Imperialismo Ingls

  • View
    7.253

  • Download
    5

Embed Size (px)

Text of Imperialismo Ingls

Imperialismo Ingls

Imperialismo apolticadeexpanso edomnio territorial,culturale econmicode umanaosobre outras,ousobreuma ouvriasregies geogrficas. Iniciou-senofinaldo sculoXIX,coma vindadaSegunda Revoluoindustriale inciodocapitalismo monopolistae financeiro.

A Inglaterra objetivava-se na busca por novos mercados nos quais haveria a substituio da mo-de-obra escrava pela assalariada a fim de obter mercados consumidores mais amplos. A Inglaterra atingiu seu apogeu entre 1850 e 1875. O pas havia mais de 100 anos de industrializao e estava um sculo na frente das outras potncias, que comearam a se desenvolver na metade do sculo XIX. Na Inglaterra, a unio de desenvolvimento econmico com progresso social e estabilidade poltica criou condies para a formao de um imenso imprio

ColniasInglesas

deres formais, embora a eles se superpusessem funcionrios nomeados pela Inglaterra que exercia o

a

s Europeus. Logo a Inglaterra iniciou a diplomacia da canhoneira

ndia: a prola do Imprio Ultramarino Ingls No sculo XVII a ao inglesa comeou a se fazer presente na ndia por meio da Companhia das ndias Orientais.

Os ingleses monopolizaram o comrcio indiano, podendo assim fundar entrepostos comerciais.

At o incio do sculo XIX as relaes enquadravam-se nos limites do Mercantilismo, os ingleses vendiam em outros pases diversas especiarias obtidas na ndia.

Com o capitalismo ingls houve conseqncias desastrosas para a ndia.

Reao Indiana: Revolta dos Sipaios (18571859) Sipaios eram os soldados indianos que protestavam contra o imperialismo e os maus tratos que recebiam dos ingleses.

O movimento nacionalista foi reprimido pelos britnicos: Culminou na reorganizaram da administrao permitindo indianos no Parlamento.

Com essa reforma poltico-administrativa foi possvel a melhor explorao econmica.

Investimentos em extensas plantaes proporcionaram matrias-primas e facilitaram a runa da indstria txtil indiana. Com construes de ferrovias o escoamento da produo do interior para o litoral era facilitado.

A consolidao do domnio ingls na ndia deu a Inglaterra apoio para a sua poltica imperialista no Extremo Oriente.

As relaes entre Inglaterra e China Ingleses se introduziram na China depois da derrota dos chineses na Guerra do pio (1840-1842). Com a vitria das tropas britnicas a China foi obrigada a assinar o Tratado de Nanquim. Os ingleses permaneceram ativamente na China at 1949, quando houve a Revoluo Comunista. Na sia, Inglaterra e Frana disputam o sudoeste do continente. Inglaterra avana do leste indiano para Birmnia e Cingapura e no Sul estabelece uma faixa pequena de protetorados. Inglaterra rivaliza com Rssia pelo domnio da ndia setentrional e ocidental. Com a guerra sino-japonesa, a Inglaterra toma posse do vale do Iang-Ts, grande produtor de arroz.

A Guerra do pio O pio, uma droga produzida na ndia era comercializada pela Inglaterra na China; O governo Chins, apoiando-se numa poltica anti-dependncia de drogas e nesse comercio de pio uma ameaa economia, o probe; O estopim da guerra foi o ataque chins a um navio carregado de pio ingls; Tratado de Nanquim favorecia somente os ingleses [obteno da ilha de Hong-Kong, abertura de cinco portos, indenizao de guerra e fim do monoplio de Co-Hong (Associao de mercadores urbanos].

A Partilha da frica A partilha da frica tem incio, de fato, com a Conferncia de Berlim (1884), que institui normas para a ocupao. No final do sculo XVIII e meados do XIX, o grande poderio naval e econmico levou a Inglaterra a assumir a liderana na colonizao africana. estabeleceu o fim da escravido como forma de ampliar a oferta de mo-de-obra assalariada e mercado consumidor. As prticas de colonizao visavam exportao de ouro, marfim e animais. Minoria branca representante da coroa na administrao das colnias africanas

Caractersticas Gerais das colnias Britnicas Localizadas em reas de solo frtil e abundncia de recursos naturais; Supremacia naval: movimento de mercadorias do mundo para as colnias e vice versa alm do auxlio na defesa e conquista de territrios; Estabelecimento de colnias permanentes: riquezas seriam exploradas aos poucos; Vantagem Revoluo Industrial: mercadorias mais baratas; Poder blico ajudava na supresso de possveis e comuns resistncias locais; Imposio de mercado (venda e troca