Sheila Schneck

Embed Size (px)

Text of Sheila Schneck

  • Sheila Schneck

    FORMAO DO BAIRRO DO BEXIGA EM SO PAULO: LOTEADORES, PROPRIETRIOS, CONSTRUTORES, TIPOLOGIAS

    EDILCIAS E USURIOS

    (1881-1913)

    Dissertao de Mestrado

    apresentada ao Programa de Ps-Graduao

    Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

    Universidade de So Paulo

    rea de Concentrao: Histria e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo

    Orientador: Profa. Dra. Beatriz Siqueira Bueno

    So Paulo

    2010

  • RESUMO

    De fins do Imprio aos primeiros anos da Repblica, o Brasil passou por

    transformaes que marcaram definitivamente as suas cidades. Mais do que a

    substituio de um regime poltico por outro, tratava-se de um perodo de transio de

    uma economia escravocrata para outra capitalista, baseada no trabalho livre, na qual a

    mo-de-obra imigrante foi fundamental. A cidade de So Paulo, centro de comrcio e da

    indstria nascente, tornou-se foco de atrao humana. O fluxo de mo-de-obra

    imigrante e de ex-escravos para a cidade acarretou grande crescimento populacional e a

    necessidade de novas moradias, com a consequente ocupao das reas adjacentes ao

    centro da cidade.

    A proposta deste trabalho estudar o processo de formao do bairro do Bexiga, como

    um dos espaos ocupados entre as ltimas dcadas do sculo XIX e as primeiras do XX,

    desde a poca da antiga chcara de Antonio Jos Leite Braga, ainda no Imprio,

    passando pelo seu desmembramento em lotes comercializveis, pela venda dos terrenos

    e construo dos imveis e, finalmente, pela ocupao destes por diferentes usurios, j

    na Repblica. Busca-se, assim, analisar os mecanismos de produo de espaos urbanos

    pela iniciativa privada, os principais atores sociais envolvidos e as estratgias do poder

    pblico para disciplinar o parcelamento do solo e a construo de moradias, via

    legislao urbanstica e sanitria.

    Palavras-chave: Arquitetura/Bexiga/Bairros/Histria/So Paulo/Urbanizao

  • FORMATION OF BEXIGA NEIGHBORHOOD IN SO PAULO:

    ENTREPENEURS, OWNERS,BUILDERS, TYPOLOGIES AND

    USERS (1881-1913)

    ABSTRACT

    Since the end of the Empire to the early years of the Republic, Brazil has

    undergone transformations that have marked definitively its cities. More than the

    replacement of a political regime on the other, it was also a period of transition from an

    economy based on slavery to another capitalist, based on free work, where immigrant

    workmanship was fundamental. The city of So Paulo, which was the centre of

    commerce and a rising industry, became the focus of human attraction. The flow of

    immigrant workmanship and ex-slaves into the city resulted in the significant growth of

    population and the need for new homes, with the consequent occupation of the areas

    adjacent to the centre of the city.

    The purpose of this study is to examine the process of formation of Bexigas

    district as one of the occupied areas between the last decades of the nineteenth century

    and the beginning of the twentieth, since the time of the ancient farm of Antonio Jos

    Leite Braga which is still in the Empire passing to its dismemberment in

    commercialy viable lots, its sale and the construction of homes and, eventually, its

    occupation by different people until it became a Republic. The main objective is to

    analyse the mechanisms of production of urban areas by the private sector, the main

    social actors involved, as well as the strategies of public power to organize the division

    of the land and the construction of homes, through urban and sanitary legislation.

    Key Words: Architecture/Bexiga/Neighborhoods/History/So Paulo/Urbanization

  • LISTA DAS ILUSTRAES

    Figura 1 Detalhe da Planta da Cidade de So Paulo (1881). Cia. Cantareira e Esgotos, Fonte: Informativo Arquivo Histrico Municipal, 4 (20): set/out.2008, AHMWL 30 Figura 2 So Paulo Chcaras, stios e fazendas volta de So Paulo, desde o sculo XVIII. Gasto Cesar Bierrembach de Lima, Exposio do IV Centenrio de So Paulo. Fonte: Arquivo Aguirra/Museu Paulista/USP 44 Figura 3 Mappa da Cidade de So Paulo e seus Subrbios (1844-1847). C. A. Bresser.Fonte: Informativo Arquivo Histrico Municipal, 4 (20): set/out.2008, AHMWL 45 Figura 4 Largo da Memria. Detalhe da Ponte do Lorena. Autor: Milito Augusto de Azevedo, 1862. Fonte: Coleo SAN/DIM/DPH/SMC/PMSP 46 Figura 5 Largo do Piques. Detalhe de tropeiros. Autoria desconhecida, 1862 Fonte: Coleo SAN/DIM/DPH/SMC/PMSP 47 Figura 6 Mappa da Imperial Cidade de So Paulo (1855). Carlos Rath. Fonte: Informativo Arquivo Histrico Municipal, 4 (20): set/out.2008, AHMWL 48 Figura 7 Planta da Cidade de So Paulo (1868). Atribuda a Carlos Frederico Rath. Fonte: Informativo Arquivo Histrico Municipal, 4 (20): set/out.2008, AHMWL 50 Figura 8 Planta da Cidade de So Paulo (1881). Cia. Cantareira e Esgotos. Fonte: Informativo Arquivo Histrico Municipal, 4 (20): set/out.2008, AHMWL 53 Figura 9 Planta dos Terrenos do Bexiga (1890). Fernando de Albuquerque. Fonte: Arquivo Aguirra/Museu Paulista/USP 55 Figura 10 Planta da Capital do Estado de So Paulo e seus arrabaldes (1890). Jules Martin. Fonte: Informativo Arquivo Histrico Municipal, 4 (20): set/out.2008, AHMWL 58 Figura 11 Planta da cidade de So Paulo (1895). Ugo Bonvicini. Fonte: Informativo Arquivo Histrico Municipal, 4 (20): set/out.2008, AHMWL 61 Figura 12 Planta Geral da Capital de So Paulo (1897). Gomes Cardim. Fonte: Informativo Arquivo Histrico Municipal, 4 (20): set/out.2008, AHMWL 64 Figura 13 Planta Geral da Cidade de So Paulo (1905). Alexandre M. Coccoci e L. Fructuoso. Fonte: Histrico Demogrfico do Municpio de So Paulo, SEMPLA 67 Figura 14 Morro dos Ingleses. Vista do crrego da Saracura. Autoria desconhecida, 1925-1929. Fonte: Coleo SAN/DIM/DPH/SMC/PMSP 68 Figura 15 Planta da Cidade de So Paulo (1913). Alexandre M. Coccoci e L. Fructuoso. Fonte: Histrico Demogrfico do Municpio de So Paulo, SEMPLA 70

  • Figura 16 Vale do Anhangaba. Imagem da Saracura em direo ao Centro. Autoria desconhecida, s/data. Fonte: Coleo SAN/DIM/DPH/SMC/PMSP 71 Figura 17 Detalhe do Mappa da Capital da Provncia de So Paulo com destaque para a Oficina de Santo Antonio. Fernando de Albuquerque e Jules Martin, 1877. Fonte: Informativo Arquivo Histrico Municipal, 4 (20): set/out.2008, AHMWL 75 Figura 18 Detalhe da Planta SARA Brasil, contendo a localizao da residncia de Fernando Albuquerque. 1930. Fl. 37. Fonte: AHMWL 76 Figura 19 Rua Fortaleza, junto ao n 12. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. E1/F1. Fonte: AHMWL 114 Figura 20 Rua Fortaleza s/n. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. E1/F1-06. Fonte: AHMWL 115 Figura 21 Rua Conselheiro Ramalho n 222. Srie Obras Particulares, 1907. Cx. C2/D1-19. Fonte: AHMWL 116 Figura 22 Detalhe da Planta SARA Brasil, contendo a rea de atuao de Joaquim Antunes. 1930. Fl. 37. Fonte: AHMWL 117 Figura 23 Rua Conselheiro Ramalho n 82. Srie Obras Particulares, 1907. Cx. C2/D1-19. Fonte: AHMWL 121 Figura 24 Detalhe da Planta SARA Brasil, contendo a rea de atuao da famlia Passalacqua. 1930. Fl. 37. Fonte: AHMWL 123 Figura 25 Detalhe da Planta SARA Brasil, contendo a rea de atuao de Paschoal Gazneo. 1930. Fl. 37. Fonte: AHMWL 125 Figura 26 Rua Santo Antonio n 49. Srie Obras Particulares, 1912. Cx. S1. Fonte: AHMWL 125 Figura 27 Ladeira do Ouvidor. Casa que pertenceu ao Padre Paschoal Gazneo. Autoria desconhecida, 1900/1910. Fonte: Coleo SAN/DIM/DPH/SMC/PMSP 126 Figura 28 Rua Manoel Dutra n 29. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. M1-09. Fonte: AHMWL 137 Figura 29 Rua Rui Barbosa s/n. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. Q1/R1, Fonte: AHMWL 138 Figura 30 Rua Major Diogo s/n. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. M1-09. Fonte: AHMWL 139 Figura 31 Rua Santo Antonio, junto ao 19. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. S1-12. Fonte: AHMWL 140 Figura 32 Rua 14 de Julho n 46. Srie Obras Particulares, 1912. Cx. P4/Q1. Fonte: AHMWL 141 Figura 33 Rua Rui Barbosa n 68. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. Q1/R1. Fonte: AHMWL 142

  • Figura 34 Detalhe da Planta Geral da Capital de So Paulo (1905), com as ruas do Bexiga envolvidas no permetro urbano. Coccoci e Fructuoso. Fonte: Histrico Demogrfico do Municpio de So Paulo, SEMPLA 144 Figura 35 Rua Santo Amaro n 89. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. S1. Fonte: AHMWL 145 Figura 36 Casa simples, Rua Santo Amaro n 17. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. S1-12. Fonte: AHMWL 149 Figura 37 Casa de fundos, Rua Santo Amaro n 124. Srie Obras Particulares, 1907. Cx. 26. Fonte: AHMWL 150 Figura 38 Casas em srie, Rua Fortaleza, esquina com Rui Barbosa. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. E1/F1-06. Fonte: AHMWL 151 Figura 39 Vila, Rua Fortaleza s/n. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. E1/F1. Fonte: AHMWL 151 Figura 40 Sobrado com dupla residncia, Rua 13 de Maio s/n. Srie Obras Particulares, 1913. Cx. T3. Fonte: AHMWL 152 Figura 41 Casa de uso misto, Rua Rui Barbosa n 108T. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. Q1/R1. Fonte: AHMWL 153 Figura 42 Casa com mais de 6 cmodos, Rua Major Diogo n 5. Srie Obras Particulares, 1910. Cx. M1. Fonte: AHMWL 165 Figura 43 Casa com at 3 cmodos, Rua Rui Barbosa n 104T. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. Q1/R1. Fonte: AHMWL 166 Figura 44 Casa com 4 cmodos, Rua da Abolio n 37. Srie Obras Particulares, 1906. Cx. 1-01. Fonte: AHMWL 167 Figura 45 Casas em srie geminadas, com 5