u­mica cap­tulo 1 Exerc­cio opostos - __1o EM PROP Q1.pdf  Subst¢ncia TF TE clorof³rmio –63

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of u­mica cap­tulo 1 Exerc­cio opostos - __1o EM PROP Q1.pdf  Subst¢ncia TF TE...

  • Exerccios propostosQumica captulo 1

    92

    01. (IFSP) A mudana de fase denominada sublima-o ocorre quando:

    a) o gelo seco exposto ao ar ambiente. b) o gelo comum retirado do congelador. c) um prego se enferruja com a exposio ao ar mido. d) uma poro de acar comum aquecida at

    carbonizar-se. e) uma esttua de mrmore corroda pela chuva

    cida.

    02. No poderamos citar, como propriedades gerais da matria:

    07. (Cefet-MG) As chamas atingem diferentes tem-peraturas dependendo de como so produzidas. Em shows pirotcnicos chegam a 3.600 C, nos foges resi-denciais podem atingir at 800 C e, em sistemas de oxiacetileno, alcanam 3.200 C. Quando em contato com chamas de altas temperaturas, alguns metais fundem e, at mesmo, entram em ebulio.A tabela seguinte apresenta as temperaturas de fuso de alguns metais slidos.

    Metais Temperaturas de fuso (C)Ouro 1.064,4Prata 961,9Cobre 1.083,5

    Alumnio 660,5

    O nmero de metais que no muda de fase, quando aquecidos em chamas de foges residenciais, igual a:

    a) odor. b) extenso. c) impenetrabilidade.

    d) indestrutibilidade. e) inrcia.

    03. O que sublimao? D exemplos.

    04. A gua uma substncia que existe em grande quantidade no nosso planeta. Ela se apresenta na natureza em trs estados fsicos.

    Quais so os estados fsicos em que a gua se apre-senta na natureza? Cite um exemplo para cada estado.

    05. Indique se as afirmativas so verdadeiras com a letra (V) ou falsas com a letra (F).

    )( Quando penduramos roupas molhadas no varal, notamos que aps algum tempo elas secam. Nesse caso, a gua mudou do estado lquido para o estado gasoso.

    )( Fuso a passagem da gua do estado lquido para o estado gasoso.

    )( A gua mais importante para os seres vivos no estado gasoso.

    )( A passagem da gua do estado gasoso para o lquido se chama condensao.

    )( O ar que est nossa volta sempre possui um pouco de gua no estado lquido: o vapor dgua, invisvel a nossos olhos.

    06. (Unicamp-SP) Qual o estado fsico (slido, lquido ou gasoso) das substncias da tabela a seguir, quando elas se encontram no Deserto da Arbia, tempera-tura de 50 C (presso ambiente = 1 atm)?

    Substncia TF TEclorofrmio 63 61ter etlico 116 34

    etanol 117 78fenol 41 182

    pentano 130 36

    TF = temperatura de fuso em CTE = temperatura de ebuliao em C(dados da tabela esto em 1 atm)

    a) 1. b) 2. c) 3. d) 4.

    08. (Unicamp-SP) Em algumas extraes de ouro, sedimentos de fundo de rio e gua so colocados em uma bateia, recipiente cnico que se assemelha a um funil sem o buraco. Movimentos circulares da bateia permitem que o ouro metlico se deposite sob o material slido ali presente. Esse depsito, que con-tm principalmente ouro, posto em contato com mercrio metlico; o amlgama formado separado e aquecido com um maarico, separando-se o ouro lquido do mercrio gasoso. Numa regio prxima dali, o mercrio gasoso se transforma em lquido e acaba indo para o leito dos rios. Os trs segmen-tos acima grifados se referem, respectivamente, s seguintes propriedades:

    a) peso, temperatura de gaseificao e temperatura de liquefao.

    b) densidade, temperatura de sublimao e temperatura de fuso.

    c) peso, temperatura de ebulio e temperatura de fuso.

    d) densidade, temperatura de ebulio e temperatura de liquefao.

    09. (Mackenzie-SP) A passagem da gua slida para gua lquida chamada de _________________ uma transformao _________________.

    Os termos que preenchem corretamente as lacunas so, respectivamente:

    a) solidificao e exotrmica. b) liquefao e endotrmica. c) liquefao e exotrmica. d) fuso e endotrmica. e) fuso e exotrmica.

  • 93

    10. (Unesp) O naft aleno, comercialmente conhecido como naft alina, empregado para evitar baratas em roupas, funde em temperaturas superiores a 80 C.Sabe-se que bolinhas de naft alina, temperatura ambiente, tm suas massas constantemente diminu-das, terminando por desaparecer sem deixar resduo. Esta observao pode ser explicada pelo fenmeno da:

    a) fuso. b) sublimao. c) solidifi cao. d) liquefao. e) ebulio.

    11. (PUCCamp) Em garimpos onde o ouro encon-trado em p, para separ-lo da areia acrescenta-se mercrio lquido que forma liga metlica com o ouro. Para separar os metais, a liga aquecida at a evapo-rao completa do mercrio. Esse procedimento possvel porque dos dois metais, o mercrio tem:

    a) menor densidade. b) menor massa molar. c) menor temperatura de ebulio. d) maior temperatura de fuso. e) maior volume molar.

    93

    12. (Cefet-MG) As tintas base de resinas polimricas so usadas para personalizar vrios objetos como cane-tas, camisas, canecas etc. Essas tintas tambm so conhecidas como sublimticas devido mudana de estado f sico ocorrida durante a sua aplicao.

    Representando as molculas como simples esferas, a fi gura que esquematiza a transformao de estado f sico mencionada anteriormente :

    a) b)

    c) d)

    13. (UFMG) A gua um dos principais fatores para a existncia e manuteno da vida na Terra. Na superf cie de guas muito frias, h uma tendncia de se formar uma crosta de gelo, mas, abaixo dela, a gua permanece no estado lquido. Isso permite que formas de vida como peixes e outros organismos consigam sobreviver mesmo em condies muito severas de temperatura.Analise os dois grfi cos abaixo que representam simplifi cadamente as variaes de densidade de duas subs-tncias em temperaturas prximas s respectivas temperaturas de fuso (TF).

    Densidade

    TF Temperatura

    I

    IIDensidade

    TF Temperatura

    Densidade

    TF Temperatura

    I

    IIDensidade

    TF Temperatura

  • 94

    a) O grfico que representa o comportamento da gua o I ou o II? Justifique a sua escolha com base nas informaes apresentadas e em outros conhecimentos sobre o assunto.

    Uma amostra de gua pura, inicialmente slida, foi aquecida at algum tempo aps sua completa fuso. A figura representa a variao da temperatura dessa amostra durante esse processo.

    Temperatura

    Regio I

    Regio II Regio III

    Tempo

    b) A fuso de uma substncia um processo endotrmico ou exotrmico?

    Considere que durante todo o processo a amostra de gua receba um fluxo contnuo e uniforme de calor.

    c) Explique por que a temperatura aumenta nas regies I e III, indicadas no grfico.

    d) Explique por que a temperatura no se altera durante a fuso (regio II, indicada no grfico).

    14. (Cefet-MG) As propriedades fsicas utilizadas na identificao e determinao da pureza de um slido desconhecido so:

    a) densidade e cor. b) solubilidade e massa. c) temperatura de fuso e densidade. d) temperatura de ebulio e volume.

    15. (UFPR) Dependendo do tipo de lmpada de uso domstico, pode-se encontrar um dos dois elementos qu-micos metlicos que desempenham papel importante na produo da luz.Nas lmpadas incandescentes, um filamento metlico percorrido por uma corrente eltrica, o que causa seu aquecimento a temperaturas elevadas, fazendo com que passe a emitir luz. Para que a lmpada tenha uma vida til longa, o filamento deve suportar altas temperaturas sem se fundir ou vaporizar. Por isso, atualmente empregado o elemento que permanece como slido em temperaturas maiores que a dos demais metais. Por outro lado, nas lmpadas fluorescentes, empregado um metal que lquido em condies ambientais nor-mais, mas que tambm se vaporiza de forma aprecivel. Portanto, no interior dos tubos de vidro h uma quan-tidade significativa do vapor desse elemento, cujos tomos colidem com eltrons quando se aplica uma cor-rente eltrica na lmpada. Os tomos, ao receberem energia cintica dos eltrons, atingem um dos estados excitados. Logo a seguir retornam ao estado fundamental (isto , o estado de mais baixa energia) ao perderem energia na forma de luz, mas grande parte dessa energia est situada na faixa do ultravioleta, que invisvel ao olho humano. Por causa disso, as paredes de vidro das lmpadas so recobertas com um material fluorescente, capaz de absorver a luz ultravioleta e de emit-la na forma de luz visvel.

    Com base no texto, selecione na tabela a seguir o metal que empregado em cada um dos tipos de lmpada. Justifique cada escolha com base em uma ou mais propriedades citadas no texto.

    Nome do elememto

    Smbolo qumico

    Nmero atmico

    Massa atmica

    Ponto de fuso (C)

    Ponto de ebulio (C)

    Glio Ga 31 69,723 29,97 2204Mercrio Hg 80 200,59 38,83 356,73

    Molibdnio Mo 42 95,94 2623 4639Tlio Tm 69 168,934 1545 1950

    Tungstnio W 74 183,84 3422 5555

    16. Classifique as substncias em simples e compostas, justificando a sua escolha.

    a) N2b) SO3c) Br2d) CaCO3e) NH4OH

  • 95

    17. (UFES) O grfico que melhor representa uma mudana de estado de uma substncia pura :

    a)

    907560454015

    02 4 6 8 10

    tempo t (min.)

    Temperatura (C)

    b)

    907560454015

    02 4 6 8 10

    tempo t (min.)

    Temperatura (C)

    c)

    907560454015

    02 4 6 8 10

    tempo t (min.)

    Temperatura (C)

    d)

    907560454015

    02 4 6 8 10

    tempo t (min.)

    Temperatura (C)

    e)

    907560454015

    02 4 6 8 10

    tempo t (min.)

    Temperatura (C)

    18. (Ufla-MG) Os grficos A e B a seguir correspon-dem a duas experincias de aquecimento controlado de uma substncia pura hipottica.Considerando-se que o aquecimento foi feito sob as mesmas condies em ambas as experincias, cor-reto afirmar que:

    Temperatura/C

    115

    10

    A tempo/min.

    Temperatura/C

    115

    10

    B tempo/min.

    a) as temperaturas correspondentes fuso da substncia so diferentes em A