Click here to load reader

RADIOLOGIA DO ABDOME · PDF file RADIOLOGIA DO ABDOME OBJETIVOS: 1)Semiologia radiológica do abdome. - Terminologia utilizada na descrição radiológica - Métodos de imagem para

  • View
    9

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of RADIOLOGIA DO ABDOME · PDF file RADIOLOGIA DO ABDOME OBJETIVOS: 1)Semiologia...

  • RADIOLOGIA DO ABDOME

    Prof. Lucas Gennaro

  • RADIOLOGIA DO ABDOME OBJETIVOS: 1) Semiologia radiológica do abdome. - Terminologia utilizada na descrição radiológica - Métodos de imagem para avaliação do abdome 2) Análise da radiografia simples de abdome - Conhecer padrões normais e principais alterações 3) Avaliação do conteúdo abdominal - Anatomia radiológica - Principais indicações dos métodos de imagem

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    TERMINOLOGIA UTILIZADA NA DESCRIÇÃO RADIOLÓGICA:

    1- DENSIDADE:

    - RADIOLOGIA CONVENCIONAL

    a) Radiotransparente ou radioluscente

    b) Hipotransparente

    c) Radiopaca

    - TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

    a) Hipodensa (atenuação baixa e negativa)

    b) Hiperdensa

    c) Isodensa

    d) Se utilizado meio de contraste: Hipercaptante / hipervascular ; hipocaptante / hipovascular ; Espontaneamente densa

    Densidade mista

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    TERMINOLOGIA UTILIZADA NA DESCRIÇÃO RADIOLÓGICA:

    2- CONTORNOS / FORMATO / MEDIDAS

    3- LIMITES

    *Nota: em relação a estruturas tubulares (TGI, vasos, ureteres, árvore traquiobrônquica, cavidade uterina e tubas) preenchidas por meio de contraste (bário / iodo), podemos acrescentar:

    Trajeto / perviedade

    Calibre

    Falha de enchimento

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    TERMINOLOGIA UTILIZADA NA DESCRIÇÃO ULTRASSONOGRÁFICA:

    (De acordo com a transmissão sonora)

    - Anecóico

    - Hipoecóico / hipoecogênico

    - Ecogênico / Hiperecóico / Hiperecogênico

    Obs: Cálculos, calcificações, ossos e gases são ecogênicos com grande redução do som, produzindo sombra acústica posterior, que não permite a visualização de imagens abaixo dessas estruturas.

    TERMINOLOGIA UTILIZADA NA RESSONÂNCIA MAGNÉTICA:

    - Isointensa

    - Hipointensa

    - Hiperintensa

    Obs: Calcificações e gases, pelas propriedades físicas em geral, produzem imagens que se caracterizam pela ausência de sinal.

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    MÉTODOS DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO DO ABDOME:

    1) RADIOLOGIA CONVENCIONAL

    - Radiografia simples

    - Radiografia contrastada

    2) ULTRASSONOGRAFIA

    3) TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

    4) RESSONANCIA MAGNÉTICA

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    MÉTODOS DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO DO ABDOME:

    1) RADIOLOGIA CONVENCIONAL

  • AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO ABDOMINAL

    RADIOGRAFIA SIMPLES DE ABDOME: - Conhecer os padrões de - Identificar alterações radiológicas

    uma radiografia normal

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    MÉTODOS DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO DO ABDOME:

    1) RADIOLOGIA CONVENCIONAL

    - Radiografia simples de abdome:

    a) Ampla disponibilidade, baixo custo e fácil realização.

    b) Métodos seccionais (CT, US, MRI) x Método bidimensional

    3D 2D

    c) 4 densidades básicas: gás, gordura, líquido e cálcio (metal*).

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    MÉTODOS DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO DO ABDOME:

    1) RADIOLOGIA CONVENCIONAL

    - Radiografia simples de abdome:

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    MÉTODOS DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO DO ABDOME:

    1) RADIOLOGIA CONVENCIONAL

    - Radiografia simples de abdome:

    Imagens obtidas preferencialmente em apneia ou fim da expiração

    Tipos de incidência variam conforme indicação

    • Radiografia panorâmica em decúbito dorsal

    • Radiografia em posição ortostática

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    MÉTODOS DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO DO ABDOME:

    1) RADIOLOGIA CONVENCIONAL

    - Radiografia simples de abdome:

    Incide na crista ilíaca e deve incluir

    sínfise púbica, polo superior dos

    Rins e flancos.

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    MÉTODOS DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO DO ABDOME:

    1) RADIOLOGIA CONVENCIONAL

    - Radiografia simples de abdome:

    Utilizada na rotina para abdome

    agudo. Identificação de

    pneumoperitônio e níveis hidro-

    aéreos.

    **Radiografia de tórax

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    MÉTODOS DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO DO ABDOME:

    1) RADIOLOGIA CONVENCIONAL

    - Avaliação limitada de órgãos sólidos: forma e tamanho (exceto tumores grandes com efeito de massa).

    - Rins: tamanho e localização com técnica adequada (3 – 3,5 corpos vertebrais). Bexiga identificada se em repleção adequada.

    - Planos de gordura do retroperitônio delimitam contornos de órgãos abdominais (exceto pacientes magros / crianças ou líquido).

    - Trato gastrintestinal: identificado quando há gás no interior (útil na identificação de obstrução e diferenciação entre cólon e delgado – localização e padrão mucoso).

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    MÉTODOS DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO DO ABDOME:

    1) RADIOLOGIA CONVENCIONAL

    - Indicações frequentes:

    A) Pesquisa de cálculos

    (preparo intestinal prévio).

    Aproximadamente 90% radiopacos

    Sensibilidade de 50%

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    MÉTODOS DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO DO ABDOME:

    1) RADIOLOGIA CONVENCIONAL

    - Indicações frequentes:

    B) Avaliação de dor abdominal:

    Em geral conjunto de incidências

    (rotina para abdome agudo)

    que inclui:

    Radiografia de tórax ortostático.

    Radiografias de abdome:

    ortostático e decúbito dorsal

    (pelo menos 2 incidências)

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    MÉTODOS DE IMAGEM PARA AVALIAÇÃO DO ABDOME:

    1) RADIOLOGIA CONVENCIONAL

    - Indicações frequentes:

    B) Avaliação de dor abdominal:

    Apesar de fornecer informações limitadas, existem principais situações úteis:

    • Suspeita clínica de obstrução intestinal

    • Suspeita de abdome agudo perfurativo

    • Localização de corpo estranho ingerido

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    Radiografia de tórax ortostático:

    - Afastar causas torácicas de dor abdominal

    - Melhor incidência para identificação

    de pneumoperitônio

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    - Radiografias de abdome:

    Ortostático e decúbito

    dorsal.

  • SEMIOLOGIA RADIOLÓGICA DO ABDOME

    AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO ABDOMINAL PELA RADIOGRAFIA SIMPLES DE ABDOME

  • AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO ABDOMINAL RADIOGRAFIA SIMPLES DE ABDOME:

    - Atenção sistemática: ossos, tecidos moles, bases pulmonares, órgãos abdominais e padrão de distribuição dos gases intestinais.

    - OSSOS: lesões (blásticas / líticas), fraturas e artropatias (ex: EA).

    - ÓRGÃOS ABDOMINAIS E TECIDOS MOLES: Visualização depende do contraste existente entre estruturas contíguas.

    Fígado – gordura pararrenal anterior – líquido – apagamento margem inferior.

    Pancreas – calficiações

    Rins – gordura perirrenal

    Bexiga

    Músculo psoas – massa retroepritoneal / abscesso / líquido

  • AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO ABDOMINAL RADIOGRAFIA SIMPLES DE ABDOME:

    - Atenção sistemática: ossos, tecidos moles, bases pulmonares, órgãos abdominais e padrão de distribuição dos gases intestinais.

    - OSSOS: lesões (blásticas / líticas), fraturas e artropatias (ex: EA).

    - ÓRGÃOS ABDOMINAIS E TECIDOS MOLES: Visualização depende do contraste existente entre estruturas contíguas.

    Fígado – gordura pararrenal anterior – líquido – apagamento margem inferior.

    Pancreas – calficiações

    Rins – gordura perirrenal

    Bexigo

    Músculo psoas – massa retroepritoneal / abscesso / líquido

  • AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO ABDOMINAL RADIOGRAFIA SIMPLES DE ABDOME:

    - Atenção sistemática: ossos, tecidos moles, bases pulmonares, órgãos abdominais e padrão de distribuição dos gases intestinais.

    - OSSOS: lesões (blásticas / líticas), fraturas e artropatias (ex: EA).

    - ÓRGÃOS ABDOMINAIS E TECIDOS MOLES: Visualização depende do contraste existente entre estruturas contíguas.

    Fígado – gordura pararrenal anterior – líquido – apagamento margem inferior.

    Pancreas – calficiações

    Rins – gordura perirrenal

    Bexiga

    Músculo psoas – massa retroepritoneal / abscesso / líquido

  • AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO ABDOMINAL RADIOGRAFIA SIMPLES DE ABDOME:

    - DISTRIBUIÇÃO DOS GASES

    Pontos de referência (bolha gástrica, bulbo duodenal, flexura hepática e esplênica do cólon e ampola retal) – localiza estruturas e identifica deslocamentos.

    Alças de delgado em condições não patológicas, geralmente tem pouco gás.

    Cólon contem gás e fezes

    - CALCIFICAÇÕES

    Em alguns casos são bastante específicas (apendicolito / apendicite). Granulomas baço e fígado. Miomas calcificados. Calcificações vasculares. Cálculos renais e de vesícula biliar. Calcificações da pancreatite crônica.

  • SEMIOLOG

Search related