Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 100 - 24/08/2017

Embed Size (px)

Text of Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 100 - 24/08/2017

  • www.jornalcidademg.com.br Lagoa da Prata, S. A. do Monte, Moema e Japaraba 24/Ago/2017 - Ano 5 - Edio N 100 JORNAL DE DISTRIBUIO GRATUITA - VENDA PROIBIDA

    LAGOA DA PRATA PG 04

    S. A. DO MONTE PG 10

    EDITORIAL PG 02

    Jornal Cidade completa 100 ediesEstado pede

    devoluo de dinheiro da sade usado para fazer festa para os mdicos

    Em 1996, Secretaria de Sade de Lagoa da Prata usou recursos da Sade para comprar carne e cerveja. Por esse motivo, o Estado de Minas Gerais notificou Lagoa da Prata e exige a devoluo de R$ 1,6 milhes (Valor atualizado pela Taxa Selic). Os recursos, de acordo com o Estado, tambm foram utilizados para fazer festa de mdicos e comprar coroa de flores.

    Aps lenda de maldio, pedra do padre assentada na Praa da Matriz

    ASCOM PREFEITURA SAMONTE

    INCLUSO PG 14

    APAE de LPter horta suspensa

    ESPORTES PG 02

    Sucata realiza jogo amistoso contra o Bagao, do Esprito Santo

    IMAGEM ILUSTRATIVA

    ARQUIVO

  • 24.08.2017Leia mais notcias emwww.jornalcidademg.com.brEDITORIAL2

    Jornal Cidade completa 100 ediesEm abril de 2013, o lanamento da primeira edio do Jornal Cidade deixou muita gente surpresa e em dvida com relao longevidade

    da publicao. Surpresa porque, pela primeira vez, Lagoa da Prata recebia um jornal com distribuio gratuita, impresso com qualidade premiume totalmente colorido e um alcance em todos os bairros e comrcios da cidade. Quebramos um paradigma. Colocamos no mercado um produto

    de qualidade, produzido com preciso e distribudo de graa para a populao. Tamanha inovao despertou dvidasem algumas pessoas, que no acreditavam que o jornal durasse trs meses de circulao.

    Pois bem. C estamos ns completando a 100 edio, graas confiana dos leitores, parceria de mais de 80 comrcios em 4 cidades quedistribuem o jornal aos seus clientes e, principalmente, confiana de empresas e instituies que investem recursos publicitrios no Jornal Cidade,

    sem os quais seria impossvel manter este rgo de imprensa nesses quase 5 anos de circulao.A TODOS VOCS, MUITO OBRIGADO PELA CONFIANA E PARCERIA.

    Ns, do Projeto Doce Vida, parabenizamos o Jornal Cidade pelas 100 edies e agradecemos pela divulgao dos nos-sos trabalhos. Foi por meio do jornal que conseguimos atrair um nmero maior de participantes e assim transformar a vi-da dessas pessoas cumprindo o nosso papel social. Da mes-ma forma, a sociedade pde conhecer o projeto.Fabiana Amaral - Professora de EducaoFsica em Moema

    Poucas vezes me surpre-endi com tanta dedicao, eficincia e profissionalis-mo de um Jornal regional, o Jornal Cidade completa 100 edies nesse ms de agos-to, e ns do Sicoob Lagoacred Gerais s temos a agradecer pela parceria e qualidade do contedo que o jornal sem-pre ofereceu para as comu-nidades. Vocs so merece-dores de todo meu respeito e admirao.Jlio Marcos Rodrigues - Ass. de Comunicao e Marketing do SicoobLagoacred Gerais

    com muita alegria e carinho que parabenizo o Jornal Cida-de pelas 100 edies. Que o jornal continue levando informa-o, esclarecendo dvidas e que amplie-se sua distribuio para que cada vez mais pessoas tenham o prazer de desfru-tar de suas informaes. Como parceiros agradecemos pe-los bons negcios que foram gerados nesse tempo. Deseja-mos que o Jornal Cidade faa parte de nossa histria por mui-tos anos, e principalmente, nos trazendo boas notcias. E que venham muito mais!.Silma Rodrigues - Assessora deMarketing da ACE/CDL de Lagoa da Prata

    Gostaria de parabenizar em primeiro lugar toda equipe do Jornal Cidade que vem desenvolvendo um excelen-te trabalho, no s em Lagoa da Prata, como em toda a re-gio. Vivemos hoje em um mundo em que a informa-o est em todos os lados, em todos os locais e a qual-quer hora. A comunicao uma das maiores necessida-des do ser humano, seja ela recebida pela tv, revista, jor-nal, rdio ou internet. Porm, jornais impressos continuam sendo a principal fonte de no-tcia local, ainda que a inter-net diminua a profundidade de sua cobertura. O Jornal Cidade um desses veculos que faz a diferena na nossa sociedade, sempre buscan-do levar informaes aos ci-dado com extrema clareza, profissionalismo e imparcia-lidade. Que essa comemora-o seja a primeira de muitas. Parabns ao amigo e parcei-ro de profisso Juliano Rossi e ao Everton Costa pela co-ragem de realizar mais esse trabalho de renome em toda regio.Jordnia Pereira -Ass. de Comunicao daPrefeitura de Japaraba

    Fiquei muito lisonjeada e grata por participar de uma das ma-trias produzidas pelo Jornal Cidade, que nos d voz. Obrigada por mostrarem em uma das reportagens a importncia que a equoterapia tem para quem dela realmente necessita. Pa-rabns, Jornal Cidade.Paulina de Souza Silva - Lagoa da Prata

    Parabenizamos a toda equi-pe do Jornal Cidade por essa marca to expressiva. Um ca-nal de informaes compro-metido com a comunidade, empresas e parceiros de-terminante para o avano da vida em sociedade. Que ve-nham mais centenas de edi-es! .Philip Rubens SoaresPereira - Coordenador de Projetos do Sicoob Lagoacred Gerais

    O Jornal Cidade vem execu-tando um trabalho com cre-dibilidade e responsabilidade na comunicao social. Pa-rabenizo toda equipe pelas 100 edies, que transmitem informaes com tica e pro-fissionalismo.Sabrina Mendes - Professora em Moema

    A importncia da imprensa na sociedade inegvel, pois pro-move o conhecimento, informa e integra a populao, apoian-do a formao de conscincia crtica. O seu papel social de altssima responsabilidade e deve ser exercido com absolu-ta transparncia e equilbrio. Parabenizamos o Jornal Cidade ao completar sua 100. Edio, reafirmando nosso reconhe-cimento pelo belssimo trabalho que vem realizando, com a prestao de informaes e apoio s empresas locais, que se revertem, certamente, em desenvolvimento e prosperidade. A seriedade e competncia de suas publicaes, munindo de informaes equilibradas e inteligentes auxiliam na formao dos cidados e fortalecem a democracia em nossa regio.Diretoria Executiva Sicoob Crediprata,Nilsa Miranda Diretora Financeira eIvo Jonas Gontijo Diretor Administrativo

    Destaco na ltima edio em especial, meu agradecimen-to pelo carinho e dedicao com que sempre acolheram e di-vulgaram os trabalhos e realizados na Apae de Lagoa da Pra-ta. Pais, amigos e profissionais sabem na pele o quanto di-fcil atuar nos movimentos sociais que lutam pela defesa e garantia dos direitos das pessoas com deficincia. Por isso, destaco a importncia de termos um veculo de comunica-o como o Jornal Cidade, que alm de disponibilizar um es-pao em suas edies impressas e virtuais, compartilham a alegria que alunos , usurios e familiares sentem ao se verem representados e defendidos, seja para a divulgao de suas vitrias ou para a reivindicao de seus direitos.Reinaldo Aquino - Fisioterapeuta da Apaede Lagoa da Prata

    Os rgos de comunicao impressa que cobrem cidades ou regies do interior so de suma importncia para as pes-soas que as habitam, que ganham a oportunidade de obter informao sobre os muitos aspectos sociais, econmicos e cultuais que, visceral e intimamente, lhes dizem respeito. Ve-culo impresso como o Jornal Cidade tem o poder de ampliar o calor humano e at mesmo o amor dos cidados por suas cidades, uma vez que temos no conhecimento daquilo que nos rodeia a verdadeira fonte de responsabilidade e apreo afetivo, vindo da a assertiva de que ama-se o que se conhe-ce. Dessa forma, podemos afirmar que o Jornal Cidade dis-seminador de amor, paz e unio social, por intermdio de sua eficiente, profissional e democrtica cobertura jornalstica. Vida longa ao JORNAL CIDADE!.Carlos Lcio Gontijo - Escritor de SantoAntnio do Monte

  • 24.08.2017 Curta no Facebookfb.com/jornalcidademg COOPERATIVISMO 3

  • 24.08.2017Leia mais notcias emwww.jornalcidademg.com.brPOLTICA4

    Estado pede devoluo de dinheiro da sade usado para fazer festa para os mdicos

    A Procuradoria do Municpio de Lagoa da Prata protocolizou na sexta-feira (18/08), na Secretaria de Estado de Sade, um ofcio soli-citando a dilao (prorrogao) do prazo concedido pelo Estado para que Lagoa da Prata devolva R$ 1,6 milho. No dia 2 de agosto, o Muni-cpio recebeu a notificao de que teria 15 dias para devolver os valo-res, que so referentes ao repasse de um convnio celebrado em 1996, no valor de R$ 70 mil, para investir na elaborao de um Plano Municipal e Intermunicipal de Sade, com a contrapartida de R$ 14 mil do Mu-nicpio. Parte desse recurso foi usa-da, segundo o Estado, na compra de carne, cerveja, refrigerantes pa-ra a realizao de festa para mdi-cos oftalmologistas, conforme do-cumentos na prestao de contas do convnio. Os advogados do Municpio es-to analisando o processo, que pos-sui mais de mil pginas, e aguar-dam o deferimento do pedido fei-to ao Estado. Em entrevista ao Jornal Cidade, o atual secretrio de sade Geral-do de Almeida disse que o munic-pio no tem condies de devolver essa verba ao Estado. S se parali-sarmos algum servio de sade, la-menta o secretrio.

    CHURRASCO COMDINHEIRO DA SADE

    No dia 20 de maio de 1996, a Secre-taria de Sade realizou o empenho para a compra de 20 garrafas de re-frigerante de 2 litros, 4 caixas de cerveja, 20 quilos de carne de boi, 5 quilos de carne de porco e 3 qui-los de linguia para a festa dos oftal-mologistas da campanha de preven-o de cegueira. Os recursos pbli-cos deste convnio tambm foram gastos na compra de duas coroas de flores. Os gastos foram autorizados pelo ento secretrio de sade na poca, Locldio Elizeu Silva.

    RESPONSVEL TEM QUE SER PENALIZADO, afirma ex-prefeitoZezinhoO prefeito na poca era Jos Octa-viano Zezinho Ribeiro, que atual-mente ocupa o cargo de secretrio na Administrao Municipal. Ele ar-gumenta que a fiscalizao e gesto dos recursos de qualquer secretaria so de responsabilidade dos gesto-res, ou seja, dos secretrios. Precisamos levantar as respon-sabilidades e ver quem assinou os empenhos, v