Click here to load reader

HEMOGRAMA E LAUDOS NOVOS COMPLETO 03 05 2019 6 · PDF fileHemograma Tamanho Hemograma HEMATÓCRITO – % do volume do sangue ocupado pelas hemácias centrifugação 11.000 rpm 3 a

  • View
    24

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of HEMOGRAMA E LAUDOS NOVOS COMPLETO 03 05 2019 6 · PDF fileHemograma Tamanho Hemograma...

  • Prof José Wander Breganó Dpto PALD- CCS

    Lab. Hematologia - LAC [email protected]

    EXAMES HEMATOLÓGICOS

    2019

    Exames hematológicos

    � 1a aula � Hemograma, reticulócitos e VHS

    � Princípio e interpretação � Discussão de laudos

    � 2a aula � Hemostasia

    � Fisiologia da hemostasia � Coagulograma

    � TAP (TP), KPTT (TTPA), Fibrinogênio, Plaquetas, TS, PL e Retração do coágulo.

    � Anticoagulantes

    � Discussão de laudos

    � AVALIAÇÃO QUANTITATIVA E MORFOLÓGICA DAS CÉLULAS SANGÜINEAS

    Hemograma

    Plaquetas Hemácias Basófilos Neutrófilos Eosinófilos Monócitos

    Linfócitos B Linfócitos T

    Natural killer

    Plasmócito

    - MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS

    - DADOS EPIDEMIOLÓGICOS

    EXAMES

    COMPLEMENTARES

    • DIAGNÓSTICO DAS ANEMIAS, DOENÇAS INFLAMATÓRIAS ...

    HEMOGRAMA

    � SÉRIE VERMELHA - ERITROGRAMA � HEMÁCIAS

    � SÉRIE BRANCA - LEUCOGRAMA � LEUCÓCITOS

    � PLAQUETAS

    Hemograma

  • Hemograma - AUTOMATIZADO Hemograma � HEMÁCEAS – No DE HEMÁCIAS/mm3 e tamanho

    Pulso da corrente elétrica

    Plaquetas Leucócitos Hemacias

    No

    Tamanho

    Pulso da corrente elétrica

    Obs: sangue com hemolisante

    Hemograma � HEMÁCEAS – No DE HEMÁCIAS/mm3 e tamanho

    Plaquetas Leucócitos

    No

    Tamanho

    Pulso da corrente elétrica

    Plaquetas Leucócitos Hemacias

    No

    Tamanho

    Hemograma � HEMÁCEAS – No DE HEMÁCIAS/mm3 e tamanho

    Hemograma � RDW - Red Cell Distribution Width

    � Variação do tamanho das hemácias - anisocitose

    � VR: 11,6 - 15,5

    RDW=13,1

    Tamanho

    RDW

    Hemograma

    No

    Tamanho

    No

    Tamanho

    microcitose

    macrocitose

  • Hemograma

    Tamanho

    Hemograma � HEMATÓCRITO – % do volume do sangue ocupado

    pelas hemácias

    centrifugação

    11.000 rpm

    3 a 5 minutos

    - Quais os fatores que interferem no valor do HT? - Amostra hemolisada interfere no valor do HT? - Como é determinado o valor do Ht na automação?

    HEMOGRAMA - MANUAL

    HEMATÓCRITO - MICROCENTRIFUGAÇÃO

    Hemograma � HEMOGLOBINA TOTAL (g/dL)

    Hb-O2 Meta Hb

    Cianometa Hb

    Ferricianeto K+

    HEMÓLISE

    Cianeto K+

    ESPECTROFOTÔMETRO

    Leitura da intensidade da cor

    A AMOSTRA HEMOLISADA INTERFERE NO RESULTADO?

    Hb-CO2

    Hemograma – Índices hematimétricos

    � VCM - VOLUME CORPUSCULAR MÉDIO � TAMANHO MÉDIO DAS HEMÁCIAS

    VCM (fL) = Ht__ x 10

    Hem

    � Valores de Referência

    – Adultos : 80 a 98 fL

    � Interpretação

    < 80 fL Microcitose

    > 98 fL Macrocitose

    � HCM - HEMOGLOBINA CORPUSCULAR MÉDIA � QUANTIDADE DE HEMOGLOBINA POR HEMÁCIA

    HCM (pg) = Hb x 10

    Hem

    � Valores de Referência: 28 a 32 pg

    � Interpretação

    < 28 pg hipocromia

    Hemograma – Índices hematimétricos

  • � CHCM – CONCENTRAÇÃO DE HEMOGLOBINA CORPUSCULAR MÉDIO

    � PROPORÇÃO DA HEMOGLOBINA EM RELAÇÃO AO TAMANHO DA HEMACEA

    CHCM (%) = Hb x 100 Ht

    � Valores de Referência: 32 a 36 %

    � Interpretação

    < 32 Hipocromia

    > 36 (Hemólise ou esferocitose)

    Hemograma – Índices hematimétricos

    < 32 Hipocromia > 36 (Hemólise ou

    esferocitose)

    < 28 pg Hipocromia < 80 fL Microcitose > 98 fL Macrocitose

    Interpreta- ção

    32 a 36 %28 a 32 pgAdultos: 80 a 98 fLValores de Referencia

    CHCM(%) = Hb x 100 Ht

    HCM (pg) = Hb x 10 Hem

    - Automatizado - Manual

    VCM (fL) = Ht x 10 Hem

    Cálculo

    CHGM Concentração de

    Hemoglobina Globular Média

    HGM Hemoglobina Globular

    Média

    VGM Volume Globular

    Médio Índice

    Hemograma – Índices hematimétricos

    HEMOGRAMA – INDICES HEMATIMÉTRICOS

    Hemácias Número /mm3

    Hemoglobina Concentração de Hb/dL

    Hematócrito % volume do sg ocupado pelas he

    VGM Volume médio das hemácias – Tamanho

    HGM Quantidade média de Hb por He

    CHGM Proporção de Hb em relacão ao tamanho da He

    RDW Variação do tamanho das He - Anisocitose

    � Qual é o índice que devemos considerar para definir se

    o paciente está anêmico ?

    HEMOGRAMA – INDICES HEMATIMÉTRICOS

    Grau de anemia - Hemoglobina

    Grave...........: abaixo de 7,0 g/dL

    Moderada.....: 7,0 g/dL a 10 g/dL

    Leve.............: 10 g/dL até o valores de referências

    HEMOGRAMA – INDICES HEMATIMÉTRICOS

    - Qual é a principal utilidade dos índices hematimétricos ?

    HEMOGRAMA – INDICES HEMATIMÉTRICOS

  • CLASSIFICAÇÃO MORFOLÓGICA DAS ANEMIAS

    ANEMIAS

    Microcíticas e/ou Hipocrómicas

    VGM

  • MORFOLOGIA CARACTERÍSTICA CELULAR

    OCORRÊNCIA

    Macroovalócitos Hemácias grandes ovaladas Anemia Megaloblástica

    Esquisócitos (Helmet cell, Hemácias fragmentadas)

    Hemácias fragmentadas Anemia Hemolítica Microangiopática Válvulas cardíacas CID Vasculites

    Bite cell Hemácias mordidas

    Hemácias Mordidas Deficiência de G6PD

    HEMOGRAMA – ALTERAÇÕES DA SÉRIE VERMELHA

    INCLUSÕES CARACTERÍSTICA CELULAR OCORRÊNCIA Anel de Cabot Membrana nuclear (círculo basófilo)

    Corpúsculos de Howel-Jolly Esférico, denso e geralmente único (restos de DNA)

    Pós esplenectomia Anemias Hemolíticas Anemia Megaloblástica

    Pontiados Basófilos Preciptados de ribossomas (RNA) Intoxicação (Chumbo) Anemias

    HEMOGRAMA – ALTERAÇÕES DA SÉRIE VERMELHA

    ALTERAÇÕES HEMATÓCRITO/HEMOGLOBINA

    � Perdas de sangue

    � Hemorragia externa ou interna (pulmões, bexiga, cavidades cranianas, torácica, abdominal etc.)

    � Transfusão

    � Redução da produção de He

    � Redução da produção de Hb

    � Oscilação do volume plasmático

    � Desidratação/Hidratação

    � Passagem do líquido intravascular para o extravascular

    � Retenção de líquidos

    � Doença renal aguda

    � Hemólise intra e extravascular

    HEMÓLISE � Intravascular

    � Quando a hemólise ocorre no interior dos vasos

    � Extravascular � Quando a hemólise ocorre no SRE

    principalmente por macrófagos no baço

    HEMÓLISE Intravascular Extravascular

    Causas de hemólise Extravascular

    � Hemoglobinopatias: � Anemia falciforme e variantes; � Talassemia.

    � Defeitos do citoesqueleto: � Esferocitose hereditária; � Eliptocitose hereditária; � Piropoiquilocitose hereditária.

    � Defeitos enzimáticos: � Deficiência de piruvato quinase (via de

    Embden-Meyerhof). � Anemia imuno-hemolítica:

    � Hemólise auto-imune; � Hemólise alo-imune (reação pós-

    transfusional). � Hiperesplenismo:

    � Esplenomegalia congestiva. � Outras:

    � Abetalipoproteinemia (acantócitos); � Estomatocitose hereditária;

    Intravascular � Deficiência de G6PD � Hemoglobinúria paroxística noturna: � Anemia hemolítica microangiopática:

    � Síndrome hemolítico-urêmica; � Púrpura trombocitopênica trombótica; � CIVD.

    � Outras anemias hemolíticas intravasculares:

    � Prótese valvar cardíaca; � Lesão térmica (queimaduras, etc.); � Lesão osmótica (água destilada IV); � Hemólise do corredor; � Malária, babesiose, bartonelose; � Sepse por Clostridium sp; � Drogas (ex. dapsona);

  • Principais achados laboratorias na hemólise

    � Aumento de reticulócitos (Policromasia)

    � Eritroblastos nas anemias hemolíticas graves

    � Aumento de DHL

    � Aumento da bilirrubinas (indireta) – (80% da bili total)

    � Anemia normocítica normocrômica � Na hemólise grave macrocítica

    � Diminuição da haptoglobina livre

    LEUCOGRAMA

    � Contagem de Leucócitos Totais

    � Contagem Diferencial � Relativa - Percentual de cada célula � Absoluta - Célula/mm3

    Contagem Relativa (%)

    � Blastos.................. 0% � Prómielócitos........ 0% � Mielócitos.............. 0% � Metamielócitos..... 0% � Bastonetes............. 0 - 5% � Segmentados......... 40 - 70% � Eosinófilos............. 1 - 7% � Basófilos................ 0 - 2% � Linfócitos típicos... 20 - 40% � Linfócitos atípicos.. 0 - 1% � Monócitos............... 2 - 10%

    Id en

    t if ic

    aç ão

    Origem Corp o

    Cauda

    Leucograma Contagem Diferencial de Leucócitos - Manual

    Neutrófilos

    Neutrofilia: Processos inflamatórios infecciosos e não-infecciosos

    Neutropenia: infecções virais (HIV, Hepatite), benzeno, arsênio, hipoplasia de medula...

    Leucograma Contagem Diferencial de Leucócitos

    Vacúolos

    Corpúsculos de Döhle

    Granulações tóxicas

    Linfócitos

    Linfocitose: Viroses (rubéola, citomegalovirus, hepatite viral, virus influenza..)

    Linfopenia: Infecção por HIV

    Linfócitos ATÍPICOS

    Viroses (rubéola, citomegalovirus, hepati