of 15 /15
Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

Embed Size (px)

Text of Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia...

Page 1: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

Fotografia Publicitária I

Aula: Experimentando a câmera fotográficaProfessor Fábio Goveia

Universidade Federal do Espírito Santo

Page 2: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

FotografiaProf. Fábio Goveia

Usando a velocidade do obturador

(prioridade para a velocidade)

Velocidade 30 / Diafragma ajustado pelo fotômetro

Resultado: Fotografia “borrada”. Objeto distorcido e fundo nítido.

Observação: Usar velocidade do obturador baixa dificulta a obtenção de fotografias com qualidade. Deve-se usar tripé ou apoiar a câmera em local fixo.

Page 3: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

Exemplos de fotografia com velocidade baixa

Fotografia Prof. Fábio Goveia

Baila comigo... Voa / Carla Salgueiro. Disponível em www.olhares.com

Ritmo de vida / Hernâni FaustinoDisponível em www.olhares.com

Page 4: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

FotografiaProf. Fábio Goveia

Usando a velocidade do obturador(prioridade para a velocidade)Velocidade 125 / Diafragma ajustado pelo fotômetroResultado: Fotografia nítida, mas objeto um pouco distorcido. Observação: A velocidade de obturador 125 diminui a possibilidade de “tremer” durante a captura da imagem.

Page 5: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

Exemplos de fotografia com velocidade média

Fotografia Prof. Fábio Goveia

Nuno Abreu Disponível em www.olhares.com

Sergio P.Disponível em www.olhares.com

Page 6: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

FotografiaProf. Fábio Goveia

Usando a velocidade do obturador(prioridade para a velocidade)Velocidade 1000 / Diafragma ajustado pelo fotômetroResultado: Fotografia estática. Objetos e fundo permanecem sem a noção de movimento.Observação: A fotografia pode parecer muito “parada”, sem dinamismo.

Page 7: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

Exemplos de fotografia com velocidade rápida

Fotografia Prof. Fábio Goveia

Nuno Abreu Disponível em www.olhares.com

Jorge BatalhaDisponível em www.olhares.com

Page 8: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

FotografiaProf. Fábio Goveia

Usando a velocidade do obturador(prioridade para a velocidade e acompanhar o objeto)Velocidades 30, 125, 1000 / Diafragma ajustado pelo fotômetroResultado: Fotografia muito dinâmica. O objeto fica nítido, mas o fundo distorcido causa a sensação de movimento.Observação: Difícil acompanhar o objeto. Sugestão é acionar o botão da câmera um pouco antes de o objeto entrar na cena.

Page 9: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

Exemplos de fotografia com a câmera seguindo o objeto

Fotografia Prof. Fábio Goveia

Nuno Abreu Disponível em www.olhares.com José Lopes

Disponível em www.olhares.com

Velocidade 30Velocidade 1000

Velocidade 125

Sebastião BisnetoDisponível em www.olhares.com

Page 10: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

FotografiaProf. Fábio Goveia

Usando o diafragma(prioridade para o diafragma)Colocar diafragma f 4 / Obturador ajustado pelo fotômetroResultado: Fotografia com uma área bastate nítida e outra parte muito desfocada. Efeito de profundidade de campo focal.Observação: Usar uma abertura muito grande (número pequeno) reduz a profundidade de campo e o fotógrafo pode perder nitidez de áreas necessárias à foto.

Page 11: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

Exemplos de fotografia com baixa profundidade de campo focal

Fotografia Prof. Fábio Goveia

PicktchaDisponível em www.olhares.com

Sebastião BisnetoDisponível em www.olhares.com

Page 12: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

FotografiaProf. Fábio Goveia

Usando o diafragma(prioridade para o diafragma)Colocar diafragma f 11 / Obturador ajustado pelo fotômetroResultado: Fotografia com praticamente toda a área nítida. Efeito de profundidade de campo focal.Observação: O excesso de nitidez pode ser problemático diante de fundos muito confusos.

Page 13: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

Exemplos de fotografia com baixa profundidade de campo focal

Fotografia Prof. Fábio Goveia

Hugo ManuelDisponível em www.olhares.com

Artur FrancoDisponível em www.olhares.com

Page 14: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

FotografiaProf. Fábio Goveia

Fotografando com luz artificial

Fluorescente

Imagem esverdeada

Page 15: Fotografia Publicitária I Aula: Experimentando a câmera fotográfica Professor Fábio Goveia Universidade Federal do Espírito Santo

Exemplo de fotografia com luz fluorescente

Fotografia Prof. Fábio Goveia

MacastroDisponível em www.olhares.com