LARISSA COELHO PIRES - radicular, e taurodontismo. Mordida aberta anterior e posterior s££o £ s vezes

  • View
    0

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of LARISSA COELHO PIRES - radicular, e taurodontismo. Mordida aberta anterior e posterior...

  •   1  

     

    CENTRO  DE  CIÊNCIAS  EMPRESARIAIS  E  SOCIAIS  APLICADAS  

    ESPECIALIZAÇÃO  EM  PROTESE  DENTÁRIA

    LARISSA COELHO PIRES

    AMELOGENESE IMPERFEITA REABILITANDO COM METAL FREE :

    RELATO DE CASO CLÍNICO

    LONDRINA

    2012

  •   2  

    LARISSA COELHO PIRES

    AMELOGENESE IMPERFEITA REABILITANDO COM METAL FREE :

    RELATO DE CASO CLÍNICO

    Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção do título de especialista em prótese dentária

    Orientador: Prof. Mss. João Fernando Bazzo.

    Londrina

    2012

  •   3  

    Londrina, _____de ___________de 2012.

    LARISSA COELHO PIRES

    AMELOGENESE IMPERFEITA REABILITANDO COM METAL FREE :

    RELATO DE CASO CLÍNICO

    Trabalho de Conclusão de Curso aprovado, apresentado à UNOPAR -

    Universidade Norte do Paraná, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde,

    como requisito para a obtenção do título de Bacharel em Prótese Dentária, com

    nota final igual a _______, conferida pela Banca Examinadora formada pelos

    professores:

    Prof. Me. João Fernando Bazzo Universidade Norte do Paraná

    Prof. Me. Carlos Magno Goshi Universidade Norte do Paraná

     

    Prof. Me. Mauro Toma Universidade Norte do Paraná

  •   4  

    AGRADECIMENTOS

    Ao Prof. Me. João Fernando Bazzo, meu orientador, pela

    confiança na realização deste trabalho.

    Aos Prof. Me.. Carlos Magno, Dr. Amaury de Moraes Silveira e

    Prof José Carlos Villanova (Burí) pela ajuda durante todo o curso, e pelo

    conhecimento compartilhado .

    Aos alunos e amigos, Lígia, Pedro, Camila, Daniele e Osvaldo,

    pela amizade e companheirismo durante todo o curso.

    Aos meu pais e irmão pelo apoio, paciência e compreensão.

    Ao meu namorado Tiago pela paciência e compreensão.

    A Minha amiga Monica pela amizade e companheirismo

    durante todo o curso.

    Aos pacientes pela confiança no meu trabalho e paciência.

  •   5  

    PIRES, Larissa Coelho. Amelogenese Imperfeita Reabilitando Com Metal Free : Relato De Caso Clínico. 2012. 20 folhas. Trabalho de conclusão de curso Especialização em Prótese Dentária - Centro de Ciências Biológicas e

    da Saúde, Universidade Norte do Paraná, Londrina, 2012.

    RESUMO

    AMELOGENESE IMPERFEITA REABILITANDO COM METAL FREE :

    RELATO DE CASO CLÍNICO

    Introdução - Amelogenese imperfeita representa um grupo de alterações

    hereditárias que resultam na formação anormal do esmalte. Este é um

    processo múltiplo e complexo, podendo ocorrer alterações durante qualquer

    etapa do processo. E essa alteração pode ser diferenciada baseado no

    fenótipo/ aparencia clínica, os mais citados são: hipoplásica, hipocalcificada,

    hipomaturada, e Amelogenese Imperfeita com taurodontismo. A restauração

    desses defeitos é importante não apenas por restabelecer a estética e a

    função, mas também pelo impacto psicológico positivo do paciente. Objetivo –

    Apresentar um caso clinico da paciente M.B, com Amelogenese imperfeita (AI),

    a qual foi reabilitada com 12 coroas posteriores de zircônia e 12 coroas

    anteriores de empress. Descrição do caso – A paciente M.B, 22 anos, com

    diagnóstico de amelogenese imperfeita, compareceu a clínica odontológica da

    UNOPAR – Londrina PR, para realizar o tratamento protético. Queixava-se da

    estética pobre e sensibilidade dentinária. Apresentava restaurações em resina

    composta na maioria dos dentes, as quais eram antigas e estavam

    insatisfatórias. Conclusão - Com a conclusão do tratamento, as expectativas

    da paciente em relação a função e a estética foram conseguidos com sucesso.

    Palavras chave - Amelogenese imperfeita, reabilitação, genética.

  •   6  

    PIRES, Larissa Coelho. Rehabilitation Of A Patient With Amelogenesis Imperfecta: A Case Report. 2012. 20 folhas. Trabalho de conclusão de curso Especialização em Prótese Dentária - Centro de Ciências Biológicas e da

    Saúde, Universidade Norte do Paraná, Londrina, 2012.

    ABSTRACT

    REHABILITATION OF A PATIENT WITH AMELOGENESIS

    IMPERFECTA: A CASE REPORT

    Introduction – Amelogenesis imperfecta represents a hereditary disorder group

    that result in the abnormal formation of enamel. This is a multistep and complex

    process, may ocuur changes during any stage of the process. And this change

    can be diferentiated based on phenotype/clinical appearance, the most cited

    are: hypoplastic, hipocalcificada, hipomaturada and amelogenesis imperfect

    with taurodontism. The restoration of these defects is important not only for

    restoring aesthetics and function, but also positive psychological impact for the

    patient. Purpose – Present the case report of patient MB with amelogenesis

    imperfect (AI), Who was rehabilitated with 12 posterior crowns of zirconia and

    12 anterior crows of empress 2. Description of the case – Pacient MB, 22 years,

    diagnosed with amelogenesis imperfecta, attended on the dentstry clinic of

    UNOPAR – Londrina PR, to perform resin restoration in most teeth, with were

    old and were unsatisfactory. Conclusion – With the end of treatment, the

    patient`s expectations with regard to function and aesthetcs been made

    successfully.

    Keywords - amelogenesis imperfecta, rehabilitation, genetics.

  •   7  

    LISTA DE FIGURAS

    Figura 1 - Fotos iniciais ……………………………………………………..14

    Figura 2 - Modelo com dvo original e com dvo recuperada ...................14

    Figura 3 – Enceramento diagnostico ……. ……………………………….15

    Figura 4 - Processo de fotopolimerizaçao...............................................16

    Figura 5 – Preparos …………………………………………………………17

    Figura 6 – Prova dos copings ………………………………………………17

    Figura 7 – Moldagem de transferência ……………………………………17

    Figura 8 – Foto final …………………………………………………………18

  •   8  

    LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS UNOPAR Universidade Norte Do Paraná AI Amelogenese Imperfeita

  •   9  

    SUMÁRIO

    1 – INTRODUÇÃO …………………………………………………………..10

    2 – REVISÃO DA LITERATURA …………………………………………..11

    3 – CASO CLÍNICO………………………………………………………….14

    4 – CONCLUSÃO…………………………………………………………….19

    5 – REFERÊNCIAS…………………………………………………………..20

  •   10  

    1 - INTRODUÇAO

    A harmonia e a estética de um sorriso são anseios que a cada dia

    preocupa mais a população. Os parâmetros de beleza impostos pela mídia à

    sociedade vêm fazendo com que as pessoas que apresentem qualquer

    comprometimento da harmonia do sorriso, busquem cada vez mais

    tratamentos estéticos de excelência.

    Neste cenário encontramos a amelogenese imperfeita que representa

    um grupo de alterações hereditárias, que resultando na formação anormal do

    esmalte, podendo ocorrer na dentição decídua ou permanente, e ainda afetar

    apenas um ou vários dentes. NOGUEIRA et AL, 2002.

    A formação do esmalte é um processo múltiplo, podendo sofrer

    alteração em algum desses passos. DORUK et AL, 2011. Esses defeitos

    podem ser desencadeados por fatores sistêmicos, locais ou hereditários.

    RIBAS et AL, 2004 Por isso é importante conhecer o processo de formação do

    dente, para que juntamente com a aparência clinica do defeito e a anamnese

    seja estabelecido um diagnostico, e a partir disso estabelecer o tratamento

    adequado para cada caso.

    Historicamente, pacientes com amelogênese imperfeita eram tratados

    com exodontias múltiplas ou overdentures, o que é psicologicamente severo

    quando adolescentes. NOGUEIRA et AL, 2002.

    O planejamento do tratamento de pacientes com amelogenese

    imperfeita, geralmente envolve uma equipe interdisciplinar, pois além de haver uma formação incorreta do esmalte podemos ter outros problemas, como

    estética dental pobre, redução da dimensão oclusal, pois o esmalte é friável e

    se destaca facilmente da dentina, calcificação pulpar, múltiplos dentes

    impactados, dentes ausentes congenitamente, hipercementose, malformação

    radicular, e taurodontismo. Mordida aberta anterior e posterior são às vezes

    reportados. CHAN et AL, 2011 Desta forma este trabalho tem como objetivo

    mostrar as etapas do tratamento