Click here to load reader

LINGAS DE CORRENTES DE GRAU-8 · segmentos, atendendo às diversas demandas de içamento e movimentação de ... com olhal como, por exemplo, gancho olhal). Código para pedido de

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of LINGAS DE CORRENTES DE GRAU-8 · segmentos, atendendo às diversas demandas de içamento e...

LINGAS DE CORRENTES DE GRAU-8

www.seyconel.com.br

+55 41.3201.8000

Rua Wenceslau Prodo, 181

Jardim Carvalho

83.402-125 - Colombo - Paran

[email protected]

Fone: +55 41.3201.8000www.seyconel.com.br

LINGAS DE CORRENTES DE GRAU-8LINGAS DE CORRENTES DE GRAU-8

As lingas de correntes Seyconel possuem alto padro de qualidade. Usando correntes e acessrios Seyconel, possvel garantir segurana e durabilidade, pois os componentes so produzidos conforme rigorosas normas internacionais. As lingas de correntes Seyconel acompanham um Certificado de Qualidade, garantindo que a linga foi inspecionada por pessoa qualificada aps a montagem. O certificado tambm garante a rastreabilidade da linga e de seus componentes. Cada linga possui seu nmero de identificao. Este nmero gravado na placa da linga, assim como a Carga Mxima de Trabalho (CMT), nmero de ramais e o tamanho nominal da corrente.

Todos os elementos individuais das lingas de corrente Seyconel correspondem ao grau de qualidade 8 conforme as normas DIN 5687-8 (EM 818-2) e DIN 5691 (EM 1677) que atendem as normas nacionais equivalentes (ABNT NBR). Os acessrios atendem os critrios de qualidade descritos pela norma DIN EN ISO 9001.

Aplicao: As lingas de correntes de grau 8 podem ser aplicadas em diversos segmentos, atendendo s diversas demandas de iamento e movimentao de cargas. As lingas so largamente aplicadas no setor de construo civil, logstico, minerao, siderurgia, leo e gs, offshore entre outros setores. As lingas de correntes so robustas, no possuindo muitas restries quanto aplicao. As lingas podem ainda possuir acessrios de ajuste, permitindo o encurtamento de pernas para equilbrio da carga.

As lingas podem ser aplicadas em uma larga faixa de Carga Mxima de Trabalho (CMT), dependendo do tamanho nominal da corrente, do nmero de pernas ou ramais e do ngulo (ngulo entre a corrente e a vertical). O dimensionamento do tamanho nominal da corrente e acessrio feito de acordo com a tabela a seguir.

Observao: A Seyconel est apta a fornecer em curto prazo lingas com correntes de tamanho nominal 8, 10 e 13. Demais tamanhos sob consulta.

Configurao: As lingas de correntes so configuradas de acordo com a necessidade da aplicao. O nmero de pontos de iamento define o nmero de ramais ou pernas da linga. O arranjo e a disposio dos pontos

LINGAS DE CORRENTES DE GRAU-8

As lingas de correntes Seyconel possuem alto padro de qualidade. Usando correntes e acessrios Seyconel, possvel garantir segurana e durabilidade, pois os componentes so produzidos conforme rigorosas normas internacionais. As lingas de correntes Seyconel acompanham um Certificado de Qualidade, garantindo que a linga foi inspecionada por pessoa qualificada aps a montagem. O certificado tambm garante a rastreabilidade da linga e de seus componentes. Cada linga possui seu nmero de identificao. Este nmero gravado na placa da linga, assim como a Carga Mxima de Trabalho (CMT), nmero de ramais e o tamanho nominal da corrente.

Todos os elementos individuais das lingas de corrente Seyconel correspondem ao grau de qualidade 8 conforme as normas DIN 5687-8 (EM 818-2) e DIN 5691 (EM 1677) que atendem as normas nacionais equivalentes (ABNT NBR). Os acessrios atendem os critrios de qualidade descritos pela norma DIN EN ISO 9001.

Aplicao: As lingas de correntes de grau 8 podem ser aplicadas em diversos segmentos, atendendo s diversas demandas de iamento e movimentao de cargas. As lingas so largamente aplicadas no setor de construo civil, logstico, minerao, siderurgia, leo e gs, offshore entre outros setores. As lingas de correntes so robustas, no possuindo muitas restries quanto aplicao. As lingas podem ainda possuir acessrios de ajuste, permitindo o encurtamento de pernas para equilbrio da carga.

As lingas podem ser aplicadas em uma larga faixa de Carga Mxima de Trabalho (CMT), dependendo do tamanho nominal da corrente, do nmero de pernas ou ramais e do ngulo (ngulo entre a corrente e a vertical). O dimensionamento do tamanho nominal da corrente e acessrio feito de acordo com a tabela a seguir.

Observao: A Seyconel est apta a fornecer em curto prazo lingas com correntes de tamanho nominal 8, 10 e 13. Demais tamanhos sob consulta.

Configurao: As lingas de correntes so configuradas de acordo com a necessidade da aplicao. O nmero de pontos de iamento define o nmero de ramais ou pernas da linga. O arranjo e a disposio dos pontos

Aplicao: As lingas de correntes de grau 8 podem ser aplicadas em diversos segmentos, atendendo s diversas demandas de ia-

mento e movimentao de cargas. As lingas so largamente aplica-

das no setor de construo civil, logstico, minerao, siderurgia,

leo e gs, offshore entre outros setores. As lingas de correntes

so robustas, no possuindo muitas restries quanto aplica-

o. As lingas podem ainda possuir acessrios de ajuste, per-

mitindo o encurtamento de pernas para equilbrio da carga.

As lingas de correntes Seyconel possuem alto padro de

qualidade. Usando correntes e acessrios Seyconel, pos-

svel garantir segurana e durabilidade, pois os componen-

tes so produzidos conforme rigorosas normas internacio-

nais.

As lingas de correntes Seyconel acompanham um Certifi-

cado de Qualidade, garantindo que a linga foi inspeciona-

da por pessoa qualificada aps a montagem. O certificado

tambm garante a rastreabilidade da linga e de seus com-

ponentes. Cada linga possui seu nmero de identificao.

Este nmero gravado na placa da linga, assim como a

Carga Mxima de Trabalho (CMT), nmero de ramais e o

tamanho nominal da corrente.

Todos os elementos individuais das lingas de corrente Seyconel correspondem ao grau de qualidade 8 con-

forme as normas DIN 5687-8 (EN 818-2) e DIN 5691 (EN 1677) que atendem as normas nacionais equivalen-

tes (ABNT NBR). Os acessrios atendem os critrios de qualidade descritos pela norma DIN EN ISO 9001.

www.seyconel.com.br+55 41.3201.8000Rua Wenceslau Prodo, 181 - Jardim Carvalho83.402-125 - Colombo - [email protected]

www.seyconel.com.br2

As lingas podem ser aplicadas em uma larga faixa de Carga Mxima de Trabalho (CMT), dependendo do

tamanho nominal da corrente, do nmero de pernas ou ramais e do ngulo (ngulo entre a corrente e

a vertical). O dimensionamento do tamanho nominal da corrente e acessrios feito de acordo com a

tabela a seguir.

Observao: A Seyconel est apta a fornecer em curto prazo lingas com correntes de tamanho nominal 8, 10 e 13.

Demais tamanhos sob consulta.

Configurao: As lingas de correntes so configuradas de acordo com a necessidade da aplicao. O nmero de pontos de iamento define o nmero de ramais ou pernas da linga. O arranjo e a disposio

dos pontos de iamento, bem como a altura disponvel, definem o comprimento da corrente (C) ou

da linga (L). Existem diversas possibilidades de elementos finais, necessrio selecionar aquele que

melhor se adqua aplicao. Caso a aplicao exija ajuste do comprimento das pernas, necessrio

prever um elemento de ajuste. O tamanho nominal da corrente definido conforme a tabela ante-

riormente apresentada.

1 Perna 2 Pernas 3 e 4 Pernas

Inclinao 0 0 - 45 45-60 0 - 45 45-60

Fator de Carga 1 1,4 1 2,1 1,5

Tamanho Nominal

Dimetro da corrente

Carga (Ton) Carga (Ton) Carga (Ton) Carga (Ton) Carga (Ton)

6-8 6 1,12 1,60 1,12 2,36 1,70

7-8 7 1,50 2,12 1,50 3,15 2,24

8-8 8 2,00 2,80 2,00 4,25 3,00

10-8 10 3,15 4,25 3,15 6,70 4,75

13-8 13 5,30 7,50 6,30 11,20 8,00

16-8 16 8,00 11,20 8,00 17,00 11,80

18,8 8 10,00 14,00 10,00 21,20 15,00

20-8 20 12,50 1700 12,50 26,50 19,00

22-8 22 15,00 21,20 15,00 31,50 22,40

26-8 26 21,20 30,00 21,20 45,00 31,50

28-8 28 25,00 33,50 25,00 50,00 37,50

32-8 32 31,50 45,00 31,50 67,00 47,50

36-8 36 40,00 56,00 40,00 85,00 60,00

40-8 40 50,00 71,00 50,00 106,00 75,00

45-8 45 63,00 90,00 63,00 132,00 95,00

50-8 50 80,00 112,00 80,00 168,00 120,00

56-8 56 100,00 140,00 100,00 210,00 150,00

90

Fone: +55 41.3201.8000 3

Quadro de Auxlio para Configurao de Lingas Seyconel

Nmero de Pernas ou Ramais

1 Perna

de iamento, bem como a altura disponvel, definem o comprimento da corrente (C) ou da linga (L). Existem diversas possibilidades de elementos finais, necessrio selecionar aquele que melhor se adqua aplicao. Caso a aplicao exija ajuste do comprimento das pernas, necessrio prever um elemento de ajuste. O tamanho nominal da corrente definido conforme a tabela anteriormente apresentada.

O quadro a seguir pode auxiliar na configurao das lingas de correntes Seyconel.

Elemento de ajuste: Em muitas aplicaes necessrio fazer o ajuste do comprimento de uma ou mais pernas. Para isso a Seyconel oferece como elemento de ajuste padro o gancho encurtador, que oferece um meio simples e seguro de realizar o ajuste do comprimento de uma perna. Lembrando que no se deve de forma alguma fazer um n ou torcer a corrente para buscar ajustar o comprimento, muito menos encurtar com o uso de parafusos.

Conexo Clevis: Este tipo de conexo, presente em diversos acessrios de lingas de correntes, um sistema que elimina qualquer possibilidade de erro de montagem. Ou seja, s possvel montar em uma corrente, elementos com o mesmo tamanho nominal da corrente. Na figura ao lado possvel observar como este sistema funciona. O sistema no permite montar uma corrente maior que o tamanho nominal do elemento, pois a corrente no entrar no canal de encaixe da corrente presente no elemento. Caso seja montada uma corrente menor que o tamanho nominal do elemento, o pino no passar por dentro da corrente de tamanho nominal inferior. Este sistema tambm tem a vantagem de possibilitar a conexo direta do elemento na corrente, no sendo ento necessrio o uso de um cadeado (item necessrio para conectar na corrente os elementos com olhal como, por exemplo, gancho olhal).

Cdigo para pedido de lingas Seyconel: Para facilitar o pedido das lingas Seyconel, as lingas recebem um cdigo simples que fornece as informaes da configurao da linga de forma resumida. Com

2 Pernas

de iamento, bem como a altura disponvel, definem o comprimento da corrente (C) ou da linga (L). Existem diversas possibilidades de elementos finais, necessrio selecionar aquele que melhor se adqua aplicao. Caso a aplicao exija ajuste do comprimento das pernas, necessrio prever um elemento de ajuste. O tamanho nominal da corrente definido conforme a tabela anteriormente apresentada.

O quadro a seguir pode auxiliar na configurao das lingas de correntes Seyconel.

Elemento de ajuste: Em muitas aplicaes necessrio fazer o ajuste do comprimento de uma ou mais pernas. Para isso a Seyconel oferece como elemento de ajuste padro o gancho encurtador, que oferece um meio simples e seguro de realizar o ajuste do comprimento de uma perna. Lembrando que no se deve de forma alguma fazer um n ou torcer a corrente para buscar ajustar o comprimento, muito menos encurtar com o uso de parafusos.

Conexo Clevis: Este tipo de conexo, presente em diversos acessrios de lingas de correntes, um sistema que elimina qualquer possibilidade de erro de montagem. Ou seja, s possvel montar em uma corrente, elementos com o mesmo tamanho nominal da corrente. Na figura ao lado possvel observar como este sistema funciona. O sistema no permite montar uma corrente maior que o tamanho nominal do elemento, pois a corrente no entrar no canal de encaixe da corrente presente no elemento. Caso seja montada uma corrente menor que o tamanho nominal do elemento, o pino no passar por dentro da corrente de tamanho nominal inferior. Este sistema tambm tem a vantagem de possibilitar a conexo direta do elemento na corrente, no sendo ento necessrio o uso de um cadeado (item necessrio para conectar na corrente os elementos com olhal como, por exemplo, gancho olhal).

Cdigo para pedido de lingas Seyconel: Para facilitar o pedido das lingas Seyconel, as lingas recebem um cdigo simples que fornece as informaes da configurao da linga de forma resumida. Com

3 Pernas 4 pernas

de iamento, bem como a altura disponvel, definem o comprimento da corrente (C) ou da linga (L). Existem diversas possibilidades de elementos finais, necessrio selecionar aquele que melhor se adqua aplicao. Caso a aplicao exija ajuste do comprimento das pernas, necessrio prever um elemento de ajuste. O tamanho nominal da corrente definido conforme a tabela anteriormente apresentada.

O quadro a seguir pode auxiliar na configurao das lingas de correntes Seyconel.

Elemento de ajuste: Em muitas aplicaes necessrio fazer o ajuste do comprimento de uma ou mais pernas. Para isso a Seyconel oferece como elemento de ajuste padro o gancho encurtador, que oferece um meio simples e seguro de realizar o ajuste do comprimento de uma perna. Lembrando que no se deve de forma alguma fazer um n ou torcer a corrente para buscar ajustar o comprimento, muito menos encurtar com o uso de parafusos.

Conexo Clevis: Este tipo de conexo, presente em diversos acessrios de lingas de correntes, um sistema que elimina qualquer possibilidade de erro de montagem. Ou seja, s possvel montar em uma corrente, elementos com o mesmo tamanho nominal da corrente. Na figura ao lado possvel observar como este sistema funciona. O sistema no permite montar uma corrente maior que o tamanho nominal do elemento, pois a corrente no entrar no canal de encaixe da corrente presente no elemento. Caso seja montada uma corrente menor que o tamanho nominal do elemento, o pino no passar por dentro da corrente de tamanho nominal inferior. Este sistema tambm tem a vantagem de possibilitar a conexo direta do elemento na corrente, no sendo ento necessrio o uso de um cadeado (item necessrio para conectar na corrente os elementos com olhal como, por exemplo, gancho olhal).

Cdigo para pedido de lingas Seyconel: Para facilitar o pedido das lingas Seyconel, as lingas recebem um cdigo simples que fornece as informaes da configurao da linga de forma resumida. Com

E.F.: Elemento final (selecionar itens abaixo)

ComprimentoC Comprimento da corrente em mm ou nmero de elos

L Comprimento total da linga em mm

Elemento Final

*Demais acessrios sob consulta

de iamento, bem como a altura disponvel, definem o comprimento da corrente (C) ou da linga (L). Existem diversas possibilidades de elementos finais, necessrio selecionar aquele que melhor se adqua aplicao. Caso a aplicao exija ajuste do comprimento das pernas, necessrio prever um elemento de ajuste. O tamanho nominal da corrente definido conforme a tabela anteriormente apresentada.

O quadro a seguir pode auxiliar na configurao das lingas de correntes Seyconel.

Elemento de ajuste: Em muitas aplicaes necessrio fazer o ajuste do comprimento de uma ou mais pernas. Para isso a Seyconel oferece como elemento de ajuste padro o gancho encurtador, que oferece um meio simples e seguro de realizar o ajuste do comprimento de uma perna. Lembrando que no se deve de forma alguma fazer um n ou torcer a corrente para buscar ajustar o comprimento, muito menos encurtar com o uso de parafusos.

Conexo Clevis: Este tipo de conexo, presente em diversos acessrios de lingas de correntes, um sistema que elimina qualquer possibilidade de erro de montagem. Ou seja, s possvel montar em uma corrente, elementos com o mesmo tamanho nominal da corrente. Na figura ao lado possvel observar como este sistema funciona. O sistema no permite montar uma corrente maior que o tamanho nominal do elemento, pois a corrente no entrar no canal de encaixe da corrente presente no elemento. Caso seja montada uma corrente menor que o tamanho nominal do elemento, o pino no passar por dentro da corrente de tamanho nominal inferior. Este sistema tambm tem a vantagem de possibilitar a conexo direta do elemento na corrente, no sendo ento necessrio o uso de um cadeado (item necessrio para conectar na corrente os elementos com olhal como, por exemplo, gancho olhal).

Cdigo para pedido de lingas Seyconel: Para facilitar o pedido das lingas Seyconel, as lingas recebem um cdigo simples que fornece as informaes da configurao da linga de forma resumida. Com

de iamento, bem como a altura disponvel, definem o comprimento da corrente (C) ou da linga (L). Existem diversas possibilidades de elementos finais, necessrio selecionar aquele que melhor se adqua aplicao. Caso a aplicao exija ajuste do comprimento das pernas, necessrio prever um elemento de ajuste. O tamanho nominal da corrente definido conforme a tabela anteriormente apresentada.

O quadro a seguir pode auxiliar na configurao das lingas de correntes Seyconel.

Elemento de ajuste: Em muitas aplicaes necessrio fazer o ajuste do comprimento de uma ou mais pernas. Para isso a Seyconel oferece como elemento de ajuste padro o gancho encurtador, que oferece um meio simples e seguro de realizar o ajuste do comprimento de uma perna. Lembrando que no se deve de forma alguma fazer um n ou torcer a corrente para buscar ajustar o comprimento, muito menos encurtar com o uso de parafusos.

Conexo Clevis: Este tipo de conexo, presente em diversos acessrios de lingas de correntes, um sistema que elimina qualquer possibilidade de erro de montagem. Ou seja, s possvel montar em uma corrente, elementos com o mesmo tamanho nominal da corrente. Na figura ao lado possvel observar como este sistema funciona. O sistema no permite montar uma corrente maior que o tamanho nominal do elemento, pois a corrente no entrar no canal de encaixe da corrente presente no elemento. Caso seja montada uma corrente menor que o tamanho nominal do elemento, o pino no passar por dentro da corrente de tamanho nominal inferior. Este sistema tambm tem a vantagem de possibilitar a conexo direta do elemento na corrente, no sendo ento necessrio o uso de um cadeado (item necessrio para conectar na corrente os elementos com olhal como, por exemplo, gancho olhal).

Cdigo para pedido de lingas Seyconel: Para facilitar o pedido das lingas Seyconel, as lingas recebem um cdigo simples que fornece as informaes da configurao da linga de forma resumida. Com

ES Elo de sustentao

CAD- Cadeado

GCA Gancho Clevis auto-

travante

GCT Gancho Clevis com

trava

GCF - Gancho Clevis de fundio

GOT Gan-cho Olhal com trava

MA Manilha ncora

MR Manilha Reta

Observao: os elementos que no possuem conexo tipo Clevis devem ser conectados corrente por um cadeado

Elemento de Ajuste

O elemento de ajuste padro o gancho encurtador. Demais dispositivos de ajuste sob consulta.

de iamento, bem como a altura disponvel, definem o comprimento da corrente (C) ou da linga (L). Existem diversas possibilidades de elementos finais, necessrio selecionar aquele que melhor se adqua aplicao. Caso a aplicao exija ajuste do comprimento das pernas, necessrio prever um elemento de ajuste. O tamanho nominal da corrente definido conforme a tabela anteriormente apresentada.

O quadro a seguir pode auxiliar na configurao das lingas de correntes Seyconel.

Elemento de ajuste: Em muitas aplicaes necessrio fazer o ajuste do comprimento de uma ou mais pernas. Para isso a Seyconel oferece como elemento de ajuste padro o gancho encurtador, que oferece um meio simples e seguro de realizar o ajuste do comprimento de uma perna. Lembrando que no se deve de forma alguma fazer um n ou torcer a corrente para buscar ajustar o comprimento, muito menos encurtar com o uso de parafusos.

Conexo Clevis: Este tipo de conexo, presente em diversos acessrios de lingas de correntes, um sistema que elimina qualquer possibilidade de erro de montagem. Ou seja, s possvel montar em uma corrente, elementos com o mesmo tamanho nominal da corrente. Na figura ao lado possvel observar como este sistema funciona. O sistema no permite montar uma corrente maior que o tamanho nominal do elemento, pois a corrente no entrar no canal de encaixe da corrente presente no elemento. Caso seja montada uma corrente menor que o tamanho nominal do elemento, o pino no passar por dentro da corrente de tamanho nominal inferior. Este sistema tambm tem a vantagem de possibilitar a conexo direta do elemento na corrente, no sendo ento necessrio o uso de um cadeado (item necessrio para conectar na corrente os elementos com olhal como, por exemplo, gancho olhal).

Cdigo para pedido de lingas Seyconel: Para facilitar o pedido das lingas Seyconel, as lingas recebem um cdigo simples que fornece as informaes da configurao da linga de forma resumida. Com

de iamento, bem como a altura disponvel, definem o comprimento da corrente (C) ou da linga (L). Existem diversas possibilidades de elementos finais, necessrio selecionar aquele que melhor se adqua aplicao. Caso a aplicao exija ajuste do comprimento das pernas, necessrio prever um elemento de ajuste. O tamanho nominal da corrente definido conforme a tabela anteriormente apresentada.

O quadro a seguir pode auxiliar na configurao das lingas de correntes Seyconel.

Elemento de ajuste: Em muitas aplicaes necessrio fazer o ajuste do comprimento de uma ou mais pernas. Para isso a Seyconel oferece como elemento de ajuste padro o gancho encurtador, que oferece um meio simples e seguro de realizar o ajuste do comprimento de uma perna. Lembrando que no se deve de forma alguma fazer um n ou torcer a corrente para buscar ajustar o comprimento, muito menos encurtar com o uso de parafusos.

Conexo Clevis: Este tipo de conexo, presente em diversos acessrios de lingas de correntes, um sistema que elimina qualquer possibilidade de erro de montagem. Ou seja, s possvel montar em uma corrente, elementos com o mesmo tamanho nominal da corrente. Na figura ao lado possvel observar como este sistema funciona. O sistema no permite montar uma corrente maior que o tamanho nominal do elemento, pois a corrente no entrar no canal de encaixe da corrente presente no elemento. Caso seja montada uma corrente menor que o tamanho nominal do elemento, o pino no passar por dentro da corrente de tamanho nominal inferior. Este sistema tambm tem a vantagem de possibilitar a conexo direta do elemento na corrente, no sendo ento necessrio o uso de um cadeado (item necessrio para conectar na corrente os elementos com olhal como, por exemplo, gancho olhal).

Cdigo para pedido de lingas Seyconel: Para facilitar o pedido das lingas Seyconel, as lingas recebem um cdigo simples que fornece as informaes da configurao da linga de forma resumida. Com

GCE Gancho Clevis encurtador

Tamanho Nominal de Corrente

O tamanho nominal da corrente definido de acordo com a Carga Mxima de Trabalho (CMT), nmero de pernas ou ramais, e o ngulo (conforme tabela anterior apresentada).

O quadro a seguir pode auxiliar na configurao das lingas de correntes Seyconel.

Elemento de ajuste: Em muitas aplicaes necessrio fazer

o ajuste do comprimento de uma ou mais pernas. Para isso a

Seyconel oferece como elemento de ajuste padro o gancho en-

curtador, que oferece um meio simples e seguro de realizar o

ajuste do comprimento de uma perna. Lembrando que no se

deve de forma alguma fazer um n ou torcer a corrente para

buscar ajustar o comprimento, muito menos encurtar com o uso

de parafusos.

de iamento, bem como a altura disponvel, definem o comprimento da corrente (C) ou da linga (L). Existem diversas possibilidades de elementos finais, necessrio selecionar aquele que melhor se adqua aplicao. Caso a aplicao exija ajuste do comprimento das pernas, necessrio prever um elemento de ajuste. O tamanho nominal da corrente definido conforme a tabela anteriormente apresentada.

O quadro a seguir pode auxiliar na configurao das lingas de correntes Seyconel.

Elemento de ajuste: Em muitas aplicaes necessrio fazer o ajuste do comprimento de uma ou mais pernas. Para isso a Seyconel oferece como elemento de ajuste padro o gancho encurtador, que oferece um meio simples e seguro de realizar o ajuste do comprimento de uma perna. Lembrando que no se deve de forma alguma fazer um n ou torcer a corrente para buscar ajustar o comprimento, muito menos encurtar com o uso de parafusos.

Conexo Clevis: Este tipo de conexo, presente em diversos acessrios de lingas de correntes, um sistema que elimina qualquer possibilidade de erro de montagem. Ou seja, s possvel montar em uma corrente, elementos com o mesmo tamanho nominal da corrente. Na figura ao lado possvel observar como este sistema funciona. O sistema no permite montar uma corrente maior que o tamanho nominal do elemento, pois a corrente no entrar no canal de encaixe da corrente presente no elemento. Caso seja montada uma corrente menor que o tamanho nominal do elemento, o pino no passar por dentro da corrente de tamanho nominal inferior. Este sistema tambm tem a vantagem de possibilitar a conexo direta do elemento na corrente, no sendo ento necessrio o uso de um cadeado (item necessrio para conectar na corrente os elementos com olhal como, por exemplo, gancho olhal).

Cdigo para pedido de lingas Seyconel: Para facilitar o pedido das lingas Seyconel, as lingas recebem um cdigo simples que fornece as informaes da configurao da linga de forma resumida. Com

de iamento, bem como a altura disponvel, definem o comprimento da corrente (C) ou da linga (L). Existem diversas possibilidades de elementos finais, necessrio selecionar aquele que melhor se adqua aplicao. Caso a aplicao exija ajuste do comprimento das pernas, necessrio prever um elemento de ajuste. O tamanho nominal da corrente definido conforme a tabela anteriormente apresentada.

O quadro a seguir pode auxiliar na configurao das lingas de correntes Seyconel.

Elemento de ajuste: Em muitas aplicaes necessrio fazer o ajuste do comprimento de uma ou mais pernas. Para isso a Seyconel oferece como elemento de ajuste padro o gancho encurtador, que oferece um meio simples e seguro de realizar o ajuste do comprimento de uma perna. Lembrando que no se deve de forma alguma fazer um n ou torcer a corrente para buscar ajustar o comprimento, muito menos encurtar com o uso de parafusos.

Conexo Clevis: Este tipo de conexo, presente em diversos acessrios de lingas de correntes, um sistema que elimina qualquer possibilidade de erro de montagem. Ou seja, s possvel montar em uma corrente, elementos com o mesmo tamanho nominal da corrente. Na figura ao lado possvel observar como este sistema funciona. O sistema no permite montar uma corrente maior que o tamanho nominal do elemento, pois a corrente no entrar no canal de encaixe da corrente presente no elemento. Caso seja montada uma corrente menor que o tamanho nominal do elemento, o pino no passar por dentro da corrente de tamanho nominal inferior. Este sistema tambm tem a vantagem de possibilitar a conexo direta do elemento na corrente, no sendo ento necessrio o uso de um cadeado (item necessrio para conectar na corrente os elementos com olhal como, por exemplo, gancho olhal).

Cdigo para pedido de lingas Seyconel: Para facilitar o pedido das lingas Seyconel, as lingas recebem um cdigo simples que fornece as informaes da configurao da linga de forma resumida. Com

www.seyconel.com.br4

Conexo Clevis: Este tipo de conexo, presente em diversos aces-srios de lingas de correntes, um sistema que elimina qualquer

possibilidade de erro de montagem. Ou seja, s possvel montar

em uma corrente, elementos com o mesmo tamanho nominal da

corrente. Na figura ao lado possvel observar como este sistema

funciona. O sistema no permite montar uma corrente maior que o

tamanho nominal do elemento, pois a corrente no entrar no canal

de encaixe da corrente presente no elemento. Caso seja montada

uma corrente menor que o tamanho nominal do elemento, o pino

no passar por dentro da corrente de tamanho nominal inferior.

Este sistema tambm tem a vantagem de possibilitar a conexo di-

reta do elemento na corrente, no sendo ento necessrio o uso de

um cadeado (item necessrio para conectar na corrente os elemen-

tos com olhal como, por exemplo, gancho olhal).

de iamento, bem como a altura disponvel, definem o comprimento da corrente (C) ou da linga (L). Existem diversas possibilidades de elementos finais, necessrio selecionar aquele que melhor se adqua aplicao. Caso a aplicao exija ajuste do comprimento das pernas, necessrio prever um elemento de ajuste. O tamanho nominal da corrente definido conforme a tabela anteriormente apresentada.

O quadro a seguir pode auxiliar na configurao das lingas de correntes Seyconel.

Elemento de ajuste: Em muitas aplicaes necessrio fazer o ajuste do comprimento de uma ou mais pernas. Para isso a Seyconel oferece como elemento de ajuste padro o gancho encurtador, que oferece um meio simples e seguro de realizar o ajuste do comprimento de uma perna. Lembrando que no se deve de forma alguma fazer um n ou torcer a corrente para buscar ajustar o comprimento, muito menos encurtar com o uso de parafusos.

Conexo Clevis: Este tipo de conexo, presente em diversos acessrios de lingas de correntes, um sistema que elimina qualquer possibilidade de erro de montagem. Ou seja, s possvel montar em uma corrente, elementos com o mesmo tamanho nominal da corrente. Na figura ao lado possvel observar como este sistema funciona. O sistema no permite montar uma corrente maior que o tamanho nominal do elemento, pois a corrente no entrar no canal de encaixe da corrente presente no elemento. Caso seja montada uma corrente menor que o tamanho nominal do elemento, o pino no passar por dentro da corrente de tamanho nominal inferior. Este sistema tambm tem a vantagem de possibilitar a conexo direta do elemento na corrente, no sendo ento necessrio o uso de um cadeado (item necessrio para conectar na corrente os elementos com olhal como, por exemplo, gancho olhal).

Cdigo para pedido de lingas Seyconel: Para facilitar o pedido das lingas Seyconel, as lingas recebem um cdigo simples que fornece as informaes da configurao da linga de forma resumida. Com Cdigo para pedido de lingas Seyconel: Para facilitar o pedido das lingas Seyconel, as lingas recebem um cdigo

simples que fornece as informaes da configurao da linga de forma resumida. Com este cdigo possvel criar

diversas configuraes de lingas. O modelo para criao do cdigo apresentado a seguir.

Exemplo 1:

SEY2/13-8xC20elos/GCF

Linga de duas pernas. Corrente com 20 elos e tamanho nominal 13-8. Elemento final: Gancho Cle-vis de fundio.

Exemplo 2:

SEY1.1E/10-8xL1500mm/GCT

Linga de uma perna com um gan-cho encurtador. Corrente de tama-nho nominal 10-8. Comprimento to-tal da linga de 1500 mm. Elemento final: Gancho Clevis com trava.

este cdigo possvel criar diversas configuraes de lingas. O modelo para criao do cdigo apresentado a seguir.

Exemplo 1: SEY2/13-8xC20elos/GCF

Linga de duas pernas. Corrente com 20 elos e tamanho nominal 13-8. Elemento final: Gancho Clevis de fundio.

Exemplo 1: SEY1.1E/10-8xL1500mm/GCT

Linga de uma perna com um gancho encurtador. Corrente de tamanho nominal 10-8. Comprimento total da linga de 1500 mm. Elemento final: Gancho Clevis com trava.

Os cdigos usados para elementos finais esto no quadro de auxlio para configuraes de lingas Seyconel apresentado anteriormente.

Configuraes especiais: A seguir so apresentadas duas configuraes especiais de lingas de corrente Seyconel. Outras configuraes so possveis, consulte um de nossos vendedores.

Kit prolongador Linga gancho-gancho

Kit prolongador: Um exemplo de aplicao comum para este conjunto no auxlio conexo de acessrios como, por exemplo, pega-chapas, diretamente ao gancho de pontes rolantes ou qualquer outro equipamento de elevao.

Linga gancho-gancho: Um exemplo de aplicao deste tipo de linga no transporte de feixes de barras ou tubos longos com o uso de balancim. Assim, pode-se amarrar a carga em cesto usando um dos ganchos para fechar o cesto na prpria corrente e o outro gancho fixa-se ao olhal do balancim.

Cdigo:ES XX-8/CAD/GOT XX Tamanho nominal dos elementos

Cdigo:GCA*/XX-8xCYYmm/GCA*

XX Tamanho nominal dos elementos YY Comprimento da corrente em mm ou n de elos * - possvel usar outros modelos de gancho

Os cdigos usados para elementos finais esto no quadro de auxlio para configuraes de lingas Seyconel

apresentado anteriormente.

este cdigo possvel criar diversas configuraes de lingas. O modelo para criao do cdigo apresentado a seguir.

Exemplo 1: SEY2/13-8xC20elos/GCF

Linga de duas pernas. Corrente com 20 elos e tamanho nominal 13-8. Elemento final: Gancho Clevis de fundio.

Exemplo 1: SEY1.1E/10-8xL1500mm/GCT

Linga de uma perna com um gancho encurtador. Corrente de tamanho nominal 10-8. Comprimento total da linga de 1500 mm. Elemento final: Gancho Clevis com trava.

Os cdigos usados para elementos finais esto no quadro de auxlio para configuraes de lingas Seyconel apresentado anteriormente.

Configuraes especiais: A seguir so apresentadas duas configuraes especiais de lingas de corrente Seyconel. Outras configuraes so possveis, consulte um de nossos vendedores.

Kit prolongador Linga gancho-gancho

Kit prolongador: Um exemplo de aplicao comum para este conjunto no auxlio conexo de acessrios como, por exemplo, pega-chapas, diretamente ao gancho de pontes rolantes ou qualquer outro equipamento de elevao.

Linga gancho-gancho: Um exemplo de aplicao deste tipo de linga no transporte de feixes de barras ou tubos longos com o uso de balancim. Assim, pode-se amarrar a carga em cesto usando um dos ganchos para fechar o cesto na prpria corrente e o outro gancho fixa-se ao olhal do balancim.

Cdigo:ES XX-8/CAD/GOT XX Tamanho nominal dos elementos

Cdigo:GCA*/XX-8xCYYmm/GCA*

XX Tamanho nominal dos elementos YY Comprimento da corrente em mm ou n de elos * - possvel usar outros modelos de gancho

Fone: +55 41.3201.8000 5

Configuraes especiais: A seguir so apresentadas duas configuraes especiais de lingas de corrente Seyconel. Outras configuraes so possveis, consulte um de nossos vendedores.

Kit prolongador

Um exemplo de aplicao comum para este conjunto no auxlio conexo de

acessrios como, por exemplo, pega-chapas, diretamente ao gancho de pontes

rolantes ou qualquer outro equipamento de elevao. Cdigo:ES XX-8/CAD/GOT

XX Tamanho nominal dos elementos

este cdigo possvel criar diversas configuraes de lingas. O modelo para criao do cdigo apresentado a seguir.

Exemplo 1: SEY2/13-8xC20elos/GCF

Linga de duas pernas. Corrente com 20 elos e tamanho nominal 13-8. Elemento final: Gancho Clevis de fundio.

Exemplo 1: SEY1.1E/10-8xL1500mm/GCT

Linga de uma perna com um gancho encurtador. Corrente de tamanho nominal 10-8. Comprimento total da linga de 1500 mm. Elemento final: Gancho Clevis com trava.

Os cdigos usados para elementos finais esto no quadro de auxlio para configuraes de lingas Seyconel apresentado anteriormente.

Configuraes especiais: A seguir so apresentadas duas configuraes especiais de lingas de corrente Seyconel. Outras configuraes so possveis, consulte um de nossos vendedores.

Kit prolongador Linga gancho-gancho

Kit prolongador: Um exemplo de aplicao comum para este conjunto no auxlio conexo de acessrios como, por exemplo, pega-chapas, diretamente ao gancho de pontes rolantes ou qualquer outro equipamento de elevao.

Linga gancho-gancho: Um exemplo de aplicao deste tipo de linga no transporte de feixes de barras ou tubos longos com o uso de balancim. Assim, pode-se amarrar a carga em cesto usando um dos ganchos para fechar o cesto na prpria corrente e o outro gancho fixa-se ao olhal do balancim.

Cdigo:ES XX-8/CAD/GOT XX Tamanho nominal dos elementos

Cdigo:GCA*/XX-8xCYYmm/GCA*

XX Tamanho nominal dos elementos YY Comprimento da corrente em mm ou n de elos * - possvel usar outros modelos de gancho

Linga gancho-gancho

Um exemplo de aplicao deste tipo de linga no transporte de feixes de barras ou

tubos longos com o uso de balancim. Assim, pode-se amarrar a carga em cesto usando

um dos ganchos para fechar o cesto na prpria corrente e o outro gancho fixa-se ao

olhal do balancim.

Cdigo:GCA*/XX-8xCYYmm/GCA*

XX Tamanho nominal dos elementos

YY Comprimento da corrente em mm ou n de elos* - possvel usar outros modelos de gancho

este cdigo possvel criar diversas configuraes de lingas. O modelo para criao do cdigo apresentado a seguir.

Exemplo 1: SEY2/13-8xC20elos/GCF

Linga de duas pernas. Corrente com 20 elos e tamanho nominal 13-8. Elemento final: Gancho Clevis de fundio.

Exemplo 1: SEY1.1E/10-8xL1500mm/GCT

Linga de uma perna com um gancho encurtador. Corrente de tamanho nominal 10-8. Comprimento total da linga de 1500 mm. Elemento final: Gancho Clevis com trava.

Os cdigos usados para elementos finais esto no quadro de auxlio para configuraes de lingas Seyconel apresentado anteriormente.

Configuraes especiais: A seguir so apresentadas duas configuraes especiais de lingas de corrente Seyconel. Outras configuraes so possveis, consulte um de nossos vendedores.

Kit prolongador Linga gancho-gancho

Kit prolongador: Um exemplo de aplicao comum para este conjunto no auxlio conexo de acessrios como, por exemplo, pega-chapas, diretamente ao gancho de pontes rolantes ou qualquer outro equipamento de elevao.

Linga gancho-gancho: Um exemplo de aplicao deste tipo de linga no transporte de feixes de barras ou tubos longos com o uso de balancim. Assim, pode-se amarrar a carga em cesto usando um dos ganchos para fechar o cesto na prpria corrente e o outro gancho fixa-se ao olhal do balancim.

Cdigo:ES XX-8/CAD/GOT XX Tamanho nominal dos elementos

Cdigo:GCA*/XX-8xCYYmm/GCA*

XX Tamanho nominal dos elementos YY Comprimento da corrente em mm ou n de elos * - possvel usar outros modelos de gancho

Lingas standard: Buscando atender da forma mais rpida possvel, a Seyconel mantm em estoque mode-los de lingas standard. As lingas so fornecidas em uma embalagem personalizada. Atualmente a Seyconel

conta com 10 modelos de lingas standard, porm a Seyconel est sempre buscando melhor atender a de-

manda de seus clientes e poder em breve disponibilizar um maior nmero de modelos de lingas standard.

Cdigo Linga Standard

Cdigo Linga Seyconel

Nmero de ramais ou

pernas

Tamanho nominal da corrente

Carga Mxima de Trabalho [ton]

Comprimento de corrente Elemento final

Elemento de ajuste

SEY-L-S-1 SEY1/8-8xC500mm/GCT 1 8 2,00 500 mm - 21 elosGancho Clevis

com trava -

SEY-L-S-2 SEY2/8-8xC1000mm/GCT 2 8 2,8/2,01000 mm - 42

elosGancho Clevis

com trava -

SEY-L-S-3 SEY2.2E/8-8xC1000mm/GCT 2 8 2,8/2,01000 mm - 42

elosGancho Clevis

com travaGancho encur-

tador

SEY-L-S-4 SEY1/10-8xC500mm/GCT 1 10 3,15 500 mm - 17 elosGancho Clevis

com trava -

SEY-L-S-5 SEY1/10-8xC600mm/MA 1 10 3,15 600 mm - 20 elos Manilha ncora -

SEY-L-S-6 SEY2/10-8xC1000mm/GCT 2 10 4,25/3,151000 mm - 34

elosGancho Clevis

com trava -

SEY-L-S-7 SEY2.2E/10-8xC1500mm/GCT 2 10 4,25/3,151500 mm - 50

elosGancho Clevis

com travaGancho encur-

tador

SEY-L-S-8 SEY1/13-8xC500mm/GCT 1 13 5,30 500 mm - 13 elosGancho Clevis

com trava -

SEY-L-S-9 SEY2/13-8xC1000mm/GCT 2 13 7,5/5,31000 mm - 26

elosGancho Clevis

com trava -

SEY-L-S-10 SEY2.2E/13-8xC1500mm/GCT 2 13 7,5/5,31500 mm - 39

elosGancho Clevis

com travaGancho encur-

tador

SEY-L-S: SEYCONEL Linga Standard

www.seyconel.com.br6

Certificado de Qualidade e Placa de Identificao

Toda linga de corrente Seyconel acompanha consigo seu Certificado de Qualidade contendo as seguintes

informaes:

a) Dados da Seyconel;

b) Nmero de identificao da linga;

c) Cdigo de configurao da linga;

d) Tamanho nominal e grau de qualidade 8;

e) Carga Mxima de Trabalho (CMT). Para lingas de uma perna, indica-se a

CMT para uso na vertical. Para lingas de mltiplas pernas indica-se a CMT

para ngulos entre 0 e 45 e a CTM para ngulos entre 45 e 60;

f) Declarao de que todos os elementos seguem rigorosamente as normas

DIN 5687-8 (EN 818-2) e DIN 5691 (EN 1677);

g) Nome e assinatura do inspetor da linga.

Toda linga de corrente Seyconel possui presa sua corrente um placa de identificao. Esta placa contm,

alm das informaes indicadas na figura abaixo, o nmero de identificao da linga. Este nmero garante

a rastreabilidade da linga e facilita a reposio da mesma.

Lingas standard: Buscando atender da forma mais rpida possvel, a Seyconel mantm em estoque modelos de lingas standard. As lingas so fornecidas em uma embalagem personalizada. Atualmente a Seyconel conta com 10 modelos de lingas standard, porm a Seyconel est sempre buscando melhor atender a demanda de seus clientes e poder em breve disponibilizar um maior nmero de modelos de lingas standard.

Certificado de Qualidade e Placa de Identificao: Toda linga de corrente Seyconel acompanha consigo seu Certificado de Qualidade contendo as seguintes informaes:

a) Dados da Seyconel b) Nmero de identificao da linga; c) Cdigo de configurao da linga; d) Tamanho nominal e grau de qualidade 8; e) Carga Mxima de Trabalho (CMT). Para lingas de uma perna, indica-se a CMT para uso na vertical. Para lingas

de mltiplas pernas indica-se a CMT para ngulos entre 0 e 45 e a CTM para ngulos entre 45 e 60; f) Declarao de que todos os elementos seguem rigorosamente as normas DIN 5687-8 (EN 818-2) e DIN 5691

(EN 1677); g) Nome e assinatura do inspetor da linga.

Toda linga de corrente Seyconel possui presa sua corrente um placa de identificao. Esta placa contm, alm das informaes indicadas na figura abaixo, o nmero de identificao da linga. Este nmero garante a rastreabilidade da linga e facilita a reposio da mesma.

Verso da placa de identificao para lingas

de mltiplas pernas

Verso da placa de identificao para

lingas de uma perna

As normas vigentes no indicam a utilizao de lingas de correntes sem placa de identificao. Caso a linga de corrente perca sua placa de identificao, e no seja possvel recuperar seus dados para gravar outra placa, a linga deve ser retirada de utilizao.

Dicas de utilizao e manuteno: As lingas de correntes Seyconel podem ser facilmente inspecionadas. As lingas devem ser inspecionadas no recebimento, antes de cada uso (inspeo de pr-uso) e em intervalos predeterminados de tempo (inspeo peridica).

Inspeo de recebimento: Antes do primeiro uso da linga de corrente, recomenda-se que se assegure:

a) que a linga esteja exatamente conforme o pedido; b) que a linga esteja acompanhada de seu Certificado de Qualidade; c) que os dados gravados na placa de identificao da linga (CMT, tamanho nominal, n de ramais e nmero de

identificao) correspondam s informaes do Certificado de Qualidade.

Inspeo de pr-uso: Antes de cada uso, recomenda-se que a linga de corrente seja inspecionada, verificando os seguintes itens:

a) Presena de placa de identificao e legibilidade dos dados gravados; b) Compatibilidade da CMT da linga com a Carga de Trabalho (CT) da aplicao; c) Presena de deterioraes ou danos bvios (alongamento excessivo, dobras, tores, soldas, etc.); d) Em caso de lingas de mltiplas pernas, verificar se os comprimentos das pernas esto iguais; e) Articulao livre de elos e correntes;

Caso seja encontrada alguma irregularidade em alguns dos itens acima descritos, a linga no deve ser utilizada.

Inspeo peridica: As lingas devem passar por uma inspeo completa realizada por pessoa qualificada a intervalos mnimos de 12 meses. Este intervalo pode ser menor dependendo da aplicao. Normalmente aplicaes mais severas exigem intervalos menores de inspeo.

Alm da verificao de todos os itens indicados para a inspeo de pr-uso, na inspeo peridica deve-se verificar se a linga atende aos parmetros a seguir:

a) Desgaste: O desgaste de correntes e dos demais elementos no deve ser superior a 10% quando comparados aos valores nominais.

b) Alongamento da corrente: Os elos da corrente no devem ter alongamento na regio interna superior a 5% e 3% na regio externa do elo.

c) Abertura de ganchos: A abertura dos ganchos no deve ultrapassar 10% do seu valor nominal.

Local de gravao do nmero de

identificao da linga

Fone: +55 41.3201.8000 7

As normas vigentes no indicam a utilizao de lingas de correntes sem placa de identificao. Caso a linga

de corrente perca sua placa de identificao, e no seja possvel recuperar seus dados para gravar outra

placa, a linga deve ser retirada de utilizao.

Dicas de utilizao e manuteno

As lingas de correntes Seyconel podem ser facilmente inspecionadas. As lingas devem ser inspecionadas no

recebimento, antes de cada uso (inspeo de pr-uso) e em intervalos predeterminados de tempo (inspe-

o peridica).

Inspeo de recebimento: Antes do primeiro uso da linga de corrente, recomenda-se que se assegure:

a) que a linga esteja exatamente conforme o pedido;

b) que a linga esteja acompanhada de seu Certificado de Qualidade;

c) que os dados gravados na placa de identificao da linga (CMT,

tamanho nominal, n de ramais e nmero de identificao) cor-

respondam s informaes do Certificado de Qualidade.

Inspeo de pr-uso: Antes de cada uso, recomenda-se que a linga de corrente seja inspecionada, verifi-cando os seguintes itens:

a) Presena de placa de identificao e legibilidade dos dados grava-

dos;

b) Compatibilidade da CMT da linga com a Carga de Trabalho (CT) da

aplicao;

c) Presena de deterioraes ou danos bvios (alongamento excessi-

vo, dobras, tores, soldas, etc.);

d) Em caso de lingas de mltiplas pernas, verificar se os comprimentos

das pernas esto iguais;

e) Articulao livre de elos e correntes;

Caso seja encontrada alguma irregularidade em alguns dos itens acima descritos, a linga no deve ser uti-

lizada.

Inspeo peridica: As lingas devem passar por uma inspeo completa realizada por pessoa qualificada a intervalos mnimos de 12 meses. Este intervalo pode ser menor dependendo da aplicao. Normalmente

aplicaes mais severas exigem intervalos menores de inspeo.

www.seyconel.com.br8

Alm da verificao de todos os itens indicados para a inspeo de pr-uso, na inspeo peridica deve-se

verificar se a linga atende aos parmetros a seguir:

a) Desgaste: O desgaste de correntes e dos demais elementos

no deve ser superior a 10% quando comparados aos valores

nominais.

b) Alongamento da corrente: Os elos da corrente no devem ter

alongamento na regio interna superior a 5% e 3% na regio

externa do elo.

c) Abertura de ganchos: A abertura dos ganchos no deve ultra-

passar 10% do seu valor nominal.

Gabaritos de inspeo Seyconel

A Seyconel fornece um gabarito que facilita a inspeo dimensional das correntes. Cada tamanho de

corrente tem seu prprio gabarito.Gabaritos de inspeo Seyconel: A Seyconel fornece um gabarito que facilita a inspeo dimensional das correntes. Cada tamanho de corrente tem seu prprio gabarito.

Inspeo do alongamento interno: Deve-se tentar inserir a lingueta do gabarito no vo entre os elos da corrente. A corrente deve ser reprovada caso a lingeta consiga entrar no vo.

Inspeo do dimetro da corrente: Deve-se tentar inserir o canal menor do gabarito ao redor do elo da corrente (no lado oposto solda). A corrente seve ser reprovada caso o canal se encaixe na corrente.

Inspeo do alongamento externo: deve-se tentar inserir o canal maior do gabarito por fora de um elo de corrente no sentido longitudinal. Caso o canal maior do gabarito no se encaixe, a corrente deve ser reprovada.

Recomendaes: A seguir apresentamos outras recomendaes importantes:

1) Mantenha sempre bem guardado o Certificado de Qualidade da linga; 2) Faa sempre a inspeo de pr-uso; 3) Faa a inspeo completa regularmente e mantenha uma ficha de controle de inspees das lingas; 4) O usurio deve distorcer as correntes antes de utiliz-las; 5) Certifique de que o elo de sustentao adequado ao gancho do equipamento de elevao (o elo de

sustentao deve estar livre no gancho do equipamento de elevao); 6) Proteja a corrente dos cantos vivos da carga; 7) Mantenha-se afastado da linga e da carga quando a mesma estiver em movimento; 8) Evite tocar na linga quando a mesma estiver sustentando a carga; 9) Evite o balano da carga; 10) Use sempre dispositivos adequados para encurtar pernas de lingas. No permitido dar ns ou torcer a

corrente, muito menos usar parafuso para encurtar uma perna; 11) Nunca utilize o gancho pelas pontas. A carga deve ser suportada pelo bero do gancho; 12) Certifique-se que a linga foi corretamente especificada para a aplicao; 13) Nunca exceda a Carga Mxima de Trabalho especificada para a linga; 14) Indica-se manter penduradas as lingas que no estirem em uso, portanto, utilize cavaletes ou estocadores

adequados para armazenar as lingas; 15) As lingas no devem ser deixadas no cho e no devem ser arrastadas pelo cho; 16) Qualquer mtodo de limpeza que no danifique o metal-base aceitvel. Devem-se evitar mtodos que

utilizem cidos, sobreaquecimento e remoo de material; 17) No submeter qualquer elemento da linga ao processo de soldagem; 18) No galvanizar ou submeter as lingas a qualquer processo de deposio eletroltica; 19) No usar as lingas imersas em cidos ou em atmosferas cidas. 20) No use lingas de correntes em temperaturas superiores 400C.

Inspeo do alongamento interno: Deve-se tentar inserir a lingueta do gabarito no vo

entre os elos da corrente. A corrente deve

ser reprovada caso a lingeta consiga entrar

no vo.

Inspeo do dimetro da corrente: Deve-se tentar inserir o canal menor do gabarito ao

redor do elo da corrente (no lado oposto

solda). A corrente deve ser reprovada caso o

canal se encaixe na corrente.

Gabaritos de inspeo Seyconel: A Seyconel fornece um gabarito que facilita a inspeo dimensional das correntes. Cada tamanho de corrente tem seu prprio gabarito.

Inspeo do alongamento interno: Deve-se tentar inserir a lingueta do gabarito no vo entre os elos da corrente. A corrente deve ser reprovada caso a lingeta consiga entrar no vo.

Inspeo do dimetro da corrente: Deve-se tentar inserir o canal menor do gabarito ao redor do elo da corrente (no lado oposto solda). A corrente seve ser reprovada caso o canal se encaixe na corrente.

Inspeo do alongamento externo: deve-se tentar inserir o canal maior do gabarito por fora de um elo de corrente no sentido longitudinal. Caso o canal maior do gabarito no se encaixe, a corrente deve ser reprovada.

Recomendaes: A seguir apresentamos outras recomendaes importantes:

1) Mantenha sempre bem guardado o Certificado de Qualidade da linga; 2) Faa sempre a inspeo de pr-uso; 3) Faa a inspeo completa regularmente e mantenha uma ficha de controle de inspees das lingas; 4) O usurio deve distorcer as correntes antes de utiliz-las; 5) Certifique de que o elo de sustentao adequado ao gancho do equipamento de elevao (o elo de

sustentao deve estar livre no gancho do equipamento de elevao); 6) Proteja a corrente dos cantos vivos da carga; 7) Mantenha-se afastado da linga e da carga quando a mesma estiver em movimento; 8) Evite tocar na linga quando a mesma estiver sustentando a carga; 9) Evite o balano da carga; 10) Use sempre dispositivos adequados para encurtar pernas de lingas. No permitido dar ns ou torcer a

corrente, muito menos usar parafuso para encurtar uma perna; 11) Nunca utilize o gancho pelas pontas. A carga deve ser suportada pelo bero do gancho; 12) Certifique-se que a linga foi corretamente especificada para a aplicao; 13) Nunca exceda a Carga Mxima de Trabalho especificada para a linga; 14) Indica-se manter penduradas as lingas que no estirem em uso, portanto, utilize cavaletes ou estocadores

adequados para armazenar as lingas; 15) As lingas no devem ser deixadas no cho e no devem ser arrastadas pelo cho; 16) Qualquer mtodo de limpeza que no danifique o metal-base aceitvel. Devem-se evitar mtodos que

utilizem cidos, sobreaquecimento e remoo de material; 17) No submeter qualquer elemento da linga ao processo de soldagem; 18) No galvanizar ou submeter as lingas a qualquer processo de deposio eletroltica; 19) No usar as lingas imersas em cidos ou em atmosferas cidas. 20) No use lingas de correntes em temperaturas superiores 400C.

Inspeo do alongamento externo: deve-se tentar inserir o canal maior do gabarito por

fora de um elo de corrente no sentido longi-

tudinal. Caso o canal maior do gabarito no se

encaixe, a corrente deve ser reprovada.

Gabaritos de inspeo Seyconel: A Seyconel fornece um gabarito que facilita a inspeo dimensional das correntes. Cada tamanho de corrente tem seu prprio gabarito.

Inspeo do alongamento interno: Deve-se tentar inserir a lingueta do gabarito no vo entre os elos da corrente. A corrente deve ser reprovada caso a lingeta consiga entrar no vo.

Inspeo do dimetro da corrente: Deve-se tentar inserir o canal menor do gabarito ao redor do elo da corrente (no lado oposto solda). A corrente seve ser reprovada caso o canal se encaixe na corrente.

Inspeo do alongamento externo: deve-se tentar inserir o canal maior do gabarito por fora de um elo de corrente no sentido longitudinal. Caso o canal maior do gabarito no se encaixe, a corrente deve ser reprovada.

Recomendaes: A seguir apresentamos outras recomendaes importantes:

1) Mantenha sempre bem guardado o Certificado de Qualidade da linga; 2) Faa sempre a inspeo de pr-uso; 3) Faa a inspeo completa regularmente e mantenha uma ficha de controle de inspees das lingas; 4) O usurio deve distorcer as correntes antes de utiliz-las; 5) Certifique de que o elo de sustentao adequado ao gancho do equipamento de elevao (o elo de

sustentao deve estar livre no gancho do equipamento de elevao); 6) Proteja a corrente dos cantos vivos da carga; 7) Mantenha-se afastado da linga e da carga quando a mesma estiver em movimento; 8) Evite tocar na linga quando a mesma estiver sustentando a carga; 9) Evite o balano da carga; 10) Use sempre dispositivos adequados para encurtar pernas de lingas. No permitido dar ns ou torcer a

corrente, muito menos usar parafuso para encurtar uma perna; 11) Nunca utilize o gancho pelas pontas. A carga deve ser suportada pelo bero do gancho; 12) Certifique-se que a linga foi corretamente especificada para a aplicao; 13) Nunca exceda a Carga Mxima de Trabalho especificada para a linga; 14) Indica-se manter penduradas as lingas que no estirem em uso, portanto, utilize cavaletes ou estocadores

adequados para armazenar as lingas; 15) As lingas no devem ser deixadas no cho e no devem ser arrastadas pelo cho; 16) Qualquer mtodo de limpeza que no danifique o metal-base aceitvel. Devem-se evitar mtodos que

utilizem cidos, sobreaquecimento e remoo de material; 17) No submeter qualquer elemento da linga ao processo de soldagem; 18) No galvanizar ou submeter as lingas a qualquer processo de deposio eletroltica; 19) No usar as lingas imersas em cidos ou em atmosferas cidas. 20) No use lingas de correntes em temperaturas superiores 400C.

Fone: +55 41.3201.8000 9

Recomendaes

A seguir apresentamos outras recomendaes importantes:

1) Mantenha sempre bem guardado o Certificado de Qualidade da linga;

2) Faa sempre a inspeo de pr-uso;

3) Faa a inspeo completa regularmente e mantenha uma ficha de controle

de inspees das lingas;

4) O usurio deve distorcer as correntes antes de utiliz-las;

5) Certifique de que o elo de sustentao adequado ao gancho do equipa-

mento de elevao (o elo de sustentao deve estar livre no gancho do

equipamento de elevao);

6) Proteja a corrente dos cantos vivos da carga;

7) Mantenha-se afastado da linga e da carga quando a mesma estiver em mo-

vimento;

8) Evite tocar na linga quando a mesma estiver sustentando a carga;

9) Evite o balano da carga;

10) Use sempre dispositivos adequados para encurtar pernas de lingas. No

permitido dar ns ou torcer a corrente, muito menos usar parafuso para

encurtar uma perna;

11) Nunca utilize o gancho pelas pontas. A carga deve ser suportada pelo ber-

o do gancho;

12) Certifique-se que a linga foi corretamente especificada para a aplicao;

13) Nunca exceda a Carga Mxima de Trabalho especificada para a linga;

14) Indica-se manter penduradas as lingas que no estirem em uso, portanto,

utilize cavaletes ou estocadores adequados para armazenar as lingas;

15) As lingas no devem ser deixadas no cho e no devem ser arrastadas pelo

cho;

16) Qualquer mtodo de limpeza que no danifique o metal-base aceitvel.

Devem-se evitar mtodos que utilizem cidos, sobreaquecimento e remo-

o de material;

17) No submeter qualquer elemento da linga ao processo de soldagem;

18) No galvanizar ou submeter as lingas a qualquer processo de deposio

eletroltica;

19) No usar as lingas imersas em cidos ou em atmosferas cidas.

20) No use lingas de correntes em temperaturas superiores 400C.

www.seyconel.com.br10

BaLanCIm PaRa IamEnto E movImEntao DE CaRGaSO balancim, tambm conhecido como barra de carga, um equipamento que auxilia no iamento e na movimentao de cargas, amplamente utilizado para a movimentao de cargas como chapas longas, feixes ou fardos de barras ou tubos, equipamentos com grandes dimenses, estruturas complexas, entre outros tipos de cargas. um produto que permite diversas configuraes, adaptando-se s necessidades especficas de cada aplicao. Pode ser usado em combinao com diversos produtos da linha Seyconel, como lingas de correntes, pega chapas, levantadores magnticos, entre outros.

Existem diversas possibilidades de modelos de balancins, a seguir so apresentados os mais comuns, porm possvel desen-

volver outros modelos de acordo com a necessidade da aplicao.

Travesso Em forma de H

Telescpico Em forma de cruz

O balancim pode ser iado por um olhal soldado ao balancim ou atravs de um linga de corrente, que normalmente conectada a elos articulveis soldados ao balancim.

Existem diversas opes para pontos de iamento, a seguir so apresentadas algumas opes:

Algumas opes de pontos de iamento

Gancho articulvel Olhal de carga soldado Elo articulvel soldado

Os pontos de iamento podem ser simples ou duplos (ambos os lados) e fixos ou regulveis (variar a posio ao longo do comprimento da barra).

A Seyconel est apta a desenvolver balancins de acordo com as necessidades especficas de cada aplicao. Os pro-jetos dos balancins Seyconel seguem as recomendaes da norma ABNT NBR 8400 (Clculo de equipamento para levantamento e movimentao de cargas). O processo de fabricao certificado pela Seyconel e possvel emitir ART (Anotao de Responsabilidade Tcnica) junto ao CREA. O balancim recebe pintura amarela em epxi ou PU (de-pendendo do ambiente de aplicao) e a carga mxima de trabalho indicada no corpo do balancim.

Informaes para pedido:a)Capacidade de carga requeridab) Forma do balancim (travesso, em H, em Cruz, etc.)c) Necessidade de ajuste (telescpico)d) Dimensese) Configurao dos pontos de iamento (fixos ou regulveis; gancho articulvel ou olhal de carga soldado, etc.)f) Tipo de iamento do balancim (olhal soldado ou linga de corrente)g) Descrio da cargah) Descrio da aplicao

i. Frequncia de utilizao do movimento de iamento (regime de uso)ii. Frequncia em que o balancim levanta a carga mxima de trabalho para a qual o balancim foi dimensionadoiii. Ambiente de aplicao (interno, externo, cido, alcalino, neutro, etc.)iv. Temperatura ambiente

Quanto maior o nmero de informaes, melhor ser a preciso no dimensionamento do balancim.

Fone: +55 41.3201.8000 11

Fone: +55 41.3201.8000

03/2

012