FLAVIA CRISTINA DE PAULA GOMES PIRES 2017-02-22¢  PIRES, Flavia Cristina de Paula Gomes. The faces of

  • View
    1

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of FLAVIA CRISTINA DE PAULA GOMES PIRES 2017-02-22¢  PIRES, Flavia Cristina de Paula Gomes....

  • 1

    PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO

    PUC-SP

    FLAVIA CRISTINA DE PAULA GOMES PIRES

    AS FACES DA PRODUÇÃO DO ESPAÇO URBANO NA CIDADE DE SÃO PAULO

    E NO CONJUNTO HABITACIONAL JOSÉ BONIFÁCIO

    MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL

    São Paulo 2012

  • 2

    PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO

    PUC-SP

    FLAVIA CRISTINA DE PAULA GOMES PIRES

    AS FACES DA PRODUÇÃO DO ESPAÇO URBANO NA CIDADE DE SÃO PAULO

    E NO CONJUNTO HABITACIONAL JOSÉ BONIFÁCIO

    Dissertação apresentada à Banca Examinadora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, como exigência parcial para obtenção do título de Mestre em Serviço Social, sob a orientação da Professora Dra. Mariangela Belfiore Wanderley.

    MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL

    São Paulo 2012

  • 3

    BANCA EXAMINADORA

  • 4

    Ao meu pai, Nelson de Jesus Pires, in memoriam.

  • 5

    AGRADECIMENTOS

    Agradeço aos meus pais, Eny e Nelson, pelo investimento, apoio às minhas

    escolhas, carinho e confiança ao longo do meu percurso.

    À minha professora e orientadora Mariangela Belfiore Wanderley, por

    acreditar neste projeto, pelo incentivo e pelo estímulo durante o processo de

    elaboração desta pesquisa.

    Aos professores do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, em

    especial às professoras Maria Lucia Martinelli e Maria Lucia Carvalho, pelo carinho e

    contribuições teóricas que auxiliaram o amadurecimento do tema.

    À professora Claudine Offredi, pela oportunidade de cursar na Université

    Pierre Mèndes France - UFPM, em Grenoble - França, o curso Master 2 Economie

    Internationale et Globalisation (EIG) Spécialité MANAGEMENT DES POLITIQUES

    SOCIALES ET SANITAIRES.

    À professora Valerie Fargeon, pela dedicação e atenção às alunas

    “bresiliennes”.

    À coordenadora do Centre Social Arlequin, Meirem Kendsi, e sua equipe

    técnica, pela oportunidade de estagiar no centro e pelas “aulas” sobre a produção do

    espaço urbano em Villeneuve, que fomentaram os primeiros traços deste projeto; às

    participantes do grupo de mulheres que me acolheram; a Claire Jourdan, técnica do

    Centre Social Premol, pela oportunidade de participar do grupo de mulheres “Lundi

    pour Elles”; e a cada uma das participantes, por partilharem suas experiências de

    vida e de luta por um bairro melhor.

    À Marina Moreira e Arno, pela hospitalidade em Grenoble - França.

    Às companheiras Bianca Nunes, Marilia Salles Messeder, Carolina Penna

    Nocchi e Luiza Campos, companheiras de pedaladas, de almoços, jantares,

    piqueniques e farofadas à brasileira em Grenoble.

    Aos colegas do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Seguridade e Assistência

    Social - NEPSAS, Marcelo Gallo, Sheila Marcolino, Marilia Dal Bello, Silvina Carraro

    e, em especial, a Abigail Torres e Stela Ferreira, pelas discussões em grupo,

    momentos de descontração, troca de experiências e conselhos.

    À Mariangela Gioia, gerente comercial da Companhia Metropolitana de

    Habitação de São Paulo - COHAB/SP, por me receber e disponibilizar os dados

    oficiais sobre o Conjunto Habitacional José Bonifácio.

  • 6

    Ao Sr. Ronil Spilla, diretor do Jornal José Bonifácio em Notícias, pela

    autorização para pesquisar os arquivos do jornal. E Daniel Candido, pelo

    acompanhamento da pesquisa no jornal e “tour” no Conjunto José Bonifácio.

    À Rosangela Paz, pelo incentivo profissional e acadêmico.

    À Heloisa Gama Alves, pelo companheirismo e cuidado durante minha

    permanência em Grenoble, pelo olhar atento na primeira leitura do projeto de

    pesquisa e disponibilidade de apoio no percurso.

    Ao meu amigo e companheiro de pedaladas João Carlos Arcanjo, Carlinhos,

    pela apresentação de novas trilhas, diálogos sobre os significados das escolhas e,

    principalmente, por me ajudar a reconectar com minha essência.

    À Tatiana Amendola e Jean Philippe Didon, pela amizade, carinho e

    tradução dos documentos de ingresso na Universitè Pierre Mendes France.

    Aos amigos, Ana Lucia Rocha Paes, Claudia Cruz Soares, Emanuel Jones,

    Ana Maria Gonzatto, José Carlos Veloso, Adriana Aleixo, Ana Carla Silva, Amanda

    Souza da Silva, Beatriz Prates, Francisco Canindé, pelo carinho, compreensão, por

    desculparem minhas ausências e incentivarem minha pesquisa.

    À Alessandra Medeiros, pela troca de experiência.

    Ao Alexandre Mello e Josué Kuwano, pela ajuda técnica com arquivos em

    pdf, jpg, outras linguagens e na confecção de mapas.

    À CAPES e ao CNPq, pelo incentivo à pesquisa mediante a concessão da

    bolsa de estudos.

  • 7

    Não me prendo a nada que me defina. Sou companhia, mas posso ser solidão;

    Tranquilidade e inconstância; Pedra e coração.

    Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, Sarcasmo, preguiça e sono.

    Música alta e silêncio. Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser.

    Não me limito, não sou cruel comigo! Serei sempre apego pelo que vale a pena

    E desapego pelo que não quer valer... Suponho que me entender não é uma questão de inteligência

    E sim de sentir, de entrar em contato. Ou toca, ou não toca.

    (Clarice Lispector)

  • 8

    PIRES, Flavia Cristina de Paula Gomes. As Faces da Produção do Espaço

    Urbano na cidade de São Paulo e no Conjunto Habitacional José Bonifácio.

    Dissertação (Mestrado em Serviço Social), Pontifícia Universidade Católica de São

    Paulo, São Paulo, 2012.

    RESUMO

    A presente dissertação tem como objeto de estudo a produção do espaço urbano por meio

    do provimento público, com ênfase na implantação, pela COHAB/SP, de conjuntos

    habitacionais, durante as décadas de 1960 a 1980, tomando como campo empírico o caso

    do Conjunto Habitacional José Bonifácio. A investigação centra-se nos elementos que, por

    meio da presença ou ausência do Estado, contribuem para o desenho da produção do

    espaço urbano na cidade de São Paulo, procurando verificar de que forma os conjuntos

    habitacionais construídos pela Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo -

    COHAB/SP influenciaram nessa produção. A metodologia abrange pesquisa bibliográfica e

    pesquisa de campo por meio de entrevistas. Para compreensão do objeto de estudo,

    utilizamos referencial teórico sobre a produção do espaço, a política habitacional nacional e

    municipal e o provimento habitacional por intermédio da COHAB/SP. A pesquisa evidencia

    que a produção do espaço urbano no Conjunto Habitacional José Bonifácio, promovida pelo

    Estado, possuía a mesma baixa qualidade na oferta de serviços e equipamentos de

    infraestrutura urbana que os loteamentos clandestinos/irregulares, bem como que as três

    tipologias implantadas no conjunto habitacional – unidade habitacional acabada

    (apartamento ou casa), casa construída em regime de mutirão e casa autoconstruída em

    área “invadida” – foram responsáveis pela configuração da paisagem e pela transferência de

    estigmas entre os moradores. Como desafios a pesquisa aponta a necessidade de nova

    configuração do espaço urbano, a heterogeneidade dos territórios da cidade, o

    equacionamento dos mecanismos legais e ilegais para o provimento habitacional e a

    necessidade de análises que contemplem as especificidades nos assentamentos e os novos

    parâmetros de produção do espaço urbano.

    Palavras-chave: produção do espaço, política nacional de habitação, COHAB/SP e Conjunto

    Habitacional José Bonifácio.

  • 9

    PIRES, Flavia Cristina de Paula Gomes. The faces of urban space prodution in

    the São Paulo city and in José Bonifácio Housing. Dissertação (Mestrado em

    Serviço Social), Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.

    ABSTRACT

    The object of this dissertation was the production of urban space by a public service

    provider, with emphasis on implementation by COHAB/SP, of housing developments

    during the period 1960 to 1980. The case of José Bonifácio Housing was used as the

    empirical field. The investigation focused on the elements that, by the involvement or

    non-involvement of the State, contributed to the design of urban space production in

    São Paulo; and how the housing built by the Metropolitan Housing Company of São

    Paulo (COHAB/SP) influenced this production. The methodology included both the

    literature and field research, through interviews. To understand the object of analysis

    several factors were considered: the theoretical framework on the production of

    space, the national and municipal housing policies, and the housing provision

    through COHAB/SP. The research showed that the production of urban space in

    José Bonifácio Housing, sponsored by the State, had