Bomba folheto

  • View
    133

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Bomba folheto

  • Introduo ..........................................................................2

    Dimenses ........................................................................3

    Dados tcnicos da motobomba ..................................................4

    Instalao fsica dos equipamentos ..........................................5

    Instalao hidrulica ..................................................6

    Instalao do skimmer ...............................................................7

    Instalao eltrica da motobomba ....................................................8

    Operaes e procedimentos ....................................................9

    Manuteno e segurana ............................................................. 10

    Especificao do produto .................................................................11

    Suporte tcnico .................................................................12

    Garantia........................................................................16

    Garantia de motores eltricos...........................................................17

    Informaes Importantes...........................................................18

    INDCE

  • 2IntroduoParabns! Voc acaba de adquirir o que h de mais avanado em sistema

    de filtrao para piscinas.Para circulao da gua, a SODRAMAR, oferece o que h de mais avanado

    em tecnologia de motobombas, purificando a gua e priorizando a qualidade dolazer e a sade dos usurios

    Constituda de material resistente e prova de corroso, as motobombastm potncia que variam de 1/4cv a 3cv, com alta vazo, atuando com eficincia esegurana na piscina. Observe abaixo seus principais componentes:

    CORPO DA BOMBADesenvolvido em PP com fibra de vidro, forma uma pea nica com o pr-

    filtro, totalmente prova de corroso, garantindo vida longa aos componentes internosda motobomba e um aspecto sempre novo do conjunto.

    F7

    TAMPA DO PR-FILTROCom design anatmico, a tampa do pr-filtro constituda de policarbonato

    cristal, propiciando transparncia ao conjunto interno e remoo fcil do cesto coletor.

    SELO MECNICO a pea responsvel pela vedao interna da bomba, entre o eixo do motor

    e o rotor; evitando que a gua vaze no local onde o equipamento for instalado.

  • 3CESTO COLETORO cesto coletor fica posicionado no interior do pr-filtro e responsvel pela

    reteno das sujeiras mais grossas, antes de entrar no filtro.MOTOR ELTRICOOs motores so de alta confiabilidade e resistem de maneira eficaz aos

    esforos nos quais a bomba foi dimensionada. Maiores detalhes na pg. 12.

    DIMENSES

    F8

    DIM

    ENS

    ES E

    M MI

    LMET

    ROS

    T9

  • 4DADOS TCNICOS DA MOTOBOMBAAntes de qualquer providncia quanto instalao eltrica, verifique a

    distncia do quadro de energia motobomba.Verifique se a rede est de acordo com o sistema de ligao e dimensione os

    cabos eltricos seguindo as tabelas abaixo.DIMENSIONAMENTO DOS CABOSPARA SISTEMA DE LIGAO 110V

    DIMENSIONAMENTO DOS CABOSPARA SISTEMA DE LIGAO 220V (BIFSICO)

    DIMENSIONAMENTO DOS CABOSPARA SISTEMA DE LIGAO 220V (TRIFSICO)

    T11c

    T11a

    T11b

  • 5IMPORTANTE: No seguir os procedimentos de instalao contidos nestemanual acarretar na perda de garantia do equipamento.

    Aps a seleo do filtro e motobomba, e o reconhecimento dos principaiscomponentes que formam o conjunto, a instalao pode ser iniciada seguindo ostpicos de instalao que vm a seguir. Leia atentamente as instrues antes de asiniciar.

    Nesta pgina constam as informaes bsicas para o posicionamento elocalizao no ambiente de trabalho do filtro em conjunto com a motobomba, paraque os equipamentos possam oferecer o mximo de rendimento, eficincia esegurana.

    INSTALAO FSICA DOS EQUIPAMENTOS

    LOCALIZAO DOS EQUIPAMENTOSO local onde deve ser instalada a motobomba e o filtro chamado de casa

    de mquinas, um recinto coberto e parcialmente fechado, onde esto instaladostodos os registros que comandam o fluxo de gua do tanque da piscina. Este recintodeve possuir em sua base, um dreno para evitar acmulo de gua que por venturavenha ocorrer em eventuais manutenes no sistema. Sendo que, o mais importante que o local seja seco, ventilado e livre de intempries que diminuem a vida til dosequipamentos, vide fig.12.

    POSICIONAMENTO NA INSTALAOO filtro e a motobomba so equipamentos que devem ser posicionados em

    local prximo da piscina para diminuir as perdas na tubulao de suco da bomba.Uma perda elevada pode exigir uma motobomba de maior potncia.

    A bomba deve ser instalada preferencialmente abaixo do nvel da gua dapiscina (afogada), podendo ser colocada, por ser auto-escorvante, at 1m acima donvel da gua..

    EXEMPLO ESQUEMTICO PARA QUE A BOMBATRABALHE AFOGADA.

    F12

  • 6INSTALAO HIDRULICA

    F13

    obrigatrio a instalao de no mnimo 2 ralos de fundo em qualquerpiscina interligados ao skimmer, independente do formato ou tamanho.

    A distncia entre os mesmos dever ser de no mnimo 1,5m e avelocidade mxima nos drenos no devero ultrapassar 0,6m/s.

    Toda instalao hidrulica em piscinas dever seguir as normas que constamna ABNT prescristas na NBR 10.339. Seguir a norma, bem como, os tpicos deprocedimentos citados neste manual uma questo de segurana. A empresa nose responsabiliza por instalaes que estejam em desconformidade com o queestiver prescrito na norma, que podem acarretar desde danos equipamentos eacessrios, at acidentes graves.

    1- Todas as sadas de gua da piscina devem ser ligadas ao bocal desuco da motobomba. Estas sadas de gua so skimmers, drenos de fundo,dispositivos de aspirao.NOTA: Os dispositivos de aspirao devem ser instalados de 20 a 40 (cm) abaixodo nvel da gua.

    2- O bocal de sada da motobomba deve ser ligado entrada da vlvulaseletora.

    3- Todos os dispositivos de retorno devem ser conectados sada davlvula seletora.NOTA: Os dispositivos de retorno devem ser instalados de 30 a 50 (cm) abaixodo nvel da gua.

  • 7RECOMENDAES IMPORTANTES-Registros, vlvulas e conexes devem permitir a retirada de filtros e

    motobombas e impossibilitar a perda de gua pelo esgoto.- Instalar no mnimo dois dispositivos para executar a suco, j que, esta

    tarefa no pode ser feita por apenas um dispositivo por motivo de segurana.- Nas conexes em curva, utilizar curvas e no cotovelos.- As conexes do sistema (vlvula/motobomba/piscina) devem ser feitas por

    tubo de PVC, colocados de acordo com a recomendao do fabricante da mesma.Para perfeita aderncia, lixe ligeiramente a parte externa do tubo e interna daconexo, para ento, aplicar a cola e embutir o tubo.

    - Muito cuidado com o excesso de cola ao instalar as unies nos bocais davlvula ou da bomba. O acumulo de cola poder danificar o distribuidor da vlvulado filtro ou as peas internas da motobomba.

    - Ao instalar um aquecedor de piscina, recomendamos a instalao de umaoutra motobomba que trabalhe sozinha com o aquecedor; pois o mesmo instaladona tubulao de retorno da piscina, logo aps a vlvula do filtro; por esse motivoter a sua vida til comprometida pelo excesso de presso e reteno de gua.Tambm aconselhvel que se faa um sistema by-pass entre a tubulao deentrada e sada do trocador de calor.

    - Qualquer outro tipo de produto instalado na sada do tanque queaumente a sua presso interna, far com que o equipamento sofra trinca ouqualquer outro tipo de deformao que acarretar na perda da garantia.

    INSTALAO DO SKIMMEREste acessrio indispensvel para manuteno e higienizao da gua

    da piscina. Sua funo eliminar toda sujeira superficial que fica pendente na gua,tais como, folhas, oleosidades provocadas por bronzeadores ou similares esecrees que afetam diretamente a aparncia da gua e dificilmente so removidaspelo processo de aspirao convencional.

    As instalaes exemplificadas neste manual citam o skimmer como peaobrigatria e essencial na piscina, tanto para higienizao, quanto para controle devazo, seguindo as normas Americanas de instalao e segurana.

    4- Esta sada da vlvula deve ser conectada diretamente com a rede deesgoto.

    5- Os registros utilizados devem ser preferencialmente de esferas.

  • 8Todo motor requer chave disjuntora ou chave seccionada dotada de fusveis, paramotores trifsicos torna-se indispensvel o uso de chave magntica.A ligao eltrica entre o motor e os cabos de ligao, deve seguir as informaes que estocontidas nas plaquetas de identificao do motor, e o esquema que a segue.

    Depois de completada a instalao eltrica, verifique o sentido de rotao do eixo,acionando e desligando imediatamente o motor. O sentido correto horrio, quando amotobomba vista por trs do motor, caso necessite altera-lo, proceda da seguinte forma:

    - Motores trifsicos: inverta a ligao de dois fios.- Motores monofsicos: conforme indica a amperagem na plaqueta do motor.

    OBRIGATRIO USO DE (DR - DISJUNTOR DE SEGURANA) DE ALTA SENSIBILIDADE -CORRENTE DIFERENCIAL - RESIDUAL / NOMINAL NO SUPERIOR A 30mA. SUA NO INSTALAOIMPLICAR NA PERDA DE GARANTIA DO PRODUTO. (Veja mais na pg. 17)

    A NO UTILIZAO DESTE DISPOSITIVO PODE OCASIONAR CHOQUE NO CONTATO COMA GUA, QUE PODE SER FATAL PARA ADULTOS E CRIANAS.

    A garantia do motor eltrico de total responsabilidade do fabricante do mesmo.

    PRECAUES- Nunca deixe a motobomba funcionar sem gua, (para no danificar o selo mecnico

    e o rotor).- Nunca deixe a motobomba funcionar com os registros fechados. (exceto na operao

    fechar seguindo o tempo mximo indicado na operao).- Limpar o cesto coletor do pr-filtro sempre que necessrio.- Antes de acionar a motobomba verifique se a tampa do pr-filtro est bem fixada, e

    as conexes orbitais esto bem colocadas e acopladas, pois qualquer entrada de ar provocarrudo no conju