AULA NR32 CRH

Embed Size (px)

Text of AULA NR32 CRH

  • SECRETARIA DE ESTADO DA SAUDE DE SO PAULO COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS NCLEO DE QUALIDADE DE VIDA

    COORDENADORIA DE CONTROLE DE DOENAS CENTRO DE VIGILNCIA SANITRIA

    DIVISO DE VIGILNCIA SANITRIA DO TRABALHO CENTRO DE REFERNCIA EM SADE DO TRABALHADOR CERERST REGIONAL

    2016

    Diviso de Vigilncia Sanitria do Trabalho

    Centro de Referncia em Sade do Trabalhador - CEREST Estadual

    SILVANA TOGNINI

    Enfermeira

    E-mail: siltog@hotmail.com

    Doutora em Cincias -FMUSP

    Mestre Cincias da Sade -FMABC

    Especialista em Gesto da Vigilncia Sanitria,

    Sade do Trabalhador , Licenciatura em Enfermagem,

    Acupuntura, Administrao Hospitalar e Sade Pblica

  • NOTIFICAO E INVESTIGAO

    DOS ACIDENTES E DOENAS RELACIONADAS AO TRABALHO

  • Acidentes ou Doenas Relacionadas ao Trabalho

    NOTIFICAR

    O qu? Tipo Evento

    Indesejado

    Quando?

    Por qu?

    Onde?

    Como?

    Aps o Acidente

    ou Diagnstico

    da Doena

    Por Meio de

    Informaes

    SINAN NET CAT/ NAT

    Investigao de Acidentes ou Doenas

    Relacionadas ao Trabalho

    Programas de Preveno de Riscos e

    Agravos ao Trabalhador.

    Segurana e Sade no Trabalho

  • PORTARIA MS GM N 1984, de 12 de setembro de 2014 . REVOGADA

    por meio da PORTARIA MS GM n 205, de 17 de fevereiro de 2016 Art. 8 Fica revogada a Portaria n

    1.984/GM/MS, de 12 de setembro de 2014, publicada no Dirio Oficial da Unio, n 177, Seo 1, do dia 15 de

    setembro de 2014, p. 59. Define a Lista nacional de doenas e agravos de notificao compulsria, na forma

    do Anexo, a serem monitorados por meio da estratgia de vigilncia em unidades sentinelas e suas diretrizes.

    PORTARIA MS GM N 1271, de 06 de junho de 2014. REVOGADA

    por meio da PORTARIA MS GM n 204, de 17 de fevereiro de 2016 . Define a Lista Nacional de Notificao

    Compulsria de doenas, agravos e eventos de sade pblica nos servios de sade pblicos e privados em

    todo o territrio nacional, nos termos do anexo, e d outras providncias.

    PORTARIA MS GM N 104 de 26 janeiro 2011 REVOGADA

    Define relao de doenas, agravos e eventos em sade pblica de notificao compulsria em todo o

    territrio nacional e estabelece fluxo, critrios, responsabilidades e atribuies aos profissionais e servios de

    sade), e as devidas providncias que se fizerem necessrias.

    PORTARIA MS N 2472 de 31 de agosto de 2010 REVOGADA

    Define as terminologias adotadas em legislao nacional, conforme disposto no Regulamento Sanitrio

    Internacional 2005 (RSI 2005), a relao de doenas, agravos e eventos em sade pblica de notificao

    compulsria em todo o territrio nacional e estabelecer fluxo, critrios, responsabilidades e atribuies aos

    profissionais e servios de sade.

    PORTARIA GM N 777 de 28 de abril de 2004 REVOGADA

    Dispe sobre os procedimentos tcnicos para a notificao compulsria de agravos sade do trabalhador

    em rede de servios sentinela especfica, no Sistema nico de Sade SUS.

    NOTIFICAO COMPULSRIA

  • PORTARIA MS GM n 204, de 17 de fevereiro de 2016

    Define a lista nacional de notificao compulsria de doenas,

    agravos, e eventos de sade pblica nos servios de sade pblicos

    e privados em todo o territrio nacional, nos termos do anexo, e d

    outras providncias.

    1. a. Acidente de trabalho com exposio a material biolgico

    PORTARIA MS GM n 205, de 17 de fevereiro de 2016

    Define a lista nacional de doenas e agravos na forma do anexo, a

    serem monitorados por meio da estratgia de vigilncia em unidades

    sentinelas e suas diretrizes.

    NOTIFICAO COMPULSRIA

  • Art. 4 - A notificao compulsria imediata deve ser realizada pelo profissional de sade ou

    responsvel pelo servio assistencial que prestar o primeiro atendimento ao paciente, em at

    24 (vinte e quatro) horas desse atendimento, pelo meio mais rpido disponvel.

    PORTARIA MS GM n 204, de 17 de fevereiro de 2016

  • PORTARIA MS GM n 205, de 17 de fevereiro de 2016 Art. 1 Esta Portaria define a lista nacional de doenas e agravos, na forma do anexo, a serem

    monitorados por meio da estratgia de vigilncia em unidades sentinelas e suas diretrizes.

  • Todos os Acidentes, Doenas ou Agravos

    Relacionadas ao Trabalho devem ser prontamente

    Notificados

    Sistema de Informao de Agravos de Notificao SINAN

    (Trabalhadores Formais e Informais)

    Comunicao de Acidentes de Trabalho - CAT- Trabalhadores formais (INSS)

    Notificao de Acidentes/doenas do Trabalho - NAT ; Trabalhadores pblicos -

    (Efetivos, Temporrios) dos servios de sade do Estado de So Paulo

    Investigao de Acidentes/doenas do Trabalho - IAT- Trabalhadores pblicos

    dos servios de sade do Estado de So Paulo - (Efetivos, Temporrios)

    Comunicar:

    Servio Especializado em Segurana e Medicina do Trabalho - SESMT

    Comisso de Sade do Trabalhador COMSAT

    Comisso Interna de Proteo de Acidentes - CIPA

  • SISTEMA DE INFORMAO DE AGRAVOS DE NOTIFICAO SINAN Ministrio da Sade (MS), Secretaria de Vigilncia Sade (SVS),Coordenao Geral de Doenas Transmissveis.

    SINAN

    alimentado, pela notificao e investigao de casos de doenas

    e agravos que constam da lista nacional de doenas de notificao

    compulsria. (Portaria n 204 e 205 de 17 de fevereiro de 2016)

    Estados e municpios esto facultados de incluir outros problemas

    de sade importantes em sua regio.

    Populao Alvo:

    Populao brasileira.

    Abrangncia Geogrfica:

    Nacional especificidades no mbito estadual e municipal.

    http://www.saude.gov.br/sinan_net

  • Sistema de Informao de Agravos de Notificao SINAN Ministrio da Sade (MS), Secretaria de Vigilncia Sade (SVS),Coordenao Geral de Doenas Transmissveis.

    OBJETIVOS:

    Coletar, transmitir e disseminar dados gerados

    rotineiramente;

    Registrar informaes;

    Processar os dados sobre agravos de notificao em todo o

    territrio nacional;

    Fornecer informaes aos interessados;

    Analisar o perfil da morbidade;

    Contribuir, desta forma, para a tomada de decises em

    sade no mbito municipal, estadual e federal.

    http://www.saude.gov.br/sinan_net

  • Sistema de Informao de Agravos de Notificao SINAN Ministrio da Sade (MS), Secretaria de Vigilncia Sade (SVS),Coordenao Geral de Doenas Transmissveis.

    MTODOS:

    Ficha Individual de Notificao (FIN) dados coletados que

    preenchida pelas unidades assistenciais para cada paciente quando da

    suspeita da ocorrncia de problema de sade de notificao

    compulsria ou de interesse nacional, estadual ou municipal.

    Ficha Individual de Investigao (FII) - roteiro de investigao.

    Possibilita a identificao da fonte de infeco e os mecanismos de

    transmisso da doena. http://www.saude.gov.br/sinan_net

  • http://bvs

    ms.saude.

    gov.br/bvs

    /publicaco

    es/07_009

    8_M.pdf

    hthttp://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/07_0098_M.pdftp://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/07_0098_M.pdf

    Ministrio da Sade

    Secretaria de Vigilncia em Sade

    Departamento de Vigilncia Epidemiolgica

    Normas e Rotinas SINAN NET - 2 edio 2007

  • SISTEMA DE INFORMAO DE AGRAVOS DE NOTIFICAO ACIDENTE DE TRABALHO COM EXPOSIO MATERIAL BIOLGICO

    FICHA DE INVESTIGAO

    SINAN

    http://www.saude.gov.br/sinan_net

  • SISTEMA DE INFORMAO DE AGRAVOS DE NOTIFICAO

    SINAN

    Semana Epidemiolgica

  • NAT

  • Se eu puder diminuir o sofrimento ou aliviar a dor

    de algum, ou ajudar um pssaro ferido a voltar para

    o seu ninho, no terei vivido em vo

    Emily Dickinson

    Obrigada!