Click here to load reader

Manual Do Ford Ka

  • View
    613

  • Download
    8

Embed Size (px)

Text of Manual Do Ford Ka

  • FordKa

  • 2-2 | FordKa |

    01 - Bancos - dianteiro e traseiro / ajuste e posicionamento......................................2-1402 - Cintos de segurana / dianteiro e traseiro / ajuste..............................................2-2403 - Encostos de cabea / dianteiro e traseiro..........................................................2-1504 - Espelho retrovisor interno.................................................................................2-4605 - Extintor de incndio...............................................................................2-15 / 3-0506 - Nmero de identificao do veculo / motor......................................................2-5807 - Grupo ptico dianteiro / lanternas / farol alto e baixo / indicadores

    direcionais.......................................................................................................2-64 Substituio de lmpadas.............................................................................2-64

    08 - Limpadores e lavador do para-brisa - acionamento...........................................2-86 Palhetas do limpador do para-brisa................................................................2-88

    09 - Pra-sis.........................................................................................................2-8610 - Tampa do compartimento do motor / abertura...............................................2-128Lavagem do veculo.................................................................................................2-70Pintura.....................................................................................................................2-90Rebocando o veculo.............................................................................................2-108

    Vista frontal

    A a Z (ndice ilustrado)

    Seu Ford

    de

    Pg.10 7 8 39 126 45

  • | FordKa | 2-3

    Pg.01 - Alarme antifurto / acionamento / sensor volumtrico .............................. 2-12/2-1302 - Cinzeiro e porta-objetos ................................................................................ 2-2803 - Combustvel / qualidade e consumo.............................................................. 2-3004 - Compartimento de bagagem / abertura / cobertura ................................ 2-36/2-3705 - Controle remoto / acionamento de portas e compartimento de

    bagagem.............................................................................................2-105/2-3606 - Espelhos retrovisores externo ........................................................................ 2-4607 - Grupo ptico traseiro / luz de freio / indicadores direcionais / r ...................... 2-66

    Substituio de lmpadas .......................................................................... 2-6608 - Limpador e lavador do vidro traseiro - acionamento ....................................... 2-86

    Palheta do limpador do vidro traseiro .......................................................... 2-8809 - Pneus / classificao / presso / rodzio ......................................................... 2-9210 - Pneus / substituio / estepe / macaco / chave de rodas / tringulo de

    segurana .................................................................................................... 2-9811 - Portas / acionamento / travamento .............................................................. 2-10412 - Sistema de escapamento / catalisador ............................................................ 2-2013 - Transmisso / troca de marchas / verificao do fluido ................................. 2-13214 - Vidro traseiro / limpador / lavador / desembaador ......................................... 2-8715 - Vidros / acionamento eltrico ..................................................................... 2-138

    Vista traseira

    13 2 9 6 15 11 1 3 10 7 8 14 45 12

  • 2-4 | FordKa |

    Painel dos instrumentos

    01 - Air bag (se equipado) .................................................................................... 2-1002 - Ar condicionado / recirculador de ar ............................................................. 2-12303 - Buzina (no acione a buzina por longos perodos)04 - Chaves / ignio e partida / posio / partida com bateria auxiliar .................... 2-2205 - Desembaador do vidro traseiro - acionamento .............................................. 2-8706 - Fusveis e rels ............................................................................................... 2-5207 - Luzes internas e externas - acionamento ........................................................ 2-7608 - Luz intermitente de emergncia - acionamento ............................................... 2-7709 - Limpadores do para-brisa e vidro traseiro - acionamento ................................. 2-8710 - Porta-luvas11 - Tampa do compartimento de bagagens - abertura .......................................... 2-3612 - Sadas de ventilao ..................................................................................... 2-12013 - Sistema de ventilao / aquecimento / ar condicionado ...................... 2-120/2-12314 - Tomada de corrente eltrica / acendedor de cigarros ..................................... 2-13015 - Faris de neblina (se equipado) .............................................................. 2-76/2-67

    Pg.

    A a Z (ndice ilustrado)

    Seu Ford

    de

    0TRIP

    0

    1

    2 3 4

    A/C

    12V

    1412 06 07 01 11 1201150508 04 0903 02 13 10

  • | FordKa | 2-5

    Conjunto dos instrumentose luzes de advertncia

    Pg.

    TRIP

    05 02 08 0410 07 13 06 12 03 09 1011 14 01 15

    01 - Indicador / luz de advertncia de baixo do nvel de combustvel (se equipado) .. 2-31/2-11102 - Luz de advertncia de temperatura do motor ................................................. 2-11403 - Luz de advertncia do air bag (se equipado) ................................................... 2-1104 - Luz de advertncia do desembaador do vidro traseiro (se equipado) .............. 2-8705 - Luz de advertncia de presso de leo do motor ............................................. 2-8006 - Luz de advertncia de reviso programada ...................................................... 2-7407 - Luz de advertncia do sistema de carga da bateria ........................................... 2-1608 - Luz de advertncia do sistema de freios / embreagem...................................... 2-4909 - Luz de advertncia do sistema Ford antifurto ................................................. 2-11610 - Luz indicadora de direo ............................................................................... 2-7711 - Luz indicadora de farol alto ............................................................................. 2-7612 - Lmpada indicadora de mau funcionamento (LIM) ................................ 2-80/2-3813 - Hodmetro e Relgio Digital ............................................................... 2-136/2-13714 - Tacmetro (se equipado) ................................................................................ 2-7815 - Velocmetro ................................................................................................... 2-136

  • 2-6 | FordKa |

    Compartimento do motor

    01 - Bateria / sistema de carga ............................................................................... 2-1602 - Direo hidrulica .......................................................................................... 2-4403 - Filtro de ar - manuteno ........................................................................... cap. 0304 - Freios de servio e de estacionamento - acionamento / reservatrio ................. 2-4805 - Maxi-fusveis .................................................................................................. 2-5606 - Motor / filtro de leo do motor ........................................................................ 2-7807 - leo do motor / abastecimento ...................................................................... 2-7908 - Vareta medidora do nvel do leo do motor ..................................................... 2-8109 - Reservatrio do lavador do para-brisa ............................................................. 2-8810 - Sistema de alimentao / tanque de combustvel / reservatrio do sistema de

    partida a frio - abastecimento ....................................................................... 2-11011 - Sistema de arrefecimento / reservatrio - abastecimento ................................ 2-114

    A a Z (ndice ilustrado)

    Seu Ford

    de

    Pg.08 07 10 06 03 1102 04 0901 05

  • | FordKa | 2-7

    ImportanteAs informaes aqui contidas referem-se aum veculo Ford Ka equipado com todosos opcionais e equipamentos disponveis.

    O seu Ford Ka poder no dispor de todosos equipamentos mostrados neste manual.

    Os dados contidos no manual so meramenteinformativos do modo de usar cada equipamento,no constituindo qualquer garantia quanto existncia, s caractersticas tcnicas ou formadeles em seu veculo.

    As ilustraes, informaes tcnicas eespecificaes desta publicao eram as vigentes ato momento de sua impresso.

    A Ford Motor Company Brasil Ltda. reserva-seao direito de, a qualquer tempo, revisar, modificar,descontinuar ou alterar qualquer modelo de seusprodutos, sem prvio aviso.

    Nenhuma dessas aes gerar por si qualquerobrigao ou responsabilidade para a Ford oupara o vendedor face ao cliente.

    Fica proibida a reproduo total ou parcial destapublicao, assim como de suas ilustraes ouainda tradues, gravaes e fotocpias da mesma,por meios mecnicos ou eletrnicos,sem a permisso prvia da Ford Motor CompanyBrasil Ltda.

  • 2-8 | FordKa |

    Air bag(se equipado)

    Sensor doair bag

    Bolsas inflveis

    Bolsas inflveis

    ApresentaoEm conjunto com o cinto de segurana, o air bagpode reduzir o risco de ferimentos graves, em casosde impactos frontais ou quando o ngulo de impactofor de at 30 do lado direito ou esquerdo do veculo.Tal impacto dever exceder o valor mnimo deativao do sensor do sistema, que est localizadosob o console central, entre a alavanca do cmbio eo freio de estacionamento.

    ImportanteO air bag um sistema de restrio suplementarque proporciona proteo adicional apenas emcaso de impacto frontal, porm no elimina orisco de ferimento nesses casos. Durante umacoliso leve frontal, capotamento, colisotraseira ou lateral de qualquer intensidade,o sistema de air bag no ser ativado.

    O sistema de air bag composto de: Uma bolsa de nylon inflvel (air bag) com

    gerador de gs, oculto por trs da almofadacentral do volante e por trs do painel deinstrumentos do lado do passageiro.

    Uma unidade eletrnica de controle e diagnsticocom sensor de impacto e uma luz deadvertncia no painel de instrumentos.

    O gs propelente gerado quando o air bag acionado. No txico, no inflamvel e composto essencialmente de dixido de carbono.O gs propelente pode causar ligeira irritao dapele em algumas pessoas aps o acionamento doair bag.

    Luz de advertnciado Air Bag

  • | FordKa | 2-9Errado Certo

    A Conduo / Modo de operao

    BancosA eficincia mxima do air bag obtida com aregulagem correta do banco e do encosto do banco.Ajuste-os de forma que o volante possa ser empunhadocom os braos ligeiramente dobrados e coloque oencosto do banco em posio quase vertical(mximo 30).Deve-se manter uma distncia mnima de 25 cmentre o volante e o peito do motorista para reduzir operigo de ferimento por proximidade excessiva do airbag quando este inflado. O mesmo se aplica para opassageiro da frente.No permita que o passageiro viaje no bancodianteiro com os ps, joelhos ou qualquer outraparte do corpo em contato ou demasiadamenteperto da tampa do air bag. H risco de sriosferimentos se houver disparo do air bag.Nunca utilize cadeira de criana ou de beb nobanco dianteiro. H srio risco de ferimento como acionamento do air bag do lado do passageiro(se equipado).

    Consulte o item Bancos, neste captulo, paramais informaes.

    Cintos de segurana

    ImportanteO air bag no exclui a necessidade do uso doscintos de segurana. Para mxima proteoem caso de acidente, os cintos de seguranadevem ser usados corretamente e devem serrespeitadas as recomendaes de distncia dopainel e do volante.

  • 2-10 | FordKa |

    Air bag(se equipado)

    Air Bag

    Como funciona?Se houver coliso frontal, a unidade eletrnica decontrole avaliar a taxa de desacelerao dohabitculo causada pelo impacto, determinando sehaver ou no disparo do air bag.

    As circunstncias que afetam diferentes colises(velocidade de conduo, ngulo de impacto, tipo etamanho do objeto atingido, por exemplo) variamconsideravelmente e afetaro diretamente a taxa dedesacelerao, logo, o veculo poder sofrer danossuperficiais considerveis, sem que haja disparo doair bag e, inversamente, o air bag poder dispararmesmo que o veculo sofra apenas danos estruturaisrelativamente pequenos.

    AcionamentoO enchimento do air bag instantneo e ocorre comuma fora considervel, acompanhado de um rudoforte.Assim que a cabea e a parte superior do corpo doocupante entram em contato com air bag, o gspropelente expelido e, juntamente com o sistemade restrio do cinto de segurana, limita omovimento do ocupante, reduzindo o risco deleses na cabea e na parte superior do trax.Depois de disparados, os air bags se esvaziamrapidamente. Isto proporciona um efeito deamortecimento gradual, alm de assegurar a visopara a frente do motorista.

    ImportanteOs air bags so inflados e esvaziados em algunsmilsimos de segundos. Logo, no ofereceroproteo contra os efeitos de impactos secundrios,que podero ocorrer aps o impacto inicial.

  • | FordKa | 2-11

    Diversos componentes do sistema de air bagficam quentes aps o acionamento. Evite toc-losem qualquer componente do sistema de air baglogo aps o acionamento.

    ManutenoLuz de advertncia do air bagAcende-se com a chave de ignio na posio II,indicando estar o sistema operacional, apagando-seem seguida.

    Se a luz de advertncia no acender, permaneceracesa, acender intermitentemente ou continuamentecom o veculo em movimento, sinal de que existealguma anomalia e o sistema poder no funcionar.Procure os servios de um Distribuidor Ford.

    Trabalhos de reparos no volante, na coluna dadireo e no sistema de air bag s podem serexecutados por tcnicos devidamente treinados, poisexiste o perigo de ferimentos pela ativaoinadvertida do air bag. Portanto, o sistema de air bagdeve ser reparado somente em um Distribuidor Ford.

    Mantenha as reas frente dos air bags sempredesobstrudas. No coloque nada encostado ouem cima destas reas. Para limp-las, utilize somenteum pano mido e no molhado.

    SubstituioRecomenda-se que o air bag seja substitudo aps15 anos. Depois deste perodo, a eficcia dopropelente e do air bag pode ficar comprometida.

    Aps o acionamento do sistema de air bag,alguns componentes devero ser substitudos.Procure os servios de um Distribuidor Ford.

    Posio II

    A

    Luz de advertnciado Air Bag

  • 2-12 | FordKa |

    Alarmeantifurto

    Sensorvolumtrico

    Interruptor dosvidros eltricos

    ApresentaoComo funciona?O sistema alertar a invaso no autorizada no interiordo veculo, detectando qualquer movimento dentrodo veculo (sensor volumtrico) e/ou qualquerabertura indevida das portas, tampa docompartimento de bagagem ou tampa docompartimento do motor (sensor perimtrico).

    Consulte o item Portas - acionamento porcontrole remoto, neste captulo, para maisinformaes.

    Conduo / Modo de operaoAtivaoO sistema ativado 20 segundos aps o travamentodo veculo com o controle remoto, estando todas asportas, tampa do compartimento de bagagens e domotor completamente fechadas.Assegure-se de que o sensor localizado no teto,prximo porta do passageiro no esteja coberto. Osistema se auto-adapta s situaes existentes nointerior do veculo. Todavia, no deve ser ativado sehouver pessoas ou animais no interior do veculo.

    Veculos com vidro manual

    O alarme ser ativado mesmo que os vidros estejamabertos, porm o seu disparo ocorrer mediantequalquer movimentao prxima ao veculo.

    Veculos com vidro eltrico (se equipado)

    Pressione o boto do controle remoto para queos vidros sejam fechados automaticamente.

  • | FordKa | 2-13

    AlarmeQuando disparado, o alarme soar por 30 segundose as luzes dos indicadores de direo piscaro por 5minutos. O ciclo ser reiniciado aps 5 segundospor 10 vezes.

    DesativaoO sistema poder ser desativado de duas maneiras:

    Pressionando-se os botes ou do controleremoto ou girando a chave da ignio para aposio II. O motorista ter 10 segundos paraabrir a porta e inserir a chave na ignio antesque o alarme dispare.

    Veculos com vidro eltrico (se equipado)

    Pressionando-se e mantendo pressionado o

    boto , os vidros abriro automaticamente.

    Sensor volumtricoDesativaoPressione o boto inibidor e, no intervalo de 20segundos, saia do veculo e pressione o boto .Deste modo o sistema desativar o sensorvolumtrico.

    AtivaoPara ativar novamente o sensor volumtrico pressioneo boto e abra uma das portas no intervalo de 45segundos.

    30 seg.

    Posio II

    Boto inibidor

    A

  • 2-14 | FordKa |

    Bancos

    Alavancade ajuste

    ApresentaoO sistema de proteo do ocupante composto porbancos, encosto de cabea e cintos de segurana.A utilizao correta destes componentes protegemelhor os ocupantes em caso de acidente.

    ImportanteNunca ajuste os bancos com o veculo emmovimento.

    Conduo / Modo de operaoPosio correta de dirigir Sente na posio mais vertical possvel e com o

    encosto do banco inclinado em no mais de 30. Ajuste os encostos de cabea de modo que a

    parte superior da cabea e o respectivo encostofiquem mesma altura.

    No coloque o banco dianteiro demasiadamenteperto do painel de instrumentos. Para maiorsegurana, o banco do motorista deve serajustado o mais para trs possvel, a umadistncia compatvel com o alcance doscontroles. O motorista deve segurar o volantecom os braos ligeiramente dobrados, bemcomo as pernas, de forma que os pedaispossam ser pressionados a fundo at o final.

    Ajuste da posio do bancoLevante a alavanca situada na parte inferior dianteira emovimente o banco. Aps o ajuste, solte a alavancae certifique-se do seu correto travamento.

  • | FordKa | 2-15

    Ajuste da inclinao do encosto do bancoGire a manopla localizada na lateral do banco.

    Rebatimento do encosto do bancodianteiroLevante a trava e rebata o encosto.

    Encosto de cabea dianteiro e traseirosPara regular a altura dos encostos, pressione osbotes de bloqueio e puxe os encostos para cima ouempurre-os para baixo.

    ImportanteJamais trafegue com o veculo sem os encostosde cabea.

    Rebatimento do banco traseiroEmpurre a alavanca de liberao do banco parafrente e empurre-o sobre o assento.

    Ao colocar os bancos na sua posio original,certifique-se de que os cintos de segurana noestejam obstrudos e o encosto do banco traseirodevidamente travado.

    Para que os cintos de segurana de trs pontostraseiros no sejam danificados ao seremreposicionados, insira a lingueta de fixao do cintonas fendas laterais de apoio do banco.

    Extintor de incndioLocalizado na frente do banco do passageiro.

    Trava derebatimento

    Manopla deinclinao

    Alavanca deliberao

    B

    Extintor deincndio

  • 2-16 | FordKa |

    Bateria e sistema decarga do veculo

    Bateria

    Posio II

    ApresentaoA bateria est localizada no lado direito docompartimento do motor, prximo ao filtro de ar.

    Conduo / Modo de operaoLuz de advertncia do sistemade carga da bateriaAcende-se com a chave de ignio na posio II,indicando estar o sistema operacional, apagando-seassim que o motor entrar em funcionamento.Se esta luz acender com o veculo em movimento,desligue todo o equipamento eltrico dispensvel eprocure imediatamente os servios do DistribuidorFord mais prximo.

    ImportanteA bateria de seu veculo foi dimensionada deacordo com os itens/acessrios originais Ford.No recomendada a adio de equipamentoseltricos que sobrecarreguem o sistema eltricodo veculo.

    Smbolo de aviso na bateriaGases

    Normalmente, as baterias produzem gases explosivosque podem causar ferimentos. Portanto, noaproxime da bateria chamas, fascas ou substnciasacesas. Ao trabalhar prximo a uma bateria, protejasempre o rosto e os olhos. Providencie sempreventilao apropriada.

    CrianasA bateria dever ser guardada fora do alcancede crianas.

    Luz de advertnciada bateria

  • | FordKa | 2-17

    BEletrlito

    O eletrlito da bateria (cido) fortementecorrosivo. Use sempre luvas e culos de proteo.

    Na eventualidade de contato de eletrlito comos olhos, lave-os imediatamente com gua fria eprocure, em seguida, por cuidados mdicos.

    Na eventualidade de ingesto de eletrlito, procureimediatamente por cuidados mdicos.

    Fascas e cigarros

    proibido provocar fascas ou fumar prximoda bateria. No manuseio de cabos e aparelhoseltricos evitar a formao de fascas ecurto-circuitos. Jamais feche os circuitos entreos plos da bateria. Perigo de leso provocada porfasca com elevada descarga eltrica.

    Reciclagem obrigatria da bateriaDevolva a bateria usada ao revendedor no ato datroca (resoluo CONAMA 257/99 de 30/06/99).

    Todo consumidor/usurio final obrigado adevolver sua bateria usada a um ponto de venda.No descarte-a no lixo domstico.

    Os pontos de venda so obrigados a aceitar adevoluo da bateria usada e a devolv-la aofabricante para reciclagem.

    A soluo cida e o chumbo contidos nabateria, se descartados na natureza de

    forma incorreta, podero contaminar o solo, osubsolo e as guas, bem como causar danos sade do ser humano.

  • 2-18 | FordKa |

    Bateria e sistemade carga do veculo

    Polo positivoPolo negativo

    Igniodesligada

    ManutenoA bateria de seu veculo livre de manuteno(no requer adio de gua).

    Para a operao adequada da bateria, mantenha aparte superior limpa e seca e assegure-se de que oscabos estejam firmemente conectados aos terminaisda bateria.

    Sinais de corroso Remova os cabos dos terminais e limpe-os

    com uma escova de ao. O cido pode serneutralizado com uma soluo de bicarbonatode sdio e gua. Instale-os novamente eaplique uma pequena quantidade de graxa naparte superior de cada terminal da bateria paraevitar novo processo de corroso.

    RemooAntes de remover qualquer um dos cabos dabateria, imprescindvel desligar a ignio eaguardar 60 segundos, no mnimo.

    Aps desligada a ignio, desconecte os cabosda bateria. Comece pelo cabo negativo (-).

    Tenha muito cuidado para evitar o contato deambos os terminais da bateria com ferramentasmetlicas ou o contato inadvertido entre oterminal positivo (+) e a carroceria do veculo,sob o risco de provocar curto-circuito.

  • | FordKa | 2-19

    Instalao Ao religar a bateria, comece primeiro pelo cabo

    positivo (+) e, em seguida, o cabo terra ao plonegativo (-).

    ImportanteEvite fascas e chamas expostas. No fume.Os gases explosivos e o cido sulfrico podemprovocar cegueira e queimaduras graves.

    Especificaes Tcnicas

    Alternador 75 A (veculo sem A/C)90 A (veculo com A/C e/ou direo hidrulica)

    Bateria12V - 48 Ah

    B

  • 2-20 | FordKa |

    Catalisador

    Catalisador

    ApresentaoPara que seu veculo atenda a legislao de limitesmximos de emisses de gases, ele dispe de umcatalisador, dispositivo que reduz a poluio dosgases gerados pelo motor, transformando-os emsubstncias menos txicas. Est localizado nosistema de escapamento do veculo.

    ImportanteMesmo os veculos equipados com catalisadorno devem ser colocados em funcionamentoem ambientes fechados, pois os gases emitidospodem ser prejudiciais sade.

    Conduo / Modo de operaoDirigindo com catalisadorEvite situaes de funcionamento em quecombustvel no queimado ou apenas parcialmentequeimado possa entrar no catalisador, especialmentecom o motor quente, conforme descrito a seguir:

    Nunca deixe o tanque de combustvel esvaziarcompletamente;

    Evite tentativas de partida demasiado longas;

    Nunca deixe o motor funcionando com cabo devela desligado;

    No empurre ou reboque o veculo, na tentativade dar partida ao motor, enquanto o mesmoestiver quente. Utilize cabos auxiliares de partida;

    Nunca desligue a ignio com o veculo emmovimento.

    Indicador do nvelde combustvel

  • | FordKa | 2-21

    Estacionando o veculoDepois de desligar o motor o sistema de escapeainda emana calor por algum tempo.

    ImportanteNo pare com o motor em marcha-lenta ouestacione sobre folhas secas. H risco deincndio.

    Dirigindo sobre gua ou lamaAo trafegar sobre grandes poas de gua, certifique-se de que a gua no exceder a parte inferior do arodas rodas, sob pena de molhar o sistema de ignioe consequente parada do veculo.

    Tipo de combustvel

    ImportanteUse unicamente gasolina sem chumbo. Gasolinacom chumbo causa danos permanentes nocatalisador e no sensor sonda lambda do motor.A Ford no assume qualquer responsabilidadepor eventuais danos decorrentes do uso degasolina com chumbo. Embora tais danos sejamexcludos da garantia, procure imediatamente oDistribuidor Ford mais prximo caso tenhaadicionado inadvertidamente gasolina comchumbo.

    ManutenoSe o motor apresentar falha na ignio oudesempenho abaixo do normal, procure os serviosdo Distribuidor Ford mais prximo. No pressionetotalmente o acelerador. Evite aceleraesdesnecessrias.

    Alavanca do freio deestacionamento

    C

  • 2-22 | FordKa |

    Chaves Apresentao

    O veculo entregue com duas chaves codificadas,somente estas chaves podem ser utilizadas para darpartida no veculo e abrir o tanque de combustvel.

    Consulte o item Sistema Ford Antifurto,neste captulo, para mais informaes.

    Conduo / Modo de operaoChaves codificadas

    Acionam a ignio do veculo, todas as portas,compartimento de bagagens e tanque decombustvel.

    Recomenda-se guardar sempre uma das chaves emlugar seguro, para casos de emergncia.

    Tampa do bocal de enchimento do motor

    Segure a tampa do bocal de enchimento e gire achave no sentido anti-horrio para destrav-la e paraabrir, gire a tampa do bocal no sentido anti-horrio.O sistema de combustvel pressurizado. Se a tampade combustvel estiver vazando vapores ou se ouvirum rudo caracterstico, espere at o rudo parar antesde remover completamente a tampa.

    Chave codificada

    Contato da ignio

    Portas

    Compartimentode bagagens

  • | FordKa | 2-23

    ManutenoEm caso de extravio, esto disponveis chavesde reposio em seu Distribuidor Ford, pelaespecificao do nmero da chave (na etiquetafornecida com as chaves originais).

    C

  • 2-24 | FordKa |

    Cintos desegurana

    Dianteiro

    Traseiro

    Certo

    Errado

    Haste dereteno

    ApresentaoUtilize sempre os cintos de segurana e os sistemasde proteo para crianas.

    A parte superior do cinto deve passar pelo ombro enunca no pescoo e a parte inferior do cinto sobre aregio plvica e nunca sobre o estmago.

    Nunca utilize um cinto para mais de uma pessoa.Assegure-se de que os cintos no estejam torcidosou soltos, nem obstrudos por outros passageiros,pacotes etc.

    Coloque o cinto de segurana somente quando oveculo estiver parado, nunca com o veculo emmovimento.

    No incline o encosto dos bancos dianteirosexcessivamente, pois os cintos de segurana sgarantem proteo mxima com os encostos emposio prxima vertical.

    Conduo / Modo de operaoCintos de segurana de trs pontosretrtil-inercialEste tipo de cinto disponvel nos bancos dianteiros,em todos os modelos e no banco traseiro emalgumas verses.

    Mantenha a haste de reteno do cinto no assoalhodo habitculo traseiro desobstrudo de bagagem,objetos etc.Fixao

    Puxe o cinto com um movimento uniforme para nobloque-lo. Coloque a lingeta da trava na fechadurado cinto at ouvir um estalo caracterstico, certificando-se do correto travamento dos mesmos.

  • | FordKa | 2-25

    Dianteiro

    Boto detravamento

    Regulagemdos cintos

    CLiberao

    Pressione o boto vermelho da fivela. Depois, deixe ocinto enrolar-se uniforme e completamente.

    Cinto de segurana subabdominaltraseiro central fixoAo prend-lo, certifique-se com um estalocaracterstico que a lingueta encaixou-se no fecho.Para apert-lo, puxe a extremidade solta atravs dalingueta, cuidando para que o cinto se ajusteconfortavelmente em volta dos quadris.

    Cintos de segurana em mulheresgrvidasOs cintos de segurana devem ser usados sempredurante a gravidez, posicionado de forma a no criarpresso desnecessria sobre o abdmen, deixando-oo mais baixo possvel.

    Acessrios de segurana para crianasCrianas com menos de 12 anos, ou altura inferior a1,50 m, devem viajar sentadas em sistemas deproteo apropriados e em conjunto com os cintosde segurana para adultos (banco traseiro).

    ImportanteTenha sempre em mente que o transporte decrianas no banco dianteiro proibido por leino Brasil.

  • 2-26 | FordKa |

    Cintos desegurana

    Cadeira de segurana

    Almofada de segurana

    Cadeira de segurana para crianas

    Crianas de at aproximadamente 4 anos de idade, eque pesem entre 9 e 18 kg, devem viajar sentadas emcadeiras de segurana para crianas.Siga cuidadosamente as instrues do fabricante dacadeira de segurana. Se a cadeira no for instaladaou utilizada de forma segura, haver risco deferimentos graves em caso de acidente.

    Almofada de segurana para crianas

    Para crianas entre 4 e 11 anos de idade, e quepesem entre 15 e 36 kg, recomenda-se a utilizaode almofadas de segurana para crianas. Estaspossibilitam que o cinto de segurana para adultosseja colocado altura devida, uma vez que a crianafica mais alta. A parte superior do cinto passa sobreo ombro e no pelo pescoo e a parte inferior docinto assenta sobre os quadris, em vez de passarsobre o estmago.

    Transporte de bagagem nocompartimento de passageirosNa impossibilidade de transport-las nocompartimento de bagagens, posicione-as no bancotraseiro de modo a no atrapalhar a viso domotorista e prenda-as com o auxlio dos cintos desegurana.

  • | FordKa | 2-27

    ManutenoVerificaoExamine periodicamente os cintos quanto a danosou desgastes. Para verificar a estabilidade dos pontosde fixao, assim como o efeito de bloqueio dosretratores inerciais, basta puxar os cintosbruscamente.

    Cintos de segurana que tenham sidoexcessivamente forados devido a um acidente,devem ser substitudos e os pontos de fixaoverificados por um Distribuidor Ford.

    Nunca tente reparar ou lubrificar o mecanismo deenrolamento ou os retratores, nem modificar oscintos.

    Limpeza dos cintos de seguranaLave-os com gua morna. Seque-os naturalmente,nunca os exponha a calor artificial.

    De forma alguma devero ser utilizados solventesqumicos, gua fervendo, solues alcalinas oualvejantes. O mecanismo de enrolamento do retratorinercial no deve ser exposto umidade excessiva.

    gua morna

    C

  • 2-28 | FordKa |

    Cinzeiro dianteiro/porta-objetos (se equipado)

    ApresentaoO cinzeiro, um porta-copos e os porta-objetos estolocalizados no console central do veculo e doisporta-copos adicionais esto localizados atrs daalavanca do freio de estacionamento.

    Alojamentodo cinzeiro/porta-copos

    Portaobjetos

    Portaobjetos

    Porta-copos

  • | FordKa | 2-29

    C

    ManutenoLimpe o cinzeiro, porta-copos e porta objetossomente com gua e sabo neutro.

    Conduo / Modo de operao

    Cinzeiro dianteiro (se equipado)Para utilizar o cinzeiro, abra-o por completo.Ao terminar de fumar apague o cigarro porcompleto para evitar que outras pontas de cigarropossam acender no interior do cinzeiro.

    gua e sabo neutro

    Cinzeiro

  • 2-30 | FordKa |

    Combustvel Apresentao

    Use somente gasolina tipo C, sem chumbo, comteor de etanol anidro combustvel conformelegislao vigente (entre 20% e 25%) ou etanolhidratado combustvel.Seu veculo pode usar tanto etanol como gasolina,em qualquer proporo.O uso de combustvel com chumbo proibido porlei podendo danificar o motor e o catalisador doveculo. Este tipo de combustvel, com chumbo, no comercializado no Brasil mas pode ser encontradoem alguns pases da Amrica do Sul. Portanto,verifique o tipo de combustvel antes de abastecer oveculo em outros pases. Caso o veculo sejaabastecido com gasolina com chumbo, nocoloque o motor em funcionamento (mesmo que aquantidade tenha sido pequena). O chumbocontido na gasolina provocar danospermanentes no catalisador. Entre em contatoimediatamente com o Distribuidor Ford maisprximo.Pode ser tambm usada gasolina com maioroctanagem. Seu veculo no foi projetado para usarcombustveis ou aditivos contendo compostosmetlicos, incluindo aditivos a base de mangans.Estudos indicam que estes tipos de aditivos podemcausar uma deteriorao mais rpida do sistema decontrole de emisses do seu veculo. Combustveiscontendo mangans no tm sido observado noBrasil, mas podem ser encontrados em alguns pasesda Amrica do Sul. Portanto verifique o tipo decombustvel antes de abastecer o veculo em outrospases. No utilize combustvel contendo metanol.Isso pode danificar componentes crticos do sistemade combustvel.

  • | FordKa | 2-31

    CO uso de gasolina ou etanol aditivados com aditivosdetergentes e dispersantes recomendado pois estescombustveis promovem a limpeza do sistema decombustvel e do motor, minimizando a formao dedepsitos e otimizando o desempenho do mesmo. Ouso contnuo de combustveis sem aditivosdetergentes e dispersantes pode causar emissoexcessiva de poluentes pelo escapamento, ativaoprematura da lmpada indicadora de maufuncionamento do motor (LIM), dificuldades napartida a frio e instabilidade da marcha lenta commotor frio. Se esta prtica no for seguidarecomenda-se abastecer o veculo com ao menosum tanque de gasolina aditivada a cada 3 meses ou5.000 km, o que ocorrer primeiro. Veculos comquilometragem elevada, que nunca utilizaramgasolina aditivada, podero passar a utililiz-lade forma gradual, para evitar entupimentos nosistema de combustvel. Esta recomendao nose aplica aos usurios que abastecem seusveculos apenas com etanol sem aditivos, os quaispodem alternar para uso de combustveisaditivados a qualquer momento.

    Combustvel adulterado

    A utilizao de combustvel adulterado, contaminadoe/ou de m qualidade, danifica os componentesinternos do motor, tendo como consequncias: Rudo anormal e falha do motor em acelerao; Perda de potncia do motor; Acmulo de leo pela caixa do filtro de ar do motor; Consumo elevado de combustvel e leo do motor; Carbonizao das velas e pistes; Travamento dos anis; Danos ao sensor de oxignio; Acendimento da lmpada indicadora de mau funcionamento do motor (LIM).

  • 2-32 | FordKa |

    CombustvelConsumoO consumo de combustvel e a emisso de CO2dependem do motor, do tipo de transmisso, damedida dos pneus, do peso do veculo, bem comode muitos outros fatores. O consumo elevado decombustvel , sobretudo, influnciado por:

    Hbitos de direoAntecipe situaes de perigo e mantenha umadistncia segura do veculo frente. Esteprocedimento no s reduz o consumo decombustvel, como tambm reduz o nvel de rudo.Conduo agressiva do veculo (velocidadeselevadas, aceleraes e freadas fortes) desperdiacombustvel - pode elevar o consumo em estradaem aproximadamente 30% e, em cidade 5%. Aprtica de direo defensiva no apenas maiseconmica, como tambm mais segura para omotorista e outras pessoas. Respeite os limites develocidade. Trs minutos de espera com o motorfuncionando em ponto morto resultam emconsumo equivalente a um percurso deaproximadamente 1 quilmetro. Nunca ande com amarcha desengrenada em declives. Motores cominjeo eletrnica cortam a injeo de combustvelquando a rotao do motor est acima da rotaode marcha lenta e o pedal do acelerador no acionado. Alm de economizar combustvel essaprtica contribui para sua segurana.

    Indicador do nvelde combustvel

  • | FordKa | 2-33

    C

    Alavanca de mudanasde marcha

    Cons

    umo

    deco

    mbu

    stv

    el

    Velocidade

    Velocmetro

    TRIP

    Velocidade do veculo e seleo de marchasO grfico mostra o consumo de combustvel, avelocidade e a escolha de marchas. O consumo decombustvel aumenta se forem mantidas marchasmais baixas para melhorar acelerao.

    Mudanas de marchaA mudana de marcha no tempo correto melhora aeconomia de combustvel e reduz a emisso depoluentes. Assim, selecione as marchas do veculoobservando as seguintes velocidades:

    Mudana Motor frio Motor ade marcha km/h temperatura

    normal km/h

    1-2 25 20

    2-3 40 35

    3-4 65 50

    4-5 75 75

    Condies de percursoPartidas frequentes a frio e percursos pequenos

    acarretam num consumo de combustvel maisalto do que um nico percurso mais longo, ondeo motor funciona na faixa ideal de temperatura.

    Em baixas temperaturas o consumo decombustvel ser elevado durante os primeiros10-15 km de percurso.

    Trnsito lento, terrenos montanhosos, percursoscom muitas curvas e estradas em ms condiestm efeito adverso no consumo de combustvel.

  • 2-34 | FordKa |

    CombustvelCondies do veculo

    ManutenoVeculos que no recebem a manuteno adequada,principalmente no sistema de injeo decombustvel, podem apresentar consumoaproximadamente 40% mais alto. Procure osservios de um Distribuidor Ford sempre que notarqualquer anomalia, como falha no motor ouconsumo elevado de combustvel. Verifique e substitua o filtro de ar do motor

    sempre que necessrio. Um filtro sujo ouentupido aumenta cerca de 10% o consumo decombustvel.

    O alinhamento e a calibrao dos pneus presso especificada neste manual reduz oconsumo de combustvel em mais de 3%, almde ser um item fundamental para a segurana doveculo e dos ocupantes.

    Use apenas o leo Motorcraft 5W-30 no motor doseu veculo. Sendo um leo de baixo atrito, eleassegura um consumo de combustvel at 5%menor do que um leo SAE 20W-50, em usourbano.

    Efetue todos os itens de manuteno regularprogramada, especificados no Manual deGarantia e Manuteno.

    Carregamento Veculo sobrecarregados ou rebocando trailer

    tero o consumo de combustvel prejudicado emqualquer velocidade.

    Transporte de peso desnecessrio eleva oconsumo de combustvel.

    O arrasto aerodinmico da bagagem nobagageiro do teto aumenta o consumo decombustvel em aproximadamente 5%.

  • | FordKa | 2-35

    CRecomendaes para dirigireconmica e ecologicamente:

    Coloque o veculo em movimentoimediatamente aps a partida do motor. Noespere o motor aquecer.

    Utilize o acelerador moderadamente.

    Mude a marcha no tempo correto para mantero motor a uma rotao adequada.

    Mantenha a marcha mais alta o maior tempopossvel.

    Utilize a acelerao mxima o menor tempopossvel.

    Antecipe-se as condies de trfego.

    Planeje seus percursos e evite horrios depico no trnsito sempre que possvel.

    Evite dar partidas frequentes com o motor frio.

    Desligue o motor sempre que possvel (porexemplo, em situaes de congestionamento epassagem de nvel).

    Verifique/ajuste a presso dos pneusregularmente.

    Reduza o arrasto aerodinmico evitandocolocar carga sobre o bagageiro do teto efechando os vidros durante conduo emvelocidades elevadas.

    Execute as manutenes peridicas do seuveculo no Distribuidor Ford.

  • 2-36 | FordKa |

    Compartimentode bagagem

    ApresentaoA tampa do compartimento de bagagens pode seraberta externamente com o auxlio da chave ou docontrole remoto e internamente pelo interruptor.

    Conduo / Modo de operaoAbertura externaGire a chave para a esquerda ou pressione oboto do controle remoto (se equipado).

    Abertura interna - interruptor(se equipado)Pressione o interruptor localizado no painel dosinstrumentos.

    Por questes de segurana, no ser possvel abrir ocompartimento de bagagem quando a velocidade doveculo for superior a 5 km/h.

    FechamentoUtilize a ala localizada na parte interna da tampa.

    Luz de cortesia (se equipado)Acendem-se automaticamente ao levantar-se atampa do compartimento de bagagens.

    Compartimento de bagagens

    0

    1

    2 3 4

    A/C

    12V

    Interruptor deabertura da tampado compartimento

    de bagagens

  • | FordKa | 2-37

    Cobertura do compartimento de bagagemRemoo

    Solte primeiro os dois tirantes de fixao dacobertura da tampa traseira e, em seguida,solte as laterais da cobertura.

    Para permitir o transporte de cargas mais volumosas,a cobertura pode ser colocada verticalmente dentrodo compartimento de bagagem. Tenha cuidado paraque a carga no obstrua a viso traseira do veculo.

    ImportanteNo coloque objetos sobre a cobertura docompartimento de bagagem. Objetos soltoscomprometem a segurana.

    Tirantes de fixaoda cobertura

    Suporte lateral dacobertura

    Especificao Tcnica - Compartimento de Bagagem

    Capacidade volumtrica

    263 l (volume absoluto - at o nvel da borda superior do encosto)

    C

    ImportanteAo transportar mercadorias, bicicletas etc.,no cobrir as lanternas traseiras, luz elevadado freio e a placa de licena, no podendoexceder a largura, o comprimento do veculo ea altura mxima de 50 cm incluindo obagageiro. Se a placa de licena forescondida, uma segunda placa dever serutilizada. A no observncia de qualquer umdestes itens violam a Resoluo do ContranN 349 de 15/08/2010.

  • 2-38 | FordKa |

    Diagnstico do sistema de controle de emisses

    ApresentaoConforme Instruo Normativa n 24, de 28 deAgosto de 2009, onde estabelece especificaes ecritrios dos sistemas OBDBr-2, em complementoaos artigos 1 e 5, da Resoluo CONAMA n 354,de 13 de Dezembro de 2004, e da InstruoNormativa IBAMA n 126, de 24 de Outubro de 2006(OBDBr-1), os veculos fabricados partir de 1 deJaneiro de 2010 devero ter o Diagnstico doSistema de Controle de Emisses disponveis paracontrole e indicao de possveis falhas que resultamno aumento de emisses de poluentes pelo veculo,como segue.

    Como funciona?O mdulo eletrnico de controle do motor do seuveculo est equipado com um sistema que monitoraos componentes do controle de emisses depoluentes do motor. Esse sistema tambmconhecido como Diagnstico do Sistema deControle de Emisses (OBDBr-2). O sistema OBDBr-2 protege o ambiente informando falhas que estejampotencialmente aumentando a emisso de poluentesdo veculo, alm de auxiliar o Distribuidor a repararadequadamente o veculo. Sempre que um problemaem um desses componentes for detectado, almpada indicadora de mau funcionamento (LIM),localizada no painel de instrumentos, acenderconforme indicaes a seguir.

  • | FordKa | 2-39

    D

    ImportanteEnquanto a LIM piscar, as temperaturasexcessivas do escapamento podem danificaro catalisador, o sistema de combustvel, osrevestimentos interiores do assoalho ououtros componentes do veculo, com risco decausar um incndio.

    Conduo / Modo de operaoLmpada indicadora de maufuncionamento (LIM)A LIM acende quando a chave de ignio inicialmente girada para a posio II. Deve apagar-se assim que o motor entrar em funcionamento,indicando que o sistema est operacional. Caso noacenda com a chave na posio II, procure umDistribuidor Ford para correo deste problema.

    Se a LIM permanecer acesa aps o motor entrar emfuncionamento, o Diagnstico do Sistema deControle de Emisses (OBDBr-2) detectou o maufuncionamento de algum componente ou sistemarelacionado ao controle de emisses de poluentes.Neste caso, procure um Distribuidor Ford parainspeo do seu veculo.

    Se a LIM piscar com o veculo em movimento, osistema OBDBr-2 detectou o mau funcionamento dealgum componente ou sistema que pode causardanos ao catalisador e perda de desempenho. Nestecaso, evite aceleraes fortes e/ou altas velocidadese leve o veculo imediatamente a um Distribuidor Fordpara inspeo do veculo.

  • 2-40 | FordKa |

    Diagnstico do sistema de controle de emisses

    Partida do veculo aps parada por faltade combustvelEvite ligar o veculo sem combustvel, sob pena deprovocar efeitos adversos nos componentes domotor.

    Caso ocorra falta de combustvel, observe:

    Aps o abastecimento, antes de dar partida nomotor, gire alternadamente a chave de ignio daposio I para II vrias vezes ou mantenha achave de ignio na posio III por no mnimo 10segundos, permitindo que o sistema dealimentao do veculo bombeie combustvel dotanque para o motor. O motor demorar algunssegundos a mais que o normal para dar partida.

    A lmpada indicadora de mau funcionamento(LIM) poder acender.

    ImportanteAo dirigir com a LIM acesa, podem ocorreralteraes no comportamento do veculo taiscomo: perda de desempenho, dificuldade departida e aumento do consumo de combustvel. Ouso contnuo do veculo com a LIM acesa podecomprometer at mesmo a durabilidade do motore de outros componentes alm de elevar oscustos de reparo do veculo. Procure umDistribuidor Ford para reparo imediatamente

  • | FordKa | 2-41

    DManutenoO seu veculo est equipado com vrioscomponentes que atuam diretamente no sistema decontrole de emisses, dentre eles, o catalisador, quepermitiro que o veculo opere dentro dos padresaplicveis de emisses no escapamento. Paracertificar-se do correto funcionamento doDiagnstico do Sistema de Controle de Emisses(OBDBr-2) observe:

    Utilize somente combustvel de boa qualidade.

    Utilize somente o leo lubrificante recomendadopela Ford. Realize as trocas conformeespecificado neste manual.

    Evite dar partida no veculo sem combustvel.

    No desligue a ignio com o veculo emmovimento, principalmente em altas velocidades.

    de fundamental importncia submet-lo srevises peridicas, nos intervalos de tempo ounas quilometragens indicadas, de acordo com ositens de verificao na respectiva reviso. Asrevises peridicas so essenciais para a vidatil e desempenho do veculo e do sistema deemisses.

    No conduza o veculo com luz do sistema decarga da bateria ou de temperatura do motoracesa. Dirija-se imediatamente a um DistribuidorFord quando a lmpada indicadora de maufuncionamento (LIM) estiver acesa ou piscando.

  • 2-42 | FordKa |

    No utilize gasolina com chumbo.

    Utilize gasolina aditivada conforme frequnciaespecificada neste manual.

    Fique atento quanto a vazamentos de fluidos,odores estranhos, fumaa ou perda de potnciado motor, que podem indicar que o sistema decontrole de emisses no est funcionandoadequadamente.

    Garanta que a estrutura tcnica ou mecnica doveculo no seja modificada devido substituioou adio de componentes, peas, acessriosou equipamentos no veculo, sob pena decomprometer o sistema de controle de emisses.Informaes sobre o sistema de emisses estona Etiqueta de Informaes do Controle deEmisses do Veculo, localizada no ou prximo domotor.

    Diagnstico do sistema de controle de emisses

  • | FordKa | 2-43

    DObservao:

    Funcionamentos temporrios irregulares podem fazercom que a LIM acenda. Por exemplo:

    1. O veculo funcionou sem combustvel - o motorpode ter sofrido uma falha de combusto oufuncionou com proporo incorreta de misturaar-combustvel.

    2. Baixa qualidade do combustvel ou gua nocombustvel-o motor pode ter sofrido uma falhade combusto ou funcionou com proporoincorreta de mistura ar-combustvel.

    Funcionamentos irregulares temporrios como osdescritos anteriormente podem ser corrigidosabastecendo-se o veculo com combustvel de boaqualidade.

  • 2-44 | FordKa |

    Direo hidrulica(se equipado)

    ApresentaoComo funciona?O sistema de direo hidrulica possui uma bombamovimentada por uma correia ligada ao motor que seencarrega de pressurizar o leo no instante em quese gira o volante. A presso ajuda mover as rodasreduzindo em at 80% o esforo fsico do motorista.

    Conduo / Modo de operaoEvite movimentos bruscos com o volante. Lembre-seque a fora necessria para mudar o veculo detrajetria menor comparada a um veculo comdireo mecnica.Caso o motor pare de funcionar, a assistncia dadireo hidrulica tambm no ir funcionar. Istosignifica que o esforo no volante ser maior.

    ManobrasQuando a direo esterada at o final do curso, apresso hidrulica do sistema aumenta abrindo avlvula de alvio. Isto gera um rudo caracterstico,similar a um vazamento de ar. Quando isto ocorrer,retorne levemente a direo no sentido contrrio parano atingir o final de curso e a presso mxima dosistema.

    ImportanteJamais mantenha a direo hidrulica do seuveculo esterada at o fim de curso por mais de3 segundos. Isto pode provocar um sriodesgaste na bomba, que ir comprometer ofuncionamento da direo hidrulicapermanentemente.

  • | FordKa | 2-45

    Evite passar sobre ruas alagadas para no molhar aspolias e correias que acionam a bomba de direo.Caso isto acontea, pode-se ouvir um rudo agudono compartimento do motor, similar a um chiado,que no compromete o funcionamento do sistemade direo. Se o rudo persistir, procure umDistribuidor Ford.

    ManutenoVerificao do nvel / reservatrioCom o motor frio, verifique o nvel do fluido dadireo hidrulica. O nvel do fluido no deveultrapassar a marca MX. do reservatrio localizadono lado direito do compartimento do motor.

    AbastecimentoSe o nvel estiver abaixo da marca MN. doreservatrio, completar com o fluido epecificado.

    ImportanteCaso ocorra qualquer falha no sistema de direohidrulica (perda de assistncia ou vazamento defluido), o veculo deve ser imobilizadoimediatamente. Procure os servios de umDistribuidor Ford.

    Especificao Tcnica - Direo Hidrulica

    DireoHidrulica tipo pinho e cremalheira, coluna absorvedora de energia.

    Lubrificante Capacidade Volumtrica

    Fluido ATF Motorcraft Texamatic 7045 E Aproximadamente 1lespecificao Ford WSA M2C195-A

    D

    Fluido da direo

  • 2-46 | FordKa |

    Espelhosretrovisores

    Alavanca de acionamento doretrovisor externo

    Espelhos convexos

    Apresentao

    ImportantePara maior segurana, ajuste os espelhosretrovisores antes de movimentar o veculo.As lentes convexas que equipam os espelhosexternos do veculo aumentam o campo visual,fazendo com que as imagens refletidas pareamestar mais distantes que as reais. Tal fato deveser considerado ao fazer uso dos espelhos, quandoem movimento ou ao manobrar o veculo.

    Conduo / Modo de operaoEspelhos retrovisoresAmbos os retrovisores externos so ajustadosmanualmente do interior do veculo.

    Espelhos retrovisores com controleinterno (se equipado)Movimente a alavanca localizada no painel das portaspara ajustar o espelho.

    Espelho retrovisor internoPara reduzir o ofuscamento ao dirigir noite, incline oretrovisor, puxando a alavanca.

  • | FordKa | 2-47

    Manuteno

    ImportanteA limpeza dos espelhos deve ser feita somentecom pano mido, gua e sabo neutro.

    gua e sabo neutro

    E

  • 2-48 | FordKa |

    Freios Apresentao

    Como funciona?O sistema de freios de duplo circuito, divididodiagonalmente.

    Se um dos circuitos falhar, o outro continuar afuncionar normalmente. Nesta condio a distnciade frenagem torna-se mais longa e deve-se exercermaior fora sobre o pedal dos freios.

    Dirija-se imediatamente a um Distribuidor Ford.

    Os freios dianteiros so a disco e os traseiros atambor.

    Conduo / Modo de operaoFreios de servioFreios molhados tm coeficiente de atrito mais baixo,resultando em frenagens menos eficientes.

    Aps lavar o veculo, dirigir sob chuva forte, emestradas lamacentas, toque levemente o pedal dofreio, repetidas vezes, enquanto acelera, para eliminarqualquer vestgio de umidade.

    ImportanteNestas condies, ser necessrio aplicar maiorfora no pedal de freio. Mantenha maiordistncia do veculo que vai frente, para maiorsegurana nas frenagens.

    Os materiais de atrito do sistema de freio(pastilhas e lonas) no contm amianto.

    Traseiros Tambor

    Dianteiros Disco

  • | FordKa | 2-49

    Reservatrio do fluido defreio/embreagem

    FFreio de estacionamentoO freio de estacionamento atua nas rodas traseiras.

    Acionamento

    Pressione o pedal do freio de servio.

    Puxe a alavanca toda para cima at o limite.

    Ao estacionar o veculo em subidas ou descidas,engate tambm a 1 marcha.

    A luz de advertncia no painel dever acender se aignio estiver na posio II. Apaga assim que ofreio de estacionamento for liberado.

    Liberao

    Puxe a alavanca do freio deestacionamento ligeiramente para cima,pressione o boto retentor e baixe a alavanca.

    ManutenoLuz de advertncia do sistema de freio/freio de estacionamentoSe permanecer acesa ou acender com o veculo emmovimento verifique o nvel do fluido. Caso estejaabaixo do especificado, complete o nvel eprocure os servios de um Distribuidor Fordassim que possvel.

    Verificao do nvel / reservatrioO sistema de freios e o sistema de embreagemso abastecidos pelo mesmo reservatrio.O nvel do lquido deve ser mantido entre as marcasMN. e MX. na lateral do reservatrio localizado naparte central do compartimento do motor, prximoao para-brisa.

    Liberao

    Acionamento

    Luz de advertncia defreio acionado

  • 2-50 | FordKa |

    AbastecimentoComplete o reservatrio apenas com fluido de freiosespecificado.

    H srios riscos de danos ao sistema de freios sequalquer outro tipo de fluido for utilizado.

    No deixe que o fluido de freios entre emcontato com a pele ou olhos. Se isso acontecer,lave imediatamente as reas afetadas combastante gua.

    O fluido de freios danifica a pintura do veculo.Caso isto ocorra limpe imediatamente a superfciepintada com uma esponja molhada.

    importante manter higiene absoluta aocompletar o reservatrio. Qualquer entrada desujeira no sistema pode diminuir a eficincia defrenagem.

    Caso ocorra a contaminao do fluido por guaser necessrio substituir o mesmo. Se ocorrercontaminao por leo mineral, todas asborrachas que compem o sistema de freio eembreagem devem ser substitudas.

    Embalagens de fluido de freio abertas no devemser armazenadas para uso posterior. O produto extremamente hidroscpico (absorve umidadedo ar) e rapidamente perde suas caractersticas.

    O smbolo gravado na tampa do reservatrioindica que o fluido no pode conter parafina.

    Freios

  • | FordKa | 2-51

    Especificao Tcnica - Sistema de Freios

    ServiosHidrulico com freio a disco na dianteira e a tambor auto-ajustvel na traseira. O cilindromestre duplo servo-assistido e o fluxo de fluido dirigido por meio de tubulao de aoatravs de circuitos independentes diagonalmente opostos.

    EstacionamentoFreio de estacionamento mecnico com ao nas rodas traseiras, acionado por meiode cabo, ligado a uma alavanca posicionada entre os bancos dianteiros.

    Lubrificante Capacidade Volumtrica

    DOT 4 Especificao Ford SAM-6C9103-A 510 ml

    F

  • 2-52 | FordKa |

    Fusveis e rels Apresentao

    A caixa central de fusveis e rels est localizada sobo painel de instrumentos, do lado esquerdo dovolante.

    A caixa de maxi-fusiveis est localizada nocompartimento do motor, junto bateria.

    Conduo / Modo de operaoCaixa central de fusveis e rels(sob o painel de instrumentos)Remoo da tampa / extrator

    Remova a tampa puxando-a pela parte superior.O extrator (saca-fusveis), est alojado nacentral eltrica, encaixado entre os fusveis.Remova-o puxando para cima.

    Remoo do fusvel

    Encaixe o extrator no fusvel a ser removido, at oponto de travamento da pina. A seguir puxe-o pararemover o fusvel.

    MaxiFusveis

    Extrator defusveis

    Central de Fusveis

    Central de fusveis

  • | FordKa | 2-53

    F

    Central de Fusveis

  • 2-54 | FordKa |

    Fusveis e relsFusvel n Capacidade Circuitos protegidos

    (ampres)1 15A (ATO) Ventoinha ( veculos sem A/C)

    2 15A (ATO) Bomba de combustvel e controle eletrnico do motor

    3 15A (ATO) Injetores / bobina da ignio / vlvula termosttica

    4 7,5A (ATO) Sonda Lambda 1 (sensor de oxignio aquecido) / SondaLambda 2 (sensor do monitor do catalizador) / sensorde velocidade / vlvula purga

    5 - No utilizado

    6 10A (ATO) Setas

    7 20A (ATO) Limpador e lavador do para-brisa

    8 15A (ATO) Luz de r / luz de freio / rel dos faris

    9 30A (ATO) Ventilador interno

    10 10A (ATO) Farol baixo direito

    11 10A (ATO) Farol baixo esquerdo

    12 20A (ATO) Tomada de fora (12V)

    13 - No utilizado

    14 3A (ATO) Controle eletrnico do motor

    15 15A (ATO) Farol alto

    16 15A (ATO) Luz do compartimento de bagagens (se equipado) / luzde cortesia / sistema de udio / conector de diagnstico

    17 3A (ATO) Painel de instrumentos / ventoinha

    18 15A (ATO) Farol de neblina (se equipado)

    19 3A (ATO) Sistema de udio (se equipado)

    20 10A (ATO) Interruptor das luzes

    21 10A (ATO) Ar condicionado (se equipado)

    22 10A (ATO) Sistema de partida a frio

  • | FordKa | 2-55

    FFusvel n Capacidade Circuitos protegidos

    (ampres)23 10A (ATO) Buzina

    24 20A (ATO) Interruptor da ignio / rel do inibidor de partida / F19 /F-20 / F28 / F29 / F30

    25 15A (ATO) Pisca-alerta / rel da buzina

    26 20A (ATO) Mdulo de conforto / desembaador do vidro traseiro(se equipado)

    27 20A (ATO) Mdulo de conforto

    28 3A (ATO) Controle eletrnico do motor / PATS / rel do controleeletrnico do motor e bomba de combustvel

    29 10A (ATO) Air bag (se equipado)

    30 5A (ATO) Rel da ignio / desembaador do vidro traseiro(se equipado) / painel de instrumentos / mdulo deconforto / rel do ar condicionado (se equipado) /vlvula do ar quente (se equipado)

    31 25A circuit breaker Mdulo de conforto

    Rel n Tipo Circuitos protegidos

    A 20A (micro ISO) Farol baixo

    B 20A (micro ISO) Farol alto

    C e D 40A (mini ISO) Controle eletrnico do motor / bomba de combustvel

    E 20A (micro ISO Farol de neblina (se equipado)

    F 20A (micro ISO) Desembaador do vidro traseiro

    G 20A (micro ISO) Sistema de partida a frio

    H 20A (micro ISO) Buzina

    I Vermelho Limpador intermitente do vidro dianteiro

    II 70A (maxi ISO) Ignio

    III 40A (mini ISO) Inibidor de partida

    IV 40A (mini ISO) Ventoinha ( veculos sem A/C)

  • 2-56 | FordKa |

    Tampa do suporte dosmaxi-fusveis

    Fusveis e rels

    Rel n Capacidade Circuitos protegidos(ampres)

    R1 40 A (Mini ISO) Rel da ventoinha - baixa velocidade

    R2 - No utilizado

    R3 20 A (Micro ISO) Rel do ar-condicionado

    R4 70 A (Maxi ISO) Rel da ventoinha - alta velocidade

    ImportanteNo caso de substituio de algum desses fusveis /rels, procure os servios de um Distribuidor Ford.

    Caixa de rels (compartimento domotor)A caixa central de rels est localizada nocompartimento do motor, prximo a bateria (ladodireito). Esta caixa de rels est disponvel somentenos veculos com ar-condicionado.

    R1

    R4

    R3R2

    Maxi-fusveis (juntos bateria)

    ImportanteNo caso de substituio de algum dessesfusveis / rels, procure os servios de umDistribuidor Ford.

  • | FordKa | 2-57

    ManutenoSubstitua sempre um fusvel queimado por outro demesma capacidade de corrente - amperagem.Desligue a ignio e todo equipamento eltrico antesde substituir um fusvel ou rel.

    ImportanteQualquer alterao no autorizada na parteeltrica ou no sistema de combustvel do veculopode ocasionar efeitos adversos na performanceou provocar incndio, no cobertos pela garantia.Qualquer desses reparos deve ser realizado porum Distribuidor Ford.

    Fusvelqueimado

    FFusvel n Capacidade Circuitos protegidos

    (ampres)

    1 40 (JCASE) F2 / F3 / F4 / rel do controle eletrnico do motor

    2 40 (JCASE) F26 / F27 / F31

    3 - No utilizado

    4 - No utilizado

    5 40 (JCASE) F1 (vec. sem A/C) / F21 (vec. com A/C) / F22 /F23 / F24 / F25 / rel do inibidor de partida

    6 60 (JCASE) F12 / F14 / F15 / F16 / F17 / F18 / rel do farol baixo

    7 50 (JCASE) Rel da ventoinha (veculo com A/C)

    8 60 (JCASE) F6 / F7 / F8 / F9 / rel da ignio

  • 2-58 | FordKa |

    Identificaodo veculo

    ApresentaoNmero de identificao do veculo(VIN)O nmero de identificao do veculo (VIN) estestampado no assoalho do veculo - lado dopassageiro.

    H tambm etiquetas adesivas, contendo o mesmonmero gravado nos vidros, nos seguintes locais:

    Compartimento do motor sobre a torre doamortecedor, lado direito (1);

    Coluna B, lado direito (2).

    Etiqueta com o ano de fabricao

    Coluna B, lado direito (3).

    12

    3

  • | FordKa | 2-59

    Nmero do motorO nmero do motor esta localizado na lateral direita dobloco, parte inferior traseira, prximo carcaa daembreagem.

    Manuteno

    ImportanteDurante a lavagem do cofre do motor, no removaa etiqueta transparente que protege o cdigo VIN.

    Nmero deidentificao

    do motor

    I

  • 2-60 | FordKa |

    Ignio e partidaContato da ignio

    Pedal daembreagem

    Posio III

    ApresentaoPosies de chave

    0 Ignio desligada.

    I Rdio operacional. Ignio e todos oscircuitos eltricos principais desativados.

    II Ignio ligada. Todos os circuitos eltricosativados.

    III Motor de partida ativado. Volte a chave para aposio II assim que o motor entrar emfuncionamento (retorno automtico da chave).

    Exceto pela buzina, lanterna e pisca-alerta, as outrasfunes so operacionais somente coma ignio ligada.

    ImportanteNunca gire a chave para a posio 0ou Icom o veculo em movimento.

    Conduo / Modo de operao

    Partida do motor

    Certifique-se de que a alavanca de cmbio estejaem ponto-morto. Pressione o pedal daembreagem sem pisar no acelerador.

    Gire a chave de ignio para a posio III paraacionar o motor de partida. No acione o motorde partida por mais de 5 segundos consecutivossob pena de descarregar a bateria.

    Se o motor no funcionar na primeira tentativa,gire a chave de ignio para a posio I ou 0antes de tentar novamente.

  • | FordKa | 2-61

    Reservatrio de partida a frio

    Pedal daembreagem

    Pedal doacelerador

    I Se o motor no funcionar aps trs tentativas, o

    reservatrio do sistema de partida a frio, localizadono lado esquerdo do compartimento do motorpode ter atingido a reserva, ou est esgotado.Reabastea preferencialmente com gasolinaaditivada e d partida novamente.

    Se o problema persistir, espere 10 segundos esiga o processo descrito a seguir.

    ImportanteMantenha o reservatrio de partida a frio sempreabastecido.

    Motor afogado Pressione totalmente o pedal da embreagem.

    Pressione lentamente o pedal do acelerador ato fim. Mantenha-o nesta posio e ligue o motor.

    Partida do motor aps desligamento dabateriaAo conect-la novamente e dar a partida no motor, oveculo poder apresentar algumas caractersticaspouco usuais durante aproximadamente 10 km. Istodeve-se reprogramao automtica do sistema degerenciamento eletrnico do motor e pode serignorado. Caso persistam tais caractersticas, procureos servios de um Distribuidor Ford.

  • 2-62 | FordKa |

    Ignio e partidaSistema de controle eletrnico do motorEm caso de aceleraes fortes, que elevem a rotaodo motor a nveis mximos, o sistema de controleeletrnico do motor poder cortarmomentaneamente a injeo de combustvel,protegendo o motor.

    Isto poder ser sentido pelo motorista na forma defalha, porm, no significa que haja algum problema.

    Procedimento de partida do motor combateria auxiliarUtilize exclusivamente baterias com a mesma tensonominal (12 V). Utilize cabos auxiliares de partidacom alicates de plos isolados e cabo de bitolaapropriada. No desligue a bateria do sistema eltricodo veculo.

    Ligao de cabos

    Desligue o motor e todos os equipamentoseltricos.

    Ligue o plo positivo (+) da bateria descarregadaao plo positivo (+) da bateria auxiliar (cabo A).

    Ligue uma das extremidades do segundo caboao plo negativo (-) da bateria auxiliar e a outra auma pea metlica do motor do veculo com abateria descarregada (cabo B). No ligue aoplo negativo (-) da bateria descarregada.

    Certifique-se de que os cabos estejam afastadosde peas mveis do motor.

    12V12V

    Bateriaauxiliar

    Bateriadescarregada

    Cabo B

    Cabo A

    Tacmetro

  • | FordKa | 2-63

    Partida do motor O motor do veculo auxiliar deve permanecer

    desligado.

    D partida no motor do veculo com a bateriadescarregada.

    Aps o motor entrar em funcionamento, deixe-ofuncionando por aproximadamente 3 minutos.

    Desligamento dos cabos

    Desconecte primeiro o cabo B (-) e depois ocabo A (+), isso evitar faiscas sobre a bateria.

    ImportanteJamais remova os cabos com motor aindafuncionando.O no cumprimento destes procedimentospoder causar danos aos sistemas eltricosdo veculo.

    Partida empurrando o veculoPara evitar danos ao catalisador, injeo eletrnica e omotor de partida, no se deve dar partida no motorempurrando o veculo, principalmente se este estivercom o motor quente.

    I

  • 2-64 | FordKa |

    Lmpadas(substituio)

    ApresentaoAntes de substituir uma lmpada, verifique se ofusvel correspondente no est queimado.

    Conduo / Modo de operaoGrupo ptico dianteiroAs lmpadas dos faris baixos, altos, dos indicadoresdirecionais dianteiros e das lanternas encontram-sealojadas no mesmo grupo ptico.

    Para acess-las, faa-o pela parte interna docompartimento do motor.

    Desligue todas as luzes.

    Abra a tampa do compartimento do motor.

    Lanternas

    Gire a base da lmpada no sentido anti-horrio(lado direito) ou para o sentido horrio (ladoesquerdo) para remov-la.

    Segure na lmpada e puxe-a para separ-lada base.

    Indicadordirecional Lanterna

    Farol altoe baixo

    Grupo pticolado direito

  • | FordKa | 2-65

    Presilha

    Guarda-p

    Soquete

    LFaris altos e baixos

    Remova o soquete.

    Remova o guarda p.

    Pressione a presilha e desloque-a para cima(farol lado esquerdo) ou para baixo (farol ladodireito) e remova a lmpada.

    Indicadores direcionais dianteiros

    Gire a base da lmpada no sentido anti-horrio(lado direito) e sentido horrio (lado esquerdo).

    Pressione levemente a lmpada e gire-a nosentido anti-horrio para remov-la.

  • 2-66 | FordKa |

    Lmpadas(substituio)

    Grupo ptico traseiroAbra a tampa do compartimento de bagagem.

    Grupo pticolado esquerdo

    Luz de freio

    Indicadores dedireo

    Luz de r

    Trava doconectorTrava do

    suporte

    Pressione a trava e remova o conector.

    Comprima a trava superior e inferior do suportee remva-o.

    Substitua as lmpadas conforme ilustrao.

    Faris de neblina1 - Desligue o conector

    2 - Gire o soquete da lmpada no sentido anti- horrio (lado direito) para remov-la.

    1 2

  • | FordKa | 2-67

    L

    Luzes internas Desligue a luz interna (interruptor na posio

    central).

    Remova cuidadosamente o conjunto da lanternacom o auxlio de uma chave de fenda, solte orefletor pela lateral e substitua a lmpada queimada.

    Luz da placa de licena Desencaixe cuidadosamente o conjunto com

    o auxlio de uma chave de fenda e substitua almpada queimada.

    Luz de freio elevada (se equipado)Para remoo / substituio da luz de freio elevadaprocure os servios de um Distribuidor Ford.

  • 2-68 | FordKa |

    Lmpadas(substituio)

    ApresentaoAntes de substituir uma lmpada, verifique se ofusvel correspondente no est queimado.

    Grupo ptico lateralPara acess-las, faa-o pela parte lateral do retrovisor.

    Remoo1. Ao remover a capa do espelho retrovisor,

    certifique-se de no provocar danos aosgrampos de fixao da capa ao corpo doretrovisor. Com auxlio de uma esptulaplstica adequada, remova a capa superior deacabamento do espelho retrovisor.

    2. Pressione o grampo de fixao da lanterna aocorpo do espelho retrovisor e remova a lanternapuxando-a para fora do corpo do espelho retrovisor.

    3. Remova o soquete da lmpada de seu alojamentona lanterna.

    4. Remova a lmpada do soquete.

    Instalao1. Instale a nova lmpada no soquete.

    2. A parte final do soquete emborrachada paraassegurar a vedao da lanterna. Certifique-se deque a parte emborrachada foi acoplada aoalojamento. Instale o soquete da lmpada noalojamento na lanterna.

    3. Encaixe a parte interna da lanterna e pressione amesma contra o corpo do espelho retrovisor atsentir o acoplamento do grampo de fixao nocorpo do retrovisor.

    4. Pressione nas reas indicadas na ilustrao aolado e instale a capa de acabamento do conjuntodo retrovisor.

  • | FordKa | 2-69

    L

    Especificao Tcnica - Lmpadas

    Luz da placa de licena - Lmpada tubular 10W

    Luzes internas - Lmpada tubular 10W

    Luz de leitura - Lmpada em cunha 5W

    Grupo ptico dianteiro

    Faris altos e baixo - Lmpada de halognio 60/55W

    Lanternas - Lmpada W5W

    Indicadores direcionais dianteiro - Lmpada PY21W

    Grupo ptico lateral

    Indicadores direcionais laterais - Lmpada WY5W

    Grupo ptico traseiro

    Luz de freio e lanternas - PR21/5W

    Indicadores direcionais traseiro - PY21W

    Luz de r - P21W

    ManutenoManuseioJamais segure as lmpadas pelo vidro. Isto especialmente vlido para lmpadas de halognio,pois poder haver diminuio da intensidade de luzse houver contato manual com o bulbo. Neste caso,limpe-o com lcool.

    Limpeza dos farisPara evitar danos s lentes dos faris, no useprodutos abrasivos nem solventes qumicos. Nolimpe os faris enquanto secos, nem use objetos decantos vivos para limpar as lentes.

    Alinhamento dos faris dianteirosAps a substituio de uma lmpada de halognio,verifique o alinhamento dos faris. Procure osservios de um Distribuidor Ford.

  • 2-70 | FordKa |

    Lavagemdo veculo

    gua morna e sabo neutro

    ApresentaoA lavagem do veculo s deve ser feita emreas com sistemas de drenagem que noagridam o meio ambiente. Os restos de

    produtos de limpeza no devem ser descartadosjuntamente com o lixo domstico. Deve-se utilizarapenas instalaes preparadas para a remoo dessetipo de lixo.

    Conduo / Modo de operaoO elemento mais importante para a conservao dapintura do veculo gua limpa e sabo neutro.Para a lavagem de seu veculo, utilize sempre guafria ou morna.Lave freqentemente seu veculo. Se houver sinais deseiva de rvores, insetos, sujeira industrial ouexcrementos de pssaros, o veculo deve ser lavadoo mais breve possvel. Geralmente esses tipos dedepsitos contm elementos qumicos agressivos pintura.

    ImportanteDepois de lavar o veculo, pressione vrias vezeso pedal do freio com o veculo em movimento,para eliminar a umidade dos discos e pastilhas.

    Lavagem manualNunca lave o seu veculo com gua quente,diretamente sob o sol ou com as superfciesmetlicas quentes.Nunca retire o p a seco das superfcies pintadas,sob pena de arranh-las.Lave o veculo com muita gua se estiver utilizandoum xamp para carros. Seque-o com um panomacio ou flanela.

  • | FordKa | 2-71

    Lavagem automticaO melhor mtodo de lavagem a lavagemautomtica sem rolos.

    L

    ImportanteNo despeje gua, sabo, ou qualquer outroproduto sobre o alternador e o motor departida. Eles podero ser danificados casotenham contato com lquidos.

    ImportanteGire a antena do rdio, se equipada, no sentidoanti-horrio e retire a mesma antes de entrarnum posto de lavagem automtica.

    Lavagem do motorRecomenda-se evitar a lavagem frequente do motor.Porm, quando lavar o motor, tenha cuidado em noutilizar jatos fortes de gua sobre o motor.Nunca lave o motor quente ou em funcionamento,com gua demasiadamente fria pois o choquetrmico em superfcies aquecidas poder provocardanos ao motor.O condensador do ar-condicionado e o radiadorpossuem aletas de alumnio que podem se deformarquando lavadas com jato d'gua de alta presso.Para evitar danos, lavar somente com jato d'gua debaixa presso.Evite jatos de gua diretos sobre a bomba da direohidrulica, reservatrio de fluido de direo, evedaes da caixa de direo, assim como sobre aspolias e a correia da transmisso que compem osistema. Isto pode comprometer o funcionamentoda direo hidrulica.

  • 2-72 | FordKa |

    Lavagemdo veculo

    ImportanteDurante a lavagem do cofre do motor, noremova a etiqueta transparente que protegeo cdigo VIN.

    leo do motor, fluido dos freios, aditivodo radiador, baterias e pneus devemser acondicionados e armazenados em

    instalaes especialmente preparadas paratratamento de lixo industrial. De modo algumdevero ser jogados nos sistemas decanalizao pblica ou colocados no lixodomstico. A defesa do meio ambiente dizrespeito a todos. Contribua tambm para este fim.

    ImportanteDevido diversidade de materiais existentesno compartimento do motor, deve-se evitar autilizao de produtos qumicos de limpeza,detergentes agressivos, desengraxantes,produtos cidos e alcalinos que, devido aocorrosiva, podem ser agressivos adeterminados componentes. Deve-se evitartambm limpeza por meio de vapor de gua.

    Limpeza dos faris

    ImportanteNo raspe as lentes dos faris, nem use produtosabrasivos, nem lcool ou solventes qumicospara limpar os faris. No limpe os faris quandoesto secos.

  • | FordKa | 2-73

    LRevestimento protetor da parte inferior doveculoA parte inferior do seu veculo revestida com umacamada de proteo anticorrosiva que dever serperiodicamente controlada e, caso seja necessrio,retocada pelo seu Distribuidor Ford. Mesmo comessa proteo adicional, recomenda-se a lavagemfreqente da parte inferior do veculo, principalmentesob condies de alta umidade ou salinidade.

    Limpeza do vidro traseiro

    ImportanteNo raspe a parte interna do vidro traseiro nemuse produtos abrasivos ou solventes qumicospara limpar o vidro. Use um pano limpo, que nosolte pelos ou uma camura mida para limpezainterna do vidro traseiro.

    Limpeza do volantePara a limpeza do volante recomenda-sesomente um pano umedecido com gua.Limpeza das rodasNo utilize produtos abrasivos, sob pena dedanificar o verniz de proteo das rodas.

    Limpeza do tapete com clip de fixao (seequipado)

    Para remover o tapete, basta solt-lo do clip defixao do carpete. Verificar a correta instalaodo tapete posicionando os clips de fixao docarpete. O posicionamento do tapete domotorista no deve interferir com ofuncionamento dos pedais.No coloque tapetesadicionais em cima dos tapetes de fbrica.

  • 2-74 | FordKa |

    Luz de advertncia dereviso programada

    Posio II

    ApresentaoComo funciona?

    Quando o veculo atingir a quilometragem ou tempode rodagem indicados na Tabela de Lubrificao eManuteno, o que primeiro ocorrer, a luz deadvertncia no painel de instrumentos acenderindicando que a prxima reviso peridica dever serefetuada.

    Conduo / Modo de operaoA luz de advertncia de revisoprogramada acenderTanto para a quilometragem quanto para o tempoexiste uma tolerncia em relao ao valor indicado naTabela de Manuteno, ou seja:

    Quilometragem: tm-se uma tolerncia de maisou menos 1.000 km. Ex.: entre 9.000 e 11.000 kmpara a reviso de 10.000 km.

    Tempo: tm-se uma tolerncia de mais oumenos 01 ms. Ex.: entre 05 e 07 meses para areviso dos 06 meses.

    Caso uma destas condies tenha sido verificada, ohodmetro digital e o cone de manuteno(localizado no painel) piscaro por aproximadamente10 segundos. Aps este perodo, ambospermanecero acesos e o painel continuar com seufuncionamento normal.

    Luz de advertncia dereviso programada

  • | FordKa | 2-75

    A luz de advertncia de revisoprogramada apagar se A reviso foi efetuada em um Distribuidor Ford.

    O hodmetro atingiu o limite superior ao prazode reviso por quilometragem.

    O contador de dias atingiu o limite superior aoprazo de reviso por tempo.

    ImportanteEste sistema complementar s indicaesconstantes na Tabela de lubrificao e manuteno.Consulte-a periodicamente. Em caso de divergncia,as informaes da tabela sero consideradascorretas.

    ImportanteO Distribuidor Ford s poder apagar a luz deadvertncia durante o perodo de garantia ou elas ser apagado quando forem atingidos osperodos mximos de tempo ou quilometragem narespectiva reviso.

    ManutenoCaso o veculo fique por um longo perodo com abateria descarregada ou desconectada, procureos servios de um Distribuidor Ford para ajustaro contador de dias da luz de advertncia dereviso programada.

    Bateria

    L

  • 2-76 | FordKa |

    Luzes internase externas

    ApresentaoPara o acionamento das luzes externas a chave daignio deve estar na posio II.

    Conduo / Modo de operaoLuz internaO interruptor da luz interna possui trs posies:acesa com as portas abertas, desligada e ligada.

    Faris de neblina (se equipado)Com a chave de ignio na posio II e a lanternaligada, pressione o boto para ligar ou desligar osfaris de neblina. A luz indicadora no boto indicaacionamento da funo.Os faris de neblina devem ser utilizados somentesob visibilidade restrita (menos de 50 m).

    Desligada

    LigadaPortas

    abertas

    Luzes externas desligada ( )Gire o interruptor rotativo na posio neutra .

    Luzes das lanternas ( )Gire o interruptor para a primeira posio.

    Farol baixo ( )Gire o interruptor rotativo para a segunda posio.

    Farol alto ( )Com os faris baixos acionados, empurre a alavancaem direo ao painel de instrumentos.

    Lampejador de farol altoPuxe a alavanca em direo ao volante. Ao dirigir noite, d preferncia ao uso dos faris baixos. Acomutao para os faris altos deve ser feita somentese no houver risco de ofuscamento de outrosmotoristas.

    Farol alto

    Lampejadordo farol

    Desligada

    LanternasFarol baixo

  • | FordKa | 2-77

    Indicadores direcionaisAcionamento esquerdo ( )Desloque a alavanca para baixo.

    Acionamento direito ( )Desloque a alavanca para cima.O comando da alavanca direcional desativadoautomaticamente com o retorno do volante posio central.Luz intermitente durante a operao. Um aumentono grau de intermitncia indica defeito em uma daslmpadas externas indicadoras.

    Luz do painel, lanternas e luz da placade licenaAo desligar o veculo, a luz do painel, lanternas traseira,lanternas dianteira e a luz da placa de licena sodesligadas. Para lig-las com o veculo desligado,coloque a chave de ignio na posio II, a luz dopainel acender e para ligar as lanternas dianteira,lanternas traseira e luz da placa de licena necessriogirar o interruptor rotativo para acion-las.

    Luzes intermitentes de emergncia(pisca-alerta)Pressione o boto para ligar/desligar as luzesintermitentes.Este dispositivo deve ser utilizado em caso de avariado veculo ou para avisar os outros motoristas queh perigo.

    ImportanteUse o pisca-alerta apenas em situaes deemergncia e com o veculo parado.

    Indicadordirecional direito

    Indicadordirecional esquerdo

    Pisca-alerta

    L

  • 2-78 | FordKa |

    Motor

    Motor

    Rodas

    ApresentaoComo funciona?

    O motor do veculo tem como funo converter aenergia produzida pela combusto ar/combustvelem energia mecnica, capaz de gerar movimento srodas.

    O motor do seu veculo pode utilizar tantolcool como gasolina em qualquer proporo.

    Consulte o item Combustvel neste captulo, paramais informaes.

    Conduo / Modo de operaoTacmetro (se equipado)

    Indica a velocidade de giro do motor em rotaespor minuto. No opere o veculo dentro faixa vermelhado instrumento sob pena de danificar o motor.

    Estratgia de funcionamento limitado

    Se for detectada uma avaria no sistema degerenciamento eletrnico do motor, ser acionado oprograma de Estratgia de FuncionamentoLimitado''. Este programa permitir que o motorcontinue cumprindo suas funes sem danific-lo.Contudo, uma vez que algumas operaes ficam,desse modo, limitadas, a performance do motorpode ser reduzida. Todavia, em estradas planas, oveculo pode rodar a velocidades de at 60 km/h.

    Filtro de leo

    O filtro de leo tem por funo filtrar todas aspartculas prejudiciais ou abrasivas do motor, semobstruir o fluxo de leo s suas partes vitais. Filtros deleo fora das especificaes Ford podero gerarproblemas como rudos no motor durante a partida,bem como danos no cobertos pela garantia.

    Tacmetro

  • | FordKa | 2-79

    Mleo do motorTodo motor de combusto interna apresentaconsumo de leo. Esta caracterstica necessriapara garantir adequada lubrificao na regio dosanis dos pistes, portanto, o nvel de leo deve serverificado periodicamente, sempre que o veculo forabastecido ou antes de iniciar uma longa viagem.

    Motores novos atingem consumo normal aps,aproximadamente, 5.000 km. Durante este perodo oconsumo de at 1 litro de leo considerado normal.Aps este perodo, o consumo ir reduzirgradativamente cerca de 1 litro a cada 10.000 km.Faa as verificaes e complete o nvel sempre que omesmo atingir a marca inferior da vareta.O consumo de leo do motor depende tambm domodo de dirigir e das condies de uso do veculo.Em casos de usos especficos onde o motor muitoexigido, ou seja, uso freqente em altas velocidades,o consumo de leo pode ser maior.

    Condies severas de uso do motorSe o veculo for utilizado em condies severas, atroca de leo do motor dever ser efetuada a cada5.000 km ou 3 meses, o que ocorrer primeiro.

    Condies severas:

    Percursos curtos (inferiores a 5 km), nos quaiso motor no chega a atingir a temperaturanormal de funcionamento.

    Utilizao freqente em percursos de muitapoeira ou regies montanhosas.

    Utilizao em trfego urbano pesado.

    Utilizao em auto-escola, txi, ambulncia,uso militar ou atividade similar.

    Uso prolongado com combustvel adulterado.

    TRIP

    Velocmetro

  • 2-80 | FordKa |

    ManutenoLmpada indicadora de maufuncionamento (LIM)A LIM acende quando a chave de ignio inicialmente girada para a posio II. Deve apagar-seassim que o motor entrar em funcionamento,indicando que o sistema est operacional. Caso noacenda com a chave na posio II (ou no seapague com o motor em funcionamento), procureum Distribuidor Ford para correo deste problema.

    Consulte o item Diagnstico do sistema decontrole de emisses, neste captulo,

    para mais informaes.

    Luz de advertncia de presso do leoSe a luz acender com o veculo em movimento, pareimediatamente, desligue a ignio e verifique o nveldo leo do motor. Complete se necessrio.

    Se a luz de advertncia permanecer acesa aps tersido completado o nvel, procure os servios de umDistribuidor Ford para a verificao do motor.

    Motor

    Luz deverificaodo motor

    Posio II

    Luz deadvertncia de

    presso de leo

  • | FordKa | 2-81

    Mleo do motorO consumo de leo do seu veculo influenciadopor muitos fatores. Motores novos atingemconsumo normal aps aproximadamente 5.000 km.Sob cargas elevadas, o motor consome mais leo.

    Verificao do nvel

    Verifique o nvel do leo sempre que abastecer ouantes de iniciar uma viagem longa. Para medir onvel do leo no crter do motor, certifique-se que oveculo encontra-se em local plano e no inclinado.A seguir desligue a ignio e espere por pelo menos5 minutos, at que todo o leo retorne ao crter.Retire a vareta e limpe-a com um pano limpo, semfelpas, volte a coloc-la at o final do curso e tire-anovamente. O nvel de leo indicado pela pelculade leo na vareta. Se o nvel estiver entre as marcasMN. e MX., no h necessidade de completar onvel. Quando o leo estiver quente o nvel podepassar alguns milmetros alm da marca MX.,devido expanso trmica. Se o nvel estiver namarca MN.ou abaixo, completar o nvel com leo de motor deacordo com a especificao Ford. O volumecontido entre os nveis MN e MX da vareta de750 ml. Coloque leo do motor suficiente para onvel ficar prximo da marca MX.Nunca complete acima da marca MX.

    Consumo de leoNos primeiros 5.000 km (perodo de amaciamento)o consumo de leo maior, portanto onvel de leo deve ser verificado com maiorfrequncia. O consumo mximo aceitvel nesteperodo de 1 litro. Aps o perodo de amaciamentoo motor pode consumir at 1 litro a cada 10.000km. Se o consumo observado for maior dirija-se aum Distribuidor Ford.

    Varetamedidora donvel do leo

    MINMAX

    Tampa do bocalde abastecimento

  • 2-82 | FordKa |

    MotorAbastecimento

    A tampa de abastecimento de leo do tipo de encaixe etrava. No remova a tampa com o motor funcionando.

    Para remover, gire-a para a esquerda. Instale pelaordem inversa, observando o encaixe e travamentocorreto da tampa.

    Aditivos para o leo do motor no so necessriosnem recomendados, podendo at, em certascircunstncias, provocar danos no motor, os quaisno esto cobertos pela garantia Ford.

    Recipientes de leo vazios e usados nodevem ser descartados juntamente com olixo domstico. Utilize apenas instalaes

    preparadas para a remoo desse tipo de lixo.Durante as trocas de leo em postos de servios,assegurar que o leo utilizado o especificado e naquantidade determinada. No aceite leos de tipos emarcas desconhecidas ou de embalagens j abertas.

    ImportanteQuando o motor estiver funcionando, cuide paraque peas de roupa como gravatas etc., noentrem em contato com peas mveis do motor,pois h risco de ferimentos graves.

    ImportantePessoas portadoras de marca-passo no devemefetuar trabalhos com o motor do veculo emfuncionamento, devido s altas tenses geradaspelo sistema de ignio.

  • | FordKa | 2-83

    * Voc pode usar alternativamente outro leo que atenda a especificao FordWSS-M2C913-B

    Completando o nvel de leo: Se no for possvel encontrar o leo recomendado queatenda a especificao Ford WSS-M2C913-B, pode-se utilizar lubrificantes deviscosidade SAE 5W-30 (prefervel), SAE 5W-40 ou SAE 10W40 os quais atendam asespecificaes definidas por ACEA A1 / B1 (prefervel) ou ACEA A3 / B3. O uso destesleos ir resultar em maior tempo de partida do motor, perda de performance do veculo,maior consumo de combustvel e aumento no nvel de emisses de gases poluentes.

    Especificao Tcnica - Motor

    Partes a lubrificar leo do motor Capacidade volumtrica

    Motor: Rocam Motorcraft SAE 5W30* Motores1.0 l Flex e que atenda especificao. com filtro 4,1l1.6 l Flex Ford WSS-M2C913-B

    (para intervalos detroca a cada 06 mesesou 10.000 km o que oprimeiro ocorrer)

    M Importante

    Use somente leos que atendam as especificaoFord. No use aditivos suplementares. O uso deleo diferente do especificado compromete odesempenho e a vida til do motor, podendotambm causar danos no cobertos pela garantia.

  • 2-84 | FordKa |

    Dados tcnicos - Motor - 1.0 lllll RoCam FlexLocalizao/posio Dianteiro transversalCiclo/tempos Otto / 4 temposNmero e disposio dos cilindros 4 cilindros em linhaVlvulas 2 por cilindroAcionamento Por corrente e balancins com ajuste hidrulicoDimetro do cilindro 68,68 mmCurso do mbolo (pisto) 67,40 mmRelao de compresso 12,8:1Potncia do motor gasolina 69 cv 6700 rpm

    etanol 73 cv 6700 rpmTorque mximo gasolina 87 Nm 4750 rpm

    etanol 91 Nm 4750 rpmCombustvel gasolina Gasolina tipo C, sem chumbo com 20% a

    25% de etanol combustvel etanol lcool etlico hidratado combustvel

    Rotao mx. do motor 6700 rpmRotao de marcha-lenta 850 rpm 50 rpmSistema de alimentao Injeo eletrnica digital multiponto

    seqencial - 4CFR-ARBomba de combustvel Eltrica, capacidade de 350 kPaOrdem de ignio 1-3-4-2Vela de ignio NGK LTR7A-10Sistema de ignio Injeo eletrnica digital multiponto

    sequencial - 4CFR-ARFiltro de leo do motor (Motorcraft) EFL 500ndice de CO na marcha-lenta < 0,5%Folga dos eletrodos das velas 1,00 0,05 mmRosca das velas 14 x 1,25 mm

    Induo de ar Aspirada

    Motor

  • | FordKa | 2-85

    Dados tcnicos - Motor - 1.6 lllll / 1.6 lllll Sport - RoCam FlexLocalizao/posio Dianteiro transversal

    Ciclo/tempos Otto / 4 tempos

    Nmero e disposio dos cilindros 4 cilindros em linha

    Vlvulas 2 por cilindro

    Acionamento Por corrente e balancins com ajuste hidrulico

    Dimetro do cilindro 82,07 mm

    Curso do mbolo (pisto) 75,48 mm

    Relao de compresso 12,3:1

    Potncia do motor gasolina 102 cv a 5500 rpm

    etanol 107 cv a 5500 rpm

    Torque mximo gasolina 143 Nm a 4250 rpm

    etanol 150 Nm a 4250 rpm

    Combustvel gasolina Gasolina tipo C, sem chumbo com 20% a25% de etanol combustvel

    etanol lcool etlico hidratado combustvel

    Rotao mx. do motor 6350 rpm

    Rotao de marcha-lenta 850 rpm 50 rpm

    Sistema de alimentao Injeo eletrnica digital multiponto

    sequencial - 4CFR-AR

    Bomba de combustvel Eltrica, capacidade de 350 k