Linha do tempo - Síntese da História do IBGE - Memória IBGE

  • Published on
    07-Jan-2017

  • View
    217

  • Download
    3

Embed Size (px)

Transcript

  • Linha do tempo sntese da Histria do IBGE (1936-2011) Fonte: (maio 2013)

    1

    1933 Comisso Interministerial reunida para avaliar e sugerir formas de reorganizao dos servios estatsticos no

    Brasil apresenta o anteprojeto de um Instituto Nacional de Estatstica. Formada por iniciativa

    de Juarez Tvora, ministro da Agricultura do Governo Provisrio (1930-1934) de Vargas, a comisso foi

    dirigida por Leo de Affonseca, chefe do recm-criado Departamento Nacional de Estatstica. Seu relator

    foi Mrio Augusto Teixeira de Freitas, ento Diretor Geral de Informaes, Estatstica e Divulgao do

    Ministrio da Educao e Sade Pblica, que viria a ser o primeiro secretrio-geral do IBGE.

    1936 Em 29 de maio, o Instituto Nacional de Estatstica (INE) instalado por Getlio Vargas, que

    empossa Jos Carlos de Macedo Soares como seu primeiro presidente (1936-1951). A nova entidade,

    legalmente instituda em 1934 por meio do Decreto n 24.609, deveria coordenar a "federao de

    reparties" sugerida no anteprojeto apresentado em 1933.

    No mesmo ano, a Conveno Nacional de Estatstica (11/ago) cria o Conselho Nacional de

    Estatstica (CNE). A articulao entre os governos seria viabilizada com base no princpio da cooperao

    interadministrativa, por meio de acordo voluntrio entre os Governos da Unio, do Distrito Federal, dos

    estados e do Territrio do Acre. A Conveno serviu como base legal para o que Vargas chamaria de

    "arcabouo dos sistemas de informao do pas", constituindo uma espcie de "Carta Magna" do Sistema

    Estatstico Nacional (SEN) que se estruturava. O mesmo princpio seria mobilizado, em seguida, para

    integrar ao sistema os governos dos municpios e entidades privadas, tendo em vista os objetivos de

    racionalizar e padronizar a produo de levantamentos estatsticos no pas, sempre sob a coordenao do

    Instituto.

    1937 criado, tambm com base no princpio da cooperao interadministrativa, o Conselho Brasileiro de

    Geografia (CBG), incorporado ao Instituto Nacional de Estatstica (INE) e autorizado a aderir Unio

    Geogrfica Internacional (UGI). O primeiro secretrio-geral do CBG foi Christovam Leite de Castro, que

    tinha chefiado a Seo de Estatstica Territorial do Ministrio da Agricultura entre 1933 e 1937. Tal Seo

    era subordinada Diretoria de Estatstica da Produo, que desde 1936 centralizava os trabalhos de

    Cartografia Geogrfica necessrios Estatstica.

    1938 Em 26 de janeiro, j sob a ditadura do Estado Novo, o Decreto-Lei n 218 cria o Instituto Brasileiro de

    Geografia e Estatstica (IBGE) a partir do Instituto Nacional de Estatstica (INE). O IBGE ter dois

    rgos colegiados e autnomos: o Conselho Nacional de Geografia (CNG), novo nome do CBG; e o

    Conselho Nacional de Estatstica (CNE).

    Em 2 de maro, o Decreto-Lei n 311, conhecido como Lei Geogrfica do Estado Novo, determina nova

    Diviso Territorial do pas e lana a "campanha dos mapas municipais". Como fruto desse trabalho, 1.574

    municpios apresentariam sua "imagem cartogrfica" na Exposio Nacional dos Mapas Municipais,

    inaugurada em todas as capitais do pas no dia 29 de maio de 1940.

    1933

    1936

    1937

    1938

    1939

    1942

    1943

    1944

    1952

    1953 .

    1960

    1967

    1968

    1971

    1973

    1974

    1975

    1984

    1985

    1990

    1994

    1995

    1997

    2002

    2006

    2008

    2010

    2011

    https://memoria.ibge.gov.br/sinteses-historicas/pioneiros-do-ibge/mario-augusto-teixeira-de-freitashttps://memoria.ibge.gov.br/sinteses-historicas/galeria-da-presidentes/jose-carlos-de-macedo-soareshttps://memoria.ibge.gov.br/sinteses-historicas/pioneiros-do-ibge/christovam-leite-de-castrohttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1933.4.jpg

  • Linha do tempo sntese da Histria do IBGE (1936-2011) Fonte: (maio 2013)

    2

    1939 Coordenada pelo engenheiro Allyrio Hugueney de Mattos, a Campanha de Levantamento Intensivo das

    Coordenadas Geogrficas das Sedes Municipais marcou o primeiro perodo de atividades geodsicas

    sistemticas realizadas pelo IBGE. Com o objetivo de atualizar a Carta Geogrfica do Brasil ao Milionsimo,

    cuja primeira edio fora publicada pelo Clube de Engenharia em 1922, um total de 602 coordenadas foram

    levantadas em cidades e vilas de todo o pas, entre 1939 e 1943. No ano de 1944 o IBGE inciou a

    estruturao do Sistema Geodsico Brasileiro (SGB), que at 1978 estaria calcado em mtodos de

    posicionamento denominados "clssicos" (triangulao, mtodos astronmicos e poligonao geodsica,

    aplicados at meados dos anos 1990 com o recurso a equipamentos como teodolitos e medidores eletrnicos

    de distncias).

    Para saber o que Geodsia, acesse o contedo Especial sobre o assunto no canal IBGE 7a12.

    1942 Entra em vigor a nova Diviso Regional do Brasil, que agrega as Unidades Federadas em 5 Grandes

    Regies (com subdivises internas), conforme proposta de Fbio Macedo Soares Guimares: Norte, Nordeste,

    Leste, Sul e Centro-Oeste. Em 1945 seria estabelecida tambm a Diviso do Brasil em Zonas

    Fisiogrficas, que o IBGE utilizou para divulgar dados estatsticos at 1970, quando nova regionalizao do

    pas seria baseada em microrregies homogneas.

    Incio da celebrao de Convnios Nacionais de Estatstica Municipal, que regulamentam a criao e

    funcionamento de Reparties Municipais de Estatstica - futuras Agncias Municipais de Estatstica

    (AMEs) - como fruto da cooperao interadministrativa. No contexto da 2 Guerra Mundial (1939-1945),

    aumentava a demanda por dados estatsticos relevantes para a Segurana Nacional.

    1943 Expedio ao Jalapo, em 1943, conclui levantamentos cartogrficos necessrios confeco de uma das

    folhas da Carta do Brasil ao Milionsimo. Entre as dcadas de 1940 e 1960, as expedies geogrficas do

    IBGE contriburam para afirmar o trabalho de campo como mtodo de ensino e pesquisa de Geografia sob

    influncia de gegrafos franceses que participaram da institucionalizao dos cursos universitrios da rea no

    Brasil, a exemplo de Pierre Deffontaines e Francis Ruellan. Nesse perodo, disseminadas principalmente a

    partir da Seo de Estudos do CNG, as expedies serviram de instrumento do Estado brasileiro no

    reconhecimento e integrao do territrio nacional, consolidando o IBGE como centro produtor de anlises

    voltadas ao planejamento territorial. As expedies geogrficas simbolizaram, enfim, o papel do CNG como

    referncia nacional na estruturao do campo profissional da Geografia no Brasil, motivo por que as dcadas

    de 1940 e 1950 so consideradas a "poca de ouro" dos trabalhos de campo, sintetizada de maneira

    emblemtica no XVIII Congresso Internacional de Geografia da Unio Geogrfica Internacional (UGI),

    realizado no Rio de Janeiro em 1956.

    1933

    1936

    1937

    1938

    1939

    1942

    1943

    1944

    1952

    1953 .

    1960

    1967

    1968

    1971

    1973

    1974

    1975

    1984

    1985

    1990

    1994

    1995

    1997

    2002

    2006

    2008

    2010

    2011

    https://memoria.ibge.gov.br/sinteses-historicas/pioneiros-do-ibge/allyrio-hugueney-de-mattoshttps://www.ibge.gov.br/home/geociencias/geodesia/default_sgb_int.shtmhttp://7a12.ibge.gov.br/especiais/geodesiahttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1942.2.jpghttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1942.3.jpghttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1942.4.jpghttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1942.5.jpghttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1942.6.jpghttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1942.7.jpghttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1942.8.jpghttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1942.9.jpghttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1942.10.jpghttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1942.11.jpghttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1942.12.jpghttps://www.ibge.gov.br/home/geociencias/geografia/default_div_int.shtm?c=1https://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1933.4.jpg

  • Linha do tempo sntese da Histria do IBGE (1936-2011) Fonte: (maio 2013)

    3

    1944 Criao das Inspetorias Regionais de Estatstica Municipal (IRs), representaes que o IBGE

    mantinha em cada estado. No intuito de viabilizar a execuo dos Convnios Nacionais de Estatstica

    Municipal, s Inspetorias cabia prestar assessoria tcnica s Agncias Municipais de Estatstica (AMEs).

    Entre suas atribuies inclua-se, ainda, a fiscalizao do recolhimento do imposto sobre diverses pblicas

    (a cota ou "selo de estatstica"), criado em 1942 e recolhido a partir de 1944 para financiar uma Caixa

    Nacional de Estatstica Municipal.

    1952 "Crise da estatstica": o general Djalma Poli Coelho, novo presidente do IBGE (1951-1952), divulga por

    meio da imprensa crticas s bases do sistema estatstico nacional e aos procedimentos tcnicos do IBGE.

    Comisso designada pelo governo federal para estudar e emitir parecer tcnico sobre a questo desautoriza

    os questionamentos de Poli Coelho e as propostas de mudanas sugeridas por Lourival Cmara. O general

    deixaria a presidncia do IBGE em junho de 1952.

    1953 Criao da Escola Brasileira de Estatstica, dirigida por Lourival Cmara e (re)batizada, em 1954, com o

    nome de Escola Nacional de Cincias Estatsticas ENCE. Concebida como espao para a formao de

    tcnicos de nvel superior, visava a atender demanda por pessoal qualificado para as novas e cada vez

    mais complexas pesquisas estatsticas no pas.

    Primeira faculdade de Estatstica do Brasil, a ENCE segue como parte do IBGE at hoje, mas tambm

    oferece cursos de ps-graduao lato sensu (Especializao em Anlise Ambiental e Gesto do Territrio,

    desde 1997) e stricto sensu (Mestrado em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais, desde 1998), alm de

    projetar a criao de um curso de Doutorado a partir de 2014.

    Saiba mais sobre a histria da ENCE.

    1960 O censo de 1960, stimo da histria do pas, introduz tcnicas de amostragem na produo de estatsticas.

    Para a apurao dos dados, a importao de um computador de grande porte produziu significativa

    repercusso: o Univac 1105, fornecido pela empresa Remington Rand, foi ento chamado de "crebro

    eletrnico".

    1967 A Reforma Administrativa Federal, iniciada pela ditadura civil-militar ainda no governo Castelo Branco (1964-

    1967), transforma a antiga autarquia IBGE em Fundao Instituto Brasileiro de Geografia e

    Estatstica (sem alterao da sigla). Com a mudana, o IBGE estaria subordinado ao Ministrio do

    Planejamento e Coordenao Geral (MPCG). Antes disso, o INE/IBGE fora ligado diretamente Presidncia

    da Repblica, de 1934 a 1964, e ao Ministrio Extraordinrio para Coordenao dos Organismos Regionais

    (MECOR), de 1964 a 1967.

    1933

    1936

    1937

    1938

    1939

    1942

    1943

    1944

    1952

    1953 .

    1960

    1967

    1968

    1971

    1973

    1974

    1975

    1984

    1985

    1990

    1994

    1995

    1997

    2002

    2006

    2008

    2010

    2011

    http://www.ence.ibge.gov.br/web/ence/memoria-da-encehttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1933.4.jpg

  • Linha do tempo sntese da Histria do IBGE (1936-2011) Fonte: (maio 2013)

    4

    1967 Com personalidade jurdica prpria e autonomia administrativa e financeira, a Fundao nasceu composta por

    trs rgos autnomos: Instituto Brasileiro de Estatstica (IBE); Instituto Brasileiro de Geografia (IBG) e

    Escola Nacional de Cincias Estatsticas (ENCE). Os funcionrios da Fundao teriam ainda que optar, at

    1973, entre a migrao para o regime de trabalho celetista e a permanncia nos quadros em extino do

    IBGE, sob o regime estatutrio.

    1968 A 1 Conferncia Nacional de Geografia e Cartografia (I CONFEGE) alarga os espaos institucionais para o

    desenvolvimento da Geografia Quantitativa no pas a exemplo do que j ocorria nos Estados Unidos e na

    Europa Ocidental, por influncia dos trabalhos de Brian Berry, John Peter Cole e de outros gegrafos

    estrangeiros, alguns dos quais visitaram o IBGE entre 1967 e 1969.

    Ao longo da dcada de 1970, a "revoluo quantitativa" na metodologia de trabalho do Departamento de

    Geografia (DEGEO) do IBGE, chefiado por Marilia Galvo (e especialmente do Grupo de reas Metropolitanas

    GAM, sob a liderana de Speridio Faissol), marcaria a crescente utilizao das anlises espaciais como

    ferramentas do planejamento socioeconmico, garantindo a influncia dos gegrafos do IBGE nessa rea em

    expanso.

    1971 Criao do Instituto Brasileiro de Informtica (IBI) como um dos rgos autnomos da Fundao IBGE.

    O IBI seria o responsvel pelo processamento dos dados necessrios s atividades da instituio e pela

    automao do acesso a informaes indispensveis ao planejamento socioeconmico. Novos equipamentos da

    marca IBM seriam introduzidos para adequar o processamento dos dados s necessidades do rgo.

    Com a criao da Rede Nacional de Agncias de Coleta (que seguiu-se criao, no ano anterior, da Rede

    Nacional de Ncleos de Coleta Estatstica), comea a configurar-se um novo modelo para o Sistema

    Estatstico Nacional (SEN): a progressiva extino das Agncias Municipais de Estatstica (AMEs),

    entre 1971 e 1973, explicita o reforo do papel do IBGE na produo direta de dados estatsticos, sem

    renunciar s atividades do rgo relativas coordenao do SEN.

    1973 Durante a presidncia de Isaac Kerstenetzky (1970-1979), a Fundao passa por profundas reformas

    estruturais: em 1973, foi superada a autonomia dos seus quatro rgos (IBE, IBG, IBI e ENCE) por

    meio da integrao dos servios estatsticos, geogrficos, cartogrficos e geodsicos do IBGE. Em

    1975, novo Estatuto completa as transformaes estruturais na Fundao, que afirma-se como rgo de

    produo de informaes e estudos destinados especificamente ao planejamento econmico e

    social e segurana nacional, agora sob a superviso da Secretaria de Planejamento da Presidncia da

    Repblica (SEPLAN-PR).

    1933

    1936

    1937

    1938

    1939

    1942

    1943

    1944

    1952

    1953 .

    1960

    1967

    1968

    1971

    1973

    1974

    1975

    1984

    1985

    1990

    1994

    1995

    1997

    2002

    2006

    2008

    2010

    2011

    https://memoria.ibge.gov.br/sinteses-historicas/galeria-da-presidentes/isaac-kerstenetzkyhttps://memoria.ibge.gov.br/images/memoria/linha-do-tempo/fotos/1933.4.jpg

  • Linha do tempo sntese da Histria do IBGE (1936-2011) Fonte: (maio 2013)

    5

    1973 Criao das primeiras 9 Regies Metropolitanas do Brasil: So Paulo, Porto Alegre, Recife, Curitiba,

    Belm, Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador e, em 1974, Rio de Janeiro. A Constituio Federal de 1988

    facultaria aos estados a instituio de Regies Metropolitanas, que no Censo 2010 j eram 36 (alm de 3

    Regies Integradas de Desenvolvimento RIDEs).

    1974 Incio da realizao dos trabalhos de campo do Estudo Nacional da Despesa Familiar (ENDEF),

    concludos em 1975. Para a coleta dos dados, os agentes do IBGE visitavam cada domiclio durante uma

    semana. Eram pesquisadas informaes detalhadas sobre oramentos e hbitos alimentares das mais de 50

    mil famlias da amostra.

    O ENDEF foi pesquisa pioneira, emblemtica da gesto Kerstenetzky (1970-1979), na medida em que

    associava mtodos de pesquisas qualitativas, tpicos das cincias sociais, produo de dados

    quantitativos por meio de pesquisas domiciliares, que o...

Recommended

View more >