AULA 17: Prova Comentada - .Contabilidade Pblica p/ INMETRO Analista Executivo Metrologia e Qualidade

  • View
    219

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of AULA 17: Prova Comentada - .Contabilidade Pblica p/ INMETRO Analista Executivo Metrologia e...

  • Contabilidade Pblica p/ INMETRO Analista Executivo Metrologia e Qualidade

    Prof. M. Sc. Giovanni Pacelli Aula 17

    Prof. Giovanni Pacelli www.estrategiaconcursos.com.br 1 de 14

    AULA 17: Prova Comentada

    26 Em relao contabilidade pblica, analise as afirmativas.

    I. A contabilidade aplicada ao setor pblico um ramo da cincia contbil

    que tem como objetivo o patrimnio pblico, sobre o qual dever fornecer

    informaes aos seus usurios dos atos e fatos e os seus resultados

    alcanados.

    Gabarito preliminar: CERTO. Cabe recurso, pois objeto diferente de

    objetivo.

    II. Registra e permite o controle e anlise dos atos e fatos e atos

    administrativos e econmicos operados no patrimnio de uma entidade

    pblica, possibilitando a gerao de informaes, variaes e resultados

    sobre a composio deste, auferidos por sua administrao e pelos

    usurios.

    CERTO.

    III. As informaes geradas pela contabilidade pblica proporcionam o

    acompanhamento permanente da situao das entidades pblicas em

    questo, da sua gesto, envolvendo o incio, o meio e o fim.

    CERTO.

    IV. Na contabilidade das instituies pblicas, podese fazer somente o

    que, por determinao legal, est ou foi expressamente permitido, ou

    melhor, devese efetuar previso legal para se efetivar qualquer ao

    governamental.

    CERTO, o princpio aplicado a toda administrao pblica.

    Esto corretas as afirmativas

    A) II e IV, apenas.

    B) III e IV, apenas.

    C) I, II e III, apenas.

    D) II, III e IV, apenas.

    E) I, II, III e IV.

    Gabarito Preliminar: E. Deveria ser D.

  • Contabilidade Pblica p/ INMETRO Analista Executivo Metrologia e Qualidade

    Prof. M. Sc. Giovanni Pacelli Aula 17

    Prof. Giovanni Pacelli www.estrategiaconcursos.com.br 2 de 14

    27 Conjunto de direitos e bens, tangveis ou intangveis, onerados ou

    no, adquiridos, formados, produzidos, recebidos, mantidos ou utilizados

    pelas entidades do setor pblico, que seja portador ou represente um

    fluxo de benefcios, presente ou futuro, inerente prestao de servios

    pblicos ou explorao econmica por entidades do setor pblico e suas

    obrigaes. (Resoluo CFC n 1.128/08.)

    O conceito apresentado referese a

    A) patrimnio pblico.

    B) entidade do setor pblico.

    C) recursos controlados pelo setor pblico.

    D) projetos e aes de fins ideais no setor pblico.

    E) instrumentalizao do controle social no setor pblico.

    Gabarito A, sem comentrios adicionais.

    28 As receitas pblicas constituemse em todo e qualquer recolhimento

    aos cofres pblicos em dinheiro ou outro bem representativo de valor que

    o governo tem direito de arrecadar. (Andrade, 2013.)

    As receitas oramentrias so classificadas nas seguintes

    categorias econmicas:

    A) Receitas correntes e receitas de capital.

    B) Receitas de servios e receitas industriais.

    C) Operaes de crdito e alienao de bens.

    D) Receitas tributrias e receitas patrimoniais.

    E) Amortizao de emprstimos e transferncias de capital.

    Gabarito A, sem comentrios adicionais.

    29 Princpio que determina que os efeitos das transaes e outros

    eventos sejam reconhecidos nos perodos a que se referem,

    independentemente do recebimento ou pagamento e pressupe a

    simultaneidade da confrontao de receitas e de despesas correlatas.

    (CFC, Resoluo 750/93.)

  • Contabilidade Pblica p/ INMETRO Analista Executivo Metrologia e Qualidade

    Prof. M. Sc. Giovanni Pacelli Aula 17

    Prof. Giovanni Pacelli www.estrategiaconcursos.com.br 3 de 14

    O conceito apresentado referese ao Princpio da Contabilidade

    denominado Princpio da

    A) Entidade.

    B) Prudncia.

    C) Continuidade.

    D) Competncia.

    E) Oportunidade.

    Gabarito D, sem comentrios adicionais.

    30 So aquelas que no contribuem para o resultado primrio ou

    no alteram o endividamento lquido do governo (setor pblico

    no financeiro) no exerccio financeiro correspondente, uma vez

    que criam uma obrigao ou extinguem um direito, ambos de

    natureza financeira, junto ao setor privado interno e/ou externo,

    alterando concomitantemente o ativo e o passivo financeiros.

    Tratase das receitas

    A) previstas.

    B) realizadas.

    C) primrias.

    D) no primrias.

    E) extraoramentrias.

    Gabarito D, sem comentrios adicionais.

  • Contabilidade Pblica p/ INMETRO Analista Executivo Metrologia e Qualidade

    Prof. M. Sc. Giovanni Pacelli Aula 17

    Prof. Giovanni Pacelli www.estrategiaconcursos.com.br 4 de 14

    31 Diminuio do valor dos elementos dos ativos imobilizado e

    intangvel, decorrente da explorao, de direitos cujo objeto seja

    recursos minerais ou florestais, ou bens aplicados nessa

    explorao. correto afirmar que a situao apresentada dever

    ser registrada em contas de

    A) exausto.

    B) aquisio.

    C) pagamento.

    D) amortizao.

    E) depreciao.

    Gabarito A, sem comentrios adicionais.

    32 As receitas tributrias so derivadas da arrecadao estatal de

    tributos. So classificados como receitas tributrias os recursos

    advindos de

    A) taxas.

    B) prestao de servios.

    C) atividades agropecurias.

    D) aluguis e arrendamentos.

    E) explorao de atividades industriais.

    Gabarito A, sem comentrios adicionais.

    33 Recursos financeiros recebidos de outras entidades de direito pblico

    ou privado, destinados a atender a gastos classificados em despesas de

    capital. (Andrade, 2013.) O conceito apresentado anteriormente

    referese s receitas de capital classificadas como

    A) alienao de bens.

    B) operaes de crdito.

    C) transferncias de capital.

    D) outras receitas de capital.

    E) amortizao de emprstimos.

    Gabarito C, sem comentrios adicionais.

  • Contabilidade Pblica p/ INMETRO Analista Executivo Metrologia e Qualidade

    Prof. M. Sc. Giovanni Pacelli Aula 17

    Prof. Giovanni Pacelli www.estrategiaconcursos.com.br 5 de 14

    34 Os ingressos extraoramentrios so recolhimentos efetuados,

    que no integram o oramento pblico. Constituemse em

    ingressos extraoramentrios, EXCETO:

    A) Fianas.

    B) Caues.

    C) Consignaes.

    D) Depsitos em garantia.

    E) Contribuies de melhoria.

    Gabarito E, sem comentrios adicionais.

    35 Demonstrativo que visa contribuir para o controle financeiro dos

    rgos e entidades do setor pblico. Permite aos usurios a avaliao da

    situao de caixa e equivalentes de caixa, bem como as necessidades de

    liquidez em cenrios futuros. Deve evidenciar as movimentaes havidas

    no caixa e equivalentes nos fluxos das operaes, dos investimentos e

    dos financiamentos. (Andrade, 2014.) O conceito anterior referese

    demonstrao contbil denominada

    A) balano financeiro.

    B) balano patrimonial.

    C) balano oramentrio.

    D) demonstrao de fluxo de caixa.

    E) demonstrao das variaes patrimoniais.

    Gabarito D, sem comentrios adicionais.

  • Contabilidade Pblica p/ INMETRO Analista Executivo Metrologia e Qualidade

    Prof. M. Sc. Giovanni Pacelli Aula 17

    Prof. Giovanni Pacelli www.estrategiaconcursos.com.br 6 de 14

    36 De acordo com a classificao institucional da despesa

    oramentria, constituemse em ingressos extraoramentrios,

    EXCETO:

    A) Tm por finalidade delimitar a despesa, subdividindoa em funes e

    subfunes, sendo independente dos programas.

    B) Possibilitam o agrupamento dos crditos oramentrios em projetos,

    atividades ou operaes especiais vinculadas aos programas

    governamentais.

    C) Permitem o agrupamento dos crditos oramentrios nos rgos e/ou

    unidades que integram a estrutura administrativa do ente pblico.

    D) Tm por objetivo evidenciar a utilizao de recursos que j esto

    comprometidos com o atendimento de determinadas entidades ou entes

    da federao ou do exterior.

    E) Permitem a classificao das despesas oramentrias por categorias

    econmicas, grupos de natureza das despesas, modalidade de aplicao e

    elementos de despesa.

    A questo ficou sem sentido, deve ser anulada. O que foi

    perguntado no corresponde s respostas.

    37 As despesas so classificadas nas seguintes categorias

    econmicas: despesas correntes e despesas de capital.

    Constituemse em despesas correntes:

    A) Caues.

    B) Investimentos.

    C) Inverses financeiras.

    D) Amortizaes da dvida.

    E) Juros e encargos da dvida.

    Gabarito E, sem comentrios adicionais.

  • Contabilidade Pblica p/ INMETRO Analista Executivo Metrologia e Qualidade

    Prof. M. Sc. Giovanni Pacelli Aula 17

    Prof. Giovanni Pacelli www.estrategiaconcursos.com.br 7 de 14

    38 Fase de verificao do direito adquirido pelo credor ou implemento de

    condio, com base nos ttulos ou na documentao hbil e importncia

    exata a pagar do respectivo crdito. (Andrade, 2013.) O conceito

    apresentado referese ao estgio da despesa denominado

    A) fixao.

    B) licitao.

    C) empenho.

    D) liquidao.

    E) pagamento.

    Gabarito D, sem comentrios adicionais.

    41 A dvida passiva pblica classificase em dvida flutuante e