of 56/56
Irace ma A lenda do Ceará

Iracema slide

  • View
    10.972

  • Download
    11

Embed Size (px)

Text of Iracema slide

  • 1. Iracema A lenda do Cear

2. Personagens Principais: 3. IracemaA virgem dos lbios de mel 4. Martim O jovem guerreiro branco 5. Araqum Pai da Iracema e paj da tribo tabajara 6. Poti Guerreiro Pitiguaras Amigo de Martim 7. Irapu Chefe dos tabajaras, apaixonado por Iracema 8. Caubi Destemido guerreiro irmo de Iracema 9. Moacir Filho da dor, primeiro cearense 10. Enredo 11. Parte I A chegada do guerreiro branco 12. Durante uma caada, Martim, um jovem guerreiro portugus. Se perdeu dos companheiros pitiguaras e caminhou sem rumo durante trs dias. 13. Encontrou com Iracema da tribo dos tabajaras. Quando se deparou com Martim, surpresa e amedrontada. 14. A ndia o feriu com uma flechada. 15. Arrependida a moa correu at Martim. E ofereceu-lhe hospitalidade. 16. A hospedagem ali no agradou um guerreiro, Irapu que era apaixonado por Iracema. 17. Enquanto isso Martim convivia com saudade de Portugal.E tambm com a crescente admirao pela virgem tabajara. 18. Parte II O abandono da ptria 19. Apaixonada por Martim e assim traindo o compromisso de virgem. Portadora do segredo da jurema da tribo tabajara. 20. Iracema decide fugir ao lado do amado e seu amigo Poti (guerreiro da tribo inimiga, pitiguaras). 21. Iracema fugiu da sua aldeia rumo ao litoral. 22. Ao perceberem o ocorrido, Irapu avisa Araqum. E juntamente com Caubi lideram os tabajaras e perseguem os amantes. 23. No caminho encontram os pitiguaras, ocorrendo assim uma batalha sangrenta . 24. Parte III Um novo comeo 25. A fuga acabou em uma praia deserta. Onde o casal decidiu construir uma cabana. 26. Aps um tempo os franceses se aliaram com os tabajaras. E decidiram travar uma batalha com a tribo. Assim, Martim viu-se obrigado a guerrear junto a seu irmo Poti, pegaram seus inimigos, de surpresa. 27. E depois comemoraram a grande vitria. Deixando Iracema na cabana, grvida. 28. Parte IV Final trgico 29. Ento, seu filho foi chamado Moacir, o filho da dor. De tanto chorar, Iracema perdeu o leite para alimentar o filho. 30. Conseguiu nutrir seu filho, mas a jovem perdia as foras e o apetite. O guerreiro branco, ao chegar e ouvir o canto triste da jandaia. 31. Pressentiu a tragdia. Evoltou a tempo de ver Iracema, l estavaela, porta da cabana. Ela s teve foras para erguer o filho e apresent-lo ao pai. 32. Suas ltimas palavras foram o pedido ao marido de que a enterrasse ao p do coqueiro de que ela gostava tanto. Em seguida, desfaleceu e no mais se levantou. 33. O sofrimento de Martim foi enorme, principalmente porque seu grande amor pela esposa retornara revigorado pela paternidade. 34. O lugar onde enterrou Iracema veio a se chamar Cear. 35. Moacir, filho da relao trgica entre o sangue portugus e o sangue indgena, tornou-se o primeiro cearense. 36. no Cear, Martim cria seu filho e implanta a f crist. 37. E continuou com uma amizade fiel com Poti. 38. FIM 39. Bastidores 40. 41. 42. 43. 44. 45. 46. 47. 48. 49. 50. 51. 52. 53. 54. 55. 56. Autores: Dhamayara MayaraKetlenJosiquele