of 18 /18
O Alto Jacuí O Jornal da Comunidade ANO 39 - Edição nº 2054 IBIRUBÁ/RS, Sexta-feira, 04 de abril de 2014 Avulso:R$ 3,00 Requisitos Básicos: - Empresa constituída de compra e venda; -Conhecimento dos supermercados da região; - Experiência em vendas; - Depósito; - Veículo para distribuição Erva Mate XIMANGO SELECIONA DISTRIBUIDORES Para Ibirubá e Região Interessados enviar e-mail para: [email protected] Mato toma conta e invade a ERS 506 Fruto do Orçamento Participativo, Ibirubá foi contemplado com duas viaturas destinadas a Segurança Pública. Uma Reneut Duster para o Corpo de Bombeiros e uma Fiat Palio Weeken para a Brigada Militar. Os dois veículos já haviam sido entregues na última semana durante a aber- Governo do Estado entregou duas viaturas em Ibirubá iniciativa vem de encon- tro às necessidades do município, considerado hoje o maior polo de de- senvolvimento regio- nal. Várias autoridades a nível estadual e munici- pal se fizeram presen- tes na ocasião e desta- caram a importância destes veículos no aten- dimento da comunida- de. Rua Getúlio Vargas, 1026. Fones: (54) 3324-6307 e 3324-6368 ATENÇÃO Aposentados e Pensionistas do INSS, você está precisando de dinheiro? Fale com o João, na João Financeira e saia com o dinheiro na mão, de forma rápida e fácil, sem consulta ao SPC nem SERASA e ainda com as melhores taxas de juros do mercado. João Financeira João Financeira Dinheiro na mão Promoção: “Minha Páscoa mais feliz!” As 04 cartinhas mais criativas ganharão 04 super cestos recheado de chocolate. Promoção válida para as 04 lojas - Sorteio em 19 de abril Escreva para o coelhinho do Regional dizendo o que faria sua Páscoa mais feliz... Nesta edição encarte Ainda a espera do cumprimento da promessa do Excelentíssimo Governador do Estado, Tarso Genro, de pavi- mentação asfáltica, nossa reportagem foi “intimada” a compa- recer no perímetro urbano da mesma, para conferir através de levantamento fotográfico a dificuldade enfrentada pelos mo- toristas que a utilizam no escoamento da safra. A primeira constatação é que, no exato período em que se aproxima o fim da colheita, patrolas e rolo realizam melhorias no local, ainda que o cronograma indique o início do asfaltamento em aproxi- madamente 30 dias. No trecho entre o trevo com a RS 223 e, na outra extremidade com a General Osório, o mato começa a invadir o leito da rodovia, dificultando a locomoção de máqui- nas de grande porte e caminhões. A visibilidade naquele local está cada vez mais difícil e quando nos aproximamos do trevo o perigo aumenta significativamente. Os usuários não sabem a quem recorrer o DAER comprovadamente deixa muito a de- sejar nos trabalhos realizados na região do Alto Jacuí. Ques- tões pontuais como a colocação dos redutores junto a RS 223, na área industrial esperam a meses por uma definição. A rodo- via que demanda a Quinze de Novembro precisa de uma roçada em ambos os sentidos e, estranhamente só no município vizi- nho obteve uma resposta positiva. tura da colheita da soja em Tupanciretã, pelo Governador Tarso Gen- ro. Nesta quinta feira, durante assembleia da consulta popular junto a Câmara de Vereadores em Ibirubá, houve a en- trega propriamente dita aos representantes da Brigada Militar e do Cor- po de Bombeiros. Esta (54) 9165-0556 (Claro) (54) 8428-4977 (Oi) 99072377 ( Vivo) Ligue a cobrar! Tele Taxi Tele Taxi Agora também com TELE-ENTREGA e TELE-BUSCA, para facilitar a sua vida! No dia 27 de março as Conselheiras Tutelares Limara M. Hüther Bock e Marli Birkhan participaram do 91º En- contro Regional de Conselheiros Tutelares do Planalto Médio, na cidade de Tapera, RS. Palestra: Jornada Estadual do Combate á Erradicação do Trabalho Infantil. Palestra: Frente Parlamentar em Defesa das Prerro- gativas do Conselho Tutelar. Palestrantes:Rodrigo Reis, Presidente da ACONTURS, com a presença dos deputados estaduais Miki Breier e Jorge Pozzodon. Olindo de Campos assume o Partido dos Trabalhadores Pág.03 Conselheiras Tutelares participam de Encontro Regional

Edição 2054 04042014

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O primeiro em circulação Há 39 anos registrando a história de Ibirubá e região

Text of Edição 2054 04042014

  • ,O Alto JacuO Jornal da Comunidade

    ANO 39 - Edio n 2054 IBIRUB/RS, Sexta-feira, 04 de abril de 2014 Avulso:R$ 3,00

    Requisitos Bsicos:- Empresa constituda decompra e venda;-Conhecimento dossupermercados da regio;- Experincia em vendas;- Depsito;- Veculo para distribuio

    Erva Mate XIMANGOSELECIONA DISTRIBUIDORES

    Para Ibirub e Regio

    Interessados enviar e-mail para: [email protected]

    Mato toma conta e invade a ERS 506

    Fruto do OramentoParticipativo, Ibirub foicontemplado com duasviaturas destinadas aSegurana Pblica. UmaReneut Duster para oCorpo de Bombeiros euma Fiat Palio Weekenpara a Brigada Militar. Osdois veculos j haviamsido entregues na ltimasemana durante a aber-

    Governo do Estado entregouduas viaturas em Ibirub

    iniciativa vem de encon-tro s necessidades domunicpio, consideradohoje o maior polo de de-senvolvimento regio-nal. Vrias autoridades anvel estadual e munici-pal se fizeram presen-tes na ocasio e desta-caram a importnciadestes veculos no aten-dimento da comunida-de.

    Rua Getlio Vargas, 1026.Fones: (54) 3324-6307 e 3324-6368

    ATENO Aposentados e Pensionistasdo INSS, voc est precisando de

    dinheiro?Fale com o Joo, na Joo Financeira esaia com o dinheiro na mo, de forma

    rpida e fcil,sem consulta

    ao SPC nemSERASA e

    ainda com asmelhores

    taxas de jurosdo mercado.

    Joo FinanceiraJoo Financeira

    Dinheiro na mo

    Promoo: Minha Pscoa mais feliz!

    As 04 cartinhas mais criativasganharo 04 super cestosrecheado de chocolate.

    Promoo vlida para as 04lojas - Sorteio em 19 de abril

    Escreva para o coelhinhodo Regional dizendo o que

    faria sua Pscoa maisfeliz...

    Nesta edio encarte

    Ainda a espera do cumprimento da promessa doExcelentssimo Governador do Estado, Tarso Genro, de pavi-mentao asfltica, nossa reportagem foi intimada a compa-recer no permetro urbano da mesma, para conferir atravs de

    levantamento fotogrfico a dificuldade enfrentada pelos mo-toristas que a utilizam no escoamento da safra. A primeiraconstatao que, no exato perodo em que se aproxima o fimda colheita, patrolas e rolo realizam melhorias no local, aindaque o cronograma indique o incio do asfaltamento em aproxi-madamente 30 dias. No trecho entre o trevo com a RS 223 e, naoutra extremidade com a General Osrio, o mato comea ainvadir o leito da rodovia, dificultando a locomoo de mqui-nas de grande porte e caminhes. A visibilidade naquele localest cada vez mais difcil e quando nos aproximamos do trevoo perigo aumenta significativamente. Os usurios no sabema quem recorrer o DAER comprovadamente deixa muito a de-sejar nos trabalhos realizados na regio do Alto Jacu. Ques-tes pontuais como a colocao dos redutores junto a RS 223,na rea industrial esperam a meses por uma definio. A rodo-via que demanda a Quinze de Novembro precisa de uma roadaem ambos os sentidos e, estranhamente s no municpio vizi-nho obteve uma resposta positiva.

    tura da colheita da sojaem Tupanciret, peloGovernador Tarso Gen-ro. Nesta quinta feira,durante assembleia daconsulta popular junto aCmara de Vereadoresem Ibirub, houve a en-trega propriamente ditaaos representantes daBrigada Militar e do Cor-po de Bombeiros. Esta

    (54) 9165-0556 (Claro)(54) 8428-4977 (Oi)99072377 ( Vivo)Ligue a cobrar!

    Tele TaxiTele TaxiAgora tambm com TELE-ENTREGA e TELE-BUSCA, para

    facilitar a sua vida!

    No dia 27 de maro as Conselheiras Tutelares LimaraM. Hther Bock e Marli Birkhan participaram do 91 En-contro Regional de Conselheiros Tutelares do PlanaltoMdio, na cidade de Tapera, RS.

    Palestra: Jornada Estadual do Combate Erradicaodo Trabalho Infantil.

    Palestra: Frente Parlamentar em Defesa das Prerro-gativas do Conselho Tutelar.

    Palestrantes:Rodrigo Reis, Presidente da ACONTURS,com a presena dos deputados estaduais Miki Breier eJorge Pozzodon.

    Olindo de Camposassume o Partido dos

    TrabalhadoresPg.03

    Conselheiras Tutelares participamde Encontro Regional

  • ,Curtas Abrigo na Tempestade

    Sorveteria do Z

    Charge

    Christian Rodrigo [email protected] - Telefone: 91277047

    Editorial

    Endereo: Rua Mrito, 189.Telefone (54) 3324 -1093 celular: 91665138.e-mail:[email protected]: Grfica Gespi - Rua Mau, 590 - Tapera/RSOpinies e artigos assinados, no refletem a posio do Jornal, sendo detotal responsabilidade do autor.

    Razo Social: EPJIL - Empresa Publicitria e JornalsticaIbirub Ltda. - CNPJ: 88641741/0001-00.

    Fundado em: 28 de fevereiro de 1975- Por: Justino Guimares Netto.

    O Alto JacuO Jornal da Comunidade

    Pastor Davi Paixo eMissionria Clarimar

    Igreja EvanglicaAssemblia de Deus

    Cultos: Av. Mau esquina com 3 deOutubro. Domingos as 19h e teras-feiras s 19h30min.

    Indiscutivelmente o mundo mira o Brasil.Mensalo, super faturamento da Petrobrs,Copa do Mundo e suas trapalhadas, eleiespresidenciais. Nos prximos meses, passado oevento da Copa, com sucesso ou com fracas-sos, o noticirio ser ocupado pelas campanhaseleitorais para a Presidncia da Repblica.Como sempre acontece, no faltaro inmerasproposies para a economia. Mas afinal, comoo mundo v o Brasil?

    Uma percepo imediata: O extremo inte-resse com a posio de nosso pas como reser-va mundial de produo de alimentos. Dificil-mente se ouve perguntas sobre o futuro da nos-sa indstria automobilstica ou mesmo sobre aexplorao do pr-sal. Muitos pases indagama respeito do que estamos fazendo para garan-tir nosso status no agronegcio. Afinal, enquan-to em 1998 nossa exportao de carnes era deUS$ 1,6 bilhes anual, em 2013 somou US$ 16,5bilhes.

    O Brasil ainda visto no exterior como umpas ainda pouco estvel nas regras para os in-vestidores. A burocracia e o custo Brasil tam-bm so recorrentes no olhar estrangeiro sobrenosso pas e mencionados como justificativaspara que importantes empreendimentos emtecnologia e inovao, por exemplo, no sejamdesenvolvidos aqui. O mundo tambm v o Bra-sil como um pas ainda muito fechado, da a di-ficuldade em realizar acordos bilaterais. En-quanto o Chile tem acordos com 90% do PIBmundial, incluindo os pases da Unio Europeia,nossos governantes esto alinhados com naescomo Cuba, Venezuela, Ir, ditaduras sem ne-nhuma expresso no cenrio econmico mun-dial.

    O Brasil e a sua presidente principalmente,precisa perceber que corre o risco de ficar iso-lado. Isso mais grave considerando que jestamos perdendo espao no mercado interna-cional. Vejamos o mercado da carne de frango.No fosse a perda de competitividade podera-mos ter obtido receitas adicionais de US$ 1,650bilho e gerado cerca de 94 mil empregos dire-tos e indiretos nos ltimos quatro anos. Parareduzir isso, temos de reduzir o custo Brasil.Precisamos investir em infraestrutura porturiaaqui e no em Cuba. imperioso que se mudeesta poltica de retirar terras produtivas de agri-cultores para uma ditatorial entrega aos ndios.Devemos deixar de fazer negcios escusos comoeste envolvendo a Petrobrs e que gerou umprejuzo astronmico.

    J atingimos uma posio de destaque entreas maiores economias do planeta; mas ainda necessrio um salto para que deixemos de seruma nao perifrica e nos tornemos, finalmen-te, o pas do futuro. Esta uma preocupaoque deveria estar presente quando se iniciaremos debates da campanha eleitoral.

    O Brasil do pontode vista do mundo

    DE BOLSO CHEIO Ex-presidente Lula ser es-calado como comandante na prtica da arre-cadao para a campanha, a partir de junho, dacandidata reeleio Dilma Rousseff. Dedinheiro o ex-presidente no pode reclamar. Re-centemente, recebeu a bagatela de 400.000 re-ais livres de impostos para dar uma palestra emum encontro de donos de supermercados emAtibaia (SP). No pacote, exigiu ser transportadode helicptero ao lado de um assessor e doisseguranas.

    RESPONSABILIDADE DA PRESIDENTE As pes-quisas que o governo faz sobre o humor do bra-sileiro e a Copa revela que, se tudo der certo emtermos de infraestrutura, Dilma nada ganhar comisso em termos de votos e prestgio. Se for umfracasso, porm, a culpa recair sobre seus om-bros.

    INFALVEL MATEMTICA - Assim fcil: numano com todo o estardalhao possvel, o gover-no reduz as contas da energia. Doze meses, avi-sa que vai aumentar impostos e pode elevar aconta. Ah, sim, mas s depois da eleio.

    Que estamos vivendodias surpreendentes paramuita gente, disto no setem dvida. H uma mudan-a em todas as reas; umavano tecnolgico semprecedente na histria, hojej se fabrica secretrias dolar, em cujo peito no pulsaum rgo chamado cora-o, ao invs disso a com-binao magntica faz comque a mquina determine erealize tarefas, antes reali-zada por humanos apenas.

    Descobertas cientficasdia aps dia abrangem re-as antes desconhecidas, enessa corrida contra as do-enas, o que antes era des-conhecido passa a ser de-tectado e combatido, antesmesmo que elas se manifes-tem.

    Mudanas climticastambm se observam. E opior que as previses ci-entficas no so as melho-res para o planeta.

    Cincia e f parecia temade controvrsia; isto paraquem no t em conhecimen-to bblico.

    Joo o discpulo amado,viveu em um tempo em queimperadores exigiam seremhonrados como deuses,quem assim no o fizesse,era torturado, executado ouexilado; perseguido por pro-clamar o evangelho de Cris-to, Joo foi lanado numailha chamada Ptmos e lque ele v o cu aberto e lhe revelado tudo o que vaiacontecer no final dos tem-pos. Escreve ento oApocalpse, o livro da reve-lao; bem antes dageocincia descobrir, eledescreve que haver fomesobre a terra, terremotoscomo nunca houve igual; de-sastres ambientais nuncavisto, saraiva e fogo atira-dos sobre a terra e viu asguas se tornarem emabsinto; e viu um anjo que(...) derramou sua taa so-

    Planeta terra, qual serseu destino?bre o sol e foi lhe dado quei-mar os homens com fogo(...) os homens se queima-vam com o intenso calorApocalpse 16.8

    Mas ao que me parece aculpa est mais no pecadodo homem em relao aDeus do que o desrespeito natureza; poluram ares emares, mas esqueceram-see desrespeitaram o ser quecriou a natureza, abandona-ram sua palavra, duvida-ram dela, tornaram-seamantes de si prprios,egocntricos, auto suficien-tes, pensaram ser o homemindependente de Deus.

    H um grito de socorro.A terra geme e aguarda adestruio: o maior cata-clismo de todos os tempos!

    Porm como foi nos diasde No, haver escape paraaqueles que buscarem aDeus; voltarem-se ao Cris-to, crucificado e ressuscita-do, haver sim, para aque-les que decidirem-se porCristo, Novos cus e novaterra em que habita a justi-a. Antes que cheguem es-ses dias, em que as guasse tornaram em sangue.Apocalpse 16.4, Cristo levaseu povo para um lugarchamado cu, onde Deuslimpar de seus olhos todalgrima, e a morte j noexistir, j no haver luto,nem pranto, nem dor, por-que as primeiras coisaspassaram. Apocalpse 21.4.

    Joo descreve no cap-tulo 22 do livro da revela-o a grandeza daquela ci-dade: Havia um rio brilhan-te como cristal, na praa arvore da vida. No havianoite ali, as muralhas eramde pedras preciosas, a pra-a toda de ouro puro;extasiado com o que via, oapstolo declara: Eis otabernculo de Deus com oshomens, Deus habitar comeles Ap 21.3

    Tudo o que os cientistasesto prevendo j est amuito tempo no livro deDeus. Voc ainda duvida daveracidade da palavra doSenhor? No esperevivenciar aqueles terrveisdias, para ento dizer; E aBblia tinha razo!

    Que Deus abenoe aosprezados leitores.

    Na paz de Cristo,missionria ClarimarUgalde Paixo.

    ENTENDA Enquanto a Petrobras perdeu meta-de de seu valor desde o incio do atual governo,nas ltimas semanas, com a piora da avaliao dapresidente nas pesquisas de opinio dos eleito-res e o aumento da chance de vitria da oposi-o, as aes da empresa subiram mais de 20%.

    DEFINIES Reunio dos Servidores da Prefei-tura Municipal de Ibirub, junto a Cmara de Ve-readores, serviu para algumas tomadas de deci-so. A forma como foi decidido o percentual deaumento aos servidores e alguns pronunciamen-tos junto ao legislativo tiveram forte repercussoentre os servidores.

    CUBANOS A chegada de trs profissionais cu-banos do Programa Mais Mdicos do GovernoFederal, ainda que contestado pelo ConselhoMdico do RS, deve amenizar a falta de mdicosna rea de sade pblica em Ibirub.

  • ,Nunca se discutiu tanto a questo do perigo que re-presenta a RS 223 no permetro urbano de Ibirub. Asestatsticas bem demonstram o nmero de bitos ocor-ridos somente no ltimo ano. Solues so apontadaspara, ao menos, reduzir esta sequencia de desastres.Mas quando ultrapassamos o acesso secundrio, em di-reo a Selbach, chama ateno uma srie de empre-endimentos localizados a margem esquerda da pista.So empresas que adquiriram lotes, com recursos pr-prios, gerando renda e empregos, mas o mais impor-tante, quem idealizou esse loteamento teve o cuidadoe a viso de construir uma rua paralela a RS 223. O queesperam estes proprietrios que o Poder Pblico idea-lize o prosseguimento dessa paralela at o acesso se-cundrio, dando condies aos mesmos para retornar acidade sem ter que necessariamente adentrar a 223.

    Numa concorrida reu-nio almoo ocorrida noltimo sbado, dia 29 demaro, o Partido dos Tra-balhadores empossou deforma oficial a nova di-retoria do partido. Comopresidente assume o atu-al Secretrio da Indstriae Comrcio e vereadoreleito, Olindo de Campos,homem com extensa fi-cha de servios prestados

    Olindo de Campos assume oPartido dos Trabalhadores

    desde a criao do parti-do em Ibirub. Na vice-presidncia, foi escolhidaa Sra. Jussara Rodrigues,Secretria da Educaoe com ampla atuao jun-to classe dos professo-res. A secretria passa aser a Sra. LiamaraRodrigues e o Tesourei-ro o Sr. Arlindo Camera.

    Durante a reunio deposse houve vrios pro-

    nunciamentos. A desta-car o Deputado ElvinoBohn Gass que sempreatua em prol das reivin-dicaes da regio. Eledestacou os relevantesprojetos a nvel federale estadual executadospela presidente Dilma eo Governador Tarso.Tambm desejou suces-so nova diretoria dopartido pela importncia

    de 2014 ser um ano que apopulao voltar as urnaspara a escolha de deputa-dos, senadores, governadore presidente da repblica.Tambm fez uso da pala-vra o atual presidente dolegislativo ibirubense, vere-ador Vanderlei de Souza, osecretario geral GustavoRoberto, o ex-prefeito deCruz Alta Vilson Robertoe outras lideranas presen-tes.

    Tambm cabe ressaltaro momento das novasfiliaes onde lideranasaderiram s fileiras do Par-tido dos Trabalhadores.Olindo agradeceu a presen-a de todos, e destacou ainteno de realizar umgrande trabalho a partir daunio entre a diretoria,filiados e simpatizantes.

    Quando a iniciativaprivada faz a diferena

    Nos dias28 e 29 demaro, acon-teceu no Co-lgio Evang-lico MartinLuther, emM a r e c h a lC n d i d oRondon PR,o 20 Encon-tro Regionalde Lderes Es-tudantis daRede Sinodal de Educao com o tema: Vozcom responsabilidade.

    Na oportunidade, foram abordados diferentestemas relacionados liderana; a importnciade algumas atitudes e condutas, como, por exem-plo: autenticidade, respeito, persistncia,autoconfiana, dentre outras.

    Atravs dos momentos de dilogo, os partici-pantes tiveram oportunidade de conversar so-bre as diferentes formas de exercer a liderana,numa viso crtica e tica, compreendendo opapel e a importncia do lder.

    Representando o Colgio Sinodal Ibirub, par-ticiparam do evento as alunas Ana CarolinaMersoni Metz, Eduarda Strehl Willms e LarissaCaponi Kumm, acompanhadas da Professora KerllyC. B. Mller.

    O lder precisa ser equilibrado, persistente eotimista. Estar em paz consigo mesmo, terautocontrole, saber respeitar, ouvir as ideias detodos, ele que une e representa o grupo, tomaa frente em busca de um objetivo comum. Noh lderes se no houver unio, afinal, a uniofaz a fora. E no se esquea... dentro de vocexiste um grande lder, basta acord-lo! (Depo-imento da aluna Eduarda S. Willms)

    Encontro de LideranasEstudantis da Rede Sinodal

    A primeira vista pode parecer impossvel, mas na rea central deIbirub, mais precisamente na Rua Serafim Fagundes, entre a Gene-ral Osrio e a Getlio Vargas, corre um esgoto a cu aberto e de umaforma interrupta. Segundo comerciantes do entorno, vrios pedidosforam feitos aos rgos responsveis e at agora s receberam pro-messas. A situao to grave que seguidamente populares pisamnos excrementos tornando o cheiro ainda mais insuportvel. Emdias de calor, comerciantes so obrigados a trabalhar com seus esta-belecimentos com as portas encostadas para que os ambientes nofiquem infestados. Alguns comerciantes percebendo a nossa pre-sena, demonstraram toda a sua indignao. isso uma questo desade pblica. No entendo a razo de no ter sido tomada nenhu-ma providencia. Os excrementos vo at o colgio localizado naoutra quadra. Fico com vergonha dos meus clientes que certamenteimaginam que no limpamos nossos sanitrios, desabafou umacomerciante. Outro foi ainda mais longe: pago meu IPTU e o Alvar,

    Esgoto a cu aberto

    no tenho direito nem a estacionamento porquequando chego os comerciantes do centro j utili-zaram todas as vagas. Agora uma obra em execu-o trouxe mais um ingrediente, o p. E ningumtoma as providencias. Esse esgoto j vem de mui-tos meses, procurei vrias pessoas na prefeiturae at agora s tive promessas.

    Se por um lado existe grande satis-fao dos moradores do Bairro SoJacob pela pavimentao asfltica daRua Henrique Roether, entre a Av. Bra-sil e a General Osrio, que dever serexecutada ainda em abril, por outro huma grande preocupao com os tuboscolocados na confluncia com a Rua

    Foto da Semana Castanhal e que se en-contram sem nenhumaproteo e segundo eles,pode representar umgrande perigo para as cri-anas que costumam pas-sar no local. A preocupa-o aumenta nos dias dechuva quando os tubospodem representar umaarmadilha muito perigosa.

  • ,MD. JefersonWollmeister

    CRM 24764

    Rua Diniz Dias, 310Fone/Fax:

    (54) 3324-6425Cel. 9113-4227

    Ibirub/RS

    Garantindo Qualidadee Experincia para a

    Preveno,Diagnstico e

    Tratamento dasDoenas

    do Corao

    Rbia Marisa Derlam Rosa

    Uilian Letiere De Lima Rosa

    Odontologia e Psicologia

    Cirurgi Dentista - CRO 21682

    Cirurgio Dentista - CRO 21687

    Jice HbnerPsicloga CRP 07/20.593

    Cel.(54)9967 9899

    Rua Getlio Vargas, 877 - sala 201 - Centro - Ibirub

    (54) 3324-7042

    Dr. Seno Otto KunrathEspecialista, Mestre e Ph.D em Dermatologia - Doenas da pela -

    Cncer e outros tumores da pele - Professor Livre-Docente(UFRGS DCM e UFCSPA-DCM)

    Fone: (54) 3324-1504Cel. (51) 97989417

    Atendimentos em Ibirub: No 1 e3 sbado de cada ms,

    na Rua Diniz Dias, n 543

    Clnica DermatolgicaCRM 6649

    Com o objetivo sensibilizar os trabalhadores paraque a violncia seja vista como problema de sadepblica Ibirub esteve representado no ENCONTROMACORRREGIONAL SOBRE VIGILNCIA DAVIOLNCIA que ocorreu no dia 19 de maro no Salode Atos da Unijui. No encontro foi ressaltada a im-portncia da notificao dos casos de violncia aten-

    Ibirub participa do Encontro Macorregionalsobre Vigilncia da Violncia

    didos pelos setores de sade permitindo assim o pla-nejamento das aes buscando a reduo dos casosde violncia.

    O evento foi organizado pelas CRS da macrorregiomissioneira (9, 12, 14 e 17 CRS), UNIJUI e CEVS/RS tendo como palestrantes Fernando J. CezimbraFaraco e Andreia Novo Volkmer, do Centro Estadualde Vigilncia em Sade CEVS da Secretaria Esta-dual de Sade os quais abordaram sobre a Origem daAgresso, Conceito e Tipologias da Violncia, Fichade Notificao e Apresentao do Banco de Dadosda Violncia no RS

    Participaram de Ibirub, representantes da Secre-taria de Sade, ESF Floresta, Secretaria de Educa-o, Secretaria da Assistncia, Conselho do Idoso eConselho Tutelar. (Sec. Municipal daSade)

    Cada vez mais pessoas com problemas emocionaisbuscam refgio na web e acabam caindo na armadilhado vcio: YouTube, Orkut, blogs, twwitter,e-mail, ainternet abre infinitas portas de acesso informao eaos relacionamentos. Basta um clique no mouse parainiciar uma conversa com os amigos, participar de umfrum de debate, postar um comentrio, ver um vdeo,ler poesia. Enfim, no h limites para a navegao nomaravilhoso mundo virtual.

    Essa experincia faz parte do cotidiano de um n-mero cada vez maior de brasileiros. Milhes de pesso-as acessam diariamente a internet e o dado pode serconsiderado positivo claro. Afinal o pas est conse-guindo vencer as barreiras da excluso digital. Mas, medida que cresce o contingente de internautas, au-menta tambm a preocupao com o risco de ocorrn-cia do vcio em internet.

    A Organizao Mundial de Sade ainda no ca-racterizou esse vnculo de dependncia como doena.O transtorno ainda est em estudo e dever figurar naprxima edio do Manual Diagnstico e Estatsticode Doenas Mentais, publicao da Associao Psi-quitrica Americana, que a principal referencia dediagnstico para os profissionais de sade mental. Asdvidas quanto ao carter patolgico do uso excessi-vo dessa ferramenta desaparecem diante de histriascomo o de um garoto, cuja me nos relatava ter o filhopermanecido por 40 horas seguidas num jogo online.Ele se alimentava e fazia todas as necessidades fisiol-gicas diante do computador. E mais: no s os indiv-duos nascidos na chamada era eletrnica so sus-cetveis ao vcio. Temos exemplos de senhoras acimados 70 anos, que encontraram na web uma forma desentir-se til aps a aposentadoria e ficaram depen-dentes.

    Uma rpida pesquisa no Orkut, o maior site de re-lacionamentos, indica a existncia de mais de 500 co-munidades com o ttulo Viciados em Internet. Issono significa que os milhares de membros esto real-mente dependentes. A expresso, na verdade, maisusada para indicar o grau de paixo pela web.

    [email protected] na rede

    Pesquisas indicamque o cafezinho poderegular a presso san-gunea e evitar osurgimento de doenascomo o infarto e o aci-dente vascular cerebral,o popular derrame. Ocaf ajuda significativa-mente o fluxo de san-gue em uma hiperamiareativa ps-oclusiva dodedo, que uma medi-da que diz quanto o re-vestimento interior dosmenores vasos sangu-neos do organismo tra-balha. Isso pode servircomo uma pista sobre

    Caf pode fazerbem ao corao

    como o caf pode aju-dar a sadecardiovascular. Estudosrevelam que o consumomoderado do caf noaumenta o risco de do-enas cardiovascularese que, ao contrrio,pode at mesmo dimi-nuir os riscos dosurgimento de doenasque comprometam osvasos sanguneos e ocorao.

  • ,Informativo Prefeitura Municipalde Ibirub

    Joo BatistaMachado de Lima

    Jornalista MTB 15.515Assessor de Imprensa

    PREFEITURA MUNICIPAL DE IBIRUB

    AVISO DE TOMADA DE PREOS N 005-2014

    A PREFEITURA DE IBIRUB torna pblicopara o conhecimento de quem possa interessar,que s 09h00m horas do dia 24 de abril de 2014,na Rua Tiradentes, 700 Centro Ibirub RS,estar reunida para recebimento das propostas re-lativas Tomada de Preos 005-2014, tipo me-nor preo, cotao global por item, cujo objeto a contratao de empresa especializada para Re-forma dos sanitrios, secretaria, circulaes, p-tio coberto, fachadas e salas no subsolo do CentroSocial Municipal Floresta Ibirub - RS, confor-me Memorial, Planilha Oramentria eCronogramas. O cadastramento dos interessadosdever ser feito at o dia 17 de abril de 2014. Osinteressados devero solicitar o Edital e planilhaspelo e-mail [email protected]ov.br.

    Ibirub-RS, 04 de abril de 2014.

    VANIA TERESINHA RODRIGUES LSERPresidente da Comisso Permanente

    de Licitaes

    Secretaria de obras reformou e reconstruiu pontes no interior

    Trs viaturas foram entregues pelogovernador Tarso Genro emTupanciret, durante a cerimnia deabertura da colheita da soja, sendo duaspara a Brigada Militar de Ibirub e umapara o Corpo de Bombeiros Misto deIbirub. Em seguida as viaturas foramentregues pelo vice-prefeito RogrioRebelato e o secretrio de agriculturaOneideNeuland, para a Brigada eBombeiros. As corporaes ganharamuma Duster para servios gerais coCorpo de Bombeiros e para a Brigadaum Palio e mais uma Duster, que se-

    Rogrio entregaviaturas para BrigadaMilitar e Corpo deBombeiros

    Na sexta-feira, dia 28 de maro, estiveram em Porto Alegre a secret-ria da sade Ilse Hbner e a chefe de gabinete do prefeito, LetciaBrnstrup, participando do 4 Ciclo do programa Mais Mdicos do gover-no federal. No encontro foram informadas que Ibirub ir receber trsmdicos do programa.

    No prximo dia 9 de abril a secretria estar em Porto Alegre partici-pando do acolhimento e alinhamento junto aos mdicos e no dia seguin-te retornar ao municpio com os profissionais que iniciaro as atividadesno dia 14, atendendo nos postos de sade do municpio onde realiza-do o programa Estratgia de Sade da Mulher.

    Dando continuidade ao apoio para as indstri-as locais, a secretaria de indstria e comrciodo municpio contribuiu com duzentas horas

    Nos timos dias a secretaria de obras e viao domunicpio, liderada pelo secretrio Chico Severo teve muitotrabalho no interior domunicpo na reconstruo de vriaspontes que no tinham mais condies de trafegabilidadee ofereciam risco aos usurios. O chefe de obras do inte-rior, Zalo Bueno, informou que foram recontrudas duaspontes na Linha Trs, nas quais foram substiudas asestruturas de madeira por tubos de concreto de 1,5 metrose destacou a ponte dos Freitas em So Paulo Ponto(foto), que foi totalmente desmontada e reconstrudanovamente em apenas 4 dias de trabalho da equipe depontes. A ponte recebeu toda a estrutura nova, com trocade vigas e substituio das pranchas, num trabalho arro-jado e rpido devido ao escoamento da safra que se apro-ximava. Zalo disse ainda que aps safra sero refeitas aspontes de Monte Castelo e Linha Cinco, com susbstituiode madeira por tubos.

    Apoio s indstrias locais

    Instituto Federal quer engenharia mecnicaA direo do Instituto Federal do Rio Gran-

    de do Sul/ Campus Ibirub, vai iniciar nos pr-ximos dias uma grande mobilizao regionalpara ter o curso de Engenharia Mecnica emsua grade de ensino. Para isso realizou umencontro na sede do Instituto na tera (01/04)com o prefeito Carlos Jandrey, quando foi apre-sentado ao prefeito o projeto arquitetnico donovo prdio com mais de trs mil metros qua-drados de rea construda que abrigara onovo curso.

    No encontro ficou definida a criao deuma comisso de mobilizao que nos prxi-mos dias manter contatos com lideranaspolticas, educacionais e empresariais da re-gio para iniciar uma mobilizao. Essa co-misso representativa dever agendar umareunio em Braslia, junto ao Secretrio deEducao Profissional e Tecnolgica do Mi-nistrio da Educao (Setec), quando o IFRS/ Campus Ibirub, pleitear recursos na or-dem de 4 milhes e 500 mil reais para viabilizaro projeto. A ps a reunio o prefeito conhe-ceu o prdio da biblioteca da entidade que

    est em fase final de construo devendo serinaugurado no dia 24 de abril, aniversrio de cri-ao do campus.

    Participaram do encontro, alm do prefeitoCarlos e da chefe de gabinete Letcia Brnstrup,a diretora geral Migacir Trindade Duarte Flores, adiretora de ensino Mnica Giacomini, o diretoradministrativo e planejamento Jovani Alberti, o co-ordenador de assuntos institucionais Luiz Clu-dio Gubert, o coordenador do curso tcnico emmecnica Alexandre Urbano Hoffmann eFernando Beltrami, coordenador do curso tcni-co em eletro-tcnica.

    11h25m na Rdio Ibirub

    Oua

    PREFEITURA MUNICIPALDE IBIRUB

    AVISO DE TOMADA DE PREOSN 004-2014

    A PREFEITURA MUNICIPAL DE IBIRUB, tornapblico para o conhecimento de quem possa interes-sar, que s 9h00m horas do dia 23 de abril de 2014,na Rua Tiradentes, 700 Centro Ibirub RS,estar reunida para recebimento das propostas rela-tivas Tomada de Preos 004-2014, tipo menorpreo, cujo objeto a contratao de empresa espe-cializada em regime de empreitada global (forneci-mento de material, mo de obra e encargos sociais),objetivando a pavimentao polidrica de 4.396,35m em ruas do Bairro Jardim (Ruas: Francisco Weber,Carlos Diehl, Campo Mouro, Irma Schweig e EtwinSchweig Filho), neste Municpio. O cadastramentodos interessados dever ser feito at o dia 16 de abrilde 2014. Os interessados devero solicitar o Edital eplanilhas pelo Email [email protected]

    Ibirub-RS, 04 de abril de 2014.

    VANIA TERESINHA RODRIGUES LSERPresidente da Comisso Permanante de Licitaes

    de retro escavadeira para aempresa INDUTAR, queest ampliando a fbrica jun-to a ERS 223. Segundo o se-cretrio Olindo de Campos, asecretaria sempre prestaesse tipo de apoio para as em-presas locais (Lei Municipal1505/97), e considera issoessencial, especialmente emampliaes ou melhorias desuas intalaes das empresaslocais.

    ro utilizados no trabalho ostensivo dacorporao. A Brigada recebeu os ve-culos atravs do Capito Dill, o SargentoEliseu e o soldado Klein. Pelos bom-beiros de Ibirub recebeu o TenenteRocha.

    CidadeViva

    Programa

  • ,Sexta-feira, 04 de abril de 2013OAJVariedadesCaderno

    PROGRAMAO 54 ANOSda Biblioteca PblicaMunicipal Justino

    Guimares Neto 07 a 11 de abril DE 2014

    07 a 11 de abril segundaa sexta-feira

    Sala de audiovisual da Biblio-teca Pblica Municipal JustinoGuimares Neto

    Exibio de documentrios(horrios e temas a esco-lher):

    Da Pomernia a Ibirub: asaga de um povo

    Cotrib 100 anosRumo ao interior histrias

    das localidadesVence Tudo 50 anosPblico: alunos da Rede de

    Ensino de IbirubEncontros de leitura e

    visitao (agendamento dehorrio)

    Pblico: alunos da Rede deEnsino de Ibirub

    07 de abril segunda-fei-ra

    Casa de Cultura OsvaldoKrames, s 19 horas

    1 Encontro Municipal de Lite-ratura

    54 Aniversrio da BibliotecaPblica

    2 Encontro Cultural da E. E.E. F. Edison Quintana

    Pblico: comunidade e profes-sores em geral; alm de alunosda Rede de Ensino de Ibirubinteressados

    08 de abril tera-feiraBiblioteca Pblica Municipal

    Justino Guimares Neto, s 10horas Cerimnia e coquetel alu-sivos aos 54 anos, visitao eexibio do filme documentrioVence Tudo 50 anos)

    Pblico: direo das escolasda Rede de Ensino de Ibirub eautoridades convidadas

    Casa de Cultura OsvaldoKrames, s 19h45min - Gra-tuito

    Apresentao do espetculoteatral NATALCIO CAVALO

    Cia. Rstica Vencedor doPrmio Braskem 2013 de Melhorespetculo (Festival Poa emCena)

    Pblico: comunidade em geral09 e 11 de abril quarta-

    feira e sexta-feiraSetor de Literatura Infanto-

    Juvenil da Biblioteca Pblica Mu-nicipal Justino Guimares Neto,dia 09 das 13h30min s 17 ho-ras e dia 11 das 8 s 12 horas edas 13h30min s 17 horas

    Contao de histrias infan-tis com a Vov Quinquinhas(agendamento de horrios)

    Pblico: alunos da Rede deEnsino Infantil de Ibirub

    PREFEITURA MUNICIPALDE IBIRUB

    SECRETARIA MUNICI-PAL DE EDUCAO,

    CULTURA, TURISMO EDESPORTO

    DEPARTAMENTO DECULTURA

    Por ocasio do 54 Aniversrio da Biblioteca Pblica Municipal Justino Guimares Neto, a Coordenadora do Departamento de Cultura do Municpio Magda Pimentel eDiretor da Biblioteca Pblica Jorge Gonalves Ferreira, com arte final de Leandro Schweig da Grfica Ibirub -Tecnologia de Sucesso, foram os responsveis pela confeco doFOLDER INFORMATIVO DA BIBLIOTECA, que ser utilizado na divulgao da instituio.

    A SMECTD tambm providenciou na restaurao da fachada do prdio da Biblioteca e na aquisio de novos livros.

  • , amor transfor-ma voc em mentiroso

    2Jornalista

    [email protected]

    A sua sala mudou

    Maurcio Rebellato Filsofo, escritor e Doutor em Teologia MoralO cachorro do padre

    E

    Antnio Mesquita GalvoEmail: [email protected]

    Pensa-mentos,atitudes

    edecises

    Pensar faz bemA famlia reunida na sala assiste novela. Cada membro da famlia em seudevido lugar, os personagens na tela, e osilncio dominando o ambiente. Umacena comum ao nosso dia a dia, mas queno configura mais a atual realidade demuitos lares.

    As relaes sociais mudaram tambmdentro de casa. Hbitos antigos que im-peravam na maioria das famlias cadavez mais deixam de ser comum.

    Talvez a melhor descrio para a salade casa hoje em dia incluiria uma televi-so como segundo plano tecnologia:dispositivos mveis como tablets enotebooks no colo, conectados s redessociais atuando como classificam algunsautores da comunicao como secondscreen, ou seja, uma segunda tela. Nosdiversos dispositivos os contedos da te-leviso so debatidos em sites de redessociais como Twitter e facebook, ou en-to, so na internet que se socializam oscontedos da televiso fazendo com queo olhar volte-se para a televiso.

    Com o aperfeioamento tecnolgico,h a mudana de comportamento da so-ciedade na forma como ela consome ainformao. As pessoas atuam como ato-res principais em um cenrio de mudan-a. So multifuncionais, dirigem a aten-o para diversas coisas ao mesmo tem-po, falam ao telefone, respondem e-mails, leem o jornal e assistem TV. Po-dem passar despercebidas, mas as trans-formaes que a sociedade vive colocamtodos como protagonistas da mudana.

    Nesse cenrio preciso adaptar-se,atender as novas demandas que a vidaimpe, seja no trabalho, ou em casa mes-mo. Faz-se necessrio observar a sala decasa para saber a que altura do campeo-nato voc est e assim ver o quanto vocainda precisa conhecer as tecnologias,aderir a novos meios e viver essa eratecnolgica.

    u tive um amigo, padre catlico, que tinha um cachorro. Digo tive porque h vinteanos no o vejo, nem sei se ele est vivo ou se continua padre. Eu ia frequentemen-te casa dele, nos fins de tarde, discutir teologia, liturgia ele era um excelente

    msico e tomar um chimarro. Lembro, na primeira visita, me chamou a ateno o cachor-ro do sacerdote. Era um jaguan de raa indefinida, pelagem preta e branca, de tamanhomdio e cara de poucos amigos. Ao ver o bicho, como costumo fazer, tentei passar a mo emsua cabea. Pois no que o co me estranhou? Rosnou alto e mostrou os dentes ameaado-ramente.

    Quando o padre viu a reao do cachorro, me advertiu que ele no gostava que botassema mo nele; s admitia ser tocado com o p. Depois de uns dois ou trs bicudos, o dog seacalmou e foi para seu lugar: atrs do sof. O gozado da histria era o nome do bicho:amigo.

    Pois , lembrando a histria do cachorro do padre me vem cabea a histria de muitagente, que ao contrrio do senso comum, no gosta de carinho, mas prefere ser tratado apontaps. Tem mulher que gosta de apanhar do marido. Conheci uma maluca que dizia: Vocno gosta mais de mim... faz vinte dias que no me bate... Tem aluno, por exemplo, queprefere ser maltratado pelo professor a desenvolver uma mnima interao com ele. Conheomulheres que trabalham para sustentar marido malandro e no fazem nada. Uma vez, napraia, escutamos uma gritaria de mulher vinda da rua lateral pousada. Corremos at l,meu filho, o genro e eu. Constatamos que era um cara batendo numa mulher. Ela estava nocho e o macho chutava a infeliz. J chegamos l enchendo o valento de tapas. A mulher selevantou, recomps a cara quebrada e o olho roxo e bradou: O que vocs tm que se meter?Ele est batendo no que dele!. Deu vontade de encher a mulher de sopapos. Um outroapanhava da mulher e da sogra e no se importava... Tem gente que parece que no gosta desi mesmo, vive se odiando, incapaz de se valorizar e de defender sua integridade.

    Na vida, real ou alegrica, tem muita situao parecida. Acontece nas famlias, na educa-o, na sade e em tantos segmentos sociais. A classe poltica, gente dos Trs Poderes daRepblica est sempre chutando o povo e muitos de ns babam de admirao por eles. Temcorruptos encastelados no poder, cujas atitudes a gente execra, o bom senso condena, masna eleio acaba votando neles de novo. Nisso se inclui um Legislativo corrupto que cria leisao arrepio dos interesses do povo, de um Executivo omisso e laxista e, sobretudo um Judici-rio arrogante e anacrnico, que no faz justia, ganha muito e no produz nada.

    Com isso, o povo fica como o cachorro do padre: acostumado a levar pontaps, semsaber o valor de uma ateno mais efetiva.

    O Dia da Mentira [email protected]

    Eduardo RiusEduardo Rius

    A nossa vida um ciclo con-tnuo, onde nascemos, cresce-mos, trabalhamos nos aposen-tamos e depois morremos, semesquecer claro a diverso en-tre meio todas as fases junta-mente com os momentos ines-quecveis vividos ao caminharda nossa histria, porm passa-mos a maior parte da nossa vidatrabalhando e/ou estudando.

    Nesse mundo to montonoque vivenciamos por quase umsculo muitas vezes esquecemosde exercer a verdadeira arte dosaber... O questionar, de modoque aquele que o faz j esta au-tomaticamente aprendendo no-vos caminhos para chegar a no-vas concluses decompreendimentos mais sbios,levando ao ser, indagar novosmeios de aprendizagem eensinamentos.

    Hoje em dia quando quere-mos um pensamento sobre deter-minado assunto muito maisfcil abrir o google e pesquisarsobre o varivel assunto quevoc necessita, basta copi-lo edissemin-lo no meio em quevoc precisava, mas nem sequerparamos para pensar que pode-mos criar nossas prpriasideias e pensamentos relaciona-do ao que queremos expondonossas prprias teses de tal fi-losofia que ento estaremos apli-cando.

    muito importante buscar-mos ler cada vez mais sobre ospensamentos dos grandes filso-fos mundiais, para compreen-dermos cada vez mais os cami-nhos do raciocnio humano etambm para aumentarmos nos-so vocbulo argumentativo pe-rante problemas e solues vi-veis para tal, buscandomaleabilidade no pensamentoprprio e tentando aplicar umafilosofia convencvel ao outrosde modo membrado ao nossomodo de agir perante o mundo.

    Termina-se a ideia supondouma reflexo sobre os caminhosque deixamos nosso pensamen-to tomar a partir do que imagi-namos ser ou no certo para nse para os outros...

    Desejo uma tima semana atodos os leitores e j deixo umrecado dizendo que tambm es-tou disponde de minhas mensa-gens e filosofias no meu blog:

    www.pensarfazbenn.blogspot.com.br... Espero que gostem ; Abrao.

    Um pouco mais

    No, no foi uma simples mentira. A opulncia de um jogo mais fundamentado, ideologi-camente carregado e perverso, na acusao verbal mdia que se pode afirmar sobre o fato, mais eficaz para o estabelecimento de egos inflados e de luta contra subverses. A iluso eraa ideia de que seria provisrio. E durou vinte e um anos. Quem da minha gerao pode noentender, mas, como Luiz Cludio Cunha afirma em seu texto Todos Temos que Lembrar, necessrio que as geraes anteriores transmitam para as recentes o que foi o horror e assignificaes sobre o regime militar no Brasil, que neste dia primeiro de abril, completacinqenta anos de implantao.

    Voc que me l e que tem idade para ser meu pai ou meu av provavelmente sabe o que conviver numa ditadura. No fao questo de o saber. Nem o quero. Prefiro continuar com aburrice de no conhecer o que uma ditadura. Prefiro manter distncia do contato com ummundo onde falar um crime e expor a opinio uma releitura do Holocausto. Se, por umlado, foi um regime que, inicialmente, alavancou de certa forma a economia nacional, poroutro, foi a simbolizao e a personificao de um jargo popular consagrado: o dia primei-ro de abril, dia dos Pinquios espreita.

    Diante das barbries cometidas por grupos descomprometidos com a humanizao, di-ante da supresso de direitos polticos e civis, diante da institucionalizao da violnciacomo carter de controle, possvel inferir que tudo foi, realmente, uma mentira. No pareceter sido verdade. No parece que, realmente, o pas foi contaminado pelos vrus da submis-so, da opresso e do totalitarismo. improvvel que a censura fosse um hobby ou queestudantes, professores, ideias e sonhos fossem apagados como uma vela sob brisa detempestade. S pode ter sido um grande devaneio.

    Mas no foi. A mentira brasileira, no primeiro de abril deste ano, relembra que possvelrecriar a liberdade. A luta por direitos civis, numa nao em que desigualdades so toprofundas e a criminalidade estoura a nveis despropositados, o carter principal quemove a sobrevivncia. O desejo pela construo, reconstruo e manuteno de um sistemaem que o povo elege seus representantes e se expressa em um regime democrtico a grandecausa por que todos os dias acordamos, pegamos o nibus, trabalhamos, estudamos, cha-mamos este pas de nosso.

    pelo direito de liberdade, seja ela poltica, religiosa ou sexual, que nos autodenominamosbrasileiros, que expulsamos os Pinquios que insistem em tornar os dias em eternos primei-ros de abris. O orgulho de pertencer a uma ptria como a do Brasil, que por quase quatrocen-tos anos foi afundado na escria da escravido, que conviveu com oligarquias cafeeirasdescomprometidas com causas sociais, que foi arrebentado para instalao de uma siste-mtica terrorista com o golpe de 64, exige que nos tornemos, cada vez mais, verdadeirosmembros desta nao. Que, em datas como esta, que lembra o aniversrio de cinquenta anosda implantao da ditadura, refora a vestimenta de nossa camiseta verde e amarela e nosfaa dizer: agora, somos um povo que busca reafirmar a liberdade. Ditadura, no seio brasi-leiro, nunca mais. Precisamos parar de ser Pinquios com ns mesmos.

    para se refletir

    Maluca

    Dir

    eto

    da

    Sup

    erin

    tere

    ssan

    tre

    , eu desisti. E acredite,foi o maior ato de coragem

    que j tive na vida. Rafael Lemos.

    Cincia

    Talvez seja questo de sobrevivnciapara o casal. No d para ser sincero emtodos os momentos, a voc se pega men-tindo. E cada vez mais. isso? Nada, adesculpa bem melhor: hormnios.

    Pesquisadores israelenses e holande-ses precisaram de 60 homens para enten-der como a ocitocina, hormnio do amorliberado durante um beijo ou abrao, podedeixar voc mais mentiroso. Metade delesrecebeu doses do hormnio e a outra par-

    te ganhou doses de placebo. Eles foram separa-dos em equipes e tinham de adivinhar, num jogode computador, se uma moeda viraria cara oucoroa.

    Quem tinha tomado ocitocina mentia mais. Ecom menos pudor. Segundo a pesquisa, o pesso-al do hormnio dizia ter acertado bem mais ve-zes. A a equipe ganhava mais dinheiro (40 cen-tavos por acerto). Para proteger e promover obem-estar dos outros, humanos podem trapace-ar e esquecer a tica, explica Shaul Shalvi.

    Ou seja, por amor. Um indivduo cheio deocitocina sente um afeto maior pelos outros. E vaifazer de tudo para v-los bem. Mesmo se forpreciso mentir para que isso acontea.

  • ,Excelente atendimento

    Rua General Osrio, n 1045Telefone: (54) 9986-1058

    Eu Recomendo

    (54) 9129 - 9511Estevan ScarsiVanessaFontana

    RebelatoAnos DouradosVra

    Fontana

    3

    Abraos,Vra e Vanessa!

    No ano de 1985 muitos eventos sociais animaram a comunidade ibirubense, comeando pelo aniversrio domunicpio e o Baile de Escolha da Rainha dos 30 anos de emancipao poltica do mesmo, seguindo as progra-maes, como ainda no ms de fevereiro as comemoraes referentes ao carnaval.

    O carnaval regional de Rua de Ibirub fazia muito sucesso na poca, tanto que nesta ocasio o pblicochegou a 10 mil pessoas aglomeradas no calado da Rua General Osrio e entre as ruas Flores da Cunha eSerafim Fagundes.

    O corpo de jurados do evento era composto pela Rainha do Municpio Claudia Kaderli, Neri Trein, Renatoe Sonia Calsin, Celso Krug e Ktia Guimaraes, Lucia Schwengber, Carlos e Dirce Andrino e Regis RogrioRocha da RBS TV Cruz Alta, e tinham a difcil misso de escolher o melhor bloco entre tantos que participaramdo evento.

    Carnaval de rua de 1985, em Ibirub. Animao dos folies.O incio dos desfiles se deu com a Associao Carnavalesca T que T de No Me Toque, seguidos pelos

    Coloridos de Colorado, Cascalho de Tapera , Espocross de Espumoso, S vai do Clube Comercial de Ibirubcom 75 figurantes e 25 componentes na bateria, sob o comando de Gernot Schmidt de Oliveira. Para encerrara noite a Escola de Samba Unisaks de Tapera trouxe 160 figurantes e 45 componentes na bateria, proporcio-nando um espetculo maravilhoso ao pblico presente.

    Concludo o carnaval na aveni-da, realizou-se no Clube Comercialum sensacional Baile burlesco e nanoite seguinte o Clube Comercialabriu suas portas para recepcionaros carnavalescos e entregar os tro-fus de premiao do Carnaval Re-gional de 1985.

    Em julho deste ano foi realizadoo tradicional baile da escolha da 1Prenda do CTG Rancho dosTropeiros, com grande participaoda sociedade ibirubense e regional.A 1 Prenda eleita foi GiseldaHonorina Lopes, filha de Joo Lopese Ins Lopes e a 2 prenda foi MaraCristina Mendes, filha de Jose LuizPimentel Mendes e Iolanda Men-des.

    Como 1 Prenda mirim foi esco-lhida Roberta da Rosa, filha de Se-bastio Nogueira Da Rosa e LoniKlein da Rosa e a 2 Prenda Mirimfoi Ana de Oliveira, filha de AluciresOliveira e rica de Oliveira. Esteacontecimento social no CTG mo-vimentou os tradicionalista e o bailefoi at altas horas.

    Grande publico prestigiou e participou das comemoraes.

    Prendas adultas e mirins de 1985, escolhidas no Baile do CTG Rancho dos Tropeiros.

    10 Curiosidades do Cinema1- A primeira projeo pblica de um filme aconte-

    ceu em 22 de maro de 1895, quando os irmosAuguste e Louis Lumire apresentaram "A sada dos

    operrios da fabrica Lumire" a um pblico convidadopara o evento, em Paris. A primeira exibio comerci-al de filmes, porm, foi feita por eles em 28 de dezem-bro do mesmo ano, no Grand Caf do Boulevard des

    Capucines, tambm em Paris;2- O pas que mais faz filmes no mundo ou a maior

    indstria cinematogrfica do mundo pertence ndia.O Pas produz uma mdia de 700 filmes todos os anos.S para se ter uma idia, Hollywood produz de 300 a400 filmes por ano. A ndia conta com dois milhes de

    pessoas trabalhando nessa indstria, que atrai 70milhes de espectadores por semana;

    3- O primeiro filme falado foi o filme "O cantor deJaz", de 1927. A parte falada do filme constava de

    apenas trs cenas que no passavam de 10 minutos,naquele tempo os produtores acreditavam que

    ningum poderia aguentar um filme com mais de umahora de dilogo;

    4- A expresso "stima arte", foi criada em 1912pelo italiano Ricciotto Canuto, se referindo ao cinema;

    5- Francis Ford Copola comeou sua carreira sobum pseudnimo dirigindo "Nudies", filmes erticos. Omais famoso "O bordel da montanha" onde Drcula,Frankenstein e o Homem lobo exercem seus poderes

    num prostbulo;6- O filme E o Vento Levou (Victor Fleming,

    1939), foi o filme mais visto em todo o mundo: mais de200 milhes de pessoas assistiram histria de amor

    protagonizada por Clark Gable e Vivian Leigh;7- O enorme letreiro contendo a palavra

    Hollywood, um dos mais importantes cartes-postaisda cidade comeou a ser erguido em 1923. Inicialmen-

    te, foi colocada a palavra Hollywoodland, que era onome de um loteamento que se instalaria nas imedia-

    es, e com o tempo, ficou apenas Hollywood e foiincorporado/adotado pela cidade;

    8- Uns engordam, outros emagrecem. O ator VicentDOnofrio teve que engordar 31,7 quilos para fazer o

    filme Nascido para matar de 1987. J o ator TomHanks teve que emagrecer 10 quilos para fazer o filme

    Filadlfia de 1993;9- Previses que do certo. No filme "De volta parao Futuro 2" aparece no Livro dos Recordes que em

    1997 o time da Flrida ganharia o campeonato"World Series". Na poca em que o filme foi feito (nosanos 80), a Flrida nem sequer tinha um time, mas no

    dia 26 de Outubro de 1997 ela foi campe do WorldSeries, exatamente como dizia o Livro;

    10- Ganhos das salas de cinema. Nem s de ingres-sos vivem os cinemas. Pipocas, refrescos e demais

    guloseimas produzem em mdia 45% de seus rendi-mentos.

    Fonte: Guia dos Curiosos.

    Frase da semana: fazendo que seaprende a fazer aquilo que se deve aprender a fazer!.

    Aristteles.

  • ,4

    Dia 06/04 a 12/04

    Parabns tambm para...

    Social

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567

    - LS E Linhas

    Fone: (54) 3324-6515 - E-mail: [email protected] General Osrio, 1280 - Centro - Ibirub, RS

    Artigos para tricot, crochet, tape-aria e tecidos, cama, mesa e banho.

    tricoartetricoarte

    Foto Arte

    Dia 05/04: Huliana dos Santos Reis. / Ali-ne Correa. / SildaRuppenthal. / RodrigoRistow Soares. / Iselda Teresinha Maisnen./ Volnei Francisco Rohr.

    Dia 06/04:Ari Elmiro Dietrich. / SolangeMaria Rossgnol Guterres

    Dia 07/04: Mnica Guedes. / FabianaCorrea. / Miguel Dietrich Gadenz./ IrioBorhz. / Ane Denise B. Franken.

    Dia 08/04: Ernesto Meinen. / FbioFiedler. / Werno Rippel. / Sergio Heverd

    Dia 09/04: Mrcia de Campos. / ElaineHeverd.

    Dia 10/04:Eduardo Meinen. / RicardoNicolodi Lorenzoni. / Dilvan Paloschi. /Dilvana Paloschi. / Eduardo Andre Roesler

    Dia 11/04: Vinicius Mskoph da Rosa.

    ries: Bom perodo para tratarcom militares, polticos e pesso-as ligadas a igreja. Muito bom,tambm, para abrir uma cader-neta de poupana ou para soli-citar emprstimo de dinheiro.xito profissional. No conve-niente aventurar-se em novosnegcios.

    Touro: Procure a felicidade noterreno espiritual e tudo sermais fcil. A posio de Vnusfavorece voc em todos os sen-tidos. Os obstculos tendem adesaparecer diante do perodopropcio que se inicia agora.

    Gmeos: Dia em que poderfazer ou pedir emprstimos eassinar documentos, aes oumesmo pedir aumento de venci-mentos, que ser bem sucedido.A sade estar boa e as chancesde xito amoroso e social. Prati-que um esporte para manter aforma.

    Cncer: Faa tudo dentro desuas reais possibilidades e nose deixe influenciar por pessoasfalantes. Far amizades e pro-gredir profissionalmente. Terque fazer algumas concesses.Deve procurar associar-se compessoas de ideias novas.

    Leo: Cuide-se e aproveitepara exaltar suas qualidades in-telectuais e artsticas. O mo-mento lhe favorvel, amparan-do-o no campo profissional e fi-nanceiro. Nos primeiros dias doperodo, podero ser propciospara o trabalho.

    Virgem: Seu forte magnetis-mo pessoal agora dever atraira simpatia alheia, o que lhe tra-r muitos benefcios. Novas eduradouras amizades tambmesto previstas. Sucesso nosnegcios e nas novas empresasque fizer. Pode tratar de assun-tos importantes..

    Libra: Excelente aspecto astralpara iniciar negcios e empre-endimentos de vulto e para tra-tar de questes jurdicas queesto em pendncia. Positivo avida religiosa e ao amor. Boasnotcias. Cuide bem do seu di-nheiro.

    Escorpio: tima oportunida-de no setor comercial, com pro-babilidade de lucros. Bom mo-mento tambm, para assuntosfamiliares e sentimentais. Sa-de boa, o que dever dar-lhemaior disposio no trabalho.Continue cauteloso com seu di-nheiro.

    Sagitrio: Influncia astralmuito benfica e renovao pro-fissional para solucionar seusproblemas financeiros e pesso-ais. Far boas amizades e rece-ber o apoio de pessoas influen-tes. Mantenha-se na mira dodesenrolar dos acontecimentose espere sucesso.

    Capricrnio: Faa de tudo paraaumentar seu crculo de rela-es e de amigos neste perodo.Sucesso no trato com pessoasidosas e crianas, patres ouempregados e lucros nos neg-cios relacionados com lquidos.Confie em si e far associaes.Muitas sero suas chances desucesso no campo profissional.

    Aqurio: As pessoas do seusigno so realmente, maisfavorecidas nesta fase. Aprovei-te o momento para se dedicar avida sentimental, cultural, inte-lectual e ter um bom resultadonas relaes humanas.

    Peixes: Bom ganho de dinhei-ro proporcionado pelo esforoem seu trabalho ou negcios ini-ciados h tempos ou em funespblicas. Tome cuidado com aci-dentes provocados por produtosinflamveis. A lua vai favorec-lo no trabalho.

    Esteve de aniversrio no ltimo 2de abril, Andreia Caroline Klasener,residente em Santa Clara do Inga, emQuinze de Novembro. Recebe asfelicitaes do esposoLeocir Petersen, dosfilhos Gustavo, Viniciuse Milena Caroline,demais familiares eamigos.

    Foto Magia

    Dia 31/03 esteve aniversriando ame e esposa Celoy Seibert . As

    felicitaes partem de esposoJair, filhos Murilo e Jonas edemais familiares e amigos.

    Que bom te-la emnossa vida

    Bodas de Ouro

    Foto

    Art

    e

    No dia 29/03, Maria de Lourdes e Nelso deBarros comemoraram 50 anos de felizmatrimnio.

    A renovao de votos aconteceu na IgrejaCatlica de Arroio Grande Selbach.

    Os votos de felicidade partem de suas filhas edemais familiares!

    Foto

    Art

    e

    Jean Leonardo Silva da Rosacompletou 7 aninhos no dia 26/03.A festinha pra comemorar o dataaconteceu dia 30/03 na Asfuca.

    Seus pais Jean Carlo eMaria Ins, manosWillian, Maria Eduardae Hanna Clara, demaisfamiliares e amigosdesejam muitasfelicidades ao garoto.

    15 Anos!No dia 02/04, Sara Luiza Vargas

    Balest comemorou seus 15 anos.Seus pais Maria Nelci e Vilseu, mano

    Thomas Vinicus, demaisfamiliares e amigosdesejam muitasfelicidades, sade,amor e tudo o queh de bom!

    Almirinda deSouza, completou 77

    anos no dia 30/03.Muitas felicidades,

    sade e anos de vidaso os votos de seusfilhos, genros, noras,

    netos e bisnetos.

    Dia 26/03: Valentina, filha de Jssicae Diogo Silva

    Dia 27/03: Bruno Yago, filho deJessica Dutra e Eduardo Santos

    Dia 28/03: Murilo, filho Virginia eGustavo Rossato

    Dia 29/03: Emanuel, filho deElisiane Elicker e Everton Kretsschmann

    Dia 01/04: Joaquim Francisco, filhode Aline Andrade e Jean Quadros.

  • , PROMOO DE PSCOA: Todos quefrequentam a academia concorrem agora noms de abril a uma linda cesta e 10 garrafas

    personalizadas.

    Festa de comemorao de 2 anos da acade-mia, no Bugatti Pub. No palco Vitor Piaz e ingres-sos apenas na academia. No vai perder!

    5Caderno

    Restaurante ePizzaria

    Tele-Entrega3324-3198 / 9969-7313

    Rua do Comrcio, n 922

    Pr FormaPr Forma

    Av. Mau, 1189, sala 02. Telefone: (54) 91001170 / Agende seu horrio!

    Festa de comemorao de 2 anos da acade-mia, no Bugatti Pub. No palco Vitor Piaz e ingres-sos apenas na academia. No vai perder!

    PROMOO DE PSCOA: Todos quefrequentam a academia concorrem agora noms de abril a uma linda cesta e 10 garrafas

    personalizadas.

    Quem comprar os passaportes da ASIF estarconcorrendo a um ms de academia grtis.

    Quem comprar os passaportes da ASIF estarconcorrendo a um ms de academia grtis.

    com Thiago Soares

    agende-se:Comentando

    Dia 04/04, sexta-feira: Bingo da LFCC.Dia 05/04, sbado: Jantar danante da

    AMOVIHERDia 06/04, domingo: Galinhada de Ta-

    cho - Mulheres Ativas Progresso. / InicioCurso de Danas CTG Rancho dostropeiros.

    Dia 07/04, domingo: Pedgio LarAconchego. / Semana de Aniversrio daBiblioteca Municipal Justino GuimaresNeto (07 11)

    No ltimo sbado, dia 29/03, o Bugatti Pub mais uma noite seencontrava lotado. Confira alguma das fotos que saiu no Ibiclick ;)

    Como show assim no se tem aqui em Ibirub, a Bier Site emCarazinho mais uma vez quer lotar a casa com o show do Raimundos,pra quem curte, o evento vai ser dia 11/05, e os membros da ACIMesto organizando uma excurso, maiores informaes com RicardoVieira Seger.

    O friozinho esta chegandoo pessoal se acomodando, prano se acabar em desleixo noschocolates e cobertores nadacomo manter o corpo e uma vidamais sadavel, para isso a Aca-demia Pr Forma vemoferencendo seus servios e umexcelente atendimento a 2 anosno nosso municpio. E agora noms de abril, para comemorar oaniversrio da academia, vai ro-lar a maior festa no Bugatti Pub.Para maiores informaes s li-gar no nmero (54) 91001170!

  • ,AgronegcioVENDE-SE 75ha, 57ha deplanta, 2 casas, galpo, salade ordenha, mangueira, pooartesiano, aude, emEspumoso. Tratar pelofone:3324-3671.

    VENDE-SE 11ha de terra nacosta do alague, na localidadede Volta Grande, Quinze deNovembro. 300 scs/ha.Contato por Telefone:(54)99037215 - Joo Christ.

    VENDO - Trator Ford 8 BR/ ano1965. Valor R$ 7.000,00. Tratarpelo telefone: (54) 91062760.

    VENDO - Uma gua matrizApaloosa e uma gua quartode milha c/ crioulo, pelagembaia/ruana. Fone 3324-1312com sargento Abreu.

    VENDE-SE MF 3640/K ano1988; SLC 6200 ano 1987; MF5650/K ADV ano 2004. Tratarcom Neto pelos fones: 9972-7300 e 3324-1705.

    VENDO: cavalo crioulo comdocumentos, manso e timopara lao. Para interessadosentrar em contato pelo fone(54) 91756909

    VENDE-SE novilha Jerseypura, prenha de oito meses.Fone (54) 99692296.

    VENDO: Cavalo crioulocastrado confirmado, para todaa lida, timo de lao. Tratarfone (54) 3324-13 30/99321930.

    Publicaes6

    Imveis

    Anuncie!!!(54) 3324-1093

    [email protected]

    Aqui est a suaoportunidade de negcio!!!Classificados

    Veculos

    VENDO: Gol G3 ano 2000, bran-co, ar condicionado, roda ligaleve, 4 portas. Aceito troca -valor. Tratar (54) 9158 5117.

    VENDO CAMINHO: Ano/78,carroceria baixa, comp. 9,70m; me-cnica revisada, pneus em bomestado, com rodoar, interclima emotor interculado. Ideal p/transpor-te de mquinrios. timo estado.Fone: (54) 91259584 c/ Paulo.VENDO: Braslia/74 em bomestado R$ 1.600,00. Fone:(54) 91990067

    VENDO: Uno Fire 4 portas ,branco, ar cond., barbada R$10.500. Tratar (54) 9139 2073.

    VENDO: moto NX 200/99, ver-de metlica, bom estado, motode cidade. Fone: (54)9979-6297.

    VENDO: Fusca branco, ano1975, em timo estado. Tratarpelo fone (54) 3324-6048/81521005.

    VENDO: Caminhonete D-20Conquest, 1996. Tratar fone:(54)9195.2043 com Marcelo.

    VENDO - Gol G3 2011 prata, 4portas, 8 valvulas, alarme, tra-va, ar quente, rodas de ligaleve. R$ 16.000,00. Tratar pelofone: (55) 9162-3894.VENDO: Gol 2000, branco 8vc/4portas e Gol 2001 completo,8v. Tratar pelo telefone: (54)3324-3427 ou 91184552.

    VENDO: Moto Titan 150 cc,ano/modelo 2007, com 9000km, estado de nova, na corazul. Tratar pelo fone(54)91406983

    VENDO: Passat ano 81, motor1.5, 5 marchas, roda 14 bino,vermelho em bom estado. Jair(54) 91912851.

    VENDO MOTO - YAMAHAYBR 125 ED, completa, corazul metlico, ano 2005. Doc.2012 pago. Valor R4 3.500,00.Tratar com Michael(54)91438439.

    VENDO: GM Corsa/WIND ano1998, 4portas, peneus novos.R$11.500,00. Tratar pelo fone(54) 99647122

    VENDO ou TROCO: Fox 2005,prata, por carro mais novo,mesmo com divida. Fone: (54)92108460.

    VENDO - Um Uno Flex, ano 95,1.0 eletronico.Tratar pelo fone(54) 99539645.

    VENDO - Moto Yamaha Factor,125, ano 2009, cor prata, com15mil Km. R$ 4.000,00.Barbada, abaixo da FIP. Fone:(54) 91438439VENDO: Celta Life 2011, ver-melho, 2 portas com 17 mil Km.Fone: 84116166.Vendo- Belina Del Rei, prata,em bom estado. Tratar pelofone (54) 96201510. Luiz.

    VENDO: Gol 2000, G3, 4 por-tas. Aceito troca. Gol 1988,todo equipado, gasolina. Fus-ca 1981 super inteiro. Fone9154-7365.

    Vendo-Corcel 1, ano 1973,Srie Luxo, em excelente es-tado de conservao. Fone:(55) 91458494 (Mauricio).VENDE-SE - Fiat 93, verde,gasolina, em bom estado. Tra-tar pelo fone (55) 96820849/91642166.

    VENDE-SE - Palio Economy2010 4portas vermelho, com-pleto menos A/C e direo hi-drulica, excelente estado.Tratar(54)91820037 ou96743372.

    VENDE-SE: Uma caminhonete,F1000, ano 1996, completa.Fone: (54) 92005222, falar comAdair.

    VENDO: Palio Fire Economy2010, nico dono, semi novo.Telefone: 91961135 c/Junior.

    VENDE-SE- terreno de 270 mcom alicerce por R$35.000,00 e outro de 270 mpor R$30.000,00. RuaHumberto Fior, B. Floresta;Fone: (54) 91362417VENDO - Casa de alvenaria,130m2.Av.Brasil, 3 quart. sala,coz. varanda, suite, rea deservio, garagem p/2carros.R$ 300.000,00 - Fone91645612.

    VENDE-SE apartamento, 2quartos, garagem p/dois car-ros, em Sta Maria/RS. Pelo fone(55) 99692296.

    VENDE-SE - Uma casa de al-venaria mista, 4 quartos, 2 sa-las, 2 cozinhas, 2 banheiros,garagem, area de servio.140m . Rua Merito Centro. Tra-tar pelo fone (54) 9972-7300.

    PROCURA-SE: Casal com umafilha(15anos) procura casa ouapartamento para alugar c/2quartos, garagem e patio fe-chado, de preferencia nosbairros Por do Sol ou SoJacob. (55)99991080 c/ Gladisou (54) 3324-8000.

    Procura-se: Casa em Ibirub,de 2 ou 3 quartos, para alugar.Entrar em contato com Roger(55) 99424880.

    VENDE-SE: casa mista de 12/19, terreno 15,5x27,6, com 3quartos, 1 banheiro, com ga-ragem e duas salas. Av.Goiansia, 173. Bairro Progres-so. Fone: 3324-4775

    VENDE-SE: 2 terrenos no bair-ro planalto, 166 m cada um,na rua Diniz Dias. Fone: (54)3324-1735 falar com Adair.

    VENDE-SE - casa de alvena-ria com 153 m e terreno de410 m, 3 quartos, 2 banhei-ros, garagem para 2 carros.Bairro Boa Vista em Quinze deNovembro. Valor R$200.000,00. Fone: (54)96273295

    VENDE-SE Uma Pampa ano1985 e uma Moto YBR125(2001) timo estado(54)91094360 tratar Andr

    ALUGA-SE: Um kit net prxi-mo a distribuidora Rother.Fone (54) 99739742

    ALUGA-SE: Um kitnet em Por-to Alegre a 100m da Universi-dade Federal no edificio Pal-cio Itlia,na Av. Senador Sal-gado FIlho, 359. Apart. 604.Fone: (54) 91953055

    VENDE-SE: um terreno comcalamento e cercado de580m na Chcara do Justo,em Sede Aurora, prximo abarragem. Fone: (54)91665138/ (54) 3324-1093.

    VENDE-SE: Reboque para ca-valo, dois animais, trucado.Fone: (54) 96243342, falar comJeferson Guedes.

    VENDE-SE: Pintos da raa indiogigante, codornas giganteamericana e italiana, codornamini chinesa e codorna bobwhite. Fone: 91733323

    VENDO-EcoSport FreestyleXLT, Flex/09,completa, nicodono.43.000 Km; R$ 35.000,00.Fone: (54) 9969-6289.

    VENDO - Resfriador Friomax,400litros agranel, semi-novo.R$ 4.500,00.Fone: 91961135.

    VENDO - 2 Veltra BM 110 ano 2004 4x4; 1 Valtra 985 4x4 gabinadoano 2003; 1 Valtra 885 4x4 ano 98; 1 Valmet 985 4x4 ano 98; 1Valmet 12.80 4x4 ano 94; 1 Valmet 15.80 4x4 ano 97; 2 NewHolland 7630 4x4 ano 2001 e 2002; 1 TL 75 4x4 ano 2002; 4 MF292 ano 2002, 2000, 93 e 88; 2 MF 290 4x4 ano 95 e 93; 1 MF296 4x4 ano 88; 1 MF 283 4x4 ano 2002; 1 MF 275 4x4 ano 2000;1 Colehitadera SLC 6.200 ano 86; 1 Colheitadeira Calyson 4040ano 86 gabinada; 4 MF 290 4x2 ano 89, 87, 86 e 84; 1 MF 275 4x2ano 84; 1 Ford 6600 ano 82; 1 Ford 4600 ano 78 / 2 mf 65X ano75e 73; 1 MF 296 4x2 ano 87 com lamina; 1 CBT 1105 comconcha e lamina; 1 Valmet 85 e 65 ano 78; 1 Valmet 68 e 78 ano88; 1 Trator Max Spray automtico 2 M.L - revisado 18 M.B.; 2Pulverizador jato automtico 800l e 600l; 1 Grade Baldan 48 D; 1Graneleira 2 rodas - 70 sacos; 1 Plataforma milho 8L - Vence -Tudo. Interessados tratar pelos fones: (54) 3324/1067 ra-mal: 215; (54) 91364560. - Vila Alfredo Brenner.

    MAISNER TRATORES - Ireno e EliasTratores

    Servios

    Fao pequenos consertos em sua Residncia,do porto ao telhado. Interno e externo, alve-naria e madeira, consertos eltricos, hidru-licos e solda.

    Fone: (54) 99208427 / 91777050

    Marido de Aluguel

    ImplementosVENDO: TC57/98 Gabine a ar condicionado -19 ps 7700 John Deer, ano 94 c/Master 3640, ano 1988, c/Gabine.Tratar pelo telefone(55) 99015435.

    VENDE-SE: uma casa de 9,5mx11,5m, terreno medindo 12,5mx35mde fundos. R$ 340.000,00. Na rua Tiradentes, 1328, centro. Tratarpelo telefone: (54) 3324-2145 ou 041 (54) 81455134, tratar comNormlia.

    VENDO - Ford/Fiesta, ano1995, cor vermelho em bomestado. Fone: 99243790

    VENDO: Cozinha completaseminova: balco areo 3 por-tas; areo 1 porta; armriocristaleira; balco pia comcuba; balco para fogo demesa; fogo de mesa 4 bocas;forno micro-ondas eletrolux22lt; forno eltrico Calbria;balco para forno eltrico emicro-ondas; mesa branca e 4cadeiras. Quarto casalseminovo: cama; roupeiro 6portas henn (tabaco e maple);sapateira (tabaco). Quarto sol-teiro seminovo: cama solteiro+ cama auxiliar (com os col-ches); estante lateral eroupeiro 6 portas; escrivani-nha. Rack e mesa de centroseminovos. 3 bicicletasseminovas: 2 aro 26 (Track) e1 aro 20 (Cross). Tratar fone:9100-9823

    VENDE-SE casa de alvenaria (mais de 200m) em Cruz Alta,dois pisos, 4 dormitrios, 3 banheiros, garagem, 2 varandas,cozinha, lareira, churrasqueira, e poo artesiano. Financivel.Aceita-se veculo no negcio. Valor 180.000,00. Prxima Ro-doviria, bairro Bonini II. Telefone: (55) 91435173.

    VENDE-SE: Uma casa mista, no centro com 91m. No valor deR$200.000,00, com uma entrada de 80 mil o restante em safra2014, ou a combinar. Telefone: (54) 91278327/ (54) 91403928.

    VENDE-SE - Verona, ano 91,em timo estado, aceito 3 milem material de construo e osaldo a negociar. Fone:91155223.

    VENDE-SE: loja completa doramo de bazar, brinquedos e acessrios para sua casa nocentro de Ibirub. Fone: :054-96179124

    Diversos

    VENDE-SE: cavalo manso,pronto para montaria, ideal paracrianas. Interessados entrarem contato pelo fone 54-9156-2350. Uma pechincha!

    VENDO - notebook LG R580core 2 duo 4 gb, placa videodedicada, windows licencia-do. R$ 850,00. Fone: (54)91010710.

    VENDE-SE Dois filhotes machode co da raa Lhasa Apsoe,com 30 dias. Tratar pelo Fone:91308222.

    VENDE-SE: uma armao paraoutdoor de 2,50m x 4,00 m euma bicicleta da barbie aro 18.Maiores informaes pelo fone54 8112 5534.VENDO -Dois filhote fmea da

    raa shih tzu. Tratar fone: (54)9946-9622.

    VENDO - Filhotes delinguicinha, Fone: 99469622

    VENDE-SE: um resfriadorAgrogel 1.150 litros, 2 anos deuso. Interessados entrar emcontato pelo fone: (54) 9158-4844. Aceitamos novilha no ne-gcio.

    VENDE-SE:Gol 2008/2009, corbranca, bom preo. Fone: (54)91208166.

    Av. Mau n 1483Telefones: (54) 3324-1564/

    Corretores de Imveis eAvaliadoresDarci: CRECI 13.282 -CNAI 3.915Martis: CRECI 17.571 -CNAI 3.917

    Imobiliria Hilgert

    MASSAGEM: esttica erelaxante teraputica. Atendo domiclio. Tratar pelo telefo-ne: 9107-2553.

    SERVIO: Trabalho em casade famlia para servios ge-rais. (55) 91837100, Luana.

    FAO- Descarga de areia emhorrios diferenciados. Tratarpelo fone: 99351026. Com Ser-gio.

    ESCOLA DE MSICA DODANI: Agora tambm com co-mrcio de instrumentos musi-cais e acessrios. Fone (54)91828786.JARDINAGEM- Presto serviode jardinagem, corte de gra-

    ma, passo secante edetetizao. Tratar pelo tele-fone: 3324-4105 com NildoGonzatti.

    PROCURA-SE: vendedora ex-terna com experincia. Fone:91718005

    PRECISA-SE: Pessoa paraservios gerais e acompa-nhante de idosos. Tratar fone:91261057

    Aulas particulares deIngls - Professora comexperincia nos EstadosUnidos e Canad.Se vocno quer perder tempo edeseja aprender rpido ede maneira consistente, amelhor opo, de fato, aaula particular.Telefone:8152 1005

    CORTE DE GRAMADOS -Contato pelo telefone (54)91258629.

    Ofereo-me para Cuidar deCrianas de 6 meses a 6anos. Entre em contato peloFone (54) 9917.8786.

    AULA PARTICULAR - Quertirar suas duvidas? Faa aulasparticulares de matemtica.(54) 84248282/91682477.

    Procura-se: servio na rea de limpeza de casas, no perodode turno, tem experincia. Telefone: 92245752, falar com Ieda.

    VENDO: Uma EcoSportFreeStyle, completa, ano 2012vermelha, com 33 mil km, per-feita condio, R$45.000,00.Peugeot 207, 1.4 branco, ano2011, com 16 mil km,R$25.000,00. Fone:91134735.

    VENDE-SE - Uma mquina detecer Berti de 1.35, motoriza10. timo preo e prazo at12X. Fone: 3324-4915 ou91317727. A noite 3324-6233.

    VENDO - Fossas spticas 1.850 litros e filtroanaerbio 1300 litros em concreto padro pelacaixa e pela prefeitura, R$ 1.000,00 o conjunto.

    Telefone: (54) 3324-1124 / (54) 84217618.

    VENDE-SE: Uma frao de terras de cultura com a rea de20.000,00m, sem benfeitorias, dentro de uma rea maior com103.000,00m, situada em Capela Ftima, interior de Ibirub/RS,confrontando: ao Norte, com terras de Ablio Lora; ao Sul, comterras de Rosa Miguel ; ao Leste com terras de Pedro Luiz Ubessi;ao Oeste, com o Rio Jacu Mirim. Conforme matrcula n 11.656 doCRI de Ibirub/RS. P. R$ 30.000,00. Fones: 054 99727294/33243738

    * SOLEDADE: 22 h, com benfeitorias, 6 kms do asfalto, R$260.000,00.* SOLEDADE: 120 h, sem benfeitorias, 5 kms do asfalto, R$9.000,00/h.* SANTANA Do LIVRAMENTO: 1.500 h, rea mista combenfeitorias, (fotos) R$ 8.000,00/h.* TAPERA: Chcara, 7,0 h, casa alvenaria com 190m.* IBIRUB: 100.000m, rea indstria, frente R$ 223.* IBIRUB: 43.000m, rea industrial, frente RS 223.* IBIRUB: 14.000m, rea urbana, trevo da Coprel.* IBIRUB: 70.000m. rua General Osrio, para loteamento.* IBIRUB: 30.000m bairro Floresta, rea para loteamento.* IBIRUB: 20.000m, 140 metros da RS 223, sem benfeitorias,R$ 98.000,00.* IBIRUB: 62.000m 190 metros da RS 223, rea para industriaou loteamento.

  • ,7

    Passando a LimpoPassando a LimpoAlmirBraatz

    Croniqueta Por: GuaracyValente

    Contraponto:

    OPI

    NI

    O

    A administrao pblica no deve ser encarada como arte e, como tal, no se encaixa no conceito emitido pelobrilhante crtico italiano, mas tem muito a ver com obras. Segundo Eco a obra de arte aberta por admitir mltiplasinterpretaes. J a obra da administrao pblica obrigada a ter comeo, meio e, sobretudo, fim satisfatrio, semadmitir juzos crticos como a arte.

    Essas observaes vm a propsito do surto de obras bombando pelos quatro cantos de Ibirub. S no v quemno quer enxergar ou cego.

    Recentemente foram iniciadas as obras de reforma da Praa Henrique Berlet, no Bairro Jardim, estando previstaa construo de instalaes destinadas a abrigar as atividades do Clube de Mes e tambm para outras atividadesde cunho social e/ou comunitrio. A construo dessa sede significar valor agregado qualidade de vida dosmoradores do bairro.

    Algumas pessoas esto ansiosas para ver o incio dessa obra e sentem firmeza de propsito na sua execuo,porquanto esto observando o andamento da reforma da quadra esportiva a ser completada em breve. Quanto sededa Associao haver uma obra acabada?

    Felipeda Costa

    Refletindo sobre a CinciaNo que voc pensa quando ouve as palavras ci-

    ncia e cientista? Em uma forma de conhecimentosempre comprovada pois parte da experincia? Emum sujeito de jaleco branco o qual age de maneirasempre neutra quando faz suas anlises e experi-mentos? Em algum sempre disposto a rever suasteorias?

    Caro leitor, para refletirmos a cerca destas ques-tes, penso que Thomas Kuhn (1922 - 1996), fsicoe filsofo da cincia estadunidense, uma timacompanhia. Em sua obra A estrutura das revolu-es cientificas (1963), ele dedicou-se a estudarcomo se d o progresso da cincia e como os seuspraticantes organizam-se em torno de seus proble-mas.

    Kuhn entende que o conhecimento construdode maneira coletiva por comunidades cientificas asquais se organizam em volta de um paradigma. Taltermo nas obras de Kuhn pode ser entendido comouma matriz disciplinar sobre a qual se orientam ospraticantes, como a teoria da relatividade ou a me-cnica de Newton. Assim os aspirantes ao ttulo decientista so educados conforme o paradigma vi-gente, o qual oferece uma determinada forma deagir para resolver certos problemas.

    Esta forma de fazer cincia denominada porKuhn de cincia normal, pois nela os cientistas bus-cam adequar e resolver os problemas dentro doparadigma vigente. Contudo, podem surgir anoma-lias que no se enquadraro dentro do paradigmavigente e quando o nmero de anomalias ultrapas-sar o limite suportvel instaura-se uma crise da qualpoder surgir um novo paradigma que passa a darexplicaes que o paradigma anterior no explica-va.

    As anomalias geram a crise do paradigma atual,mas isso no significa que necessariamente ele sersubstitudo por outro. Em alguns casos os cientistasfaro manobras para resolv-las dentro doparadigma atual; noutros as deixaro de lado di-zendo que somente podero ser resolvidas em umestgio posterior de desenvolvimento. Somentequando a crise no mais contornvel poder sur-gir a cincia extraordinria, pois este o momentoem se buscam novas explicaes.

    O real progresso feito s poder ser verificadoquando a instabilidade causada pelo abandono doparadigma antigo passar e a cincia extraordinriatornar-se normal.

    Deste modo, na viso de Kuhn o avano se datravs de perodos de ruptura e estabilidade.

    A viso de Kuhn no hegemnica acerca dacincia, mas com certeza ela pode nos ajudar a lan-ar uma nova luz sobre o modo como nos relacio-namos com esta ferramenta to importante paranossas vidas.

    Trnsito- visvel e sentido por toda a comunidade acarncia em atitudes quanto ao trnsito em nosso muni-cpio. Um centro onde a locomoo em determinadosmomentos do dia simplesmente no flui. Ausncia devagas para estacionamento e onde eles existem os vecu-los os ocupam pelo dia todo sem que nada seja feito arespeito. Ruas que deveriam ser transformadas em monica porque no comportam o trnsito em ambos senti-dos. Sinaleiras obsoletas que ao invs de ajudar servempara complicar ainda mais. Essa a realidade do trnsi-to em Ibirub.

    Area Industrial - Semanalmente recebemos de partede moradores dos mais diferentes bairros do municpiofortes queixas com referncia a empresas do metal me-cnico, serralherias e tantas outras que de certa formacausam perturbao do sossego pblico e at poluio.No incio do atual mandato houve a criao de uma se-

    As ditas demandas pontuaisIbirub definitivamente um dos munic-

    pios que mais cresce no Estado. A popula-o, graas ao setor primrio e com ele ometal mecnico, conseguiu atingir uma ren-da per capita muito diferente de outras po-cas. Teoricamente caberia ao Poder Pbli-co o mesmo patamar de aperfeioamento na

    forma de conduzir o municpio e parece muitoclaro que no isso que est acontecendo, se-no vejamos:

    cretaria especfica para resolver essa demanda, at umarea foi adquirida e anunciada com grande pompa, masat hoje a alegao de burocracia impediu que sequeruma empresa se instalasse no local.

    Infra- Estrutura - Ainda que algumas ruas tenham re-cebido pavimentao asfltica, a ampla maioria com re-cursos oriundos de emendas parlamentares, apesar deum oramento prximo aos 60 milhes, o que se v, prin-cipalmente nos bairros de nossa cidade, so ruas no maiscompleto abandono e totalmente esburacadas. Sequer asestratgicas que serviriam para escoar o fluxo de outrasreceberam a devida ateno.

    Saneamento bsico - Em pleno sculo 21, ainda pode-mos testemunhar o esgoto correndo a cu aberto e pas-mem, at na rea central, imagine os bairros. Enquantoalguns municpio j executaram todo um planejamentovisando resolver esse importante ponto que representasade pblica e Alto Alegre na regio um exemplo, nsainda estamos s no planejamento. O que ser do nos-so lixo em poucos anos? E se o setor imobilirio conti-nuar neste nvel de crescimento, continuaremos envian-do nossos dejetos para o lenol fretico?

    Segurana pblica - Alm dos furtos que se sucedem nointerior do municpio temos demandas muito pontuaisna regio central aguardando providencias, at dolegislativo, com a criao de leis que possibilitem umatomada de deciso pelas autoridades competentes. Umacampanha por mais policiais agora que novas viaturaschegaram, e essa poltica precisa contemplar esses poli-ciais com vantagens que os atraiam e os faam permane-cer no municpio. S assim essa demanda ser solucio-nada.

    Toda obra de arte uma obra aberta;Jamais acabada (Eco)

    Quando as emendas so melhores que o soneto,eis que esta havendo sob os cus ibirubenses. Discutir-se ser ou no politicamente correto aceitar verbas oriun-das de Emendas Parlamentares (E,P.), atravs da aode deputados, matria andina; a crise estinstitucionalizada pelo pas inteiro. perda de tempoalegar o carter tico desse dispositivo. Grana da E.P. muito bem vinda, muitas obras esto em andamentograas a elas.

    Sabe-se que 8% do Oramento Municipalibirubense destinada-se a investimento. (Em 90% dosmunicpios gachos no sobra mais do que 5%). E umaboa parte desse percentual representa contrapartidadas Emendas Parlamentares (E.P.).

    Ibirub tem tido um bom aporte de recursos oriun-dos de E.P. Talvez no passado no houvessecontrapartida do municpio para corresponder s ver-bas dessa natureza.

    Recentemente, o deputado Covatti contemplouIbirub, atravs de E.P. no valor de R$ 250.000, destina-dos a calamento no loteamento COOHABI. Pergunta-seaos moradores se pruridos ticos os impedem de acei-tar o melhoramento...

    Vendendo para comprar. Desde o estabelecimen-to do Real como moeda, acabando com o surto inflaci-onrio que, por dcadas incomodou o Brasil, o comr-

    cio de utilidades domsticas passou a no mais investirem estoques. Ao tempo da inflao, o comerciante ga-nhava na remarcao e na nova compra j revendia mer-cadoria com o novo preo. Em resumo: valia a pena in-vestir em estoques. Com o Plano Real as coisas mudaramou o comerciante compra apenas para substituir as pe-as vendidas, ou vende primeiro para depois compr-las. Vale dizer vende para comprar, no compra para ven-der. H cliente que no se importa em esperar pela entre-ga do que comprou; h clientes que exigem a pronta en-trega. Trata-se de customizao ao contrrio; ao em vezde adaptar ao gosto do cliente (fregus), faz-se com queaceite o costume do lojista.

    Num comentrio mais aprofundado, interessanteobservar: quando o lojista vende para depois comprar,nem sempre encontra a mercadoria disposio no for-necedor. Este por sua vez por problemas de crdito com olojista, reluta em fornecer o produto. Resultado, o com-prador fica pendurado no pincel, espera da mercado-ria que no chega, ouvindo as explicaes evasivas dolojista; este fica de presunto no sanduiche, pasme o lei-tor: isto aconteceu em Ibirub.

    Vem a um Plano Diretor Rural. Segundo o Jornal doComrcio (13/10), o crescimento dos municpios gachosdeve impor novas regras ao desenvolvimento do campo.A ideia nasceu em Gramado. Se a moda pega, polmica vista: Plano Diretor Urbano versus Plano Diretor Rural.

    MAIS DO QUE NUNCA, O ASSUNTO DESTACRONIQUETA PERMANECE NA ORDEM DO DIA.

    39

  • ,8

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901

    Viver sua cidade conhecer a sua histria

    Viver sua cidade conhecer a sua histria

    Escola Estadual de En-sino FundamentalIbirub - 75 anos

    (1939-2014) Jorge Gonalves Ferreira - Bibliotecrio CRB 10/1474Projeto em parceria com a Biblioteca Pblica Municipal e jornal O Alto Jacu.

    O projeto Viver Sua Cidade Conhecer Sua Histriaapresenta uma sntese histrica dos 75 anos da EscolaEstadual de Ensino Fundamental Ibirub, comemoradosontem (03/04/2014), que tambm nos permite acompa-nhar a histria do desenvolvimento educacional de nos-sa Ibirub.

    Enquanto outras empresas colonizadoras que povoa-ram a regio norte e oeste do estado do Rio Grande do Sulno sculo XIX, providenciavam com o auxlio do poderpblico, uma infraestrutura bsica nas novas colnias(sade, educao e outras), na Colnia General Osrio(Ibirub) a Empresa Colonizadora Dias e Fagundes limi-tou-se a demarcar em lotes a rea da nova colnia, fican-do para as famlias a responsabilidade de superar estasdificuldades. Para isso, se uniram formando as comuni-dades Evanglica e Catlica, onde os pastores, padrese outros membros da comunidade realizavam o atendi-mento na rea de sade e da educao, esta ltima com opassar do tempo, ficou caracterizada como ensino parti-cular. De acordo com informaes de Helmuth Gabe (livroCentenrio da Comunidade Evanglica de Ibirub, pag.12), j no ano de 1902, o pastor luterano Wittrock trouxepara a Colnia General Osrio o professor Adolf Flor, queteve como sucessores o Sr. Hermann Scwanke e o PastorOtto Arnold, este ajudado pelo professor Ernest Wilm, umdos pioneiros da colonizao.

    As aulas eram ministradas em casas cedidas por mo-radores ou nos templos das igrejas. A Escola SantaTerezinha foi fundada em 24 de maio de 1929, pela comu-nidade Paroquial Catlica e a respeito da escola evang-lica da Sede, documentos demonstram que apesar de exis-tir como escola desde 1906, a Deutsch-EvangelischSchulgemeinde auf dem Stadplatz General Osrio - Socie-dade Escolar Protestante da Sede General Osrio somen-te foi oficialmente constituda em 05 de setembro de 1915e a construo em 1916 de um prdio escolar de madeirana rua hoje denominada Getulio Vargas, prximo a praacentral.

    Em 1937 iniciou-se a nacionalizao do ensino e mui-tos educandrios foram fechados. A simples posse de li-vros em alemo e o uso do alemo em conversas eramconsiderados delitos. Foi neste tumultuado tempo da Se-gunda Guerra Mundial que o patrimnio da SociedadeEscolar foi entregue ao Prefeito de Cruz Alta, que queriaali instalar um grupo escolar. A Comunidade Evanglicavoltou a ter uma instituio de ensino em 08 de maro de1946, com a fundao o Colgio Sinodal.

    A educao mantida pelo poder pblico somente che-gou Ibirub em 1939, quando ainda se chamava Gene-ral Cmara e era um distrito do municpio de Cruz Alta. Acriao do GRUPO ESCOLAR DA SEDE deu-se pelo DecretoLei n 7.764, de 03 de abril de 1939 e funcionou no prdiode madeira anteriormente utilizado pela Sociedade Esco-lar Protestante da Sede General Osrio, dando assim ori-gem a atual Escola Estadual de Ensino FundamentalIbirub.

    A primeira diretora do Grupo Escolar da Sede foi aprofessora Jandyra Maya Leal. Estavam matriculados 126alunos de 1 a 5 sries e tinham como professora a SraAraci.

    Na Vila de Ibirub (nova denominao quando aindaera distrito de Cruz Alta), no dia 16 de abril de 1941 reali-zou-se a Primeira Reunio do Circulo e Pais e Mestres, naresidncia de Teobaldo Becker. A diretoria ficou assimconstituda: Teobaldo Becker Presidente, Alcides SilveiraMoraes Secretrio, Leopoldina Kruel Representantedos Professores e Oscar Moreira Representante dos Pais.

    O Grupo Escolar da Sede iniciou suas atividades oano de 1942, em um prdio de madeira tambm localiza-

    do na rua hoje denominada Getulio Vargas (esquinacom a Rua Tiradentes). Neste local um novo prdiode alvenaria foi inaugurado em 25 de agosto de1957, com cinco salas de aula, oportunizandoser ministrado o ensino a um maior nmerode crianas. A diretora era a Sra. IracemaOliveira.

    Em 1958, por interesse da populao,o governo estadual criou a Escola Esta-dual General Osrio, que funcionou at1966 no prdio do Grupo Escolar da Sede,que tambm tinha seus prprios alunos.A Escola General Osrio, denominada em1963 de Ginsio General Osrio, trans-feriu-se em 1967 para junto da EscolaEdison Quintana e em 1969 para suasprprias instalaes na Rua HenriqueRoetger.

    Na data de 18/05/1983, a Portaria n18.728 reorganiza, designa e denomina oGrupo Escolar da Sede como Escola Estadu-al de 1 Grau Incompleto Ibirub.

    O prdio da escola foi ampliado em 1985 edurante todo este ano as atividades da escola fo-ram realizadas nas salas de catequese do Salo Paro-quial Catlico e os arquivos, mobilirios e utenslios daescola foram depositados no Ginsio Municipal de Es-portes. Pelo reduzido nmero de salas do Salo Paroqui-al e o elevado nmero de alunos (227), foram formadostrs turnos: das 8 s 11 horas, das 11 s 14 horas e das14 s 17 horas.

    Em 08 de dezembro de 1986 foi publicada a portariade funcionamento da Classe Especial para DeficientesMentais Educveis. A professora responsvel pela classefoi Traudi Mhler Schweig, formada em Pedagogia comhabilitao para tal. A classe funcionou at dezembro de1997.

    Em 1995 a escola recebeu nova portaria de designa-o, passou a chamar-se Escola Estadual de 1 GrauIbirub, com turmas at a 8 srie (primeira turma de 8srie a se formar foi no ano de 1997).

    De 1997 a 2001 a Escola Ibirub sediou aBrinquedoteca Mundo Ldico, atendendo as crianasdas creches municipais e os alunos da escola desde aeducao infantil at a 3