Click here to load reader

Tabela periódica

  • View
    7.141

  • Download
    6

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Tabela periódica

  • 1. Tabela PeridicaMarilena Meira

2. Contribuio de vrios cientistas Henry Moseley J.L.Meyer ( 1830-1895)A.B.Chancourtois( 1820-1886)ANTOINE LAVOISIER(1743-1794)Glenn Seaborg (1912 1999)Dimitri Mendeleyev(1834-1907) J.A.R.Newlands (1837-1898) J.W.Dbereiner(1780-1849) 3. ANTOINE LAVOISIER Publicou em 1789 o Tratado elementar daqumica;Classificou os elementos comometais, gases, cidos e elementos terrosos.Classificou a luz e o calor como gases. Construiu uma tabela com 32 elementos; 4. J. W. - DOBEREINER 1829 Trades: Cloro, bromo, iodo Ltio, sdio, potssio Clcio, estrncio, brio 5. A. BEGUYEN DECHANCOURTOIS 1862 Parafuso telrico 6. JONH NEWLANDS 1866 Lei das oitavas A cada oito elementosobserva-se umarepetio daspropriedades qumicasdo primeiro elementoconsiderado. 7. DIMITRI MENDELEEV E LOTHARMEYER 1869 - trabalhandoindependentemente. Lei peridica: Aspropriedades doselementos qumicosvariam periodicamentecom suas massasatmicas. 8. Tabela de Mendeleev 9. Moseley 1913 Moseley Lei peridica: Aspropriedades doselementos qumicosvariam periodicamenteem funo dos seusnmeros atmicos. 10. Seaborg Glenn Seaborg (1951) Seaborg descobriutodos os elementostransurnicos (donmero atmico 94 at102). Reconfigurou a tabelaperidica colocando asrie dos actndeosabaixo da srie doslantandeos. 11. Tabela peridica atualExistem, atualmente, duas maneiras de identificar asfamlias ou grupos.A mais antiga em que a famlia identificada por umalgarismo romano, seguido de letras A e B, porexemplo, IA, IIA, VB. Essas letras A e B indicamrespectivamente elementos representativos e detransio.A IUPAC props que as famlias seriam indicadas poralgarismos arbicos de 1 a 18, eliminando-se as letrasA e B. 12. Tabela atual: 7 perodos e 18 grupos1 18213 14 15 16 171 perodo 2 perodo3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 3 perodo 4 perodo 5 perodo 6 perodo 7 perodo Srie dos Lantandeos Srie dos ActindeosNum grupo (famlias) os elementos apresentam propriedadesqumicas semelhantes. 13. Forma longa da tabela peridica 14. Tabela atual: blocos s, p, d, fspd f 15. Tabela peridica e configurao eletrnicaFe26Fe 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d6 16. Localizao dos elementos na tabela peridicaA distribuio eletrnica de um dadoelemento qumico permite quedeterminemos sua localizao natabela. Exemplo: Sdio(Na) Z = 111s2s2p 63s Perodo: 3Grupo 1 Metais Alcalinos 17. Localizao dos elementos na tabela peridicaPossuem seu eltron mais energtico em subnveis d.3 4 5 6 7 8 9 10 11121 2 3 4 5 6 78 9 10d d d d d d d dd dExemplo: Ferro (Fe) / Z = 261s2s2p63s3p64s3d6Perodo: 4 Grupo 8 18. Para os elementos representativos O algarismo das unidades dogrupo a que o elementopertence corresponde aonmero de eltrons na camadade valncia: Elementos do grupo 1: tem 1eltron na camada de valncia. Elementos do grupo 2: tem 2eltrons na camada de valncia. Elementos do grupo 13: tem 3eltrons na camada de valncia. Elementos do grupo 14: tem 4eltrons na camada de valncia. 19. Famlia N de DistribuioElementosou grupo eltronsna camadaeletrnica da camada de Nomede valnciarepresentativosvalncia11ns Metais alcalinosns Metais alcalinos22 terrosos13 3 ns npFamlia do boro14 4 ns npFamlia do carbono15 5 ns npFamlia donitrognio16 6 ns np4Calcognios17 7 ns np5Halognios18 ns np6 Gases nobres 8 20. Para qualquer elementorepresentativo ou no O nmero do perodo em que o elemento seencontra corresponde ao nmero de camadaseletrnicas. Elementos do 1 perodo: 1 camada eletrnica. Elementos do 2 perodo: 2 camadas eletrnicas. Elementos do 3 perodo: 3 camadas eletrnicas. Elementos do 4 perodo: 4 camadas eletrnicas. 21. Elementos representativos: Bloco s Grupo 1: H e Metais alcalinos (Li, Na, K, Rb, Cs, Fr) Grupo 2: Metais alcalinos terrosos (Be, Mg, Ca, Sr,Ba, Ra). Possuem o eltron mais energtico no subnvel s. Configurao eletrnica da camada de valncia: Grupo 1: ns1 Grupo 2: ns2 22. Elementos representativos: Bloco p Grupos 13 a 18 Eltron mais energtico no subnvel p. Configurao eletrnica da camada de valncia: Grupo 13: ns2 np1 Grupo 14: ns2 np2 Grupo 15: ns2 np3 Grupo 16: ns2 np4 Grupo 17: ns2 np5 Grupo 18: ns2 np6 23. Blocos d e f: Elementos de transio Constituem os elementos dos grupos 3 a 12: Bloco d: Transio externa: Eltron mais energtico nosubnvel d (penltima camada) 28Ni 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d8 Bloco f: Transio interna: Eltron mais energtico nosubnvel f (antepenltima camada) 57La 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d104p65s2 4d105p66s2 4f1 24. Hidrognio Apresenta propriedades muito particularese muito diferentes em relao aos outroselementos. Tem apenas 1 eltron na camada K (suanica camada). 25. MetaisApresentam brilho quando polidos; Sob temperatura ambiente, apresentam-se no estado slido, a nica exceo omercrio, um metal lquido; So bons condutores de calor eeletricidade; So resistentes maleveis e dcteis 26. Metais alcalinos 1 eltron de valncia => formam facilmentections monopositivos (Li+, Na+, K+, ) A reatividade qumica, a estabilidade dosctions e o carter metlico aumentam aolongo do grupo. Por serem muito reativos no se encontramisolados,mas combinados,principalmente naforma de silicatos,carbonatos e sulfatos; 27. Metais alcalinos terrosos 2 eltron de valncia => formam facilmentections dipositivos (Ca+2, Ba+2, Mg+2, ) A reatividade qumica, a estabilidade dosctions e o carter metlico aumentam aolongo do grupo. 28. Ametais Existem nos estados slidos (iodo, enxofre,fsforo, carbono), lquido (bromo) e gasoso(nitrognio, oxignio, flor). No apresentam brilho, so excees o iodo e ocarbono sob a forma de diamante; No conduzem bem o calor e a eletricidade, comexceo do carbono sob a forma de grafite; Possuem mais de 4 eltrons na ltima camadaeletrnica, o que lhes d tendncia a ganhareltrons, transformando-se em nions. 29. Metalides ou Semi-Metais separa os elementos direita emno-metlicos e esquerda em metlicos; apresentam propriedades de metais e deno-metais. 30. Halognios Grupo 17. Os seus tomos tm sete eltrons de valncia. Facilmente transformam-se em nionsmononegativos. O carter no metlico, reatividade e estabilidadedo nion diminui ao longo do grupo. A configurao eletrnica dos ons resultantes muito estvel sendo igual dos gs nobres domesmo perodo. 31. Gases nobres Grupo 18 da Tabela Peridica. Possuem o ltimo nvel deenergia completamentepreenchido: Oito eltrons de valncia, exceo do hlio que temapenas dois (camada K). Quimicamente inertes. Maspodem fazer ligaes apesarda estabilidade (em condiesespeciais); ltimo nvel completo =>grande estabilidade qumica. 32. Elementos cisurnicos e transurnicos Chamam-se cisurnicos os elementosartificiais de Z menor que 92 (urnio): Astato(At); Tecncio (Tc); Promcio (Pm) Chamam-se transurnicos os elementosartificiais de Z maior que 92: so todosartificiais; Elementos radioativos: Do bismuto (83Bi) emdiante, todos os elementos conhecidos sonaturalmente radioativos. 33. PROPRIEDADES PERIDICAS So aquelas que, medida que o nmeroatmico aumenta, assumem valorescrescentes ou decrescentes em cadaperodo, ou seja,repetem-seperiodicamente. 34. PROPRIEDADES PERIDICAS Raio Atmico Energia de Ionizao Afinidade Eletrnica Eletronegatividade Eletropositividade Reatividade Propriedades Fsicas 35. RAIO ATMICO: O TAMANHO DO TOMO a distncia que vai do ncleo do tomo at oseu eltron mais externo. 36. Raio atmico Elemento metlico: o raio atmico metade da distnciamdia entre os dois ncleos de dois tomos metlicosadjacentes. Elemento no-metlico: o raio atmico designado comoraio covalente do elemento e metade da distncia mdiaentre os ncleos dos dois tomos ligados por uma ligaocovalente. 37. Carga nuclear efetiva Muitas das propriedades de um tomo sodeterminadas pela quantidade de carga positiva sofridapelos eltrons exteriores deste tomo. Com exceo do hidrognio, esta carga positiva sempre menor que a carga nuclear total, pois a carganegativa dos eltrons nas camadas interiores neutraliza,ou "blinda", parcialmente a carga positiva do ncleo. Os eltrons interiores blindam os exterioresparcialmente do ncleo, assim, os exteriores "sentem"s uma frao da carga nuclear total. 38. Carga nuclear efetiva A carga nuclear efetiva a carga sofrida por um eltronem um tomo polieletrnico. Zef = Z A carga nuclear efetiva no igual carga no ncleodevido ao efeito dos eltrons internos. 39. Carga nuclear efetiva 40. Carga nuclear efetiva Zef 41. Efeito de blindagem Corresponde a uma diminuio da cargaefetiva do ncleo atmico, reduzindo-lhe acapacidade de ao sobre os eltronsperifricos, pois os eltrons dos nveis maisinternos exercem como que um efeito deblindagem em torno do ncleo. A blindagem reduz a atrao do ncleo peloseltrons. 42. Exemplos: 43. Raio atmico medida que o nmero quntico principal aumenta (ex., descemosem um grupo), a distncia do eltron mais externo ao ncleoaumenta. Consequentemente, o raio atmico aumenta. Quantomaior o nmero de nveis, maior ser o tamanho do tomo. Ao longo de um perodo na tabela peridica, o nmero de eltronsmais internos mantm-se constante. Entretanto, a carga nuclearaumenta. Conseqentemente, aumenta a atrao entre o ncleo eos eltrons mais externos. Maior carga nuclear faz com que o raio atmico diminua. O tomo que apresenta maior carga nuclear exercer uma maioratrao sobre seus eltrons, o que ocasiona uma reduo no seutamanho. 44. RAIO ATMICOH HeLiNaKRbCsFr 45. RAIO ATMICONmero de elementos em cada perodo: 2, 8, 8, 18, 18, 32 46. Raio atmico e raio do nion raio atmico < raio do nion Embora a sua carga nuclear seja a mesma, aumentao n. de eltrons e, por isso, as repulses eltron-eltron aumentam tambm, e conseqentementeverifica-se uma expanso da nuvem eletrnica. 47. Raio atmico e raio do ction Se o tomo se transforma num ction hremoo de eltrons de valncia. Como o ction tem menos eltrons, embora acarga nuclear seja a mesma, as repulseseltron-eltron diminuem e a fora que oncleo exerce sobre elesaumenta, provocando uma contrao danuvem eletrnica. 48. Contrao dos lantandeos Os orbitais 4f no so muito eficientes aoexercerem o efeito de blinda

Search related