Click here to load reader

Tabela periódica; Ligações quí › assets › Modular › QUIMICA › ... QUÍMICA Dimitri Ivanovitch Mendeleiev LatinStock/Science Photo Library/ Ria Novosti O ouro, o cobre,

  • View
    6

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Tabela periódica; Ligações quí › assets › Modular ›...

  • APRESENTAÇÃO Este módulo faz parte da coleção intitulada MATERIAL MODULAR, destinada às três séries do Ensino Médio e produzida para atender às necessidades das diferentes rea- lidades brasileiras. Por meio dessa coleção, o professor pode escolher a sequência que melhor se encaixa à organização curricular de sua escola.

    A metodologia de trabalho dos Modulares auxilia os alunos na construção de argumen- tações; possibilita o diálogo com outras áreas do conhecimento; desenvolve as capaci- dades de raciocínio, de resolução de problemas e de comunicação, bem como o espírito crítico e a criatividade. Além disso, trabalha com diferentes gêneros textuais (poemas, histórias em quadrinhos, obras de arte, gráficos, tabelas, reportagens, etc.), a fim de dinamizar o processo educativo, assim como aborda temas contemporâneos com o ob- jetivo de subsidiar e ampliar a compreensão dos assuntos mais debatidos na atualidade.

    As atividades propostas priorizam a análise, a avaliação e o posicionamento perante situações sistematizadas, assim como aplicam conhecimentos relativos aos conteúdos privilegiados nas unidades de trabalho. Além disso, é apresentada uma diversidade de questões relacionadas ao ENEM e aos vestibulares das principais universidades de cada região brasileira.

    Desejamos a você, aluno, com a utilização deste material, a aquisição de autonomia intelectual e a você, professor, sucesso nas escolhas pedagógicas para possibilitar o aprofundamento do conhecimento de forma prazerosa e eficaz.

    Gerente Editorial

    Tabela periódica; Ligações químicas

  • © Editora Positivo Ltda., 2010 Proibida a reprodução total ou parcial desta obra, por qualquer meio, sem autorização da Editora.

    B333 Batista, Fábio Roberto Ensino médio : modular : química : tabela periódica, ligações químicas / Fábio

    Roberto Batista ; ilustrações Angela Giseli ... [ et al. ]. – Curitiba : Positivo, 2010. : il.

    ISBN 978-85-385-6397-6 (livro do aluno) ISBN 978-85-385-6398-3 (livro do professor)

    1. Química. 2. Ensino médio – Currículos. I. Giseli, Angela. III. Título.

    CDU 373.33

    Dados Internacionais para Catalogação na Publicação (CIP) (Maria Teresa A. Gonzati / CRB 9-1584 / Curitiba, PR, Brasil)

    DIRETOR-SUPERINTENDENTE: DIRETOR-GERAL:

    DIRETOR EDITORIAL: GERENTE EDITORIAL:

    GERENTE DE ARTE E ICONOGRAFIA: AUTORIA:

    ORGANIZAÇÃO: EDIÇÃO DE CONTEÚDO:

    EDIÇÃO: ANALISTAS DE ARTE:

    PESQUISA ICONOGRÁFICA: EDIÇÃO DE ARTE:

    CARTOGRAFIA: ILUSTRAÇÃO:

    PROJETO GRÁFICO: EDITORAÇÃO:

    CRÉDITO DAS IMAGENS DE ABERTURA E CAPA:

    PRODUÇÃO:

    IMPRESSÃO E ACABAMENTO:

    CONTATO:

    Ruben Formighieri Emerson Walter dos Santos Joseph Razouk Junior Maria Elenice Costa Dantas Cláudio Espósito Godoy Fábio Roberto Batista Fábio Roberto Batista Gabriela Ido Sabino Rose Marie Wünsch Giselle Alice Pupo / Tatiane Esmanhotto Kaminski Ilma Elizabete Rodenbusch Angela Giseli de Souza Luciano Daniel Tulio Angela Giseli / André Müller / Jack Art / Marcos Gomes O2 Comunicação Danielli Ferrari Cruz © iStockphoto.com/Neustockimages; © iStockphoto.com/ Monticello; © Shutterstock/Africa Studio; © Shutterstock/ Imagwell Editora Positivo Ltda. Rua Major Heitor Guimarães, 174 80440-120 Curitiba – PR Fone: (0xx41) 3312-3500 Fax: (0xx41) 3312-3599 Gráfica Posigraf S.A. Rua Senador Accioly Filho, 500 81300-000 Curitiba – PR Fone: (0xx41) 3212-5452 E-mail: [email protected] 2014 [email protected]

    Todos os direitos reservados à Editora Positivo Ltda.

    Neste livro, você encontra ícones com códigos de acesso aos conteúdos digitais. Veja o exemplo:

    Acesse o Portal e digite o código na Pesquisa Escolar.

    @QUI808Regra do octeto @QUI808

  • SUMÁRIO

    Unidade 1: Tabela periódica dos elementos

    Unidade 2: Ligações químicas

    Ordenação dos elementos químicos 6

    Classificação dos elementos químicos 10

    Propriedades dos elementos químicos 21

    Configuração de especial estabilidade 31

    Ligação iônica 32

    Ligação covalente 35

    Ligação metálica 39

    Geometria molecular 43

    Polaridade 45

    Forças intermoleculares 54

  • Tabela periódica; Ligações químicas4

    Não está na natureza das coisas que o homem realize um descobrimento súbito e inesperado; a ciência avança passo a passo e cada homem depende do trabalho de seus predecessores.

    RUTHERFORD, Ernest. In: COHEN, Bernard I. O nascimento de uma nova física. Lisboa: Gradiva, 1988. p. 136.

    Tabela periódica dos elementos1

  • Ensino Médio | Modular 5

    QUÍMICA

    Dimitri Ivanovitch Mendeleiev

    La tin

    St oc

    k/ Sc

    ie nc

    e Ph

    ot o

    Li br

    ar y/

    Ri a

    N ov

    os ti

    O ouro, o cobre, a prata, o chumbo, o estanho e o mercúrio são conhecidos do ser humano desde a Antiguidade, porém a primeira descoberta científica de um elemento ocorreu em 1669, quando Henning Brand descobriu o fósforo.

    Em 1800, já eram conhecidos mais de 30 elementos químicos e a tendência era de que esse número aumentasse rapidamente. Com essa previsão, os cientistas passaram a se preocupar em desenvolver formas de agrupar e organizar todo o conhecimento adquirido a respeito dos elementos até então descobertos. Várias tentativas foram realizadas com o intuito de tornar as semelhanças e as tendências

    dos elementos mais evidentes, contudo atribui-se maior importância ao trabalho do russo Dimitri Ivanovitch Mendeleiev (1834-1907), que, no ano de 1869, concluiu que as propriedades dos elementos se repetiam com regularidade em função de sua massa atômica.

    Mendeleiev recolheu informações sobre os 63 ele- mentos conhecidos na época e organizou-os em linhas horizontais e em ordem crescente de suas massas atô- micas, com o cuidado de colocar na mesma coluna os elementos com propriedades químicas semelhantes. O número de elementos conhecidos até então não era su-

    ficiente para que Mendeleiev preenchesse todos os espaços previstos de sua tabela, obrigando-o a deixar alguns espaços vazios. Ele defendia que seriam mais tarde ocupados por elementos até então desconhecidos. Com o passar dos anos, foram sendo descobertos novos elementos químicos e os “vazios” da tabela de Mendeleiev foram sendo preenchidos, inclusive porque a organização proposta pelo russo facilitou a descoberta de novos elementos químicos.

    Grupo

    Período I II III IV V VI VII VIII

    1 H = 1

    2 Li = 7 Be = 9,4 B = 11 C = 12 N = 14 O = 16 F = 19

    3 Na = 23 Mg = 24 Aℓ = 27,3 Si = 28 P = 31 S = 32 Cℓ = 35,5

    4 K = 39 Ca = 40 ? = 44 Ti = 48 V = 51 Cr = 52 Mn = 55 Fe = 56, Co = 59, Ni = 59

    5 Cu = 63 Zn = 65 ? = 68 ? = 72 As = 75 Se = 78 Br = 80

    6 Rb = 85 Sr = 87 ?Yt = 88 Zr = 90 Nb = 94 Mo = 96 ? = 100 Ru = 104, Rh = 104, Pd = 106

    7 Ag = 108 Cd = 112 In = 113 Sn = 118 Sb = 122 Te = 125 J = 127

    8 Cs = 133 Ba = 137 ?Di = 138 ?Ce = 140

    9

    10 ?Er = 178 ?La = 180 Ta = 182 W = 184 Os = 195, Ir = 197, Pt = 198

    11 Au = 199 Hg = 200 Tℓ = 204 Pb = 207 Bi = 208

    12 Th = 231 U = 240

    Com o desenvolvimento da metalurgia, em 1000 a.C., foi possível o uso do ferro e do aço, obtido da mistura acidental de ferro quente com o carvão em brasa, para a construção das armas

    © W

    ik im

    ed ia

    C om

    m on

    s/ Po

    rta bl

    e An

    tiq ui

    tie s

    Sc he

    m e

    Em sua homenagem, o elemento químico artificial, identificado, em 1955, com o número atômico igual a 101, foi batizado com o nome de mendelévio (símbolo Md). Demonstrou-se assim o valor da tabela periódica na organização do conhecimento químico.

    Tabela de Mendeleiev @QUI900

  • Grupos São chamados grupos as 18 colunas verticais da tabela periódica, numeradas

    de 1 a 18, conforme recomendação da IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada) no final da década de 1980. Antes disso, os grupos eram também co- nhecidos por família e identificados por um algarismo romano, seguido das letras A e B, por exemplo, IA, VIIA, IIB. Essas letras estão relacionadas à posição do elétron no subnível mais energético.

    Um grupo é caracterizado por apresentar elementos com propriedades químicas semelhantes e, com base na estrutura eletrônica, pode-se identificar a qual grupo cada elemento pertence.

    Entre 1913 e 1914, o inglês Henry Moseley (1887-1915) conseguiu corrigir algumas anomalias observadas por Mendeleiev, propondo que as propriedades químicas de cada elemento não eram determinadas pela massa atômica, mas pelo número de prótons, ou seja, seu número atômico. A lei periódica estabelece que, quando os elementos são listados sequencialmente, em ordem crescente de número atômico, é observada uma regularidade periódica em suas propriedades. Essa repetição é a base da estrutura da tabela periódica.

    Com base na periodicidade, foi proposta a tabela periódica atual, a qual: apresenta os elementos químicos dispostos em ordem crescente de número atômico (Z); é formada por sete linhas horizontais e dezoito colunas verticais.

    Ordenação dos elementos químicos

    Periodicidade: característica de acontecimentos

    ou situações que se

    repetem com determinada

Search related