Click here to load reader

Aula 2 ecologia urbana - Ecologia Humana e o contexto da ecologia urbana .pptx

  • View
    26

  • Download
    7

Embed Size (px)

Text of Aula 2 ecologia urbana - Ecologia Humana e o contexto da ecologia urbana .pptx

Slide 1

ECOLOGIA URBANA: Ecologia humana e o contexto da Ecologia urbanaProf. Sandro SanchesEngenheiro Civil Mestrando em engenharia

Populao

Populao Absoluta -> nmero total de habitantes de uma rea. Populao Relativa -> nmero total de habitantes por rea ocupada; -> Pr = Pop. Total: (Pop/Km ) rea Densidade Demogrfica = Pop. Relativa. Populao Absoluta -> Populoso Populao Relativa -> Povoado.

Fases do Crescimento populacional

Diferenas no processo de urbanizao

Denominao sobre Urbanizao

Arede urbana a malha metropolitana de um pas, que se constitui basicamente decidade global,metrpolenacional, metrpole estadual, metrpole regional, mdias e pequenas cidades. A grandeconurbaodametrpolefez com que as cidades formassem uma grande rede urbana entre si. Aurbanizaode uma sociedade origina uma rede urbana, isto , um sistema integrado decidadesque vai das pequenas ou locais smetrpolesou cidades gigantescas. A regra geral que para milhares de pequenas cidades existam centenas de cidades mdias e poucas metrpoles.Denominao sobre Urbanizao

Cidade global: Termo que designa, em geografia urbana, a grande cidade, de funes complexas, que exerce influncia sobre a rea contgua, dentro da qual comanda toda uma rede de cidades menores.

Metrpole: Aglomerado urbano constitudo de vrias cidades que cresceram e se uniram por aglutinao.

Denominao sobre Urbanizao

Mdias e pequenas cidades: uma cidade uma rea urbanizada, que se diferencia de vilas e outras entidades urbanas por meio de vrios critrios, os quais incluem populao, densidade populacional ou estatuto legal, embora sua clara definio no seja precisa, sendo alvo de discusses diversas. A populao de uma cidade varia entre as poucas centenas de habitantes at a dezena de milho de habitantes. As cidades so as reas mais densamente povoadas do mundo.

Denominao sobre Urbanizao

Ahierarquia urbananada mais do que a escala desubordinaoentre ascidades, geralmente da seguinte forma: as pequenas cidades que existem aos milhares, que se subordinam as cidades mdias, que existem em nmero menor que as pequenas cidades, estas, as cidades mdias, que se subordinam s cidades grandes. As grandes cidades oumetrpolesso poucas.

Ahierarquia urbana do Brasil aestruturao hierrquicadoscentros urbanosbrasileiros, refletindo o grau de subordinao e intensidade dos variados fluxos existentes entre essas cidades.

Denominao sobre Urbanizao

Conurbao(do lat. urbis, cidade) a unificao da malha urbana de duas ou mais cidades, em consequncia de seu crescimento geogrfico. Geralmente esse processo d origem formao deregies metropolitanas. Contudo, o surgimento de uma, no necessariamente vinculado ao processo de conurbao.

Denominao sobre Urbanizao

Metrpole, o termo empregado para se designar as cidades centrais de reas urbanas formadas porcidadesligadas entre si fisicamente (conurbadas)ou atravs de fluxos de pessoas e serviosou que assumem importante posio (econmica,poltica,cultural, comercial, etc.) narede urbanada qual fazem parte (correspondentes, na classificao do IBGE,smetrpoles nacionaise regionais).

Denominao sobre UrbanizaoRegio metropolitanaconsiste em uma rea composta por umncleo urbanodensamente povoadoe por suas reas vizinhas menos povoadas. Este aglomerado urbano partilha indstrias, infraestruturas e habitaes.1As reas metropolitanas geralmente so oficializadas por legislaes locais e compreendem vriasjurisdiese subdivises diferentes,comomunicpios,bairros,distritos,cidades,condadose at mesmoestados. Conforme as instituies sociais, econmicas e polticas mudaram, as reas metropolitanas se tornaram regies econmicas e polticas fundamentais.2As regies metropolitanas incluem uma ou mais reas urbanas, bem comocidades-satlitese reas rurais que esto scio-economicamente conectadas ao urbano ncleo central, geralmente medido por padresmigraes pendulares.Denominao sobre UrbanizaoMegacidade o termo empregado para definir umacidadeque sedia umaaglomerao urbanacom mais de dez milhes dehabitantes1e que esteja dotada de um rpido processo deurbanizao. A populao das megacidades no contam com aregio metropolitanaem seu contorno. Atualmente, elas englobam mais de um dcimo dapopulaourbana mundial e, tal como todas as grandesmetrpolesque antes surgiram, polarizam sobremaneira ocomrcio, acultura, oconhecimentoe aindstria.

Denominao sobre UrbanizaoEm 1950 no existia nenhuma megacidade, mas em 2013 j havia um nmero considervel:Londres,Moscovo,Istambul,Kinshasa,Cairo,Cidade do Mxico,Nova York,Los Angeles,Buenos Aires,Tquio,Xangai,Dli,Calcut,Dacca,Beijing,Osaca,Tehran,PariseTianjin. NoBrasil, as aglomeraes deSo PauloeRio de Janeiroenquadra-se nesse contexto. A maioria dessas cidades esto situadas em pases emergentes ou de terceiromundo, com altos ndices de criminalidade, crescimento demogrfico, pobreza, falta desaneamento bsico,poluio,violncia urbanaecongestionamento, dentre outrosDenominao sobre UrbanizaoDesmetropolizao um fenmeno recente que consiste na fuga de pessoas e empresas dos grandes centros inchados e saturados para cidades de pequeno e mdio porte.

Tcnopolo um centro tecnolgico que rene, num mesmo lugar, diversas atividades depesquisaedesenvolvimento(P&D) em reas de alta tecnologia, como institutos, centros de pesquisa,empresaseuniversidades, o que facilita os contatos pessoais e institucionais entre esses meios, produzindo umaeconomia de aglomeraoou de concentrao espacial do desenvolvimento tecnolgicoDenominao sobre UrbanizaoVerticalizao um processo urbanstico que ocorre emmetrpolese consiste naconstruode grandes e inmerosedifcios o que acaba, inevitavelmente, dificultando a circulao dear, devido diminuio doespaofsico plano para construo. Ademais, decorrente a formao deilhas de calornesses locais.

Especulao imobiliriaconsiste na formao de estoques de bensimveisna expectativa de que seuvalor de mercadoaumente futuramente. A especulao imobiliria aposta na obteno de maiores lucros no futuro, presumindo que haja uma elevao dos preos dos imveis.Denominao sobre UrbanizaoAsfavelas no Brasilouaglomerados subnormais no Brasil(denominao adotada oficialmente peloIBGEa partir doCenso de 2010), so considerados como uma consequncia da mdistribuio de rendae dodficit habitacionalno pas. Amigraoda populaoruralpara o espao urbano em busca detrabalho, nem sempre bemremunerado, aliada histrica dificuldade do poder pblico em criarpolticashabitacionais adequadas, so fatores que tm levado aocrescimentodos domiclios em favelas.Denominao sobre Urbanizaoreas midasso reas de pntanos,charcos,pauis,sapais,turfas- permanentes ou temporrios -, que normalmente albergam uma grandebiodiversidade, tanto em termos deplantascomo deanimaisaquticos, ou os que se alimentam daqueles.Podem tergua estagnadaou corrente,doce,salobraousalgada, incluindo reas de gua marinhacom menos de seis metros de profundidade namar baixa, como osmangaise recifesdecoral. Podem ser alimentados porgua subterrnea, porriosou por outras zonas hmidas e podem estar secos durante uma parte do ano, mas o perodo em que se encontram inundadas suficiente para manter oecossistemavivo. .Denominao sobre UrbanizaoAs reas midas apresentam dificuldades em sua definio, devido tanto diversidade de ambientes com estas caractersticas, como pela dificuldade de estabelecer sua delimitao, uma vez que so ambientes extremamente dinmicos.2.O conceito de zona mida surgiu em1971, durante aConveno de Ramsar, noIr, quando foi celebrado um tratado intergovernamental com o objetivo de promover aes nacionais e internacionais para promover a conservao e o uso sustentvel dosrecursos naturaisdas zonas midas. Esta conveno instituiu o dia 2 de fevereiro como o Dia Mundial das Zonas midas. Hoje so 150 pases que aderiram ao tratado. .Denominao sobre UrbanizaoMacrocefalia urbanase caracteriza pela concentrao de atividades e populao em espao limitado.

Obrigado!

Search related