Informativo betinho #1 - Dezembro 2015

  • View
    214

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Informativo sobre as ações do mandato do vereador Betinho, de Campo Grande, MS.

Text of Informativo betinho #1 - Dezembro 2015

  • Desde que assumiu o mandato de vereador, a pouco mais de sete meses, Betinho (PRB) vem intensificando as visitas aos bairros da pe-riferia de Campo Grande para conhecer as demandas dessas comuni-dades, relacionar-se com as lideranas locais e colocar-se a disposio dos moradores.

    Nesse perodo, j esteve em mais de trinta bairros e vilas da capi-tal, entre os quais: Jardim Carioca, Jardim Panorama, Noroeste, Tijuca, Caiob, Santa Emlia, Anache, Z Pereira, Colmbia, Lageado, etc. Nessas visitas, recebeu diversas solicitaes de melhorias, tais como: iluminao pblica, limpeza de vias, cascalhamento e patrolamento, operao de tapa buracos, poda de rvores, limpeza de bueiros, entre outros. Mais de 500 pedidos de moradores foram encaminhados para a prefeitura resolver e muitos deles j foram atendidos, principalmente na regio do Nova Lima e Tiradentes.

    AO SOCIAL NO Z PEREIRAEm agosto, o vereador Betinho

    (PRB) realizou ao social A Esperana Nasce em Voc na Escola Municipal Desembargador Carlos Garcia de Queiroz, no bair-ro Jardim Z Pereira, localizado na

    Doadores de sangue e medula ssea tero iseno em taxas de concursos pblicos

    Projeto de lei cria a Semana Municipal de Preveno de Acidentes no Trabalho

    Betinho convoca audincia pblica para discutir a situao da Orla Morena

    BT Call Center ganha mais segurana

    LEIA TAMBM

    N 1 - DEZEMBRO DE 2015

    INFORMATIVO

    INDO ONDE O PROBLEMA ESTBetinho intensifica as visitas aos bairros da periferia

    pg 3

    pg 5

    pg 6

    pg 8

    Leia mais na pg 4

    rua Itaporanga com a Sagarana, s/n, prxima a Incubadora Municipal Z Pereira.

    Aproximadamente 600 pes-soas, entre jovens e adultos, com-pareceram no evento.

  • CONHEA O BETINHOHomem temente a Deus, leal famlia, aos amigos, s causas sociais e com imenso desejo em servir

    Aps ouvir a populao, Betinho vota a favor da abertura da Comisso Processante contra o ex-prefeito Gilmar Olarte

    Roberto Santana dos Santos, o Betinho como mais conhecido, um homem de f e de origem hu-milde. Acredita nos seus sonhos e corre atrs para realiz-los. Em sua jornada para se tornar um dos ve-readores de Campo Grande no foi diferente. Muitos o desencorajavam, dizendo que sendo pouco conheci-do, sem sobrenome de famlia tra-dicional, com poucos apoiadores, estrutura e dinheiro era impossvel ser eleito. Betinho nunca deu ouvi-do a esses argumentos, pois sem-pre confiou na sua capacidade de cativar as pessoas e convenc-las de que possvel mudar a poltica por meio dos bons exemplos e pela atuao das pessoas de bem.

    Betinho o mais velho dos trs filhos da dona Robenita Santana e do Sr. Jos Oliveira dos Santos. casado com Cristiane Maria, com quem tem dois filhos: Dudu, de 5 anos e Paulinho, de 2 anos. Sua fa-mlia o alicerce de sua vida e ela

    Em agosto, foram apresenta-das seis denncias contra o ento prefeito Gilma Olarte, sendo: 01) Falta de decoro no exerccio do cargo pela configurao de cor-rupo passiva e lavagem de ca-pitais; 02) Utilizao indevida de avio particular de um fornecedor da Prefeitura Municipal de Campo Grande, procedendo de modo in-compatvel com a dignidade e o de-coro do cargo; 03) Descumprimento da Lei Municipal 5.411/2014 que estipula o piso salarial do magis-trio; 04) Inobservncia da Lei da Ficha Limpa, que veda a admisso e nomeao para cargo, funo ou emprego pblico de pessoas que incidam nas hipteses de inelegi-bilidade previstas na legislao fe-deral; 05) Da ausncia dos proce-dimentos exigidos pela CF e a LRF

    que o mantm motivado para alcan-ar seus objetivos.

    Betinho atua como palestran-te motivacional e j proferiu seus ensinamentos para mais de 15 mil pessoas em todo estado. Tambm tcnico em segurana do trabalho, atividade que exerce h dez anos, tendo trabalhado em grandes em-presas, como o Call Center da OI (BT Call Center). atualmente vice-pre-sidente do Sindicato dos Tcnicos em Segurana do Trabalho de Mato Grosso do Sul e foi vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicaes de Mato Grosso do Sul.

    Betinho formado em Teologia e presbtero da Igreja Assembleia de Deus Misses. Tambm vice--presidente estadual do Partido Republicano Brasileiro. Em 2016 forma-se em Servio Social, profis-so totalmente voltada para uma de suas paixes: servir as pessoas e lu-tar contra as desiguladades sociais.

    de no demisso de comissionados e nomeao de efetivos durante o perodo em que se encontra no li-mite prudencial; 06) Ausncia de publicao do Relatrio Resumido da Execuo Oramentria do 1 Bimestre de 2015.

    Betinho considerou grave to-dos os itens denunciados e votou favoravelmente pela abertura de investigao em todos eles. Porm, em votao no plenrio, esta posi-o foi derrotada e, dos seis itens denunciados, apenas um foi aceito pela Casa. Com isso, a Comisso Processante insvestigou somente a suposta falta de decoro do prefeito Gilmar Olarte no exerccio de suas funes, em relao a configurao de corrupo passiva e lavagem de capitais.

    INFORMATIVO BETINHO

    2

  • Doadores de sangue e medula ssea tero iseno em taxas de concursos pblicos

    Mais acessibilidade e se-gurana no trabalho em estabelecimentos pblicos

    De autoria do vereador Betinho (PRB), o Projeto de Lei 8.082/15, que dispe sobre a iseno de taxa de concurso pblico munici-pal para doadores de medula ssea e doadores regulares de sangue em Campo Grande, foi aprovado por unanimidade pela Cmara de Vereadores e sancionado pelo pre-feito Alcides Bernal no dia 11 de dezembro. Portanto, esta medida j est em vigor e, de acordo com o projeto, os rgos e as entidades de mbito municipal que integram a ad-ministrao pblica ficam obrigados a incluir a iseno prevista nesta lei nos editais dos concursos pblicos.

    Para o parlamentar republica-no, a aprovao do projeto de lei tem como proposta no apenas estimular a doao de sangue, mas tambm incentivar o crescimento do nmero de doadores de medula ssea na Capital. A questo chave do Projeto de Lei est em expandir de forma consistente e sistemtica o nmero de doadores. O projeto oferece mais uma alternativa de estmulo para ampliar o cadastro e a captao de doadores de medula ssea e de doadores regulares de sangue. O nmero de pessoas que realizam concursos crescente. Ou seja, trata-se, sem dvidas, de uma oportunidade relevante para os concurseiros se tornarem doado-res. Acredito que essa medida pode ter um impacto significativo para a

    De autoria do vereador Betinho (PRB), emenda prev a adequao dos estabelecimentos pblicos de acordo com as normas de aces-sibilidade e segurana do traba-lho. Incorporada ao texto final do Projeto da LDO (Lei de Diretrizes Oramentrias) para 2016, e apro-vada pela Cmara de Vereadores, a proposta direciona o Poder Executivo na elaborao do ora-mento e aes para o prximo ano.

    Tcnico em Segurana do Trabalho, Betinho verificou em diver-sos rgos pblicos a existncia da necessidade de adequao dessas

    reduo do deficit de doadores, afirma o vereador Betinho.

    Segundo a Secretaria de Estado de Sade de Mato Grosso do Sul (SES/MS), o estado tem um grande nmero de doadores cadastrados no REDOME (Registro Brasileiro de Doadores Voluntrios de Medula ssea). Cerca de 7% da populao sul-mato-grossense est cadas-trada, um dos maiores percentuais do Pas. Um nmero que o rgo considera relevante, pois aumenta a chance de compatibilidade em caso de transplante de medula.

    instituies s normas que regem a Lei de Acessibilidade e a Segurana do Trabalho.

    Segundo o vereador, apesar de presente nos princpios que regem a cidade, as instituies pblicas no vm cumprindo com as normas, e, assim, esto causando transtor-no a todos que necessitam desses direitos. Falta mais conhecimento tcnico e sensibilidade poltica para o cumprimento dessas normas. E s assim, com o cumprimento de fato, que essas pessoas passaro a ter os seus direitos garantidos, afirma o vereador.

    Para a coordenadora do se-tor de medula ssea do Centro de Hematologia e Hemoterapia de Mato Grosso do Sul (Hemosul), a compatibilidade uma condio importante para que o transplante ocorra normalmente. Em nvel na-cional, a chance de encontrar um doador compatvel de 1 em 100 mil pessoas.

    Conforme o Projeto de Lei apre-sentando pelo vereador Betinho, para considerar-se doador regular de sangue, a pessoa tem que apre-sentar que realizou, no mnimo, trs

    doaes por ano, atestadas por r-go oficial ou entidade credenciada pelo poder pblico.

    Rui Barbosa, 3238 - CentroTel: (67) 3026-2323

    Rua XV de novembro, N 881 - CentroTel: (67) 3042-2400

    INFORMATIVO BETINHO

    3

  • Mais de 600 pessoas participaram da ao social A Esperana Nasce em Voc, no bairro Z Pereira

    Em agosto, o vereador Betinho realizou ao social A Esperana Nasce em Voc, na Escola Municipal Desembargador Carlos Garcia de Queiroz, no bairro Jardim Z Pereira, localizada na rua Itaporanga com a Sagarana, s/n, prxima a Incubadora Municipal Z Pereira.

    Aproximadamente 600 pes-soas, entre jovens e adultos, com-pareceram na iniciativa. Na opor-tunidade, foram oferecidos aos moradores da localidade e regio diversos servios de utilidade p-blica, entre eles, encaminhamento e intermediao de emprego, rea-lizado pela FUNTRAB (Fundao do Trabalho de Mato Grosso do Sul).

    Fico feliz com a participao em grande nmero da comunida-de do bairro Z Pereira. uma re-gio que carece de um olhar aten-to do poder pblico. Aproveitei o momento, para deixar o meu mandato a disposio para que

    possamos contribuir para a cons-truo de uma Campo Grande mais igualitria e socialmente jus-ta para todos, afirma o vereador Betinho.

    O projeto A Esperana Nasce em Voc contou com o apoio da SEGOV (Secretaria Municipal de Governo e Relaes Institucionais), FUNTRAB (Fundao do Trabalho de Mato Grosso do Sul), FUNDAC (Fundao Municipal de Cultura), SESAU (Secretaria Municipal de Sade Pblica), SAS (Secretaria Municipal de Assi