Introdução a anatomia

  • Published on
    02-Jul-2015

  • View
    25.118

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Nvel de introduo para nvel tcnico

Transcript

<ul><li> 1. Prof. FELIPE HENRIQUE DE PAULA OLIVEIRA BIOMDICO CRBM MG 4061 [email_address] Lima Duarte 2010 CENTRO TCNICO PROFISSIONAL DE LIMA DUARTE ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA</li></ul> <p> 2. Orao ao Cadver "Ao curvar-te com a lmina rija de teu bisturi sobre o cadver desconhecido, lembra-te que este corpo nasceu do amor de duas almas; cresceu embalado pela f e esperana daquela que em seu seio o agasalhou, sorriu e sonhou os mesmos sonhos das crianas e dos jovens; por certo amou e foi amado e sentiu saudades dos outros que partiram, acalentou um amanh feliz e agora jaz na fria lousa, sem que por ele tivesse derramado uma lgrima sequer, sem que tivesse uma s prece. Seu nome s Deus o sabe; mas o destino inexorvel deu-lhe o poder e a grandeza de servir a humanidade que por ele passou indiferente." Karl Rokitansky (1876) Ao cadver, respeito e agradecimento 3. 1.0 INTRODUO A ANATOMIA </p> <ul><li><ul><li>1.1 Consideraes gerais </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>1.2 Variao anatmica e normal </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>1.3 Nomenclatura Anatmica </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>1.4 Diviso do corpo Humano </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>1.5 Fatores gerais de variao </li></ul></li></ul> <ul><li><ul><li>1.6 Anomalia e monstruosidade </li></ul></li></ul> <p> 4. 1.1 Consideraes gerais </p> <ul><li>No seu conceito mais amplo, a Anatomia a cincia que estuda a constituio em nvel macroscpico e microscpico o desenvolvimento dos seres organizados.</li></ul> <ul><li>Especificamente, a anatomia macroscpica estudada pela dissecao de peas previamente fixadas por solues apropriadas, ex. formol.</li></ul> <p> 5. a) Sistema esqueltico, compreendendo o estudo dos ossos e cartilagens b) Sistema muscular;c) Sistema nervoso;d) Sistema circulatrio; e) Sistema digestivo;f) Sistema urinrio;g) Sistema genital masculino e feminino (reprodutor); h) Sistema endcrinoi) Sistema sensorial. j) Sistema Tegumentar Os sistemas, que em conjunto, compes o organismo do indivduo so citados abaixo: 6. 1.2 Variao anatmica e normal </p> <ul><li>A simples observao de um grupamento humano evidencia de imediato, diferenas morfolgicas entre os elementos que o compe. </li></ul> <ul><li>Essas diferenas podem apresentar-se externamente ou internamente em qualquer um dos sistemas do organismo </li></ul> <p> 7. variaes anatmicas internas. 8. variaes anatmicas externas 9. </p> <ul><li>2.1 Cabea </li></ul> <ul><li>A cabea dividida em duas partes: crnio e face.</li></ul> <ul><li>O crnio contm o encfalo no seu interior, na chamada cavidade craniana.</li></ul> <ul><li>A face a sede dos rgos dos sentidos da viso, audio, olfato e paladar. Abriga as aberturas externas do aparelho respiratrio e digestivo. </li></ul> <p>2.0 DIVISO DO CORPO HUMANO 10. 11. 2.2 TroncoO tronco dividido em pescoo, trax, abdome e pelve </p> <ul><li>2.2.1 Pescoo </li></ul> <ul><li>Contm varias estruturas importantes. suportado pela coluna cervical que abriga no seu interior a poro cervical da medula espinhal.</li></ul> <ul><li>As pores superiores do trato respiratrio e digestivo passam pelo pescoo em direo ao trax e abdome.</li></ul> <ul><li>Contm tambm vasos sangneos calibrosos responsveis pela irrigao da cabea </li></ul> <p> 12. </p> <ul><li>2.2.2. Trax </li></ul> <ul><li>Contm no seu interior, na chamada cavidade torcica, a parte inferior do trato respiratrio (vias areas inferiores), os pulmes, o esfago, o corao. </li></ul> <ul><li>os grandes vasos sangneos que chegam ou saem do corao.</li></ul> <ul><li> sustentado por uma estrutura ssea da qual fazem parte a coluna vertebral, as costelas, o esterno, as clavculas e a escpula. </li></ul> <p> 13. </p> <ul><li>2.2.3 Abdome </li></ul> <ul><li>Est separado internamente do trax pelo msculo diafragma e contm basicamente rgos do aparelho digestivo e urinrio </li></ul> <ul><li>Possui, noseu interior, grandes vasos que irrigam as vsceras abdominais e os membros inferiores.</li></ul> <p> 14. Epigstrio Hipocndrio direito Hipocndrio esquerdo Umbilical Lombar esquerdo Lombar direito Hipogstrio Fossa ilaca esquerda Fossa ilaca direita 15. </p> <ul><li>2.2.4. Pelve </li></ul> <ul><li>Liga o abdome aos membros inferiores e contm, na chamada cavidade plvica, a poro distal do tubo digestivo e do aparelho urinrio </li></ul> <ul><li>Possui tambm o aparelho reprodutor masculino efeminino. </li></ul> <p> 16. </p> <ul><li>2.3. Membros </li></ul> <ul><li>O corpo humano possui um par de membros superiores e um de membros inferiores. </li></ul> <p> 17. 3.0 Posio Anatmica e planos anatmicos </p> <ul><li>Para evitar o uso de termos diferentes na anatomia, utiliza-se uma posio padro, denominadaposio anatmica . </li></ul> <ul><li>3.1 Plano Sagital ou mediano </li></ul> <ul><li>3.2 Plano Frontal ou coronal </li></ul> <ul><li>3.2 Plano Transversal </li></ul> <p> 18. Termos de Direo - Planos e Seces (Cortes) Posio Anatmica Na anatomia, existe uma conveno universal de que as descries do corpo humano assumem que o corpo esteja em uma posio especfica, chamada de posio anatmica.Na posio anatmica, o indivduo est de p, ereto, de frente para o observador, com os membros superiores (extremidades) posicionados lateralmente, as palmas das mos voltadas para a frente e os ps apoiados no cho 19. 3.1 Plano Sagital ou mediano </p> <ul><li>O plano que divide o corpo humano em direita e esquerda denominado sagital (mediano). </li></ul> <p> 20. 3.2 Plano Frontal ou coronal </p> <ul><li>Os planos de seco que so paralelos aos planos ventral e dorsal so ditos frontais ou coronal. </li></ul> <p> 21. 3.2 Plano Transversal </p> <ul><li>Plano transversal o que secciona paralelamente ao planos cranial e caudal. </li></ul> <p> 22. </p> <ul><li><ul><li>1.5 Fatores gerais de variao </li></ul></li></ul> <p>So os seguintes os fatores gerais de variao em anatomia a considerar: Idade Sexo Grupo tnico Biotipo 23. 1.6 Anomalia e monstruosidade </p> <ul><li>Anomalia: </li></ul> <ul><li> um desvio do padro anatmico que causa algumprejuzo da funo . Como o indivduo nascer com um dedo a menos na mo direita </li></ul> <p>Hidrocefalia. Prejuzo mental se no revertido a tempo 24. ANOMALIA E MONSTRUOSIDADE </p> <ul><li>Monstruosidade: </li></ul> <p>Quando a anomalia to acentuada causando uma variao morfolgica com deformao profunda do corpo do indivduo, ocasionandoincompatibilidade com a vida , denomina-se monstruosidade. 25. 26. ANOMALIA E MONSTRUOSIDADE A maioria das anomalias so causadas por fatores genticos ou ambientais</p>