Click here to load reader

Revista 6ª edição

  • View
    225

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Revista 6ª edição

  • Revista daSuinoculturaPUBLICAO BIMESTRAL DA ASSOCIAO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE SUNOS ANO 2 N 06 JUN/JUL 2012

    Revista da

    DOS SUINOCULTORES

    FORa pOLTICa

  • Nos negcios, crises e oportunidades so uma palavra s. Num momento desfavorvel, tere-mos sempre a chance de escolher: ou renascemos da crise ou nos afundamos nela. A garra e a emoo nos trouxeram at aqui, fomos obrigados a buscar solues, a rever posies, a arriscar e conquistar novos espaos.

    Foi no momento mais grave da crise que ns produtores conseguimos mostrar a unio do setor, uma manifestao de mais de 700 produtores de sunos na capital da repblica, com suinocultores de todos os estados produtores do Brasil. Grandes e pequenos, industriais e familiares, do nordeste e do sul, de nibus ou avio, todos vieram com um s propsito, defender a sua permanncia na produo de sunos. O Congresso Nacional teve que parar para ouvir os produtores. As ruas de Braslia acostumadas a desfiles de autoridades teve que ceder lugar a quem produz. Deputados, senadores e ministros ouviram os produtores, e tiveram que, pelo menos naquele dia 12 de julho, voltar sua ateno para a nossa ativi-dade. No h melhor oportunidade que essa!

    Oportunidade de falarmos para quem decide, de mostrarmos a nossa unio, de expressarmos as nossas angstias e de apresentarmos as nossas insatisfaes. No jargo de Braslia o que os produtores de sunos mostram foi fora poltica. E isso meus amigos, muito importante. No centro das decises somente tem voz quem tem fora poltica, e os produtores de sunos brasileiros pela primeira vez mos-traram isso publicamente. Era indispensvel que, no s o governo, mas tambm a sociedade conhe-cessem nossa realidade, nossos argumentos. Foi fundamental que o Brasil tomasse conhecimento do peso econmico e social da suinocultura brasileira.

    Esta crise vai passar, mas viro outras. Muitos tero ficado pelo caminho, mas outros tantos continuaro a produzir. Mas no podemos nos esquecer desta lio. Para sermos ouvidos, termos que ser fortes. Para sermos ouvidos, temos que ter voz poltica. Para sermos ouvidos, temos que ser bem representados.

    A entidade maior dos suinocultores brasileiros precisa se fortalecer cada vez mais. A ABCS no a voz do presidente, a ABCS a voz dos produtores de sunos do Brasil. A crise mostrou isso muito bem. Vamos engrossar a nossa voz, vamos fortalecer a nossa entidade.

    Os suinocultores esto de parabns por terem chegado at aqui. E tero muito orgulho do que, juntos, ainda certamente conseguiremos realizar por meio da ABCS.

    Marcelo LopesPresidente da Associao Brasileira

    dos Criadores de Sunos

    Editorial

    Expediente

    ABCS - ASSOCIAO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE SUNOS

    Sede Braslia / Setor de Indstrias GrficasQuadra 01 | Lote 495 |Ed. Baro do Rio Branco Sala 118 | CEP: [email protected]

    CONSELHEIRO PRESIDENTE

    Marcelo Lopes (DF)

    CONSELHEIRO FINANCEIRO

    Jos Arnaldo C. Penna (MG)

    CONSELHEIRO TCNICO

    Marcelo Plcido Correa (BA)

    CONSELHEIRO DE RELAES DE MERCADO

    Valdecir Folador (RS)

    CONSELHEIRO ADMINISTRATIVO

    Irineu Wessler (PR)

    JORNALISTA RESPONSVEL

    Tayara Beraldi

    PROJETO GRFICO

    Cannes Publicidade / Duo Design

    DIAGRAMAO

    Duo Design

    A ABCS consciente das questes ambientais e sociais, utiliza papis com certificao (Forest Stewardship Council) na impresso deste material. A certificao FSC garante que a matria-prima proveniente de florestas manejadas de forma ecologicamente correta, socialmente justa e economicamente vivel, e outras fontes controladas. Impresso na Grfica Coronrio - Certificada na Cadeia de Custdia - FSC.

  • ndice

    18 Misso Franco ibrica

    24 Por Dentro Do setorA crise da suinocultura brasileira

    28 resultaDos PnDs So Paulo / PRACTIS atualiza profissionais de granjas paulistas / 26

    6 Giro abcsAcrismat promove 1 gincana da carne suna / 6

    AMS e ABCS promovem curso de cortes no evento Leito Marechal / 6

    Cartilha da ABCS com receitas de carne suna ganha prmio de qualidade / 7

    Acrismat realiza 8 Encontro de Suinocultores em Sorriso / 7

    8 caPaFora poltica: protesto busca medidas para crise dos suinocultores

    46 sabor subliMePolpetone de carne suna / 46

    14 entrevista Deputado Vilson Covatti: Uma nova Frente para a suinocultura

    Bahia / SUINTEC Bahia: consultoria registra avano na qualidade da produo / 38

    DiStrito FeDeral / Granjas e frigorficos de Braslia recebem consultoria ambiental e aprimoramento do processo de industrializao / 40

    eSPrito Santo / PNDS desenvolve ao especfica para inserira carne suna em sistema prisional / 42

    44 entre aMiGosCASP destaca a importncia da climatizao em granjas de sunos / 44

    Agroceres PIC prepara-se para lanar dois novos machos reprodutores comerciais / 44

    O aliado da produtividade / 45

    Cristiano Leite de Godoy assume Coordenao Tcnica de Suinocultura / 45

    A marca da gentica suna / 45

    rio GranDe Do Sul / Ciclo de aes capacita mais de 170 profissionais gachos / 32

    GiaS / Teatro sobre qualidade da carne suna rene mais de 14 mil crianas em Goinia / 33

    MinaS GeraiS / Suinocultura de Minas Gerais recebe programa pioneiro de gesto / 34

    Santa Catarina /Agroindstria de SC busca melhoria com instalao de BPF / 36

    Cear / Dados confirmam evoluo naproduo de sunos no Cear aps SUINTEC / 37

  • 6REVI

    STA

    DA

    SU

    INO

    CULT

    URA

    Ju

    N/J

    uL

    2012

    A 1 Gincana da carne suna foi reali-zada durante a 48 Expoagro, Feira de Exposio Internacional, Agrope-curia, Industrial e Comercial de Mato Grosso, que visa a troca de informa-es e oportunidade de novos neg-cios. Organizado pela Associao dos Criadores de Sunos de Mato Grosso (ACRISMAT) em parceria com o SENAC/MT, a gincana teve como objetivo valo-rizar a criatividade dos chefs de cozinha profissionais (representantes de bares, buffets e restaurantes) e alunos dos cursos de gastronomia de Cuiab.

    Para a escolha do prato vencedor, cerca de 10 jurados experimentaram 18 pratos a base de carne suna prepa-rados espacialmente para a gincana pelos candidatos. A vencedora foi a chefe de cozinha do restaurante Es-tao do Po, Rosane Lammel, com a receita de medalho de fil suno Es-pecial do Chef.

    De acordo com presidente da Acrismat, Paulo Lucion, a gincana demonstrou de forma prtica a versa-tilidade da carne suna. Existem muitas receitas e pratos que podem ser feitos

    com a carne suna e muitas vezes as pessoas no sabem ou no conhecem esses tipos de receitas, encerra. u

    Giro ABCS

    uma iniciativa da Associao Mu-nicipal de Suinocultores (AMS) em parceria com o Projeto Nacional de Desenvolvimento da suinocul-tura (PNDS) e o apoio da Mig-Plus e da prefeitura de Marechal Cndido

    Rondon/PR, levou o curso de tecno-logia em cortes sunos para a regio paranaense. O encontro aconteceu na 8 edio do festival Leito Marechal que reuniu nesta edio mais de 3 mil pessoas, segundo a

    organizao. Com a presena do con-sultor em cortes su-nos, Daniel Furtado, ma is de 30 aou-g u e i ro s p u d e r a m aprender cerca de 40 tipos diferentes de cortes da carcaa suna.

    Para Flaur i Mi-g l iavacca , d i retor

    da Mig-Plus Agroindustrial e incen-tivador da ao na regio, a inicia-tiva muda pensamentos precon-ceituosos e ajuda no crescimento do mercado. Incentivei a presena desses cursos, pois acredito que podem promover a carne suna, fazendo com que o consumidor tenha um produto com cortes mais prticos para o dia a dia.

    Segundo o presidente da AMS, Paulo Foster, cr iar ambiente que promovam a carne suna impres-cindvel para o seu desenvolvimen-to. O curso foi um incentivo ao consumo da carne suna. Quanto mais a sociedade consome mais a produo ganha fora, encerra. u

    AMS e ABCS proMoveM CurSo de CorteS no evento Leito MAreChAL

    ACriSMAt proMove 1 ginCAnA dA CArne SunA

    Medalho de fil suno Especial do Chef foi o prato vencedor da gincana

    Em sua 8 edio o festival aconteceu na regio de Marechal Cndido Rondon/PR, e recebeu mais de 30 aougueiros para o curso

    Vencedora da gincana, Rosane Lammel, comemora com o prmio em mos.

    Daniel Furtado mostra as tcnicas de cortes sunos aos aougueiros de Rondon/PR.

  • 7RE

    VIST

    A D

    A S

    UIN

    OCU

    LTU

    RA

    JuN

    /Ju

    L 20

    12

    O Prmio de Excelncia Grfica Jorge Salim, organizado pelo Sindicato das Indstrias Grficas do Distrito Federal (Sindigraf-DF) e o Sis-tema FIBRA (Federao das Indstrias do Distrito Federal), chega em sua dcima-segunda edio, sendo con-siderado o mais importante evento grfico da regio Centro-Oeste. Por meio da Athalaia grfica e editora, em-presa com mais de 20 anos de histria, a cartilha Carne suna: receitas para churrasco foi premiada na categoria folhetos promocionais. Desenvolvida com o objetivo de disseminar os cortes da carne suna, mais apropriados para

    o churrasco, a car-t i lha contem mais de 10 tipos de cor-tes e dicas nutricionais referentes saudabilida-de da carne suna.

    Para a coorde-nadora nacional do PNDS, Lvia Machado, a pre-miao tambm uma forma de promover a carne suna a diferentes pblicos. Com a exposio da cartilha

    de churrasco de carne suna no evento, foi possvel mos-

    trar a sociedade os materais de divulgao da c a r n e s u n a

    seus benefcios e as vrias possi-

    bilidades de sabor que a carne suna oferece, diz.O Prmio de Excelncia Gr-

    fica Jorge Salim uma vitrine para o trabalho realizado pelas empresas gr-ficas do Distrito Federal e um incentivo qualidade. u

    CArtiLhA dA ABCS CoM reCeitAS de CArne SunA gAnhA prMio de quALidAde

    Mais de 160 suinocultores e produ-tores rurais