FranciscoCabral,representantesda sociedadecivil,osempresriosNil- sonBessas,JlioCesarVazeMrcio Bento, e representantes da Polcia Militar e do Ministrio Pblico. Para o prefeito Paulo Teodoro, o atual cenrio poltico e econmico do pas o ideal para promover ajustes Gustavo Couto filiado ao PP e obteve 265 votos nas eleies municipais ARQUIVO ARQUIVO PESSOAL Projeto de iniciativa do Poder Executivo foi encaminhado Cmara paraseranalisadopelos vereadores DA REDAO contato@jornalcidademg.com.br POLTICA LAGOA DA PRATA LAGOA DA PRATA SANTO ANTNIO DO MONTE 4 5. 13.04.2017 Curta no Facebook fb.com/jornalcidademg POLTICA 5 6. 13.04.2017Leia mais notcias em www.jornalcidademg.com.br A UNOPAR a nica institui- o de ensino devidamen- te credenciada em Lagoa da Pra- ta para oferecer cursos superiores de graduao, presenciais e dis- tncia. A informao foi divulgada no site do Ministrio da Educao (MEC) pelo endereo http://emec. mec.gov.br, no qual consta tam- bm o nome da Universidade Lu- terana do Brasil (Ulbra), que est comsuasatividadesparalisadasna cidade. A reportagem enviou um e-mail para a Ulbra solicitando in- formaessobreofuncionamento da mesma, mas at o fechamento da presente edio a resposta no havia chegado redao. As instituies de ensino que no esto na lista do MEC, no po- dem atuar no municpio com a oferta local de cursos, no podem ter polo de apoio de educao distncia (EAD) e tampouco apli- car provas presenciais em Lagoa da Prata. O diretor da UNOPAR Lagoa da Prata, Ronan Ramos, orienta aos estudantes que para evitarem pro- blemas futuros, preciso saber co- mo est a situao do estabeleci- mentodeensinojuntoaogoverno. Asinstituiesqueoferecemedu- caosuperiorspodeminiciarsu- as atividades depois que obterem credenciamento junto ao MEC. necessrio tambm a autorizao para cada curso que pretende ofe- recer. Esses processos credencia- mento e autorizao somente se tornamefetivosapsosatosserem publicados,peloMinistriodaEdu- cao, no Dirio Oficial da Unio, afirma Ramos. ORIENTAO AOS ESTUDANTES A educao distncia uma mo- dalidade em crescimento no Bra- sil e j tradicional em pases de primeiro mundo, devido ao custo menor em relao ao ensino pre- sencial, pela qualidade do ensino das instituies reconhecidas pelo MEC e tambm pela flexibilidade que proporciona ao aluno. Porm, especialistas ponde- ram que antes de iniciar os estu- dos, necessrio verificar se a ins- tituio e o curso pretendido real- menteestocredenciadospeloMi- nistrio da Educao. Se a faculda- deoferecercursossemautorizao do MEC, considerada irregular e no pode emitir diplomas de con- cluso de curso. Se o estudante j tiver iniciado as aulas nesses esta- belecimentos irregulares, ele po- de acionar a Justia comum e pe- dir a devoluo dos valores pagos, bemcomooressarcimentoporda- nos causados, afirma o diretor da UNOPAR. Caso o curso tenha sido autori- zado recentemente, o artigo 2 da Portaria Ministerial n 877/97 esta- belece que as instituies pode- ro requerer o reconhecimento de seus cursos/habilitaes a par- tir do segundo ano de funciona- mento, quando se tratar de cursos com durao de quatro anos, e a partir do terceiro ano, para aque- lescujaduraoforsuperioraqua- tro anos. INFORMAES AO ESTUDANTE Ministrio da Educao www.portalmec.gov.br Telefone: 0800 61 61 61 AS INSTITUIES QUE OFERECEM EDUCAO SUPERIOR S PODEM INICIAR SUAS ATIVIDADES DEPOIS QUE OBTEREM CREDENCIAMENTO JUNTO AO MEC. NECESSRIO TAMBM A AUTORIZAO PARA CADA CURSO QUE PRETENDE OFERECER Ronan Ramos, diretor da UNOPAR Lagoa da Prata Detalhe de tela retirada do site do MEC com a relao das instituies de ensino devidamente credenciadas em Lagoa da Prata para oferecer cursos superiores de graduao, presenciais e distncia. PUBLIEDITORIAL UNOPAR a nica instituio credenciada pelo MEC em Lagoa da Prata autorizada a oferecer cursos superiores A UNOPAR Lagoa da Prata j formou mais de 400 alunos nos ltimos 6 anos. No dia 6 de abril foi realizada a formatura de 70 novos formandos. COTIDIANO6 Achei a grade do curso interessante por causa dos contedos de fcil acesso. A qualidade do ensino da Unopar excelente e uma instituio sria, por isso recomendo a Unopar A empresria e esteticista Hlida Resende de Oliveira Silva concluiu o curso de graduao em Esttica pela Unopar. Atualmente ela trabalha na rea de tratamentos corporais e faciais, em clnica prpria. 7. 13.04.2017 Curta no Facebook fb.com/jornalcidademg COTIDIANO 7 8. 13.04.2017Leia mais notcias em www.jornalcidademg.com.brCOTIDIANO8 O juiz Dr. Aloysio Libano de Paula Jnior foi transferido para a Comarca de Cataguases. O ltimo expediente que atuou em Lagoa da Prata foi no dia 3 de abril. No final do ms de maio, Dr. Aloysio completaria quatro anos de trabalhos prestados na cidade. Duranteesseperodoeleconseguiu reduzir em cerca de 50% o volume deprocessosqueestonafilaaguar- dando julgamento. De acordo com o magistrado, Lagoa da Prata receber um novo titular do cargo em no mximo 90 dias.Tenhocertezadequeesseno- voouessanovacolegavaiabraara causa e contribuir para diminuir a sensao de insegurana da popu- lao, disse Libano. Aps duas agncias banc- rias serem explodidas por in- divduos fortemente armados em Lagoa da Prata, o Sicoob Credipra- ta e Sicoob Lagoacred alteraram o horrio de funcionamento dos caixas eletrnicos das agncias. Os cooperados devem sacar ou fa- zer outros servios bancrios nos caixas eletrnicos, de 8h s 18h, de segunda a sexta-feira. Os ter- minais estaro desabastecidos de dinheiro aos sbados, domingos e feriados. Segundo o diretor do Sicoob Crediprata, Ivo Gontijo, a mudan- a est valendo desde o dia 30 de maro. Diante dos ltimos acon- tecimentos que aes criminosas tm colocado em risco o acesso ao autoatendimento (caixas eletrni- cos) do Sicoob Crediprata e de ou- tras instituies da cidade, para minimizar os riscos para nossos associados, alm de proteger o seu patrimnio, optamos por limitar o horrio do autoatendimento de nossa agncia, afirmou. De acordo o presidente do Si- coob Lagoacred, Nilson Bessas, no h previso para que os termi- nais voltem a funcionar nos hor- rios tradicionais. No temos pro- teo. A cidade est merc dos criminosos e ningum quer ou po- de fazer alguma coisa. A iniciativa de alterar o horrio de atendimen- to dos caixas eletrnicos e reco- lher todo dinheiro em espcie das agncias por meio de carro forte, visa proteger o patrimnio dos as- sociados e no ter o atendimento interrompido de vez, disse. Gontijo pediu a compreen- so da populao e dos usurios da cooperativa. Nossa inteno atender sempre nossos associados da melhor forma e com a maior comodidade possvel, porm, sem descuidarmos da segurana. Esta- mos envidando esforos para bus- car uma soluo em curto prazo para normalizar esta situao. Para Bessas, a situao la- mentvel, considerando que o propsito encantar os associa- dos com bom atendimento. Fi- zemos o que tinha que ser feito, e sem perder tempo, Foi realizada na quarta-fei- ra da semana passada, no F- rum Brbara de Oliveira Miranda, emLagoadaPrata,umacerimnia para fazer a entrega simblica de umanovaviaturaparaaPolciaMi- litar. Os recursos para a aquisio do veculo uma Plio Weekend so de uma conta unificada do Poder Judicirio (da Vara de Exe- cues Penais), que tambm tem DELEGADO TRANSFERIDO A Delegacia de Polcia Civil em La- goadaPratatambmestdesfalca- da. O delegado Leonardo Mota pe- diutransfernciaparaoutracidade e o substituto ainda no foi defini- dopelasuperintendnciadaPC.Os trabalhosdaDepolestosendocon- duzidospelodelegadoAlissonHen- rique, que recebe o apoio, duas ve- zes por semana, do delegado Vin- cius, de Luz. Um investigador da Depol em Lagoa da Prata foi aprovado em um concurso para delegado, no es- tado de Tocantins, e tambm dei- xouocargo.Atsexta-feiradasema- na passada a unidade contava com quatro investigadores. a participao do Ministrio P- blico e de entidades civis, como a Apac e Consep. No ms de maro, a PM j havia recebido mais duas motocicletasadquiridascomesses recursos. De acordo com o ex-juiz Dr. AloysioLibanodePaulaJnior,nos ltimostrsanosforaminvestidos mais de R$ 400 mil nas reformas do presdio e da Apac, e subsdios Amavi, Sara Aparecida e aquisi- o de viaturas. Alm de Libano, participaram da cerimnia de entrega o juiz Dr. Islon Damasceno, o promotor Dr. Eduardo Almeida, o tenente Batis- ta e policiais militares, guardas ci- vis e representantes da Apac. OmomentodeLagoadaPrata atualmente no bom. O aumen- to da criminalidade temporrio. Todas as instituies de segurana pblica esto trabalhando. Temos acertezaquevamosconseguirven- cer, disse Dr. Aloysio. Juiz Dr. Aloysio se despede de Lagoa da Prata Polcia Militar recebe mais uma viatura Sr. Quito, presidente da Apac, faz a entrega simblica dos recursos para a aquisio da viatura LINDOMAR FOTGRAFO ARQUIVO LAGOACRED GERAIS JULIANO ROSSI Agncias do Sicoob mudam horrio de funcionamento dos caixas eletrnicos DA REDAO contato@jornalcidademg.com.br LAGOA DA PRATA LAGOA DA PRATA LAGOA DA PRATA 9. 13.04.2017 Curta no Facebook fb.com/jornalcidademg COTIDIANO 9 10. 13.04.2017Leia mais notcias em www.jornalcidademg.com.brCOTIDIANO10 FOTOS: ARQUIVO SECRETARIA DE EDUCAO LP FOTOS: ARQUIVO ASAP Escolas Municipais recebem material didtico de novo sistema de ensino ASAP realiza 2 Seminrio Autismo e Possibilidades em Lagoa da Prata A Prefeitura Municipal de Lagoa da Prata, por meio da Secretaria de Educao, adotou um novo sistema de ensino pa- ra alunos do ensino fundamen- tal das escolas municipais. O ma- terial faz parte do Programa FTD Educao, empresa do Grupo Ma- rista, com mais de 200 anos de tra- dio. O programa oferece assessoria pedaggica e formao digital pa- ra os professores, alm de livros e materiais didticos para os alu- nos. De acordo com a secretria de educao, Paulene Andrade, o contrato com o antigo sistema de ensino NAME venceu no ano pas- A Associao Autismo e Pos- sibilidades(Asap)realizouno dia 7 de abril, no Teatro Fausto Re- zende (praia), o seu segundo semi- nrio. De acordo com a presidente da associao, Caroline Carvalho Castro, a Asap tem a inteno de todo ano, na primeira de semana de abril, trazer palestrantes para ministrar sobre o TEA (Transtorno do Espectro do Autismo), formas de tratamento e incluso escolar, comoumaformadecapacitaraco- munidade, familiares e profissio- nais que convivem com o autista. O seminrio contou com trs palestrantes, dentre eles, uma m- dica neurologista infantil de Bom Despacho, que abordou o Trans- torno do Espectro Autista e as co- morbidades que acompanham o transtorno. Uma psicloga de BH abordou o atendimento ao autis- ta severo e uma psicopedagoga lagopratense falou sobre a inclu- so escolar e seus desafios, tanto para a criana quanto para a es- cola. Queremos levar mais infor- maes para os familiares, profis- sionais de forma geral que traba- lham com o autista (professores, fonoaudilogos, psiclogos, tera- peutas ocupacionais, psicopeda- gogos, mdicos, enfermeiros). Po- rm, gostaramos muito que toda a comunidade escolar participas- se (pblica e particular), pois na escola que vemos as maiores difi- culdades de uma verdadeira inclu- so, muitas vezes por desconheci- mento do TEA e das suas possibili- dades, disse. A ASAP A associao realiza reunies com os familiares quinzenalmente. Atendimentos para as crianas ainda no conseguimos oferecer por falta de recursos financeiros para pagamento de profissional. Nosso trabalho at ento est sen- do focado na divulgao do autis- mo e das possibilidades que cada pessoa possui, explicou a presi- dente. O AUTISMO Segundo Caroline, o autismo um transtorno que cresce a cada dia. Existeumdadoestatsticoquediz que no Brasil existem cerca de 2 milhes de autistas e que em ca- da 68 nascimento de crianas uma est dentro do TEA (que vai do au- tismo leve ao severo). A primeira misso da ASAP levar informa- es a respeito do autismo para que as pessoas no desrespeitem os autistas e suas famlias, que an- tes de tudo so cidados. De acordo com dados do Con- selhoMunicipaldaPessoacomDe- ficincia, em Lagoa da Prata exis- tem 55 crianas autistas. Nota-se que esse nmero diz respeito aos matriculadosemescolas,masesti- mamos que tenha mais, pois mui- tas crianas no foram diagnosti- cadas adequadamente e tambm algumas famlias, que, por no aceitarem a condio das suas crianas, no procuram falar so- bre o assunto, destacou. sado e a empresa no quis partici- par de uma nova licitao. O sis- tema novo j foi implantado nas escolas no dia 7 de abril, afirmou. O novo material didtico vai atender a 1500 alunos das escolas municipais Dr. Jacinto Campos, Monteiro Lobato, Afonso Goulart e ngelo Perillo. Os professores aprovaram o novo sistema e esta- mos muito confiantes, tendo em vista que Lagoa da Prata se situa como uma das melhores em edu- cao, em 10 lugar no IDEB (ndi- ce de Desenvolvimento da Educa- o Bsica), afirmou. DA REDAO contato@jornalcidademg.com.br Novo sistema vai atender a 1500 crianas da rede municipal Professor Fernando do grupo FTD com um pai de aluno Pblico do seminrio EunciePereira(vice-presidentedaASAPepalestrantedoSeminrio),Dra. Juliana (neuropediatra e palestrante), Caroline e Caroline Greiner (psic- loga e palestrante) Rose Tavares, Caroline de Carvalho Castro e Caroline Greiner Dra. Juliana de Oliveira Ferreira (Neuropediatra) LAGOA DA PRATA LAGOA DA PRATA 11. 13.04.2017 Curta no Facebook fb.com/jornalcidademg COTIDIANO 11 ARQUIVO ACE/CDL LP ARQUIVO PESSOAL REPRODUO/INTERNET Resultado do setor de cobrana da ACE/CDL LP cresce 20% Durante a crise, consumidor opta por verses mais baratas de ovos de Pscoa Odepartamentodecobrana da ACE/CDL de Lagoa da Pra- ta encerrou o ms de maro com o resultado 20% maior em relao mdia de 2016. A entidade contra- tou mais uma colaboradora para o setoreimplantounovasmetodolo- giasnocontatocomosclientesem dbito,oquepossibilitouumame- lhora no servio prestado. De acordo com a advogada e coordenadora do setor de cobran- a, Raquel Neves, alm do contato telefnico e por meio de cartas, os clientesestosendoacionadospor meio de mensagens pelo Whatsa- Ao caminhar pelos super- mercados de Lagoa da Prata j possvel ver os pais na corri- da para comprar os ovos de Ps- coa para os filhos. E os reflexos da crise econmica tambm so percebidos, pois o consumidor es- t optando por verses mais ba- ratas, como o caso de caixas de bombons, ou at mesmo de barras de chocolate em verses menores. SegundoMarinaAlmeida,me de Jlia, de 7 anos, a cada ano fica mais difcil satisfazer os desejos da filha. Ela vem cheia de ideias! ovo de princesa, ovo da Min- nie, mas quando chego aqui eu j falo com ela que no d. A gente sente e v a carinha de decepo, mas est muito difcil porque um ovo desses custa mais de 50 reais e so minsculos. E a, como que a gente faz? Eu troco por outras op- es mais baratas porque j ensi- nei pra ela que nem sempre vou poder dar a ela o que ela quer, dis- se. Uma pesquisa do Mercado Mi- neiro apontou que alm dos pre- os estarem mais altos em 2017, os ovos tambm diminuram no tamanho. A pesquisa citou como exemplo o ovo grande Ferrero Ro- cher, que no ano passado pesava 390g e agora pesa 354 gramas. Ou seja, est 15,39% mais caro, pois seu preo nas lojas passou de R$67,62 para R$78,03. A pesquisa tambm revelou que outros trs ovosdamesmafabricantetiveram peso reduzido. Ainda assim, todos esto mais caros, segundo o ser- vio de comparao de preos. O menor reajuste foi de 12%. De acordo com o Mercado Mi- neiro, ntido que a indstria op- tou pelos ovos mais vendidos em anos anteriores, ou seja, devido crise financeira, a indstria redu- ziu a diversidade de ovos. Segundo a Fecomrcio de Mi- nas Gerais, quase metade dos con- sumidores pretendem presentear na Pscoa. A pesquisa ainda apon- tou que 76% dos entrevistados dis- seram que os presentes no passa- ro de 100 reais. Outro indicador mostra que 48,2% pretende gastar menos que em 2016. pp. Com isso estamos conseguin- do chegar num nmero maior de clientes, com uma rapidez maior. s vezes o cliente no pode atender a ligao, mas ele visuali- za a mensagem no Whatsapp e to- ma cincia do dbito, explica. Com a contratao de uma no- vacolaboradora,osetordispeago- radeumafuncionriaquefica,ex- clusivamente, por conta do conta- totelefnicocomosclientesemd- bito. Mais de 80 empresas utilizam os servios de cobrana da ACE/ CDL.Odepartamentoconseguere- cuperarcercade70%dosttulosem atraso, reforando o caixa das em- presasepossibilitandoaosclientes a oportunidade de comprar a pra- zo no comrcio da cidade. im- portante que o empresrio no de- more a nos enviar o ttulo em atra- so.Oidealencaminharascobran- as com no mximo 60 dias aps o vencimento. Tem empresrio que espera at um ano para nos enviar ottulo,comissooclienteacabafi- cando muito constrangido com a cobrana e s vezes nem compra novamente no mesmo estabeleci- mento, orienta Neves. DA REDAO contato@jornalcidademg.com.br Estamos conseguindo chegar num nmero maior de clientes, com uma rapidez maior. s vezes o cliente no pode atender a ligao, mas ele visualiza a mensagem no Whatsapp e toma cincia do dbito Raquel Neves, advogada e coordenadora do setor de cobrana O departamento de cobrana consegue recuperar, em mdia, 70% dos ttulos em atraso MarinaAlmeidafazquestodepes- quisar e encontrar o melhor preo para fazer suas compras LAGOA DA PRATA LAGOA DA PRATA 12. 13.04.2017Leia mais notcias em www.jornalcidademg.com.brCOTIDIANO12 Projeto Livro na Praa rene comunidade com literatura e recreao O projeto Livro na Praa, realizado no dia 31 de maro, apresentou em forma de stands te- mticosdiversostrabalhosdosalu- nos da Escola Municipal Amncio Bernardes.Oeventorealizadopela equipe da escola faz parte da pro- gramao das comemoraes do centenrio da instituio de ensi- no.umprojetoquevisaresgatar valores, incentivando o gosto pela leitura em um local de acesso para todos os santo-antonienses. Alm de prover a cidade com um evento literrio e de embasamento cultu- ral, tendo como objetivo a popula- rizaodelivrosinfantis,explicou GracielleSilvaOliveira,vice-direto- ra da escola. As visitaes aconteceram nos turnosdamanhetarde,comapre- sena de alunos e professores das escolas municipais, estaduais, par- ticulareseCEMEIs,almdefamilia- res e comunidade em geral. Clssi- cos da literatura infantil brasileira e mundial foram abordados pelos alunoscomacaracterizaodeper- sonagens,montagemdemaquetes, ilustraesetextos.Foramapresen- tadostrabalhosemformadelitera- turadecordelexilografia.Tambm foidisponibilizadoumstandparaa trocadegibiseoutrosobrealimen- tao escolar saudvel com infor- maes inclusive do cardpio ofer- tadonaescola.Umarearecreativa foidisponibilizadaparaascrianas. Aolongodesuatrajetria,aEs- colaMunicipalAmncioBernardes tem permitido que vrias geraes de santo-antonienses busquem e construam conhecimento. O cen- tenrio desta escola um exem- plo vivo de dignidade, de trabalho e acho que nossa comunidade pre- cisa aplaudir. No s os atuais edu- cadores, profissionais da educao que ali esto, mas como todos os educadores que nos antecederam. Quenssaibamosaplaudiressaini- ciativaevalorizaraquiloqueopi- lar de uma sociedade: a educao, declarou a Secretria de Educao Mrcia Bernardes. J esto em desenvolvimento vriosprojetosquefazempartedas comemoraes do centenrio. Em comum, teremos sempre o resga- te de valores como solidariedade, amorepartilha.Inclusive,teremos aPscoaSolidriaquevaiabranger toda a comunidade. Todos os even- tosserodivulgadosmsams,tra- zendo surpresas. E ainda teremos umaapresentaodeencerramen- to no dia 30 de setembro, em que contamos com a presena e parti- cipaodetodos,acrescentouGra- cielle. Texto e fotos: Ismael Costa (ASSCOM/SEMED) Evento faz parte da programao comemorativa do centenrio da Escola Municipal Amncio Bernardes em Santo Antnio do Monte DA REDAO contato@jornalcidademg.com.br SANTO ANTNIO DO MONTE 13. 13.04.2017 Curta no Facebook fb.com/jornalcidademg POLICIAL 13 muito comum ver pessoas reclamandonasredessociais sobre a falta de segurana. Mesmo que ainda no tenha sido assalta- do, todo mundo conhece pelo me- nos uma pessoa que tenha sido. Em Lagoa da Prata, a situao no diferente. As ocorrncias de furtos e roubos tomam conta da internet e jornais. Recentemente, dois bancos do municpio foram explodidos por criminosos forte- mente armados. DeacordocomaConfederao Nacional das Indstrias (CNI), 80% dos brasileiros afirmam terem presenciado alguma situao de risco nos ltimos 12 meses. Alm disso, a pesquisa aponta que 70% das pessoas esto tomando algu- ma medida restritiva por causa da criminalidade, como evitar andar com dinheiro ou sair noite, dei- xar de circular em alguns bairros, almdeaumentaraseguranapri- vada ou at mesmo trocar de casa ou os filhos de escola. Nodia9deabril,porvoltadas 23h45 a Polcia Militar de La- goadaPratafoisolicitadaparacom- parecer na rua Manaus, no bairro Santa Eugnia. No local, a vtima, de 50 anos estava cada no cho in- conscienteecomumferimentono peitoprovenientededisparodear- ma de fogo. Ele foi levado para o Hospital So Carlos, onde durante o atendi- mentofeitopelomdicoplantonis- s 11h40 do dia 3 de abril, em cumprimento a um mandado de busca e apreenso, a Polcia Militar de Lagoa da Prata deslocou-se at uma residncia, situada rua Homero de Castro, bairro Gomes, onde abordaram um indivduo suspeito. Durante busca e varredura pe- s13hdesexta-feira(7),umso- licitante relatou aos militares queaosairdesuapropriedaderural, em sua caminhonete Fiat/Strada Fi- re,foiabordadopordoisindivduos emumamotocicleta. Opassageirodamotosacouuma arma, anunciou o roubo, exigiu as chavesdacaminhoneteeassumiua conduodoveculo.Ambosossus- peitosfugiramsentidoMG164. s 14h30 do dia 9 de abril, aps denncias que na Praia Municipalhaviaumjovemtrafican- dodrogas,ospoliciaismilitaresdes- locaramaolocal,ondevisualizaram dois adolescentes, que ao notarem a aproximao dos militares, ten- taram dispensar quatro buchas de maconha. Naresidnciadeumdossuspei- tos,ospoliciaismilitaresencontra- ta veio a bito. A irm da vtima re- latou que estava fechando um es- tabelecimento comercial que fi- ca junto da residncia quando foi abordadaporumindivduomagro, alto,moreno,trajandocalaescura e moletom preto com capuz. O ra- paz portava um revlver. O autor pediu a chave da moto e foi para a lateral do trailler. A v- tima, encontrando com o autor ar- mado,levantouasmosefoiemdi- reo a ele com a inteno de rea- lo local foram localizados um re- vlver calibre 32 e um revlver calibre 38, ambos sem munies, e uma embalagem plstica con- tendo maconha. Diante dos fatos, o suspeito foi preso e conduzido Delega- cia de Polcia com as armas apre- endidas. Em Lagoa da Prata, s 11h50 de sbado (8), aps denncia annima sobre um indivduo sus- peitoqueestacionouoveculoVW/ Fox 1.0 em uma residncia na Ave- nidaDonaMariaRita,bairroChico Miranda policiais militares deslo- caram at o local e visualizaram o automvel. Duranteverificaoao sistemainformatizado,ospoliciais constataramqueoveculohaviasi- do furtado no dia anterior na cida- de de Santo Antnio do Monte. Ne- nhum morador foi encontrado. O veculo foi apreendido e removido para o ptio credenciado. Aps receberem informaes que um suspeito estaria de posse de uma de fogo, os policiais militaresdeSantoAntniodoMon- tecompareceramruaJosdeSou- za Dias, bairro Mangabeiras, onde, durante buscas, encontraram um revlvercalibre32 municiadocom uma cartucho intacto. O suspeito foi preso e encami- nhado Delegacia de Polcia Civil juntamente da arma apreendida. ram duas buchas pequenas, duas buchas mdias e uma bucha gran- dedemaconha,umachavee120re- aisemdinheiro.Osadolescentesfo- ram apreendidos e encaminhados a Delegacia de Polcia com o mate- rial apreendido. VIU ALGUMA ATITUDE SUSPEITA? DENUNCIE, O SIGILO ABSOLUTO: Ligue para o 190 gir.Oautorvirou,tentoucorrerpa- ra fugir, mas olhou para trs e dis- parou o tiro. O indivduo fugiu em uma mo- tocicleta de grande porte. Os mili- taresestofazendorastreamentoe levantamentosparachegaratoau- toretomarasdevidasprovidncias. SegundooTenenteBatista,impor- tante que a populao ajude a pol- cia neste momento, pois o autor ti- rou a vida de um trabalhador e pai de famlia. A pesquisa Retratos da Socie- dade Brasileira Segurana Pbli- ca foi feita com 2.002 pessoas em 141 municpios, entre os dias 1 e 4 de dezembro de 2016. Ela des- taca que 27% das pessoas muda- ram o modo de se vestir para re- duzir o risco de assalto ou assdio. Outro ponto que chama ateno que 76% dos entrevistados contra- taram servios ligados seguran- a privada, como alarmes, grades e trancas, compraram armas ou contrataram seguros contra rou- bo e furto. A pesquisa tambm re- velou que a criminalidade impac- ta diretamente na produtividade dos trabalhadores, que esto sem- pre tensos e, consequentemente, menos focados. JORNAL O TEMPO Violncia faz pessoas mudarem hbitos de vida Homem assassinado na rua Manaus Drogas e armas so encontradas no bairro Gomes Veculo furtado em S. A. do Monte encontrado em Lagoa da Prata Jovem preso por posse ilegal de arma de fogo Idoso tem veculo roubado em S. A do Monte Jovens so apreendidos vendendo drogas na Praia Municipal DA REDAO contato@jornalcidademg.com.br ASSESSORIA POLCIA MILITAR LAGOA DA PRATA LAGOA DA PRATA LAGOA DA PRATA SANTO ANTNIO DO MONTE SANTO ANTNIO DO MONTE SANTO ANTNIO DO MONTELAGOA DA PRATA Operao Batida Policial Em Lagoa da Prata, durante o dia 10 de Abril foi desencadea- daumaOperaoBatidaPolicialcom emprego dos discentes do Curso de FormaodeSoldados2016,comoin- tuito de combater os crimes de rou- boetrficodedrogasemdiversoslo- caisdessacidade,sendoobtidososse- guintesresultados: EFETIVOEMPREGADO: 23PoliciaisMilitares; 05Viaturase02motocicletas; RESULTADOSOBTIDOS: 30veculosfiscalizados; 45pessoasabordadas; 13AITslavrados; 02Veculosremovidos; 03pessoaspresas; 01menorapreendido; 05BoletinsdeOcorrnciaregistrados. MATERIAISAPREENDIDOS: 68 Pedras de substncia anlogas a Crack,comosseguintestamanhos:66 pequenas, 01 de tamanho mdio 01 grande; 30Pinosdesubstanciaanlogas aCocana; 32Pinosvazios; 02celulares. 14. 13.04.2017Leia mais notcias em www.jornalcidademg.com.brCULTURA14 Escola de Msica Acordes do Monte realiza o seu 1 festival Aconteceu no dia 2 de abril o 1 Festival de Msica da Esco- la de Msica Acordes do Monte, de SantoAntniodoMonte.Oevento, que teve apoio da Secretaria Muni- cipal de Cultura, foi realizado no Centro Cultural Joo Robson de Castro (Cetuc). Cerca de 200 pessoas e 18 gru- pos musicais participaram do fes- tival, dentre elas a cantora Thain Delfino, da cidade de Moema, par- ticipante programa The Voice Ki- ds. Ela foi uma das juradas do festi- val. Fiqueimuitofelizemreceber o convite para participar do festi- val!Aindamaisparaserjurada.Pra mim, foi ainda mais emocionante poderassistirasgrandesapresenta- es e ver que todos os candidatos se saram muito bem. Quero agra- deceraoIgorpeloconviteeoportu- nidade de tambm mostrar o meu trabalho e agradecer pelo carinho de todos, destacou a cantora. O Jornal Cidade conversou com o vencedor do festival, o garo- to Joo Vitor Apolinrio Alves, 11 anos,dacidadedeCludio.Elecan- touasmsicasSeforpraserfeliz, de Chitozinho e Xoror, e Porto Solido, do Jess. JORNAL CIDADE: QUAIS OS CANTORES QUE MAIS INSPIRAM VOC? JOO VTOR: Gosto de sertanejos e MPB, mas em especial, Chitozi- nho e Xoror, Jess, Victor e Lo e Roupa Nova. GANHAR O FESTIVAL FOI COMO UM INCENTIVO PARA QUE VOC SEGUISSE NESSA CARREIRA? Sim. A melhor de incentivar os no- vos talentos dando- lhes oportu- nidadeatravsfestivaisdemsicas. Ganharfoiumaemooindescrit- veleumincentivoamaispraconti- nuarbuscandomeusobjetivosatra- vs da msica, mais do que vencer aexperinciaqueestouadquirin- do como msico. GOSTARIA DE AGRADECER A ALGUM PELO APOIO E INCENTIVO RECEBIDO? Aos meus pais, familiares, amigos, minha escola de msica Casa das Artes,minhaex-professoradecan- to Cleide Clara, dois grandes ami- gos Geris Mario e Lucimar, e meu atual professor de msica Edgar Henrique. Mas em primeiro lugar agradeo a Deus, ao Igor Silva, or- ganizador do primeiro festival de msica de Santo Antnio do Mon- teeaocorpodejurados,acadaum deles. QUAL A MENSAGEM QUE VOC DEIXA PARA QUEM CONCORREU AO PRMIO JUNTAMENTE COM VOC? Queroparabenizaratodososparti- cipantesdofestivalpelabrilhantee competente apresentao de cada um. Me sinto honrado em ter par- ticipado com todos eles. Digo par- ticipar,porqueaoparticipardeum festivaldemsica,emprimeirolu- gar o esprito deve ser de unio e noconcorrncia.Pois,comojdiz a cano de Renato Russo: O sol nasce pra todos, s no sabe quem no quer. CONFIRA A CLASSIFICAO COMPLETA: 1 Lugar: Joo Vitor - Cludio/MG 2 Lugar: Wender Santos - Santo Antnio do Monte 3 Lugar: Z Maicon e Daniel - Bom Despacho 4 Lugar: Dennys Llis e Banda Estrada Real - Lagoa da Prata 5 Lugar: Felipe Guimares e Vincius - Santo Antnio do Monte Pblico lotou o CETUC para prestigiar o Festival de Msica JooVitor(11anos,Cludio/MG)foi o vencedor do Festival Igor Silva e Thain Delfino, da cida- dedeMoema,participanteprogra- ma The Voice Kids FOTOS: BIANCA FERREIRA ARQUIVO PESSSOAL DIVULGAO DIVULGAO DA REDAO contato@jornalcidademg.com.br Escritor Carlos Lcio lana dois novos livros O escritor Carlos Lcio Gontijo comemoranodia26deabrilamar- ca de 40 anos de atividade literria comolanamentodedoisnovost- tulos,totalizando20livrospublica- dos durante quatro dcadas. Beijoaria uma obra infantil ilustradaporNivaldoMarquesMar- tins. DesmemriasdeHorizonte umromance,com320pginas,ilus- tradocomfotosdojornalistaHamil- tonFloresedesignergrficodeAn- tnio Jabur Neto. Ao adquirir o ro- mance, por R$ 40, o leitor recebe gratuitamente a obra infantil, que custa R$ 15 o exemplar. OeventoacontecernaCasada Pizza, rua Bencia Batista Braga, 460, no bairro So Lucas, em San- to Antnio do Monte, a partir das 19h30. Haver msica ao vivo com Andr Duarte. SANTO ANTNIO DO MONTE 15. 13.04.2017 Curta no Facebook fb.com/jornalcidademg 3 edio do E-Cult ser realizada no sbado Cabal Tribal lana EP STUDIO SESSIONS No dia 15 de abril, sbado de aleluia, a Praia Municipal de Lagoa da Prata receber, de 10h s 18 horas, a terceira edio do En- controCulturaldeIniciativaPopu- lar (E-Cult). O evento ter apresen- taes musicais de samba, rock e eletrnico, com a participao de bandaslocaiseregionais.Almdis- so, acontecero apresentaes de dana, feirinha de trocas e de arte- sanatos, oficinas, palestras, espor- tes, atividadesparacrianas, entre outras surpresas. DeacordocomAlexBessas,que um dos organizadores, o evento realizado de forma aberta e por No final do ms de maro, a maisantigabandadeRockde Lagoa da Prata/MG lanou seu lti- motrabalhointituladoStudioSes- sions-AoVivonaUsinadaMsica. Trata-sedeumEPcom3(trs)msi- cas autorais e inditas, compostas porElvisAlmeida,FabinhoOliveira eHugoMoreiraecantadaseingls. As msicas j eram conhecidas dosfs,quejtiveramoportunida- de de ouvi-las em shows da banda, aexemplodeDontStop,compos- ta em 2012. Apesar do ttulo Studio Ses- sions, a gravao foi feita com a banda tocando ao vivo no estdio Usina da Msica, em fevereiro de 2017, onde os msicos demonstra- ramumpoucodaquiloqueoshow da Cabal Tribal. Astrscanespodemserouvidase assistidas, gratuitamente, no canal da banda no YouTube: Youtube.com/BandaCabalTribal UM POUCO DA HISTRIA DA CABAL A banda iniciou sua trajetria em 2003, sendo ento batizada como Cabal Tribal pelos msicos Fabi- nho e Alisson. No ano seguinte, aconteceu a gravao e o lanamento do pri- meiro CD, intitulado Concluso. Inicialmente, a banda era um quarteto. Depois passou para um quinteto, com a incluso de mais uma guitarra, e por ltimo passou para um sexteto, com a presena tambm de uma percusso, feita por Daniel Ribeiro. Em agosto de 2016, a banda so- freu o seu maior golpe, com o fale- cimento do baterista Alisson, aps umaincansvellutacontraaleuce- mia. Seu lugar foi preenchido por Daniel Ribeiro. Em seus shows, a Cabal Tribal apresenta ao pblico uma fuso de estilos,sempredentrodocontexto rocknroll.Asinflunciasdogrupo so Led Zeppelin, Beatles, AC/DC, Rolling Stones, Dire Straits, Rush, Judas Priest, Iron Maiden e muitas outras. isso abraado por muitos. Conta- mos com o apoio de patrocinado- res e, essencialmente, de pesso- as bem dispostas que cedem seu tempo para se dedicar constru- o dessa aventura pelas culturas lacustres (sim, lacustres, porque lagopratense nos soa formal de- mais), disse. Bessas tambm afirmou que o grupo est com uma excelente ex- pectativa de pblico. Esperamos que milhares de pessoas transi- tem pela nossa estimada prainha no sbado de aleluia. Desde j va- mostorcerparaquesejadiadecu azul,tudoazul.Entreasatividades jdivulgadasestooaulodeioga, apresentaodeMuayThaieJiuJit- su, recreao infantil. SOBRE O E-CULT O E-Cult um evento aberto e de iniciativa popular que acontece desde 2012. A iniciativa visa repen- sar os usos dos espaos pblicos e se empenha em desenvolver ativi- dades culturais em Lagoa da Prata. ACOMPANHE NAS MDIAS SOCIAIS: facebook.com/ecultmov instagram: @ecultmov PARA MAIS INFORMAES: Alex Bessas: (31) 9 9265-6666 DIVULGAO DIVULGAO DA REDAO contato@jornalcidademg.com.br CULTURA 15 Moto Sunset 2017 Vem a mais uma edio do Mo- to Sunset. O evento, que acontece- rnaPraadosTrabalhadores,ser de 30 de junho a 2 Julho. A progra- mao ainda no foi divulgada. Pa- ra mais informaes acesse a pgi- na do Moto Sunset Lagoa da Prata. LAGOA DA PRATA LAGOA DA PRATA 16. 13.04.2017Leia mais notcias em www.jornalcidademg.com.brCOOPERATIVISMO16 O Sicoob Crediprata reali- zou pelo 3 ano consecuti- vo o Encontro de Mulheres Coo- perativistas, para homenagear as mulheres das comunidades onde atua. Foram quase 800 participan- tes que tiveram a oportunidade de assistir a palestra Mulheres em ao: Transformando o seu poten- cial em Resultado na vida e no tra- balho, ministrada por Rosimei- re Martins, que Coach de Alta Performance com foco em desen- volvimento profissional, Trainer e MasteremProgramaoNeurolin- gustica. Os eventos ocorreram no dia 28/03 em Moema, 29/03 em Ja- paraiba e 30/03 em Lagoa da Prata, contando com a presena de mu- lheres de Esteios. A palestra abordou temas vol- tados para a mudana de compor- tamento, diretamente relaciona- dos a autoestima, liderana, de- senvolvimento pessoal e profis- sional, obtendo avaliao positi- va e superando as expectativas. PUBLIEDITORIAL SICOOB CREDIPRATA rene cerca de 800 mulheres no 3 Encontro de Mulheres Cooperativistas Depoimentos Quero primeiramente agradecer ao Sicoob pelo zelo com todos os associados e clientes e parabenizar Rosimeire Martins pela maravilhosa palestra. Sa do auditrio me sentindo privilegiada pela oportunidade de ouv-la, e pude refletir sobre vrias questes bastante relevantes para a vida.Perceboacapacidadequeaminhamentepossuieo quanto posso evoluir. Super carismtica, passa a grande paixopelooquefaz,fazendocomqueaapresentaose torne simples, agradvel e fcil de ser entendida. Foi uma experincia enriquecedora a todos os nveis, profissional e principalmente pessoal Mikaela Freitas - Lagoa da Prata O encontro de mulheres cooperativistas levantou minha autoestima. Aprendi que nada cai do cu e que tenho que agir e correr atrs dos meus ideais, porque quem espera nada alcana, sem agir. Tambm tenho que enfrentar meus medos, para que eu possa alcanar o meu sucesso e acima de tudo, ser feliz de ser eu mesma Cassilda - Moema Noite memorvel! como consigo definir esta noite. Uma noite dedicada s mulheres, ao nosso poder, nossa superao e principalmente ao nosso amor prprio. Parabns ao Crediprata por nos oferecer momentos como estequenosengrandecem e alimentam nossa alma... Obrigada!!! Sabrina Lagoa da Prata Parabns ao Sicoob Crediprata que mais uma vez, pela passagem do dia Internacional da Mulher, nos presenteia com uma excelente palestra. Com certeza, essa realizao demonstra o quanto a Crediprata valoriza a Mulher Japaraibana Ligia Brbara Fernandes Miranda - Japaraba Voc pode sonhar, criar e construir a ideia mais maravilhosa do mundo, mas so necessrias pessoas para tornar esse sonho realidade. Quero agradecer pela oportunidade de participar da palestra, foi um excelente aprendizado. Parabns ao Sicoob Crediprata Amanda Gontijo - Moema Nesse encontro foi possvel perceber o nosso potencial, o que nos encoraja a seguir em frente, transformando nossa realidade, colhendo sempre melhores frutos Celi Veloso de Sousa - Japaraba

Recommended

View more >