of 18/18
VANGUARDAS EUROPÉIAS Fauvismo, Cubismo, Surrealismo, Futurismo, Dadaísmo, Expressionismo e Suprematismo

Fauvismo, Cubismo, Surrealismo, Futurismo, Dadaísmo ... · VANGUARDAS EUROPÉIAS Fauvismo, Cubismo, Surrealismo, Futurismo, Dadaísmo, Expressionismo e Suprematismo . CONTEXTO HISTÓRICO

  • View
    242

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of Fauvismo, Cubismo, Surrealismo, Futurismo, Dadaísmo ... · VANGUARDAS EUROPÉIAS Fauvismo,...

VANGUARDAS EUROPIAS

Fauvismo, Cubismo, Surrealismo, Futurismo, Dadasmo,

Expressionismo e Suprematismo

CONTEXTO HISTRICO

As vanguardas europias foram manifestaes

artstico-literrias surgidas na Europa, nas duas

primeiras dcadas do Sculo XX, e vieram provocar

uma ruptura da arte moderna com a tradio

cultural do sculo anterior. Com o advento da

tecnologia, as consequncias da Revoluo Industrial,

a Primeira Guerra Mundial e atmosfera poltica que

resultou destes grandes acontecimentos, surgiu um

sentimento nacionalista.

Vrias correntes ideolgicas foram criadas, como o nazismo, o fascismo e o comunismo, e tambm surgiram os movimentos artsticos que chamamos de vanguardas. Todos pautavam-se no mesmo objetivo, que era o questionamento, a quebra dos padres, o protesto contra a arte conservadora, a criao de novos padres estticos, que fossem mais coerentes com a realidade histrica e social do sculo que surgia. Estas manifestaes se destacaram por sua radicalidade, que influenciaram a arte de todo o mundo.

FAUVISMO

O fauvismo uma corrente artstica do incio do sculo XX aliada

pintura, tendo como uma das caractersticas a mxima expresso

pictrica, onde as cores so utilizadas com intensidade, alm de

outras, como a simplificao das formas, o estudo das cores. Os seus

temas eram leves, e no tinham inteno crtica, revelando apenas

emoes e alegria de viver. As cores eram utilizadas puras, para

delimitar planos, criar a perspectiva e modelar o volume. O principal

representante do movimento Fauvista foi Henri Matisse, que tinha por

caracterstica a despreocupao com o realismo, onde as coisas

representadas eram menos importantes do que a forma de

represent-las.

Os princpios desse movimento foram: Criar, em arte, no possui

relao com o intelecto ou sentimentos; Criar considerar os impulsos

do instinto e das sensaes primrias; Exaltao da cor pura.

Natureza morta com

peixes vermelhos -

Henri Matisse

Mulher de chapu Henri

Matisse

CUBISMO

Teve maior representatividade entre os anos de 1907 e 1914, mais especificamente na pintura. Seu propsito era decompor, fragmentar as formas geomtricas. Investia na subjetividade de interpretao das obras, afirmando que um mesmo objeto poderia ser visto de vrios ngulos, tambm fragmentavam a realidade e permitiam uma desconstruo da viso clssica sobre o tempo e o espao. Os principais artistas que representaram esta vanguarda foram: Pablo Picasso, Fernand Lger, Andr de Lothe, Juan Gris e Georges Braque, na pintura.

Guernica Pablo Picasso As Senhoritas de Avignon

Pablo Picasso

SURREALISMO

Surgiu na Frana em 1924, defendeu a criao por meio das experincias nascidas no imaginrio e da atmosfera onrica. Trouxe para a arte concepes freudianas, relacionadas psicanlise. Segundo esta vanguarda, a arte deve surgir do inconsciente sem que haja interferncias da razo. Trabalha frequentemente com elementos como a fantasia, o devaneio e a loucura. Salvador Dal foi seu principal representante.

A Face da Guerra -

Salvador Dal

O Carnaval do Arlequim -

Joan Mir

FUTURISMO

Surgiu atravs do Manifesto Futurista, criado pelo italiano Tommaso Marinetti em 1909. Foi o movimento mais radical e subversivo. Suas proposies eram negar o passado, o academicismo e trazer o interesse ideolgico, a pesquisa, a experimentao, a tcnica e a tecnologia para a arte, a exaltao da tecnologia, da mquina, da indstria em geral. Anita Malfatti foi a principal representante da pintura futurista no Brasil.

Velocidade de um automvel Giacomo Balla

Esprito do tempo Luigi Russolo

DADAISMO

Surgiu em 1916 em plena Primeira Guerra Mundial, a partir do encontro de alguns artistas refugiados que buscaram produzir algo que chocasse a burguesia. mais um reflexo das emoes causadas pela Guerra, tais como revolta, agressividade e indignao. Os artistas desse perodo eram contra o capitalismo burgus e a guerra promovida com motivao capitalista. A inteno desta vanguarda destruir os valores burgueses e a arte tradicional. na Alemanha, Raoul Haussmann, Johannes Baader, John Heartfield, Kurt Schwitters, Max Ernst. Nos EUA, encontrava-se Francis Picabia, Marcel Duchamp e Man Ray.

Roda de bicicleta - Marcel

Duchamp

Pastor de Nuvens - Hans

Arp

EXPRESSIONISMO

Surgido em 1912, expressava a agitao e

inquietao que buscava subverter a esttica

da poca. A pintura expressionista busca a

manifestao do mundo interior atravs das

feies, a materializao do sentimento do

artista a respeito de algo vivenciado, sem a

preocupao em embelezar a imagem. Van

Gogh foi o principal artista do movimento.

Noite Estrelada Van

Gogh O Grito Edvard Munch

SUPREMATISMO

O Suprematismo uma escola russa da arte abstrata fundada pelo artista plstico Kazimir Malevich. Ele se baseia em figuras geomtricas primordiais, o quadrado e o crculo. Esta escola busca uma produo artstica sem nenhum vnculo com aes concretas ou sociais, e sim com o resultado visual da forma. Assim, a arte suprematista defende a superioridade das emoes genunas, procura se desligar de qualquer esforo para mimetizar a natureza e tambm das iluses formais, das preocupaes naturalistas com a luz e a cor.

O Suprematismo privilegia a essncia da sensibilidade, sem se importar com o seu ambiente original. Seus artistas acreditam em uma quarta dimenso visual. Portanto, o suprematismo simboliza exatamente essa frao do real, este universo subjetivo, que consistiria em uma fora espiritual de natureza abstrata, invisvel aos olhos humanos, mas ainda assim muito concreto.

Avio voando Kasimir

Malevich

Quadrado preto sobre

fundo branco Malevich