Click here to load reader

Aula 1 Ecologia -Biologia 3º Ano

  • View
    225

  • Download
    5

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Ecologia Ensino Médio

Text of Aula 1 Ecologia -Biologia 3º Ano

  • Professor Regente: Queila SoaresEscola: Colgio E. Jos Dutra de OliveiraDisciplina: Biologia

    *****

  • Ementa:- Conceitos bsicos em ecologia; Ciclos biogeoqumicos; Relaes Ecolgicas; Problemas ambientais da atualidade;Fluxo de energia e Ciclagem de materiais;Dinmica de populaes; Biocenoses;Grupamentos;Delimitao e ectone;Clmax;Ecossistema e sua dinmica;Transferncias e produtividade;Conservao da natureza..

    *****

  • Bibliografia bsica

    RICKLEFS, R. E.. A Economia da Natureza. 5 ed. GUANABARA/KOOGAN, 2005.BEGON, M TOWNSEND, C. R. - HARPER J. L. Ecologia: de Indivduos ecossitemas. - 4 ed. Artmed, 2007BEGON, M TOWNSEND, C. R. - HARPER J. L. Fundamentos em Ecologia. 3ed. Artmed, 2010

    Bibliografia complementarPRIMACK, R. B. RODRIGUES, E. Biologia da Conservao. 1 ed Editora Planta, 2001.

    *****

  • ECOLOGIAA ECOLOGIA estuda as relaes dos seres vivos entre si e deles com o ambiente onde vivem.Assunto da atualidade: crescimento exagerado da populao humana, poluio e explorao inadequada do meio,...Temas de: noticirios, documentrios e discursos polticos.

  • ECOLOGIAConceitos Fundamentais

  • ECOLOGIA- O termo Ecologia (do grego oikos, casa, e logos, estudo), originalmente empregado pelo bilogo alemo Ernst Haeckel, em 1869, designa o estudo das relaes entre seres vivos e o ambiente em que vivem. -Trata-se de uma cincia multidisciplinar;- Vai alm da Biologia, da Fsica e da Qumica, tambm as cincias econmicas e sociais tm de ser integradas para que se possa entender a complexidade das relaes entre a humanidade, os outros seres vivos e o planeta.

  • ECOLOGIASabemos que nenhum organismo, sendo ele uma bactria, um fungo, uma alga, uma rvore, um verme, um inseto, uma ave ou o prprio homem, pode existir independente sem interagir com outros ou mesmo com ambiente fsico no qual ele se encontra.

    Ecologia inter-relaes organismos e meio fsico

  • ECOLOGIANveis de Organizao

  • ECOLOGIANveis de Organizao

    Um outro conceito importante que o de nveis de organizao, o qual pode ser entendido como um conjunto de entidades, sejam elas genes, clulas, ou mesmo espcies, agrupadas em uma ordem crescente de complexidade.

  • Indivduo considerado indivduo qualquer exemplar de uma espcie.

    Espcie : o conjunto de indivduos muito semelhantes e que, na natureza, podem se intercruzar, originando descendentes frteis. nica nas suas caractersticas, e contm uma programao gentica prpria, fruto da resposta do organismo s presses ambientais ao longo de sua evoluo. Ex. Homo sapiens, Entamoeba coli, Pygoplites diacanthus...Ramphocelus bresilius (ti-sangue)

  • Populao um conjunto de indivduos da mesma espcie, que habita uma mesma rea, durante um determinado perodo de tempo.

    A rea delimitada pelo pesquisador em funo da necessidade de suas pesquisas.

  • Comunidade ou Biocenose ou Biota o conjunto de populaes (seres vivos de vrias espcies) que habitam uma mesma regio. Os seres vivos que formam uma comunidade constituem os componentes ou fatores biticos (vivos) de um ecossistema. Esto relacionadas de diversas maneiras, principalmente no aspecto alimentar.

  • BitopoCorresponde poro no-viva do ambiente, caracterizados pelas condies fsicas, qumicas, climticas, geolgicas, etc. da regio onde vive a comunidade.

    Os componentes ambientais de natureza no-viva constituem os componentes ou fatores abiticos de um ecossistema.

  • Ecossistema

    - o conjunto de seres vivos (fatores biticos) mais o bitopo (fatores abiticos), que se relacionam e funcionam com um todo. - um conjunto dinmico e varivel, no qual os seres vivos e os fatores ambientais esto sempre interagindo e se alterando.-No tem tamanho definido.

  • Biosfera o conjunto de todos os ecossistemas existentes no planeta. a poro da Terra onde existe vida.

  • HabitatCompreende o lugar ou espao fsico onde vive uma determinada espcie.

    - a localizao mais precisa de uma espcie em seu ambiente.

    - Determina a sobrevivncia e reproduo do grupo.

    -Local de abrigo, alimentao e reproduo.

  • Nicho EcolgicoRepresenta o papel desempenhado por uma espcie dentro de seu habitat.

    Devemos analisar tambm: tipo de alimentao, hbitos comportamentais, perodo de reproduo,...

  • Ona-pintadaComprimento: At 2,10 m Peso: Cerca de 110 kg N de filhotes: De 1 a 4 Longevidade: 20 anos Hbito alimentar: Carnvoro; noturno e crepuscular Alimentao: Queixadas, tamandus, antas, capivaras, pequenos macacos, entre outros. No ruge.

  • Distribuio geogrfica da ona

  • CapivaraComprimento: 1,30 mPeso: 60 a 80 KgN de filhotes: 4 a 6 filhotes/anoLongevidade:10 a 12 anosHbito alimentar: vegetariano; manh e crepuscular.Alimentao: Capim e ervas

  • Distribuio geogrfica da capivara

  • Onas e capivaras tm o mesmo nicho ecolgico?Por qu?

  • SuuaranaComprimento: 2,40 mPeso: at 100 KgN de filhotes: 2 a 3Longevidade: 15 anosHbito alimentar: Carnvoro e crepuscular Alimentao: um predador competente, caando desde grandes presas a roedores.Em regies de clima quente tendem a caar presas de porte mdio. A suuarana no come animais que no tenha matado!

  • Distribuio geogrfica da suuarana

  • A ona-pintada e a suuarana tm o mesmo nicho ecolgico?Por qu?

  • Quando duas ou mais espcies ocupam nichos ecolgicos semelhantes, competem entre si.Quanto maior a semelhana entre os nichos ecolgicos, mais intensa a competio.

  • BiomaSo reas, mais ou menos, uniformes com relao ao clima, geomorfologia, solo, vegetao e fauna.Exemplos: floresta temperada, floresta pluvial, savana,...No Brasil temos as florestas tropicais, o cerrado, a caatinga, os pampas,...

  • Ectono ou EctoneFaixa de transio entre dois grandes ecossistemas ou biomas.A variedade de espcies grande, pois so encontradas espcies dos dois ecossistemas em interseco.

  • Cadeia e Teia alimentarAs populaes que formam uma comunidade se relacionam atravs da alimentao.A sequncia, onde uma populao serve de alimento para outra, definida como cadeia alimentar.Uma cadeia alimentar pode ser dividida em trs partes, denominada de nveis trficos: produtores, consumidores e decompositores.

  • Produtores Constituem os seres autotrficos, geralmente fotossintetizantes, que captam a energia e a matria inorgnica disponveis e as fixam na forma de compostos orgnicos utilizveis por ele e pelos demais seres vivos. So geralmente as plantas e algas.

  • Consumidores So seres heterotrficos, que utilizam a matria orgnica e a energia dos produtores. Podem ser classificados em consumidores primrios (herbvoros), secundrios (que se alimentam nos consumidores primrios), tercirios (que se alimentam dos consumidores secundrios) assim sucessivamente.

  • DecompositoresSo os saprobiontes ou saprbios, algumas vezes chamados de microconsumidores.

    Se encarregam de utilizar a matria orgnica desprezada pelos consumidores (geralmente restos ou cadveres), transformando toda a biomassa disponvel no ecossistema em matria inorgnica novamente, a qual fica disposio dos produtores.

    So representados pelos fungos e bactrias.

  • Um exemplo de cadeia alimentarObservao: a seta vai no sentido alimento-consumidor

  • Um exemplo de teia alimentar

    *****

    *****

    *****