Palestra manancial

  • View
    187

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of Palestra manancial

A nossa vida no baseada no que pensamos ou sentimos, mas, nas promessas de Deus. Jesus te ama.

Funes do Ministriode Msica na Igreja

1

de suma importncia saber que Deus delegou uma equipe prpria para ministrar o Louvor na sua congregao. No livro de I e II Crnicas eles eram chamados de LEVITAS e eram responsveis por todas as coisas da casa de Deus em especial, a MSICA. 2 Crnicas 8:14 Tambm, segundo a ordem de Davi, seu pai, disps os turnos dos sacerdotes nos seus ministrios, como tambm os dos levitas para os seus cargos, para louvarem a Deus e servirem diante dos sacerdotes, segundo o dever de cada dia, e os porteiros pelos seus turnos a cada porta; porque tal era a ordem de Davi, o homem de Deus.

Para que esse Ministrio faa um bom trabalho , seja abenoado e abenoe a Igreja necessrio que saibamos verdadeiramente quais so suas funes. Atribuies principais do Ministrio de Louvor.ler, refletir e discutir com o grupo o que est bom, o que pode ser melhorado e o que pode ser acrescentado. Deus abenoe a todos.

1 - Administrar, ( Juntamente com) os ensaios e trabalhos dos grupos musicais da igreja 2 Crnicas 29:26 Estavam, pois, os levitas em p com os instrumentos de Davi, e os sacerdotes, com as trombetas. 2 Organizar ( Juntamente com) a escala de msicos e msica da igreja (regente, instrumentistas e msica especial)Obs: Isso funcionar melhor, quando a igreja possui vrios msicos disponveis.

3 - Coordenar e promover ( Juntamente com..) o cntico geral ( solos, duetos, corais, bandas, congregao etc.) 1 Crnicas 16:4 Designou dentre os levitas os que haviam de ministrar diante da arca do SENHOR, e celebrar, e louvar, e exaltar o SENHOR 4 Coordenar ( Juntamente com) a escolha das msicas especiais 1 Crnicas 16:9 Cantai-lhe, cantai-lhe salmos; narrai todas as suas maravilhas.

5 - Zelar por um padro de msica equilibrado e pelo bom relacionamento dos envolvidos com as atividades musicais Efsios 5:19 falando entre vs com salmos, entoando e louvando de corao ao Senhor com hinos e cnticos espirituais, 6 - Incentivar o surgimento de novos talentos Mateus 25:16 O que recebera cinco talentos saiu imediatamente a negociar com eles e ganhou outroscinco.

/

7 - Incentivar a formao de novos grupos musicais 1 Crnicas 15:16 Disse Davi aos chefes dos levitas que constitussem a seus irmos, os cantores, para que, com instrumentos msicos, com alades, harpas e cmbalos se fizessem ouvir e levantassem a voz com alegria. 8 - Envolver a msica nas atividades missionrias da igreja. Tenha no repertrio da igreja, msicas com todos os temas possveis, inclusive misso.

/

9 - Zelar pelos instrumentos musicais pertencentes Igreja Jeremias 48:10 Maldito aquele que fizer a obra do SENHOR relaxadamente! 10- Promover ( Juntamente com) cursos direcionados e especficos para cada rea do ministrio de louvor (vocal, instrumental, bblico etc)1 Crnicas 15:22 Quenanias, chefe dos levitas msicos, tinha o encargo de dirigir o canto, porque era perito nisso.

/

Perguntas Reflexivas.-Ser, que como Ministrio de Louvor estamos dando realmente o Que Deus deseja de ns. Um louvor sincero e perfeito?Ser que nossas funes esto alcanando os resultados esperados e traados pela igreja?Deixo dois textos para discusso em grupo:Salmos 87- 7 Todos os cantores, saltando de jbilo, entoaro: Todas as minhas fontes so em ti.

Salmos 33-3 Cantai ao Senhor um novo cntico, tocai bem e com alegria.

/

A igreja no deve parar para o ouvir o mundo,mas o mundo, deve parar para ouvir a igreja.Autor desconhecido

A palavra ensaio vem do latim exagio.que o ensaio de fato:OEnsaio no dicionrioestdefinidocomo:ProvaTentativaEncenaoTesteExperimentoExperincia

Reunio de oraoReunio para resolver os problemas do ministrioTempo para estudar instrumento ou tcnica vocalTempo para ouvir as msicas

TempointegralX Servio VoluntrioAsoluoPlanejarEstruturarOrganizar

Planejamento de EnsaioPlaneje com antecedncia cada detalhe do ensaio:-Tenha tempo separado para orao, comunho e ministrao.Defina o repertrio com antecedncia,Trabalhe em separado: instrumental e vocal No final do ensaio juno das duas partes;faa aSe possvel, faa TODOS os arranjos antes do ensaio tenha emmos as cifras, partituras e letras, isto faz com que ganhemos umtempo precioso.Procure obter equilbrio entre os instrumentos, arranjos vocais, volume, ritmos, propostas musicais, etc. Msicas novas para ensaiar, isto motiva o grupo.

Utilize o tempo que antecede o evento (1h antes), para passar asmsicas mais conhecidas.Agir com ordem e decncia no ensaio. No esquecer que estamos na casa de Deus.

ExemplodePlanejamentodeEnsaioOrganizando assim os ensaios, no final do ano, o lder poder fazer um balano da evoluodo grupo, tendo como descobrir o que se pode melhorar para o prximo ano, que estilos musicais o grupo teve maior dificuldades, ou outras observaes que possam contribuir para o enriquecimento espiritual e musical do grupo.Ms de Maio Grupo XData doEnsaioObjetivos doEnsaioMsicas EscolhidasResultadosObservao07/05- Casamento/ Maio;- Ampliar orepertrio.Novas:- Cada dia - Metade mim J Ensaidas:- Glria ShalomPara recordar:- O cu se abre - BVocal c/ dificuldade na msica Metade de mim. Outras Msicas OKInstrumental Repassar Cada dia no prx. ensaio. No atingiu o objetivo. Outras msicas - OK- A dico do vocal ainda no est ntida.- Falta do guitarrista.- Falta do vocalFeminino.

Diferena entre ensaiar e passar msica:ENSAIOPASSAR MSICASTem objetivos definidos Sabe-se o que ensaiar, o que se deve corrigir, etc.;No tem objetivos definidos Escolhe- se aleatoriamente as msicas, ou toca- se as msicas preferidas;Traz novos desafios; Vira rotina;Promove crescimento musical aos integrantes do grupo;Resulta em cansao musical, enfado e irritao;Inovao no repertrio;Estagnao (no evolui) do repertrio;Incentiva a criatividade musical, resultando em novos arranjos.Apenas refora ou recorda o que j foi aprendido antes;Cria e corrige convenes, dinmicas, andamentos e ritmos diferentes.No cria nada de diferente, apenas corrige o que algum esqueceu.Promove entrosamento do grupo, tanto no mbito instrumental quanto vocal. Este arranjo criamos juntos!Pode provocar individualismo no grupo.Sempre ensaiamos as mesmas msicas, ento s fao a minha parte.

REPERTRIO DOS ENSAIOS: Quem escolhe as msicas?- Tempo/Capacidade tcnica do grupo No impor gosto pessoal Critrio para a escolha de novas- Contedo/mensagem/embasamento bblicomsicas Organizao para o pr-ensaio- Preparao/distribuio Material (CDs, letras, cifras)

Estudando mp3/udiodemsica:Qual o segredo? Ouvir, ouvir e ouvir...!!!- Perceba a dinmica da msica(identifique aestrutura da msica, instrumentos, introduo,vozes, pontos crticos, etc.).solos,----Faa anotaes sobre a msica.D preferncia s partes mais difceisProcure ser fiel aos arranjosSe possvel grave sua performance (avalie-se!)

EnsaioEnsaioEnsaioEnsaioEnsaioparaparaparaparaparacultocasamentosretirosshows evangelizadoresgravao de CD, DVD, etc.

O tempo de ensaio poucoSoluo Fazer o que for possvel para ganhar tempo

O que importante?

Estudar as msicas em casa;Afinaros instrumentos antes do incio do ensaio;Pr-aquecer suas vozesEstar de posse do repertrioPassar um instrumento por vezRealizar os ajustes necessrios no somPassagem das msicas (repetidas vezes...) importante que os ensaios sejam gravadosLevar gravaes para o ensaio.

No relaxeis o vosso zelo. Sede fervorosos de esprito.Serviao Senhor (Rm 12,11).

ALTURADOS INSTRUMENTOSXALTURADAVOZSoluo Buscar osentido do coletivoTer um bom equipamento de somA harmonia do instrumental deve dar apoio ao vocalO volume do instrumental no pode superar o volumedas vozes (apoio) A voz do animador deve estar em evidncia nosretornos. Extrado do livro: "Ministrando a msica - Luiz Carvalho"Vivei em boa harmonia uns com os outros. No vos deixeis levar pelo gosto dasgrandezas; afeioai-vos com as coisas modestas. No sejais sbios aos vossos prprios olhos" (Romanos 12,16)

As msicas para aprender sodifceis demaisSoluoSimplifique o que for possvelRearranje as msicasSe for o caso mude quemprincipalMude o tom originalSimplifique a harmoniaSimplifique o ritmoOu em ltimo caso, troque defara vozmsica

O ensaio no produtivoO que pontuar:Faltou planejamentoe organizao?Faltou dedicao individual?SoluoObjetivo X organizaoNo h produtividade quandoorganizao.noh

O COMPROMISSO DE CADA UM REVELADO NOS ENSAIOS Atrasos (msico que no consegue cumprir os horrios) Em outraspalavras: eu sou desorganizado (a).Brigas por volume - Sempre reclama que o instrumento no estaparecendo) Em outras palavras: eu preciso aparecer!!!Solo (...Essa msica no vai ter solo no, hein?) Em outraspalavras: eu preciso me mostrar!!! Relapso - (Diz simplesmente que no teve tempo de estudarparte) Em outras palavras: eu sou relaxado (a), displicente.sua"Vivei em boa harmonia uns com os outros. No vos deixeis levar pelo gostodas grandezas; afeioai-vos com as coisas modestas. No sejais sbios aosvossos prprios olhos" (Romanos 12,16)

Orientaes Gerais Use o pedestal sempre que quiser ser expressar,bater palmaslevantar os braos; Cuidado com choques! Cante com calados de solade borracha; O microfone a nica coisa que te separa da assemblia, entono o use como escudo, e sim, como aliado. Imagine-o como uma poderosa arma; No assopre ou bata no microfone ao testar, no o aperte comose fosse dar um soco em algum, pois a fora vai tencionar seu brao, se ombro, etc.; Abafar o microfone no evita microfonia...; Procure no segurar muito prximo do globo do microfone.

O QUE EU FAO COM AS MOS? Em primeiro lugar, tire as mos do bolso (a primeira coisa a fazer dar uma boarespirada abdominal, colocar as mos no pedestal e s desgrud-las assim que voccomear a se sentir confiante. J num segundo moviment