AGU BRASIL N 53

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

AGUBrasil O Informativo AGU Brasil é uma publicação digital semanal voltada para o público interno.

Text of AGU BRASIL N 53

  • ADMINISTRAO

    Sistema Contamonitora contratos

    da AGU/ 02ALIMENTAO

    Marmitas so boas opes para fugir dos

    restaurantes/ 08 DIA DAS MES

    Av me duas vezes/14

    BRASILInformativo semanal da Advocacia-Geral da Unio 09/05/2016 N 53

  • O SISTEMA COBRE 100% DOS CONTRATOS DA AGU E TRAZ EFICINCIA NA GESTO DOS DOCUMENTOS

    Sistema Conta monitora contratos

    da AGU

    ADMINISTRAO Servidores administrativos, advoga-dos e procuradores tm a sua disposio uma ferramenta para gesto de contra-tos. O Sistema Conta, como chamado o programa de gerenciamento, oferece autonomia e eficincia queles que ad-ministram contratos, e pode ser acessado na intranet da Advocacia-Geral da Unio (AGU) por meio do endereo http://con-ta.agu.gov.br. O sistema possui 569 do-cumentos ativos, o que representa 100% dos contratos firmados pela AGU.

    2 | 09/05/2016 AGUBRASIL

  • Heles desenvolvedor e administrador do sistema

    Foto:Renato Menezes

  • O servidor administrativo Heles Resende, da Diretoria de Planejamento, Oramento e Finanas (DPOF), o de-senvolvedor e administrador do sistema. Segundo Heles, a ideia para a implementao do Sistema Conta surgiu a partir da deficincia dos con-troles utilizados pelas uni-dades gestoras executoras. Comeamos pela avaliao e anlise dos controles utili-zados pelas unidades respon-sveis pela gesto dos con-tratos nas superintendncias de administrao no mbito da AGU, conta o servidor.

    O Sistema Conta com-posto pelo Mdulo Gesto de Contratos e pelo Mdulo Fis-calizao. A consulta dos do-cumentos pode ser feita por meio de uma pesquisa rpida, ou atravs de buscas mais ela-

    boradas. Uma das possibilida-des a utilizao do nome do responsvel por cada contra-to. H tambm o ambiente de ocorrncias, em que so feitas notificaes que podero al-terar o valor do contrato (por exemplo, uma glosa). Esta rea mantida no Mdulo Fiscali-zao pelos fiscais e gestores.

    O Mdulo Gesto de Con-tratos traz um calendrio em que possvel acompanhar, diariamente, a data de trmino de cada contrato. O ambien-te tambm disponibiliza uma relao dos contratos venci-dos nos ltimos 30 dias e os que esto prximos data de vencimento.

    Padronizao na gesto con-tratual e acompanhamento das necessidades de cada contrato so apenas alguns dos benef-cios decorrentes da criao do

    sistema. Heles destacou que at mesmo as questes finan-ceiras e oramentrias foram aprimoradas com a implanta-o do Sistema Conta. O servi-dor apontou, tambm, o maior controle contratual. Com as ferramentas de aviso de ven-cimento por meio de e-mails dirios e mensais, reduzimos a probabilidade de vencer o contrato antes dos trmites para sua renovao, explica.

    A primeira verso do sis-tema foi desenvolvida em ju-lho de 2013 e disponibilizada em setembro do mesmo ano. Atualmente, a AGU conta com a verso 2.5 do Siste-ma Conta e aguarda a verso 3.0, que ser lanada com a implementao do Mdulo Execuo. Este novo mdulo disponibilizar a informao da execuo financeira e or-

    AGU

    4 | 09/05/2016 AGUBRASIL

  • amentria, feita no Sistema Integrado de Administrao Financeira do Governo Fede-ral (Siafi ), de forma autom-tica e atualizada diariamente. Os responsveis tero aces-

    so aos pagamentos efetuados s empresas e podero acom-panhar o saldo dos contratos para atestar as notas correta-mente, completa Heles.

    O Sistema Conta utilizado

    em sua totalidade por todas as unidades gestoras executoras da AGU, e atende os usurios que tiverem necessidade de acesso de informaes rela-cionadas a contratos.

    Mdulos Gesto de ContratosA pgina inicial deste mdulo traz duas tabelas. A primeira um calendrio que mostra o trmino de cada contrato e pode ser organizada de forma mensal, semanal ou diria. J a segunda tabela mostra os contratos que venceram nos ltimos 30 dias, e os que es-to se aproximando da data de vencimento.Os usurios dos setores de contratos alimentam as in-formaes disponveis nesse mdulo.

    Mdulo FiscalizaoA pgina inicial deste mdulo permite o acompanhamento e monitoramento do contrato que for de interesse do usu-rio. Nele, tambm so regis-tradas as ocorrncias. Os responsveis pelos con-tratos alimentam informaes disponveis nesse mdulo.

    Como funciona?O Sistema Conta formado por dois mdulos (Mdulo Gesto de Contratos e Mdulo Fiscalizao) que armazenam todas as informaes relacionadas aos contratos. As informaes disponveis vo desde o incio at o fi m da vigncia do documento.

    Os usurios dos setores de contratos alimentam as in-Os usurios dos setores de

  • Como o sistema via web, ele permite que qualquer servidor ca-dastrado, de qualquer regio do pas, tenha acesso aos dados e

    documentos relativos contratao, ou seja, uma excelente fer-ramenta para aplicao do princpio da transparncia nas contra-

    taes pblicasPaulo de Tarso Bello

    Chefe da Diviso de Contratos SAD-DF

    De forma prtica, a ferramenta foi fundamental para que a Secreta-ria-Geral de Administrao, de maneira rpida e eficaz, atendes-se aos decretos que estabeleceram a racionalizao de gastos nas contrataes pblicas. Os dados existentes no Conta foram transformados em planilhas gerenciais para reviso do objeto e valores, agilizando o estudo e a tomada de deciso

    Sidnei Borges Fidalgo Coordenador da CLOG-SG

    O que voc acha do Sistema Conta?

    6 | 09/05/2016 AGUBRASIL

  • Com o Programa de Prorrogao da Licena Pater-nidade (institudo com o Decreto n 8.737/2016), os servidores pblicos regidos pela Lei n 8.112 passam a ter 20 dias de licena aps o nascimento ou adoo de criana com at 12 anos de idade in-completos. A prorrogao de 15 dias ser concedida ao servidor que requisitar o benefcio no prazo de dois dias teis aps chegada da criana. Somada aos cinco dias j concedidos pelo art. 208 da Lei n 8.112, o servidor pblico passa a ter 20 dias para fi car com a famlia. O benefi ciado pela prorrogao no poder exercer atividades remuneradas durante o perodo concedido. Se for identifi cado descum-primento da norma, ser cancelada a prorrogao da licena e o servidor receber um registro da au-sncia como falta no servio.

    Licena Paternidade passa a ser de 20 dias

    SERVIDOR PBLICO

    7 | 09/05/2016 AGUBRASIL

  • Marmitas so boas opes

    para fugir dos restaurantes

    ALIMENTAOQualidade dos alimentos, crise finan-ceira, sabor da comidinha caseira feita na prpria casa. Seja qual for o motivo, a verdade que muitas pessoas prefe-rem preparar seu almoo e lev-lo para o trabalho a comer em restaurantes na rua. As marmitas esto em alta e so a escolha de vrios servidores da Advo-cacia-Geral da Unio (AGU).

    Esse o caso da advogada da Unio

    8 | 09/05/2016 AGUBRASIL

  • Servidores trocam o restaurante pela comida caseira

    Foto:Renato Menezes

  • Keila Neri, da Procuradoria da Unio no estado do Cear (PU-CE). Para ela, a vanta-gem da comida feita em casa gira em torno do cuidado no preparo e na limpeza dos ali-mentos. Quando a comida feita em casa, o controle so-bre o tipo e a quantidade de leo usado maior. Alm dis-so, voc se sente mais segura quanto procedncia e a hi-giene dos ingredientes, ex-plica a advogada. Keila v, ainda, outros benefcios com a escolha da marmita. Voc corre menos risco de sabotar a dieta levando uma fruta para comer depois da refeio, em vez de pedir aquela sobreme-sa super calrica e difcil de resistir, exposta na vitrine do restaurante, afirma.

    A questo financeira tambm pesa na hora de escolher entre a comida preparada em casa, e

    os almoos em restaurantes. O servidor Helder falco, da Pro-curadoria-Regional Federal da 5 Regio (PRF5), buscou unir a alimentao mais saudvel com o oramento no fim do ms. Comer fora est fican-do cada dia mais caro. Prefiro levar a comida de casa para o trabalho, pois posso equilibrar minha alimentao e economi-zar ao mesmo tempo, explica o servidor.

    A alimentao balanceada levada em conta pela terceiri-zada Amanda dos Santos, da Procuradoria Federal do Mato Grosso do Sul (PF-MS), que tem ajuda da me para preparar as refeies. Moro com meus pais e minha me me ajuda a cozinhar. Sempre estou varian-do o cardpio, mas o tradicio-nal arroz com feijo no pode faltar. Busco comer pelo menos trs tipos de carnes diferentes

    na semana. Alm disso, a fun-cionria aproveita o momento da refeio para interagir com os colegas no ambiente de tra-balho e se alimentar de manei-ra saudvel. Junto, prepara-mos diversos tipos de saladas como acompanhamento, con-ta a funcionria.

    A terceirizada Jennifer Lor-rane, que trabalha na Sede I (Distrito Federal), s v van-tagens na escolha da marmi-ta. Para a funcionria, alm da economia, o sabor da comida caseira muito mais especial. Trago comida para o trabalho quase todos os dias do ms. Alm do preo ter subido bas-tante, no como fora por en-joar rapidamente do modo de preparo e do tempero da co-mida nos estabelecimentos. Prefiro cozinhar em casa, pois adoro o gostinho de comida caseira, completa.

    AGU

    10 | 09/05/2016 AGUBRASIL

  • possvel comer bem e economizar. O bom variar o cardpio, economizar tempo, ter uma alimentao cons-ciente e uma vida saudvelRicardo Corra Servidor Administrativo PSU/RGR

    Qual a sua dica?

    Alm da comida estar fi cando muito cara nos restauran-tes, tenho receio do jeito que fi cam expostas por um lon-go perodo. Prefi ro cozinhar e levar os alimentos do jeito que eu costumo comer, assim controlo a poro, escolho meu tempero e sou saudvel na medida do possvel

    Ana Cludia Baldini Tcnica do seguro social - PRF2

    11 | 09/05/2016 AGUBRASIL

  • 12 | 09/05/2016 AGUBRASIL

  • Pesquisa de satisfaoA qualidade do site da AGU considerada satis-fatria por 60% dos usu-rios. O ndice consta em pesquisa com 1.470 pes-soas que responderam espontaneamente na pr-pria pgina eletrnica so-bre os servios ofertado