Exposi§£o fotogrfica

  • View
    1.836

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Aula sobre fotografia.

Text of Exposi§£o fotogrfica

  • 1. Exposio Fotogrfica Professor: Jlio Rocha Agosto de 2013 2 Perodo de Publicidade e Propaganda Aulas: 03 e 04
  • 2. Exposio Fotogrfica Exposio se refere quantidade de luz usada para formar uma fotografia. Conseguimos ver tudo no mundo porque tudo reflete luz. Toda vez que vamos fotografar com uma certa quantidade de luz, passa pela lente e chega no sensor ou filme. Cada pedacinho de luz contm um pouco de informao: a luz refletida dos objetos que est indo at os nossos olhos e, tambm, at a nossa cmera.
  • 3. Para nossa cmera criar as imagens estticas que chamamos de fotografia, certa quantidade de luz deve passar pelas lentes por um tempo para que possamos reproduzir um momento. Essa luz no pode ser demais ou nossa foto ficar superexposta, ou seja, ela ficar clara demais. Essa luz tambm no pode ser de menos ou nossa foto ficar subexposta, ou seja, ela ficar escura demais. Exposio Fotogrfica superexposta exposio normal subexposta
  • 4. Abertura do diafragma + Velocidade do obturador + ISO So eles que controlam a luz que ser transformada em imagem. Exposio Fotogrfica A exposio baseada em trs fatores:
  • 5. Obs: as formas como cada coisa reflete a luz diferem entre si, por isso conseguimos ver os diferentes objetos e cores. Nossos olhos e a cmera trabalham de forma parecida absorvendo o espectro de cores e luminosidade de tudo que est a nossa volta. A cor preta, por exemplo, absorve toda a luz, enquanto a cor branca reflete toda a luz. Exposio Fotogrfica
  • 6. As cmeras possuem mecanismos para nos dizer quando a exposio est correta. Nem sempre a cmera est certa, mas com a experincia podemos nos basear no que ela nos diz para expor exatamente do jeito que queremos as diferentes situaes. Exposio Fotogrfica Como expor corretamente?
  • 7. Ao olhar no visor da cmera conseguimos ver uma rgua de exposio. Ela nos conta como est a exposio da nossa imagem com a quantidade de luz que est entrando pelas lentes! Como essa rgua funciona ou se parece depende um pouquinho da sua cmera, mas basicamente ela assim: Exposio Fotogrfica Como expor corretamente?
  • 8. Este pequeno retngulo embaixo mostra a exposio atual da sua imagem. Se ele estiver bem no meio porque a sua cmera considera que a cena est bem exposta. Neste caso pode bater a foto pois a quantidade exata de luz vai entrar para criar uma imagem bem exposta. Se o retngulo estiver mais para a esquerda sua cena estar subexposta e se estiver mais para a direita, superexposta. Exposio Fotogrfica Como expor corretamente?
  • 9. Subexposio Uma foto est subexposta quando uma quantidade insuficiente de luz entrou na cmera pelas lentes. Quando isso acontece vrios pontos da imagem ficam pretos: sem informao nenhuma de cor ou luminosidade. Exposio Fotogrfica Como expor corretamente?
  • 10. Superexposio Uma foto est superexposta quando muita luz entrou na cmera. Quando isso acontece vrios pontos da imagem ficam estourados: brancos e sem informao nenhuma de cor ou luminosidade. Exposio Fotogrfica Como expor corretamente?
  • 11. Modo de medio de exposio Se sua cmera possuir a configurao do modo de medio de exposio (ou metering mode) interessante saber como configur-lo. Existem vrios metering modes que ajudam a cmera a saber melhor quando a imagem est bem exposta. Exposio Fotogrfica Como expor corretamente?
  • 12. O diafragma um olho que abre na hora de tirarmos a foto para que a luz passe. Controlamos a abertura desse olhinho para expor corretamente. A primeira configurao que vamos ver para o controle da quantidade de luz que entra na nossa cmera (exposio) a abertura do diafragma. O diafragma fica na sua lente e se parece com isso: Exposio Fotogrfica Abertura do diafragma
  • 13. E como eu configuro a abertura? A abertura do diafragma medida em um valor f. Quando menor esse valor mais aberto est o diafragma. Cada valor de f tem o dobro de rea do prximo valor. simples: quanto maior for a abertura que voc configurar mais luz entrar pela lente. Quanto menor for esse valor, menos luz entrar. Quando voc est em uma situao de baixa luminosidade a tendncia usar uma abertura maior, para que o mximo de luz possa entrar, e vice-e-versa. Exposio Fotogrfica Abertura do diafragma
  • 14. Lentes e abertura Lembre-se: cada lente tem seu diafragma e um limite de abertura. Algumas lentes conseguem um valor de f 1.4 (bem aberta!) at f 22 e outras conseguem um valor de f 5.6 at f 16. Pense nisso na hora de comprar suas lentes: dependendo do tipo de fotografia que voc pretende fazer importante ter uma lente que tenha uma abertura bem ampla para que entre mais luz. Exposio Fotogrfica
  • 15. A abertura e suas consequncias O uso de diferentes aberturas no s controlam a passagem de luz como tem consequncia alguns fatores como menor profundidade de campo e aberraes, dependendo da lente. O principal fator criativo que devemos observar a profundidade de campo. Exposio Fotogrfica
  • 16. Profundidade de campo Quando voc usa uma abertura maior (valor f mais baixo) a profundidade de campo diminui, quando voc usa uma abertura menor (valor f mais alto) a profundidade de campo aumenta. Veja o exemplo em fotos: Exposio Fotogrfica f 1.8 vrias partes da foto esto embaadas f 16 todos os elementos esto em foco
  • 17. A velocidade a quantidade de tempo que o diafragma ficar aberto expondo o filme ou o sensor. Quando mais tempo, mais luz entra. A velocidade simples de entender: quando mais tempo voc deixar o diafragma aberto mais luz vai entrar e expor o sensor ou o filme. Se voc deixa menos tempo, menos luz entra. Como a velocidade de exposio normalmente est em fraes de segundo a maioria das cmeras mostra somente a parte de baixo da frao, ou seja, se estou deixando meu sensor ser exposto luz durante 1/100s a minha cmera vai mostrar 100. Quando passamos a lidar com exposies mais longas, de 1 segundo ou mais, a cmera mostra 1, 2, 3 e assim por diante. Exposio Fotogrfica Velocidade do obturador
  • 18. A velocidade e suas consequncias Assim como a abertura, a velocidade controla a quantidade de luz que chega ao sensor - sempre com consequncias que usamos de forma criativa. Algumas delas so: Congelamento: Quando usamos uma velocidade alta conseguimos captar objetos que esto se movimentando como se estivessem parados. Movimento: Quando usamos uma velocidade baixa tudo que est em movimento comea a ficar embaado. Assim conseguimos ter essa impresso de movimento da cena. Cuidado na hora de apertar o boto: o movimento da prpria cmera pode tremer a imagem em velocidades mais baixas. Exposio Fotogrfica Velocidade do obturador
  • 19. A velocidade e suas consequncias Exposio Fotogrfica Velocidade do obturador 1/3 com uma velocidade mais baixa temos um efeito de movimento Congelamento: Movimento 1/250 com uma velocidade alta conseguimos ver a gua da cachoeira detalhadamente
  • 20. ISO a sensibilidade do sensor ou do filme. Quanto maior o valor mais sensvel . E quanto mais sensvel mais luz absorvida. Voc tambm vai escutar alguns chamarem de ASA, embora seja uma nomenclatura mais abandonada. No geral, quando temos uma situao de bastante luz deixamos o valor ISO mais baixo para que