Click here to load reader

AFOGAMENTO NO ESTADO DE GOIÁS: ESTUDO · PDF fileacademia bombeiro militar - abm lucas fonseca silva afogamento no estado de goiÁs: estudo sobre o conhecimento de procedimentos aplicados

  • View
    215

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of AFOGAMENTO NO ESTADO DE GOIÁS: ESTUDO · PDF fileacademia bombeiro militar - abm lucas...

  • ACADEMIA BOMBEIRO MILITAR - ABM

    LUCAS FONSECA SILVA

    AFOGAMENTO NO ESTADO DE GOIS: ESTUDO SOBRE O

    CONHECIMENTO DE PROCEDIMENTOS APLICADOS

    PELOS MILITARES EM CURSO NA ACADEMIA BOMBEIRO

    MILITAR DO ESTADO DE GOIS E VIABILIDADE DE

    IMPLANTAO DE UM MANUAL

    GOINIA/GO

    2015

  • LUCAS FONSECA SILVA

    AFOGAMENTO NO ESTADO DE GOIS: ESTUDO SOBRE O

    CONHECIMENTO DE PROCEDIMENTOS APLICADOS

    PELOS MILITARES EM CURSO NA ACADEMIA BOMBEIRO

    MILITAR DO ESTADO DE GOIS E VIABILIDADE DE

    IMPLANTAO DE UM MANUAL

    Artigo Cientfico, apresentado ABMGO, como parte das exigncias para concluso de Curso de Formao de Oficiais e obteno do ttulo de Aspirante a Oficial, sob a orientao da Sr. Capito QOC BM Marcus Vincius Borges Silva.

    GOINIA/GO 2015

  • LUCAS FONSECA SILVA

    AFOGAMENTO NO ESTADO DE GOIS: ESTUDO SOBRE O

    CONHECIMENTO DE PROCEDIMENTOS APLICADOS

    PELOS MILITARES EM CURSO NA ACADEMIA BOMBEIRO

    MILITAR DO ESTADO DE GOIS E VIABILIDADE DE

    IMPLANTAO DE UM MANUAL

    Artigo Cientfico, apresentado ABMGO, como parte das exigncias para concluso de Curso de Formao de Oficiais e obteno do ttulo de Aspirante a Oficial, sob a orientao da Sr. Capito QOC BM Marcus Vincius Borges Silva. Goinia,_____de___________de______

    BANCA EXAMINADORA:

    ________________________________________________________ Carlos Antnio Moura - Maj QOC BM

    ________________________________________________________ Sancler Ramos - 2 Ten QOC BM

    ________________________________________________________ Renata Vilela Chaveiro - 2 Ten QOC BM

    Nota

  • SUMRIO

    1 INTRODUO .......................................................................................... 6

    2 FUNDAMENTAO TERICA ................................................................ 7

    2.1 Afogamento ............................................................................................. 7

    2.1.1 No Brasil .................................................................................................... 7

    2.1.2 Em Gois ................................................................................................... 8

    2.2 Fisiopatologia do Afogamento ............................................................... 11

    2.3 Importncia do atendimento rpido ao afogado .................................. 11

    3 Resultados e Discusses ....................................................................... 12

    4 CONSIDERAES FINAIS ...................................................................... 16

    REFERNCIAS ......................................................................................... 18

    APNDICE A .......................................................................................... 19

    APNDICE B.......................................................................................... 20

  • AFOGAMENTO NO ESTADO DE GOIS: ESTUDO SOBRE O CONHECIMENTO

    DE PROCEDIMENTOS APLICADOS PELOS MILITARES EM CURSO NA

    ACADEMIA BOMBEIRO MILITAR DO ESTADO DE GOIS E VIABILIDADE DE

    IMPLANTAO DE UM MANUAL

    Lucas Fonseca Silva1

    RESUMO

    A proposta deste artigo um estudo sobre o conhecimento de procedimentos aplicados pelos bombeiros militares em curso na Academia Bombeiro Militar do Estado de Gois (ABMGO) em casos de afogamento, buscando saber o grau de conhecimento por parte dos bombeiros militares do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Gois (CBMGO) e apoiar o ensino dos cursos de formao do mesmo. O mtodo utilizado para comprovao foi o quantitativo atravs da aplicao de questionrios e coleta de dados estatsticos, e qualitativo buscando saber o conhecimento prtico e terico dos bombeiros militares que esto em curso na ABMGO. A pesquisa bibliogrfica foi a base de criao do manual. Os resultados da pesquisa de campo direcionam para a viabilidade de criao de um manual prprio para o CBMGO. Palavras-chave: Afogamento. Conhecimento. Ensino.

    ABSTRACT

    The purpose of this article is a study on the knowledge of procedures applied by firefighters ongoing Fireman Academia Bombeiro Militar do Estado de Gois (ABMGO) in drowning cases, seeking to know the degree of knowledge by the military firefighters from the Corpo do Bombeiro Militar do Estado de Gois (CBMGO) and support the teaching of the same training courses. The method used was the quantitative evidence through the use of questionnaires and collecting statistical data and qualitative seeking to learn the practical and theoretical knowledge of firefighters that are underway in ABMGO. A literature search was the manual breeding base. Field research results direct to the feasibility of creating its own manual for CBMGO. Keywords: Drowning. Knowledge. Education.

    1 Cadete do 3 ano do Curso de Formao de Oficiais, da Academia Bombeiro Militar do Estado de

    Gois, concursado pelo Estado do Mato Grosso e possui Ensino Mdio. E-mail: [email protected]

  • 6

    1. INTRODUO

    Segundo a Sociedade Brasileira de Salvamento Aqutico (SOBRASA) (2014):

    A sociedade impactada diariamente por tragdias de algum afogamento. Sozinho o Google News reporta um mnimo de 5 tragdias diariamente no Brasil e isto apenas a ponta do iceberg. Todas estas tragdias envolvem algum brasileiro saudvel e muito jovem para morrer e sempre esto envoltas em um grande ressentimento familiar do porque no foi prevenida. O trauma diferentemente de outras doenas ocorre inesperadamente na grande maioria das vezes, o que gera invariavelmente uma sensao de surpresa e caos dentro do mbito familiar. Dentre os diferentes tipos de traumas, o de maior impacto sem dvida o afogamento.

    Existem relatos de afogamentos desde a poca da bblica, poca em que as

    pessoas sem o conhecimento correto tentavam realizar procedimentos para que o

    afogado voltasse a vida. Em grande parte das vezes sem sucesso e em algumas

    vezes contando com a sorte conseguiam fazer a ressuscitao.

    Durante a pesquisa explorado um pouco da realidade que o Brasil vive nos

    dias atuais, mostrando assim algumas estatsticas que evidenciam o quadro do

    nmero de afogados no Brasil.

    Em seguida so levantados dados a respeito do Estado de Gois envolvendo

    o ambiente aqutico, mostrando assim os principais rios que passam pelo Estado e

    tambm os principais lagos e lagoas que so formados por todo Estado. Abordando

    tambm algumas peculiaridades, como por exemplos as guas termais que so um

    diferencial do Estado em relao aos outros Estados quando se trata de variedade

    turstica.

    abordado tambm no corpo do texto a conceituao mais moderna de

    afogamento e o que acontece no corpo humano durante esse afogamento

    (fisiopatologia), mostrando assim que conforme o tempo de exposio a gua, o

    corpo reage de uma forma, evidenciando a graduao do afogamento, que vai

    aumentando de acordo com a gravidade, assim mostrando o porque necessrio

    um atendimento rpido e eficaz.

    A metodologia utilizada no texto foi a pesquisa de campo aplicada na

    Academia Bombeiro Militar, com 100 bombeiros militares da ativa, e pesquisas

    bibliogrficas, com base em manuais e artigos cientficos publicados por todo o

    Brasil.

  • 7

    2. FUNDAMENTAO TERICA

    2.1 Afogamento

    Segundo Szpilman (2015a), afogamento :

    De acordo com a nova definio adotada pela OMS em 2002, afogamento a dificuldade respiratria (aspirao de lquido) durante o processo de imerso ou submerso em lquido. A dificuldade respiratria inicia quando o lquido entra em contato com as vias areas da pessoa em imerso (salpicos de gua na face) ou por submerso (abaixo da superfcie do lquido). Se a pessoa resgatada, o processo de afogamento interrompido, o que denominado um afogamento no fatal. Se a pessoa morre como resultado de afogamento, isto denominado um afogamento fatal. Qualquer incidente de submerso ou imerso sem evidncia de insuficincia respiratria deve ser considerado um resgate na gua e no um afogamento. Termos como quase afogamento, afogamento seco ou molhado, afogamento secundrio, afogamento ativo e passivo e afogamento secundrio so obsoletos e devem ser evitados.

    2.1.1 No Brasil

    No Brasil no ano de 2012 o afogamento foi a 2 maior causa geral de bito na

    faixa etria de 1 a 9 anos, 3 causa de 10 a 19 anos, 4 causa entre 20 e 24 anos, 6

    causa de 25 a 29 anos, totalizando assim 6.369 brasileiros (3,3/100.00 habitantes)

    morreram afogados. Porm segundo a o Departamento de Informtica do SUS

    (DATASUS) estima-se que 94% dos incidentes aquticos no Brasil ainda seja

    desconhecida.

    Estimativa da Sociedade Brasileira de Salvamento Aqutico (SOBRASA) com

    dados coletados da DATASUS, os locais de bitos por afogamento no Brasil

    mostram que 90% acontecem em gua naturais, desses, 75% acontecem em guas

    doces, onde 25% so em rios com correnteza; 20% em represas; 13% no remanso

    dos rios; 5% em lagoas; 5% em inundaes; 3% em baias; 2% em cachoeiras; 2%

    em crregos. E os afogamentos em guas no naturais so responsveis por 8,5%

    so em guas no naturais dos quais de maior relevncia so os em piscinas que

    totalizam 2% do total.

  • 8

    2.1.2 Em Gois

    O Estado de Gois possui uma enorme variedade turstica relacionada ao

    ambiente aqutico, tendo em vista que no Estado existem nascentes que alimentam

    3 das maiores regies hidrogrficas do Brasil: Araguaia/Tocantins, So Francisco e

    Paran.

    Segundo a SEGPLAN de Gois (2015):

    O Estado de Gois possui caractersticas peculiares

Search related