O Brasil de Betinho

  • View
    224

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O livro reúne pensamentos, tiradas, falas de Herbert de Souza, o Betinho, sobre eventos ocorridos do seu nascimento, em 3 de novembro de 1935, até a sua morte, aos 61 anos, em 9 de agosto de 97. Fotografias, ilustrações, reproduções de documentos são parte destacada deste mosaico.

Text of O Brasil de Betinho

  • O B

    RA

    SIL DE B

    ET

    INH

    O

    BetinhorasildeO

    PATROCNIO:REALIZAO:

  • ORGANIZADORES

    Dulce Pandolfi

    Augusto Gazir

    Lucas Corra

  • No quero viver obrigado obedincia a nenhuma ideia de nao, ptria, partido, igreja ou grupo. Quero viver de acordo com princpios democrticos fundados na solidariedade, na liberdade, igualdade, participao e diversidade. [ hERbERt DE SOuZA, O bEtINhO, Em Escritos indignados, p. 24 ]

  • Rio de Janeiro, 2012todos os direitos reservados ao Ibase.

    permitida a reproduo total ou parcial dos textos aqui reunidos, desde que seja citado(a) o(a) autor(a) e que se inclua a referncia ao artigo original.

    Visite o hotsite do livro em: www.ibase.br/obrasildebetinho

    Ibase Instituto brasileiro de Anlises Sociais e Econmicas

    Av. Rio branco, 124 / 8 andar20040-916 Rio de Janeiro RJtel.: (21) 2178-9400Fax: (21) 2178-9402

    www.ibase.br comunicacao@ibase.org

    ORGANIZAO:

    Dulce pandolfiAugusto Gazir Lucas Corra

    pRODuO GRFICA:

    mrula Editorial

    ILuStRAO DA CApA:

    France martin

    ImpRESSO:

    Grfica Walprint

    pRODuO DO hOtSItE:

    Isis Reis

    pRODuO DO DVD:

    Cinepoesia

    O brasil de betinho / organizadores: Dulce pandolfi, Augusto Gazir e Lucas Corra; ilustrador: France martin; apresentao: Cndido Grzybowski. Rio de Janeiro: mrula Editorial, 2012.

    228 p.: il. (color) 28 cm Inclui bibliografia.

    ISbN 978-85-65679-03-9

    1. Cidadania. 2. Desigualdades sociais brasil. 3. Favelas Rio de Janeiro Aspectos sociais. 4. Juventude. 5. Cultura. 6. habitao. 7. Souza, herbert Jos de, 1935-1997. I. pandolfi, Dulce. II. Gazir, Augusto. III. Corra, Lucas. IV. Grzybowski, Cndido.

    CDD: 323.6

  • pAtROCNIO:REALIZAO:

  • Ao completar 60 anos, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES) tem a honra de patrocinar O Brasil de Betinho, projeto que contribui para divulgar a ao e o pensa-mento do socilogo Herbert de Souza (1935-1997), um dos mais notveis defensores dos direitos humanos que o pas j conheceu.

    Sob a responsabilidade do Instituto Brasileiro de Anlises Sociais e Eco-nmicas (Ibase), entidade fundada pelo prprio Betinho no ano de 1981, a iniciativa contempla no apenas o lanamento do presente livro e DVD, mas tambm a criao de um hotsite que, gratuitamente, compartilhar com o pblico as informaes levantadas pela pesquisa.

    Por meio desse conjunto de aes, os interessados tero acesso a entre-vistas, textos, fotografias, matrias jornalsticas, cartazes, ilustraes e docu-mentos que registram a trajetria de Betinho, dos anos 1950, quando ele inicia a sua militncia poltica, dcada de 1990, perodo no qual lidera a Campanha contra a Fome.

    O material associa as passagens da vida do socilogo aos principais fatos da histria nacional, destacando seu papel junto a movimentos de grande relevncia para a sociedade brasileira.

    Ao promover a memria de uma personalidade que dedicou sua vida s mais nobres causas, o BNDES reafirma seu compromisso com o desenvolvi-mento social do pas e espera que os ideais humanitrios de Betinho possam inspirar muitas outras empresas e indivduos.

  • O livro O Brasil de Betinho um sopro nas brasas vivas da lembrana. Lem-brar viver. Betinho se foi, docemen-te, em casa, com amigos e Maria, 15 anos atrs. Mas a lembrana de sua ousadia em pensar e fazer, em sonhar e propor, em criticar e agir, sem perder o humor, ficar sempre viva. Ele encampou em seu corpo franzino uma motivao profundamente humana e tica, uma enorme ca-pacidade de indignar-se frente mnima injustia, e uma corajosa e generosa luta na promoo dos direitos e da cidadania. No foi um carrancudo, pelo contrrio, soube emocionar-se diante das nossas crianas de rua, dos deserdados, dos que vivem em lixes, dos que lutam por seu direito de viver, dos que praticam a solidariedade, dos que exprimem tudo isto na msica, na arte, na dana, na literatura. Sua fina crtica do humanamente inaceitvel e sua luta incansvel pela democra-cia combinaram ousadia de sonho, determinao, ironia, poesia e prazer de viver. Enfim, uma esp-cie de heri na sua exemplaridade cidad. Foi um privilgio conviver com o Betinho e compartilhar os seus sonhos e ideias.

    A sensao que a gente tem folheando este li-vro que estamos diante da histria do Brasil dos anos 50 ao final dos 90, do sculo passado, sen-do vivida, feita e pensada na singularidade de um intelectual militante como o Betinho. So fios de histria que surgem nos momentos, imagens, op-es, aes e reflexes do Betinho, que agregam sentido e revelam dimenses importantes para entender tanto as contradies em ao no per-odo, como o diferencial que faz a ao humana. No livro, Betinho se revela plenamente como ator e testemunha, ator que tece a ao e reflete sobre ela, entre muitos atores e fazeres de seu tempo.

    O Ibase, organizao de cidadania ativa, pblica e no estatal, parte direta desta histria do Betinho e do Brasil. Com este livro procuramos, ns mesmos, resgatar o que ele nos legou, sobretudo a dimenso da poltica, da cidadania viva, da construo demo-crtica, com ousadia e humanidade, com gentileza, por assim dizer. uma satisfao socializar tal lega-do de uma histria de busca generosa vivida plena-mente, no dia a dia, apesar das adversidades de um mundo melhor, de felicidade para todos e todas, na diversidade com igualdade cidad.

    Cndido GrzybowskiSOCILOGO E DIREtOR DO IbASE

    Um ousado cidado brasileiro

  • Sumrio

    APreSentAo 13

    o nascimento na revolta 17 Vida e morte juntas 25

    A revoluo se faz, no acontece 29 A AP e a UNE 35

    Sem a poltica no se vive 39 O Brasil de JK 47 O estado de circo 51 Reforma ou revoluo? 57

    o patricdio 61

    A ditadura e os seus turnos 71 O AI-5 e o Milagre 77 Da distenso Abertura 83

    Da guerra popular ao exlio 87 Ao exlio 93 Anistia 101

    A tragdia grega 105 Diretas J 113 A Nova Repblica 117 Constituinte 125 Tragdia, de novo 129 O fim da desgraa 133

    A vez da cidadania 137 Reforma agrria 145 Rio de Janeiro 151 Eco-92 157 Ao da Cidadania 163 O que democracia 175 Um socilogo no poder 181

    Aids, luta poltica 187 O caso do jogo do bicho 203 O fim da mudana 207

    CronoLoGiA 210

  • O Brasil de Betinho marca os 15 anos da morte de Herbert Jos de Souza, o Betinho, completados em 2012. O livro rene pensamentos, tiradas, falas de Betinho sobre 60 anos de histria re-cente do Brasil. Selecionadas de livros, textos e entrevistas de

    diferentes pocas, as citaes de Betinho tratam de eventos

    ocorridos do seu nascimento, em 3 de novembro de 1935,

    at a sua morte, aos 61 anos, em 9 de agosto de 97. O fun-

    dador da Ao Popular, o militante maosta, o exilado polti-

    co, o criador do Ibase, o coordenador da Ao da Cidadania

    contra a Fome, o ativista da aids, o socilogo Betinho par-

    ticipou de muitos dos momentos por ele aqui comentados.

    Em O Brasil de Betinho, o relato e a reflexo do socilogo sobre os fatos histricos se confundem com a descrio e a

    anlise dele sobre a sua prpria trajetria, j que ela foi to

    marcada pelas distintas conjunturas polticas, quanto as in-

    fluenciou e definiu. Vida e histria nesse caso revelam muito

    uma sobre a outra.

    Apesar de agrupadas de formas temtica e cronolgica,

    as citaes de Betinho mantm certa soberania entre elas e

    em relao aos demais contedos da publicao. No h um

    texto-guia que as costure ou algo do gnero. A opo foi pelo

    mosaico. Os organizadores se limitam a uma descrio do

    contexto histrico no incio de cada captulo e subcaptulo

    e s legendas das imagens. Fotografias, ilustraes,

    reprodues de documentos so parte destacada do mosaico.

    O papel delas menos ilustrar as aspas de Betinho, e

    mais estabelecer o clima e o ambiente do perodo sobre o

    qual os comentrios tratam e ao qual eles pertencem. Na

    composio entre imagens e citaes, O Brasil de Betinho propicia a contemplao e o passeio histricos.

  • norteia o livro a exposio Betinho e o Ibase, mon-tada em 2011 na Caixa Cultural Rio de Janeiro, por conta dos 30 anos de vida da entidade criada por Betinho. O esforo de seleo e organizao do material para a mostra muito ajudou na empreita-da desta publicao. A terceira referncia marcante Um abrao, Betinho (2005), livro no qual Dulce Pandolfi e Luciana Heymann navegam pelas car-tas, documentos e materiais diversos do Arquivo Herbert de Souza, que se encontra no Centro de Pesquisa e Documentao de Histria Contempo-rnea do Brasil (CPDOC) da Fundao Getlio Vargas (FGV).

    Por fim, fica aqui registrado o agradecimento es-pecial a pessoas e instituies que colaboraram de forma decisiva com a organizao e a edio de O Brasil de Betinho. O CPDOC da FGV cedeu a grande maioria das imagens histricas deste livro. A genero-sidade do CPDOC, a gentileza e a pacincia dos es-tagirios e pesquisadores da instituio foram chaves para que O Brasil de Betinho fosse viabilizado. Cley-de Afonso, do Canal Imaginrio, foi incentivadora e companheira do projeto, como tem sido de Betinho e do Ibase h dcadas. France Martin, uma das pou-cas caricaturistas mulheres do Brasil, no hesitou em nos ceder o desenho que ilustra a capa do livro. Mui-to obrigado tambm a Izabel Ferreira e Raquel Sil-va, ao Museu Histrico da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), ao Museu da Comunicao Hiplito Jos da Costa, ao Centro de Pesquisa e Documenta-o (CPDoc) do Jornal do Brasil, revista Isto e Fundao Maurcio Grabois.

    Bem-vindos ao Brasil de Betinho. Boa leitura. Boa viagem.

    O livro se divide em nove captulos: O nas-cimento na Revolta, A revoluo se faz, no acontece, Sem a poltica no se vive, O patri-cdio, A ditadura e os seus turnos