STEVIN PARREIRA ZUNG - Departamento de STEVIN PARREIRA ZUNG ESTUDO COMPARATIVO COM RESSON£â€NCIA MAGN£â€°TICA

  • View
    0

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of STEVIN PARREIRA ZUNG - Departamento de STEVIN PARREIRA ZUNG ESTUDO COMPARATIVO COM...

  • STEVIN PARREIRA ZUNG

    ESTUDO COMPARATIVO COM RESSONÂNCIA MAGNÉTICA CEREBRAL EM IDOSOS COM TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR

    USUARIOS OU NAO DE LITIO

    Tese apresentada ao Departamento de

    Psiquiatria da Faculdade de Medicina da

    Universidade de São Paulo para obtenção do título de

    Doutor em Ciências

    Área de Concentração: Psiquiatria

    Orientador: Prof. Dr. Homero Pinto Vallada Filho

    SÃO PAULO

    2007

  • DEDICATÓRIA

    ____________________________________________________________________

    Para Carla, que nestes anos continuou sendo minha principal incentivadora mesmo nas madrugadas mais cansativas.

    Obrigado pela paciência e pelo carinho.

  • AGRADECIMENTOS

    ____________________________________________________________________

    Ao Prof. Homero Pinto Vallada Filho, o qual nestas indas e vindas, pousos e decolagens, pôde continuar o seu exercício não só de orientador mas também de conselheiro e “mentor”, no sentido mais amplo da palavra. Meu profundo agradecimento. Ao Prof. Geraldo Busatto, que de uma maneira paciente e incentivadora pode me apresentar e orientar em todos os caminhos deste mundo fascinante da neuroimagem. Sua dedicação e liderança serão sempre minhas referências. Muito obrigado. Ao Fabio Duran pelas horas incansáveis de execuções de mapas estatísticos e analises intermináveis dos dados deste projeto. Obrigado pela paciência de me ensinar a transformar números em imagens.

    A todos os profissionais participantes da banca de qualificação pelas valiosas sugestões e orientações para aprimorar este trabalho.

    À Fundação de Amparo e Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) pela concessão de Auxílio Pesquisa que viabilizou este projeto (processo 02/04847-3). Á Dra. Paula Nunes pelo valioso auxílio na coleta de dados.

    A todos os profissionais do Hospital Joao Evangelista – HOJE, com os quais tive o

    privilégio de estar presente nos momentos finais do término deste projeto, compartilhando conquistas e vitórias.

    A meus pais, irmãos e sogros pelos preceitos de responsabilidade e organização que

    tanto me ajudaram na execução desta tese, e também pelo incentivo contínuo e apoio irrestrito, mesmo sequer sabendo o que o litio possa ser. Obrigado. Muito obrigado principalmente a todos os pacientes e familiares que aceitaram fazer parte desta realização.

  • SUMÁRIO Lista de abreviaturas ......................................................................................... Lista de siglas .................................................................................................... Lista de tabelas .................................................................................................. Lista de gráficos ................................................................................................ Resumo .............................................................................................................. Summary ........................................................................................................... 1. INTRODUÇÃO

    1.1. Transtorno Afetivo Bipolar (TAB)....................................................... 1.1.1. Epidemiologia............................................................................ 1.1.2. Características clínicas............................................................... 1.1.3. Achados de neuroimagem.......................................................... 1.1.4. Tratmento farmacológico .......................................................... 1.1.5. Transtorno afetivo bipolar em idosos.........................................

    1.2 Carbonato de lítio .................................................................................. 1.2.1 História ...................................................................................... 1.2.2 Mecanismos de ação ................................................................. 1.2.3 Ação neuroprotetora .................................................................

    1.2.3.1 Estudos de neuroimagem ....................................................

    2. OBJETIVOS................................................................................................ 3. HIPÓTESES................................................................................................. 4. MÉTODOS

    4.1. Seleção da amostra................................................................................ 4.1.1. Idosos com TB .......................................................................... 4.1.2. Idosos controles ........................................................................

    4.2. Obtenção das informações.................................................................... 4.3. Escalas e questionários utilizados.........................................................

    4.3.1. Escala de mania de Young ........................................................ 4.3.2. Escala de depressão Montgomery-Asberg ................................ 4.3.3. Questionário do informante sobre declínio cognitivo nos idosos

    (IQCODE) ......................................................................... 4.3.4. The Cambridge examination for mental disorders of the elderly

    (CAMDEX) ...................................................................... 4.3.5. Operational criteria checklist for psychotic illness (OPCRIT) . 4.3.6. Condição socioeconômica …………………………………….

    4.4. Exame de ressonância magnética cerebral .......................................... 4.5. Método de análise das imagens ...........................................................

    4.5.1. Morfometria Baseada no Voxel (MBV).................................... 4.5.2. Análise estatística.......................................................................

    4.5.2.1. Idosos com TAB versus idosos controles ..........................

    vi vii

    viii x

    xi xii

    01 01 04 07 14 18 18 19

    22 23 28

    29

    30

    31 31 34 34 36 36 36

    37

    38 39 40 40 41 42 45 45

  • 4.5.2.2.Grupo com lítio versus grupo sem lítio versus grupo controle .................................................................................

    4.6. Análises estatísticas .. .......................................................................... 5. RESULTADOS

    5.1. Características sociodemográficas ....................................................... 5.2. Comorbidades clínicas ......................................................................... 5.3. História familiar psiquiátrica ............................................................... 5.4. Escalas e questionários 5.5. Curso do TAB ...................................................................................... 5.6. Uso de psicofármacos ..........................................................................

    5.6.1. Estabilizadores do humor .......................................................... 5.6.1.1.Uso do lítio .......................................................................... 5.6.1.2.Outros psicofármacos ..........................................................

    5.7. Achados de neuroimagem ................................................................... 5.7.1. Pacientes bipolares versus idosos controles .............................. 5.7.2. Pacientes com lítio versus pacientes sem lítio versus controles

    6. DISCUSSÃO 6.1. Características clínicas e sociodemográficas........................................ 6.2. Idosos com TAB versus idosos controles.............................................

    6.2.1. Regiões com menor volume nos idosos bipolares..................... 6.3. Pacientes com lítio versus pacientes sem lítio versus controles........... 6.4. Limitações do estudo ...........................................................................

    7. CONCLUSÃO ............................................................................................ 8. ANEXOS .................................................................................................... 9. REFERÊNCIAS ..........................................................................................

    46 48

    49 50 52 53 54 54 55 56 56 57 58 60

    65 66 67

    70 77

    79

    80

    127

  • LISTA DE ABREVIATURAS

    ATD Antidepressivos ATP Antipsicóticos AVC Acidente vascular cerebral BDNF Brain-derived neurotrophic factor BA Área de Broadmann CBZ Carbamazepina DA Doença de Alzheimer dp desvio padrão ECT Eletroconvulsoterapia et al. e outros HMF História mórbida familiar IMAO Inibidores da monoaminoxidase ISRS Inibidores seletivos da recaptação de serotonina MARCKS Myristoylated Alanine-Rich C Kinase Substrate MBV Morfometria Baseada no Voxel PKC Proteín-quinase C RMC Ressonância Magnética do Crânio ROI Regiõe