História da Arte - Linha do Tempo

  • Published on
    15-Jul-2015

  • View
    263

  • Download
    1

Transcript

<p>Histria da Arte - Linha do Tempo5.000.000 a 3200 a.C. 3200 a.C. ao sc. IV d.C. Sc. IV d.C. ao XIV Sc. XIV ao XIX Sc. XIX at 1950 A partir de 1950</p> <p>PR- HISTRIA - Paleoltico Neoltico -Idade dos Metais; -Primeiras manifestaes artsticas, pinturas e gravuras encontradas nas paredes das cavernas, dana e msica, instrumentos musicais.</p> <p>ANTIGIDADE -Aparecimento da escrita que sucede at a queda do imprio romano. Perodo das grandes civilizaes, como a Mesopotmia, Egito, Grcia, e Roma. Mesopotmia: Construes em adobes (tijolo preparado com argila crua e secado ao sol); Tambm outros povos se desenvolviam ao mesmo tempo. (Pirmides Quops, Qufren e Miquerinos) EgpcioGrande civilizao.Povo excessivamente religioso e mstico, toda sua vida girava em torno da crena de que a alma voltaria a habitar o mesmo corpo.Monumentos funerrios, religiosos. Lei do frontalidade. Grcia: Basicamente ligada aos templos (Colunas Drica, Jnica e Corntia). -Buscavam no homem e na vida inspirao (padro de beleza). -Uso da figura geomtrica ou cenas mitolgicas. -Teatro (arena). Romanos-Construes mais tpicas so</p> <p>ARTE MEDIEVAL -Deus centro do universo; -Arte distante do povo, direcionada para os nobres e a religiao Arte Bizantina: mosaico Romnica: uso de rosceas para facilitar a iluminao interna dos templos; Gticos: teocentrismo atingiu seu apogeu, toda a vida do homem deveria ser voltada para o aspecto religioso e as igrejas deveriam tornar- se amplas e mais altas.</p> <p>ARTE MODERNA RENASCIMENTO: ARTE ACADMICA (Perfeio a partir da arte Clssica) -Do teocentrismo Medieval o homem avana para o humanismo e coloca- se como centro do universo. -Descobre que existem outros povos que habitam o planeta; -Surge a renovao artstica e cultural. -Os artistas voltam a estudar o corpo humano, procurando perfeio e harmonia das formas, buscando inspirao nos Greco-Romanos: esculturas como a Piet de Miguel ngelo Buonarotti, Giotto o percursor do renascimento, mas Leonardo da Vinci considerado um dos maiores gnios da humanidade. BARROCO: -Foi utilizada em relao a arte porque os artistas no observam mais as rgidas regras estabelecidas no renascimento. -No Barroco predomina o aspecto emocional, juntamente com o sentimento religioso. -Abundncia de detalhes,violentos contrastes de luz e sombra. ROCOC: - graa elegncia, erotismo e inspirao mundana. -Os pintores deste estilo usam pinceladas rpidas, leves e delicadas. -O desenho decorativo.</p> <p>ARTE PS- MODERNA IMPRESSIONISMO: Pintura baseada nas diversas variaes da cor da luz. Pintavam ao ar livre, procurando fixar em suas telas a luminosidade e a atmosfera do ambiente. Artistas: Manet, Monet, Czanne, Degas, Renoir. EXPRESSIONISMO: Surge em oposio ao impressionismo e reflete a angstia e a instabilidade do perodo entre a primeira e segunda Guerra Mundial. Pintura deformada de imagens e da realidade, emocional, sentimental, utilizando temas como o amor, o dio, a misria, o medo, a solido, a prostituio e outros. Artistas: Van Gogh, Munch FOVISMO: Deformadores de imagens da realidade por isso em suas telas no produzem sentimentos, mas simplesmente sensaes, impulsos vitais. uma pintura que</p> <p>ARTE CONTEMPORNEA DADASMO: Pintura irracional, sem sentido, debochada, satrica. Reflete um esprito de insatisfao e tdio, pois surgiu num perodo de saturao cultural. Desordem duvida improvisao. Artista: Duchamp FUTURISMO: Pintura dinmica, vertiginosa, compatvel com a velocidade da era da maquina. Usam formas geomtricas para dar movimento. Artista: Duchamp OP ART: Prope participao ativa do contemplador na obra. Criao em srie, simboliza o mundo precrio. Artista: Vassarely. POP ART: Evidencia o cotidiano, o comum. Exagero de formas para chamar ateno. Expresso do vulgarismo americano valorizando produtos fabricados e</p> <p>templos, baslicas, circos, teatros, anfiteatros, e aquedutos; -Decorao de paredes -Retratos.</p> <p>-As cores so claras e luminosas. -Nus femininos. ARTE NEOCLSSICA: -Tendncia artstica e literria que surgiu em contraposio as idias do Barroco e do Rococ. -Este estilo representa a restaurao ou reconstruo das formas artsticas da Antigidade Clssica e Greco Romana. ROMANTISMO: -H a valorizao do extico, do pitoresco, do fantstico e do aventuroso. -Delacroix o expoente mximo da pintura romntica. -Alto relevo, liberdade de composio,exuberncia de cor vermelho, contraste de luz e sombra, pinceladas livres. REALISMO: -Surgiu contrapondo a idia do romantismo. -O avano tecnolgico fez com que os homens se voltassem para o real, concreto, ocientfico, o objetivo. Comea a surgir grandes edifcios de ferro, concreto e vidro,muito ao. -desaparecem das pinturas os santos, histrias e literrios. -O pintor s pinta o que viu e o que est vendo. -Artista: Rodin</p> <p>agride por suas cores fortes e quentes. O desenho e a forma esto em segundo plano. Artista: Matisse CUBISMO: Simplificao e geometrizao da forma. Abandono da terceira dimenso. Trata as formas como se fossem cones, esferas e cilindros. Artistas: Pablo Picasso, Mondrian. ABSTRACIONISMO: uma pintura cuja forma no possui qualquer relao com as imagens ou aparncias da realidade exterior. Artista: Kandinsk, Mondrian, Paul Klee, Duchamp. SURREALISMO: Sem preocupao esttica ou moral baseia-se inteiramente no comando do subconsciente. Baseado no valores do sonho e suas associaes. Artistas: Dali, Miro, Picasso.</p> <p>consumidos em massa. Artista: Warhol ARTE CONCEITUAL VIDEOARTE PERFORMANCE INSTALAES</p>