Click here to load reader

Expresso Niterói - Edição 23

  • View
    231

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal quinzenal da localidade de Canoas no Rio Grande do Sul - BRASIL

Text of Expresso Niterói - Edição 23

  • Nossa homenagem a todas as mes pelo seu dia !

    s Mes que apesar das canseiras, dores e trabalhos, sorriem e riem, felizes, com os filhos amados ao peito, ao colo ou em seu redor; e s que choram, doloridas e in-consolveis, a sua perda fsica, ou os vem perder-se nos perigos inmeros da socie-dade violenta e desumana em que vivemos; s Mes ainda meninas, e s menos jovens, que contra ventos e mars, ultrapassando dificuldades de toda a ordem, tm a valentia de assumir uma gravidez - talvez inoportuna e indesejada por saberem que a Vida sempre um Bem Maior e um Dom que no se discute e, muito menos, quando se trata de um filho seu, pequeno ser frgil e indefeso que lhe foi confiado; s Mes que souberam sacrificar uma talvez brilhante carreira profissional, para darem prioridade maternidade e educao dos seus filhos e s que, quantas vezes precisamente por amor aos filhos, souberam ser firmes e educadoras, dizendo um no oportuno e salvador a muitos dos caprichos dos seus filhos adolescentes; s Mes precocemente envelhecidas, gastas e doentes, tantas vezes esquecidas de si mesmas e que hoje se sentem mais tristes e magoadas, talvez por no terem um filho que se lembre delas, e as abraar e beijar... s Mes solitrias, paradas no tempo, no visitadas, no desejadas, e hoje

    abandonadas num qualquer quarto, num qualquer lar, na cidade ou no campo, e que talvez no tenham hoje, nem uma pessoa amiga que lhes leia ao menos uma carta dum filho...; Tambm s Mes que no tendo dado luz fisi-camente, so Mes pelo corao e pelo esprito, pela generosidade e abnegao, para tantos que por mil razes no tiveram outra Me...e finalmen-te, tambm s Mes queridssimas que j partiram deste mundo e que por certo repousam j num cu merecido e conquistado a pulso e sacrifcio... A todas as Mes, a todas sem exceo...um Abra-o e um Beijo cheios de simpatia e de ternura! E Parabns, mesmo que ningum mais vos felicite! E Obrigado, mesmo que ningum mais vos agra-dea!

  • Leitores em Destaque

    No ltimo sbado, dia 4, a Escola de Educao Infantil Espao Mame Beb recebeu familiares e alunos para homenager o Dia das Mes. A noite teve apresentaes artsticas, com dana , msica e teatro, envol-vendo inclusive os bebs. foi uma bonita confraternizao, que deixou as mes emocionadas. A diretora Viviane Reis (centro da foto) agradece a todos pelo sucesso do evento !

  • Comunidade virtual dos ex-alunos do So Paulo realiza festa

    Professores protestam e prefeitura faz proposta para acalmar os nimos

    Abertas inscries para a Escola de Domsticas

    Cerca 300 pessoas, estiveram presentes no ltimo dia 28 de abril, para a comemorao do quarto aniversrio da Comunidade Admira-dores, ex-alunos do Sampa, cuja finalidade a de reencontrar e reunir a todos que, de uma forma, ou de outra, mantm, ainda hoje, um vn-culo com a saudosa escola, conhecida carinho-samente como colgio das Irms.

    O pequenino grupo de quatro anos atrs, conta, hoje, com mais de 500 pessoas, agrupando ex--professores, ex-alunos, pais, vizinhos e amigos das mais diversas pocas em que a escola se manteve em atividade.

    Causava emoo, olhar os rostos sorridentes de adultos que frequentaram juntos os bancos escolares quando ainda crianas, ou adoles-centes, transpondo o porto por onde tantas e tantas vezes passaram, mesmo que, agora, j no ouvissem a campainha tocada diariamente, na entrada, no intervalo entre perodos, recreio e sada.

    A festa iniciou-se s 9h30m, com missa solene, na Igreja So Paulo Apstolo, tendo seu segui-

    mento no salo de esportes do prprio ex- Co-lgio So Paulo, hoje Centro Comunitrio La Salle, onde foi servido um belssimo e delicioso almoo acompanhado de msica ao vivo, ani-mando a todos. A mesma banda nos acompa-nha desde o primeiro encontro que tivemos, com o maior carinho, composta por amigos ma-ravilhosos, que j fazem parte da comunidade, sem nenhuma dvida.O local estava repleto. To-das as mesas ocupadas por amigos de ontem, de hoje e de sempre, curtindo a alegria de mais uma vez estarem juntos. O quinto aniversrio j est sendo esperado, ansiosamente.

    Colaborao: Tnia Mello No dia 25 de abril, cerca de 500 professores municipais tomaram as ruas do Centro da cidade (foto ao lado) em uma mobilizao or-ganizada pelo Sindicato dos Pro-fessores Municipais de Canoas (Sinprocan). Na oportunidade a categoria entregou um documento ao secretrio da Educao Eliezer Pacheco, com as principais reivin-dicaes da classe. As principais situaes levadas ao secretrio de Educao so relativas a trs tpicos: salrios, carga horrio e condies de trabalho. A categoria, que no recebe aumento salarial real h 11 anos, reivindica o piso nacional, a destinao de 1/3 da carga para planejamento, melho-ria das condies de trabalho nas escolas e ajustes no Plano de Car-reira.O prefeito Jairo Jorge anunciou, na tarde desta sexta-feira, 3, medidas que beneficiaro os professores da rede municipal de ensino. Dentre as aes est a contratao ime-diata de 200 educadores, a equi-parao com o piso nacional dos salrios dos professores sem graduao, bolsas integrais de ps-graduao e mestrado para a equipe docente, entre outros. De acordo com o prefei-to, a Prefeitura j contratou 554 professores, desde janeiro de 2009. Um total de 136 profis-sionais est sendo nomeados.

    No entanto, Canoas sofreu uma baixa de 120 educadores, que se aposentaram ou esto em licena--sade. O secretrio municipal de Educao, Eliezer Pacheco, pe-diu que os diretores das EMEFs e EMEIs ajudem Prefeitura no di-logo com os professores dentro das escolas. Queremos que aja dilogo com a categoria para ga-rantir a verdadeira democracia e a real qualidade na educao.

    Esta semana o Sinprocan convo-cou os cerca de 2 mil professores para a Assemblia que ser reali-zada no dia 14 e ouvir a classe. Um dos pontos que dever manter professores e governo em rota de

    coliso o reajuste anunciado aos sem graduao. O pre-sidente Jari Oliveira (foto) entende que o aumento deve ser estendido para toda a categoria.

    Idealizado pela Secretaria de Projetos Especiais e Inovao, a proposta que sejam formados profissionais completas para cumprir todas as atividades previstas na Classificao Brasileira de Ocupaes (CBO) de forma ntegra e com excelncia. O mtodo utilizado do aprender fazendo, no qual o profissional aprende de forma vivencial as tarefas dirias de trabalho.. O publico alvo so mulheres com mais de 18 anos, com renda familiar de at 2 salrios m-nimos e moradoras de Canoas e arredores.O curso ter carga horaria de 300 horas mais atividades extras e a proposta da Secreta-ria de Projetos Especiais e Inovao de capacitar 40 mulheres neste ano, divididas em 2 turmas. As inscries podem ser feitas de 01 a 30 de maio nos seguintes locais: . - CRAS Sudoeste - Ftima Rua Rui Barbosa, 850 - Ftima - CRAS Nordeste - Guajuviras

    Av. 17 de Abril, 28 - Quadra N, Setor 6 - Gua-juviras - CRAS Noroeste 1 - Harmonia R. Dr. Sobral Pinto, 35 - Harmonia - CRAS Noroeste 2 - Mathias Velho Av. Rio Grande do Sul, 5070 - Mathias Velho - CRAS Sudeste - Niteri Rua Paran, 474 - Niteri - Prefeitura na Rua - Secretara de Projetos Especiais e Inovao (SPEI) Av. Boqueiro, 1631 no bairro Igara

    As aulas comeam no dia 01 julho e sero mi-nistradas na casa-escola na rua Passo Fundo, 730 no bairro Mathias Velho, de segunda a sexta pela manh ou a tarde no horrio das 8 s 12 ou das 14 s 18h..

  • GUIA DE COMPRAS, VENDAS E SERVIOS

    BAIRRO FTIMA

  • Feira das Mes no Calado

    Solicitada sinaleira na rua Santos DumontConforme publicado na edio 22 do EN, do ms de abril, moradores atravs de um abaixo-assinado solicitaram a instalao de um semforo na esquina da rua Santos Dumont e Lajeado, local onde diariamente ocorrem acidentes. O pedido foi encami-nhado Camara de Veradores e feito o pedido de providncia atravs do verea-dor Patricio, conforme cpia abaixo. Os moradores aguardam que o prefeito mu-nicipoal atenda ao pedido da populao.

    Estudantes do curso de Magistrio e do Aproveitamento de Estudos, do Instituto Estadual de Educao Dr. Carlos Chagas, estiveram na Secretaria Municipal de Educao marcando a segunda etapa do projeto Para uma educao Inclusiva compartilhada. A proposta, fruto de uma parceria entre a SME e o Instituto, uma iniciativa da Diretoria de Educao Inclusiva e pretende contribuir no apoio pedaggico aos alunos de incluso, atravs de estgios no remunerados, caracterizados como horas complementares de prticas pedaggicas.

    O grupo foi recepcionado pela secretria adjunta, rida do Amaral, pelos diretores Elisngela Trentim e professor Eri Domingos da Silva e pela equipe de trabalho. Os estudantes j haviam participado de dois encontros de sensibilizao sobre a temtica da incluso realizados no Instituto.

    O projeto tem como objetivo possibilitar alternativas de apoio incluso, atravs da capacitao e acompanhamento de estagirios(as) em processo de formao, visando ao atendimento a alunos com necessidades educacionais especiais. Ainda em fase de implantao, segue dois princpios bsicos: a capacitao de estudantes de Magistrio e de Aproveitamento de Estudos em aspectos pertinentes educao inclusiva e a ampliao e qualificao do apoio pedaggico aos alunos de incluso matriculados na rede municipal de ensino.

    EXPERINCIAS - A formao inicial teve como pauta a apresentao do projeto, a abordagem sobre as atribuies dos(as) estagirios(as) e um relato de experincias de duas professoras que atuaram, por dois anos, como estagirias de incluso na EMEF Joo Palma da Silva.Acreditamos que, com o comprometimento de todos e a efetivao de parcerias, conseguiremos avanar, cada vez mais, na construo de uma educao de qualidade para todos, explicou o diretor Eri.

    Alunos do Carlos Chagas participam de projeto de incluso na SME

    Festa da PadroeiraA Parquia Nossa Senhora do Caravg-gio, localizada na rua Santos Dumont, 1198, convida toda a comu-n