Trilha Sensitiva do Bioma Mata Atl¢ntica como Estrat©gia ... Prof. Dra. Laura Cristina Pires Lima

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Trilha Sensitiva do Bioma Mata Atl¢ntica como Estrat©gia ... Prof. Dra. Laura Cristina...

Universidade Federal da Integrao Latino-Americana- UNILA

Instituto Latino-Americano de Cincias da Vida e da Natureza

Curso Licenciatura em Cincias da Natureza

Raquel Rodrigues Dias

Trilha Sensitiva do Bioma Mata Atlntica como Estratgia de Educao

Ambiental e o Despertar para a Conservao

Foz do Iguau PR

2014.

Raquel Rodrigues Dias

Trilha Sensitiva do Bioma Mata Atlntica Como Estratgia de Educao

Ambiental e o Despertar para a Conservao

Projeto apresentado na Disciplina de Trabalho de

Concluso de Curso como requisito bsico para a

apresentao do Trabalho de Concluso de Curso

do Curso Licenciatura em Cincias da Natureza.

Orientadora: Dra. Giovana Secretti Vendruscolo

Foz do Iguau PR

2014.

Raquel Rodrigues Dias

Trilha Sensitiva do Bioma Mata Atlntica Como Estratgia de Educao

Ambiental e o Despertar para a Conservao

Trabalho de Concluso de Curso apresentado ao Curso de Licenciatura em Cincias da Natureza da Universidade Federal da Integrao Latino-Americana, como requisito para obteno do ttulo de Licenciada em Cincias da Natureza.

Orientadora: Profa. Dra. Giovana Secretti Vendruscolo Data de aprovao: 10/12/2014

BANCA EXAMINADORA

________________________________________ Profa. Dra. Giovana Secretti Vendruscolo (Orientadora UNILA)

________________________________________ Prof. Dra. Catarina Costa Fernandes (Examinadora UNILA)

________________________________________ Prof. Dra. Laura Cristina Pires Lima (Examinadora UNILA)

AGRADECIMENTOS

Agradeo a Deus por sempre estar presente em minha vida, me dando foras

para conseguir alcanar meus objetivos.

minha famlia por sempre me incentivar e me dar amor, apoio, durante esses

meus quatro anos de estudo, amo muito vocs. Em especial meus pais Ivanir e Ireno

Rodrigues Dias, meus exemplos, a quem devo tudo que sou, tenho muito orgulho de ser

filha de vocs.

minha querida orientadora Giovana, que me ajudou muito nesses meses de

trabalho, por acreditar em mim e na proposta de estudo, por motivar e me guiar nos

momentos mais cansativos. Obrigada pela fora!

Aos meus mais que colegas de curso, os melhores amigos que tenho comigo e

que levarei para sempre, Elton Costa, Jos David Riquelme Medina, Jonnathan da Silva

e Cezar Fonseca, com certeza minha graduao sem vocs no teria tido a menor graa,

obrigado pelas tardes de estudo e pelos momentos de descontrao e claro por terem

acreditado em mim sempre!

direo e aos estudantes do Colgio Estadual Gustavo Dobrandino os quais

me permitiram desenvolver meu trabalho e por sempre se mostrarem dispostos a

contribuir.

Enfim agradeo a todos que de forma direta ou indireta estiveram presentes na

minha vida, que torceram e confiaram no meu potencial, me ajudando a me tornar uma

pessoa melhor e mais feliz. Obrigada!

O professor medocre conta. O bom professor explica. O professor superior demonstra. O grande professor inspira

Willian Arthur Ward

RESUMO

Considerando a atual necessidade de praticas pedaggicas diferenciadas para serem

aplicadas no ensino, que despertam o interesse e curiosidade dos estudantes e que

contribuam para sua formao, o presente trabalho teve por objetivo a aplicao de uma

trilha sensitiva como ferramenta de ensino para educao ambiental, utilizando desse

tema transversal para sensibilizar os estudantes sobre sua percepo sobre o meio em

que vivem e mostrar a importncia da conservao do Bioma Mata Atlntica, alem de

reforar seus conhecimentos sobre o mesmo. A trilha sensitiva do Bioma Mata Atlntica

foi aplicada em estudantes da rede publica que estavam cursando o 2 e o 3 ano do

ensino mdio. Atravs de uma entrevista semiestruturada pr e ps a trilha, foi possvel

fazer analise da mesma como uma ferramenta de ensino e de sensibilizao. Por se

tratar de uma atividade diferenciada a trilha sensitiva se mostrou efetiva e contribuiu

para a percepo dos estudantes sobre o Bioma, alem do mais a trilha como sendo uma

ao parte de um processo continuo de educao ambiental mostra-se relevante para os

envolvidos.

Palavras Chaves: Bioma Mata Atlntica, Conservao, Educao Ambiental, Trilha

Sensitiva.

RESUMEN

Teniendo en cuenta la necesidad actual de las prcticas pedaggicas diferenciadas que

deben aplicarse en la enseanza, que despierta el inters y la curiosidad de los

estudiantes y contribuir a su formacin, este estudio tuvo como objetivo aplicar un

sendero sensorial como herramienta de enseanza para la educacin ambiental, el uso

de este tema transversal para crear conciencia entre los estudiantes sobre su percepcin

del entorno en que viven y muestran la importancia de la conservacin del bioma

Bosque Atlntico, adems de mejorar su conocimiento de la misma. Pista sensorial del

bioma Bosque Atlntico se aplic a estudiantes de la red pblica que asistan a la

segunda y la tercera ao de la escuela secundaria. A travs de una entrevista semi-

estructurada antes y despus de la pista, que era posible analizar la misma como

herramienta y la conciencia de enseanza. Debido a que es una actividad diferente del

sendero sensorial fue eficaz y ha contribuido a la percepcin del Bioma de los

estudiantes, adems de la ms la pista como parte de accin de un proceso continuo de

educacin ambiental muestra se pertinente a los involucrados.

Palabras Clave: Bioma Bosque Atlntico, Conservacin, Educacin Ambiental, Pista

Sensible.

Sumrio 1. INTRODUO ................................................................................................................ 9

2. JUSTIFICATIVA............................................................................................................ 10

3. OBJETIVOS ................................................................................................................... 10

3.1 Geral ............................................................................................................................... 10

3.2 Especficos ...................................................................................................................... 10

4. FUNDAMENTACAO TERICA ................................................................................... 11

4.1 Trilhas Sensitivas como Ferramentas de Educao Ambiental ......................................... 11

4.2 O Bioma Mata Atlntica .................................................................................................. 14

5. METODOLOGIA ........................................................................................................... 15

5.1 Pblico Alvo ................................................................................................................... 15

5.2 Aplicao da Trilha Sensitiva .......................................................................................... 16

5.3 Anlise ............................................................................................................................ 18

6. RESULTADOS E DISCUSSO .................................................................................... 20

6.1 Perfil dos Entrevistados ................................................................................................... 20

6.2 Percepes e Conceitos ................................................................................................... 20

6.3 Trilha e o Ensino ............................................................................................................. 30

7. CONCLUSO ................................................................................................................ 34

8. PERSPECTIVAS .............................................................................................................. 35

9. REFERNCIAS .............................................................................................................. 37

10. APNDICE .................................................................................................................... 39

11. ANEXOS ............................................................................................................................40

1. INTRODUO

Esse trabalho resultado da minha vontade de trabalhar com trilhas ecolgicas

no ensino de cincias e biologia em escolas do ensino pblico na cidade de Foz do

Iguau, PR. Para desenvolvimento deste trabalho, tive a motivao por participar

durante dois anos do projeto de iniciao a docncia, atravs do PIBID, o qual em sua

primeira edio trabalhou com a temtica ambiental, visando mudar a concepo dos

estudantes do Colgio Estadual Gustavo Dobrandino da Silva sobre as questes

ambientais e de sade.

Em seguida, na segunda edio do PIBID/UNILA iniciou-se um novo projeto, com foco

no reforo escolar, visando reduo da evaso escolar em colgios perifricos, tendo

em vista a realidade encontrada em Foz do Iguau e vindo ao encontro com os objetivos

do Projeto Encantar para aprender e aprender para ficar.

Diante dessas experincias decidi fazer meu Trabalho de Concluso de Curso

com a temtica de trilha sensitiva como estratgia de educao ambiental e