Princípios Mendelianos: Segregação Alélica e Independente

Embed Size (px)

Text of Princípios Mendelianos: Segregação Alélica e Independente

  • Princpios Mendelianos: Segregao Allica e Independente

    Ana Cludia Gomes Torres Doutoranda Laboratrio de Polimorfismos e Ligao

    anaclaudiambraga@gmail.com

  • Gregor Mendel

    Gregor Johann Mendel (1822-1884)

    Princpios da hereditariedade.

    Experimentos: 1856-1863

    8 de fevereiro de 1866 publicou seus resultados

    1900 redescoberta dos trabalhos por:

    Hugo de Vries - Holanda

    Carl Correns Alemanha

    Eric Tschermak-Seysenegg - ustria

    William Bateson termo gentica grego gerar

  • Publicao dos trabalhos

  • Experimentos de Mendel

    Ervilha Pisum sativum

    Flores hermafroditas - autofecundao

    Fcil cultivo crescimento rpido

    7 caractersticas duas verses

  • Cruzamento monobrido

    Plantas que diferiam em uma caracterstica

  • Fatores -> genes Wilhelm Johannsen; 1909 - Alelos - Dominante - Recessivo - Homozigoto - Heterozigoto - Gentipo - Fentipo

    Proporo 3:1

  • Constataes

    Plantas deviam ter herdado fatores (genes) de ambos os genitores resultados da F2. 2 fatores codificando para a caracterstica.

    Alelos se separam na formao dos gametas, cada um deles vai para cada gameta. Se fundem para formar o zigoto.

    Dois alelos se separam em igual probabilidade na formao dos gametas.

    Hbridos possuem um fator latente mascarado pelo fator para outra caracterstica. Fator latente -> recessivo Expresso -> dominante

  • Resultados

    Linhagens parentais Prole F1 Prole F2 Proporo

    Plantas altas x plantas ans Altas 787 altas e 277 ans 2,84 : 1

    Sementes lisas x sementes

    rugosas Lisas

    5474 lisas e 1850

    rugosas 2,96 : 1

    Sementes amarelas x sementes

    verdes Amarelas

    6022 amarelas e 2001

    verdes 3,01 : 1

    Flores violeta x flores brancas Violeta 705 violeta e 224 brancas 3,15 : 1

    Flores axiais x flores terminais Axiais 651 axiais e 207

    terminais 3,14 : 1

    Vagens infladas x vagens

    comprimidas Infladas

    882 infladas e 299

    comprimidas 2,95 : 1

    Vagens verdes x vagens

    amarelas Verdes

    428 verdes e 152

    amarelas 2,82 : 1

  • Princpio da segregao: em um heterozigoto, um alelo pode ocultar a presena do outro.

    Princpio da Dominncia: em um heterozigoto, dois alelos diferentes segregam-se um do outro durante a formao dos gametas.

  • 1 LEI DE MENDEL

    Toda caracterstica determinada por um par de fatores (genes).

    Os dois alelos de cada gene presentes em um indivduo segregam-se (separam-se) na formao dos gametas.

    Assim cada pai contribui com metade dos genes enviados para a prole.

  • 1 LEI DE MENDEL

    Os padres hereditrios so determinados por fatores (alelos) que ocorrem em pares em um indivduo, mas que segregam um do outro na formao das clulas sexuais,

    de modo que qualquer gameta recebe apenas um ou outro dos alelos pareados.

  • Exemplos

    Em um cruzamento entre uma planta homozigota para sementes amarelas e uma homozigota para sementes verdes.

    P V V X v v

    V v

    F1 Vv

    100 % amarelas

  • Exemplos

    Auto fecundao da F1

    P V v X V v V v V v F1 VV Vv Vv vv VV

    ou 2/4 Vv vv

    amarela verde

  • Quadrado de Punnett

  • Quadrado de Punnett

    V v

    V VV Vv

    v Vv vv

    VV ou 2/4 Vv vv

    amarela verde

  • Realize o cruzamento entre uma planta alta (dominante e homozigota) e uma planta baixa. A) Demonstre os resultados deste cruzamento. B) Suponha que haja autofecundao, qual a proporo fenotpica e genotpica.

    AA X aa Aa 100% altas

    Aa X Aa AA Aa aA aa

    1/4 2/4 1/4

    Exerccio

  • Cruzamentos dibridos

    Indivduos que diferem em duas caractersticas.

    Um gene 2 alelos

    Cor

    Textura

    verde

    amarela

    Lisa

    Rugosa

  • Cruzamentos dibridos

    (3:1) x (3:1) = 9:3:3:1

  • G amarela g verde W lisa w - rugosa

  • GAMETAS

    Gametas: VR Vr vR vr

    VvRr

  • 2. LEI DE MENDEL Princpio da distribuio independente

    Genes que codificam caractersticas diferentes se separam independentemente uns dos outros quando so formados os gametas, devida a separao independente dos pares de cromossomos homlogos durante a meiose.

  • Prever os resultados dos cruzamentos

    Quadrado de Punnett

    Linha ramificada - bifurcada

    Mtodo da Probabilidade

  • Quadrado de Punnett

    Pela simples contagem

    podemos determinar os tipos de prole produzidos e suas propores:

    9 sementes lisas e amarelas

    3 sementes lisas e verdes

    3 sementes rugosas e amarelas

    1 semente rugosa e verde

  • Quadrado de Punnett

    GW Gw gW gw

    GW

    GGWW GGWw GgWW GgWw

    Gw

    GGWw GGww GgWw Ggww

    gW

    GgWW GgWw ggWW ggWw

    gw

    GgWw Ggww ggWw ggww

  • Exerccio

    O cruzamento de ervilhas altas e flores prpura com ervilhas baixas de flores brancas produziu uma F1 com apenas plantas altas com flores prpura.

    A) Represente o cruzamento P e os descendentes da F1.

    b) Represente o cruzamento do entrecruzamento da F1. D a proporo genotpica e fenotpica.

  • Resposta

    b) F2 AaBb X AaBb

    a) P AABB X aabb

    F1 100% Aa Bb altas e flores prpuras

    AB Ab aB ab

    AB AABB AABb AaBB AaBb

    Ab AABb AAbb AaBb Aabb

    aB AaBB AaBb aaBB aaBb

    ab AaBb Aabb aaBb aabb

    A alta a baixa B prpura b - branca

    9 altas e prpuras: 3 altas e brancas: 3 baixas e prpura: 1 baixa e branca

    1 AABB: 2 AABb: 2 AaBB: 4 AaBb: 1: Aabb: 2 Aabb: 1 aaBB: 2 aaBb: 1 aabb

  • Prever os resultados dos cruzamentos

    Quadrado de Punnett

    Linha ramificada - bifurcada

    Mtodo da Probabilidade

  • Linha ramificada

    Usado para prever o resultado de um cruzamento envolvendo dois ou mais genes.

    Exemplo:

    No cruzamento tribrido entre ervilhas heterozigotas para 3 genes de segregao independente, divide-se em 3 cruzamentos monobridos.

    Para cada gene, esperamos que o fentipo aparea em uma proporo de 3:1.

    Exemplo:

    Dd X Dd produzir 3 plantas altas: 1 baixa

  • Linha ramificada dibrido

  • Linha ramificada

  • Linha ramificada tribrido

    Altura x Cor x Textura

  • Cruzamento teste

  • Em camundongos, o alelo B de cor de pelagem preta dominante em relao ao alelo b para pelagem branca, e o alelo V para comportamento normal dominante em relao a v para comportamento valsador (uma forma de descoordenao). Um camundongo homozigoto de pelagem preta normal cruzado com um de pelagem branca valsador. A prole F1 foi entrecruzada, quais os gentipos e fentipos esperados e em que proporo.

    Exerccio

  • Camundongo homozigoto preto normal X branco valsador

    P BBVV X bbvv F1 BbVv

    F2 BbVv x BbVv

    BB Bb bB bb VV Vv vV vv

    Resposta

    BB VV

    2/4 Vv

    vv

    1/16 BBVV

    2/16 BBVv

    1/16 BBvv

    B preto b branco V normal V valsador

    1/4 bb VV

    2/4 Vv

    vv

    1/16 bbVV

    2/16 bbVv

    1/16 bbvv

    PN

    PN

    PV

    PN

    PN

    PV

    BN

    BN

    BV

    9 PN: 3PV: 3 BN: 1 BV

    2/4 Vv

    vv

    2/16 BbVV

    4/16 BbVv

    2/16 Bbvv

    2/4 Bb VV

    1: BBVV: 2 BBVv: 1 BBvv: 2 BbVV: 4 BbVv: 2 Bbvv: 1 bbVV: 2 bbVv: 1 bbvv

  • Prever os resultados dos cruzamentos

    Quadrado de Punnett

    Linha ramificada - bifurcada

    Mtodo da Probabilidade

  • Probabilidade

    Expressa a chance de determinando evento ocorrer

    Nmero de vezes que determinado evento ocorre dividido por todas as possibilidades Em um baralho possibilidade de tirar um rei de copas 1/52

    Moedas em 1 lanamento: cara e coroa

    Dados: 1 lanamento obter um 2 1/6

    Segregao dos gametas :

    A a A e a

    Aa X Aa

    AA Aa aa

  • Probabilidade

    Regra da multiplicao:

    Probabilidade de dois ou mais eventos independentes ocorrerem juntos calculada pela multiplicao de suas probabilidades independentes.

    Exemplo: Lanar um dado duas vezes e obter o nmero 2 nas duas vezes : 1/6 x 1/6= 1/36

    Palavra aplicada: e

  • Probabilidade

    Regra da adio:

    A probabilidade de qualquer um de dois ou mais eventos mutuamente excludentes calculada pela soma das probabilidades desses eventos.

    Lanamento de um dado e obter 1 ou 3 1/6 + 1/6 = 1/3

    Palavra utilizada ou

  • Aplicao

    Cruzamento entre duas ervilhas altas: Aa X Aa AA = Aa = aA = aa = A probabilidade da planta do cruzamento ser alta AA ou Aa ou aA + 2/4 =

    2/4

  • Dois indivduos com o gentipo AaBbCc so cruzados.

    Qual a probabilidade de um indivd