Click here to load reader

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

  • View
    143

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

21/04/2012

Revoluo Industrial

Prof. Jorge Miklos Abril/2012

Revoluo Industrial Revoluo Industrial foi um rpido e profundo conjunto de transformaes tcnicas e econmicas por que passou a Europa de meados do sculo XVIII, com desdobramentos nos campos social e cultural

Revoluo Industrial O Historiador Eric J. Hobsbawm considera que o perodo de 1789 1848, foi assinalado por uma "Dupla Revoluo", a Francesa e a Industrial Inglesa pois ocasionaram transformaes econmicas, sociais e polticas que superaram os resqucios do feudalismo e marcaram o triunfo do capitalismo liberal burgus.

1

21/04/2012

Revoluo Industrial Primeira Revoluo Industrial ou Era do Carvo e do Ferro (1760-1850): nessa fase, a industrializao atingiu, sobretudo a Inglaterra, Frana e Blgica;

O PIONEIRISMO INGLS

Revoluo Industrial Acumulao de capitais comerciais

2

21/04/2012

Revoluo Industrial Supremacia naval:

Revoluo Industrial Disponibilidade de mo-de-obra barata, oriunda do processo de cercamentos

Os "enclousures" Os cercamentos (em lngua inglesa "enclosures") foram um fenmeno ocorrido na Inglaterra desde o sculo XVII, considerado como uma das maiores revolues do mundo Revoluo Industrial.

3

21/04/2012

Os "enclousures" Desse modo, uma parte dos senhores feudais ingleses - a "gentry" (nobreza rural mais progressista, aburguesada) e os "yeomen" (camada mais rica dos pequenos e mdios proprietrios), passaram a cercar as suas terras, arrendando-as como pastagens para a criao de ovelhas, e delas expulsando os camponeses.

Os "enclousures" No modo de produo feudal a terra era um bem comum para a produo camponesa. A partir do momento em que se processa a transio para o modo de produo capitalista, a terra passou a ser encarada como um bem de produo.

Revoluo Industrial Monarquia parlamentar

4

21/04/2012

Revoluo Industrial Presena de jazidas de carvo e de ferro

PRINCIPAIS AVANOS DA MAQUINOFATURA

PRINCIPAIS AVANOS DA MAQUINOFATURA

Em 1733, John Kay inventa a lanadeira volante.

5

21/04/2012

PRINCIPAIS AVANOS DA MAQUINOFATURA Em 1767 James Hargreaves inventa a spinning janny, que permitia a um s arteso fiar 80 fios de uma nica vez.

PRINCIPAIS AVANOS DA MAQUINOFATURA Em 1768 James Watt inventa a mquina a vapor.

PRINCIPAIS AVANOS DA MAQUINOFATURA Em 1769 Richard Arkwright inventa a water frame.

6

21/04/2012

PRINCIPAIS AVANOS DA MAQUINOFATURA Em 1779 Samuel Crompton inventa a mule, uma combinao da water frame com a spinning jenny com fios finos e resistentes.

PRINCIPAIS AVANOS DA MAQUINOFATURA Em 1785 Edmond Cartwright inventa o tear mecnico.

RESULTADOS DO INDUSTRIALISMO

7

21/04/2012

RESULTADOS DO INDUSTRIALISMO Desenvolvimento da produo em massa

RESULTADOS DO INDUSTRIALISMO Extrema diviso do trabalho

8

21/04/2012

RESULTADOS DO INDUSTRIALISMO Crescimento demogrfico

RESULTADOS DO INDUSTRIALISMO Consolidao do capitalismo industrial

RESULTADOS DO INDUSTRIALISMO Configurao da sociedade em duas classes bsicas Burguesia Proletariado

9

21/04/2012

RESULTADOS DO INDUSTRIALISMO Misria da classe operria: pssimas condies de vida e trabalho

RESULTADOS DO INDUSTRIALISMO Afirmao da ideologia liberal

RESULTADOS DO INDUSTRIALISMO Desenvolvimento do imperialismo

10

21/04/2012

RESULTADOS DO INDUSTRIALISMO Novas idias sociais como o socialismo

Revoluo Industrial Ludismo que propunha a destruio de todas as mquinas, acreditando, dessa forma, poder eliminar o problema da explorao;

Revoluo Industrial Cartismo, movimento operrio que defendia a instituio de regulamentos (cartas), onde constassem direitos e deveres dos operrios;

11

21/04/2012

Revoluo Industrial Trade Unions, embries dos atuais sindicatos, que reuniam operrios segundo atividade profissional com vistas defesa de seus direitos e reivindicaes.

Referncias ENGELS, Friedrich. A Situao da Classe Trabalhadora na Inglaterra. So Paulo: Global, 1986. HOBSBAWN, Eric J. A Era das Revolues: Europa (1778-1848). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977. RMOND, Ren. O sculo XIX 1815-1914. So Paulo: Cultrix, 1974. THOMPSON, Edward P. A Formao da Classe Operria Inglesa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, V. 1, 2 e 3. BENDROTH, Wolfgang. A Histria Social do Movimento Trabalhista Europeu. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977. HOBSBAWN, Eric J. Da Revoluo Industrial Inglesa ao Imperialismo. Rio de Janeiro: Forense Universitria, 1979. HOBSBAWN, Eric J. O Mundo do Trabalho. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. HOBSBAWN, Eric J. Os Trabalhadores Estudos sobre a Histria do Operariado. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1981. HOBSBAWN, Eric J. Revolucionrios. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982. HOBSBAWN, Eric J. Naes e nacionalismos desde 1780. 3. ed., Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002. MONTOUX, Paul. A Revoluo Industrial no sculo XVIII. So Paulo: Hucitec, s/d. NER, Jacques. Histria contempornea. So Paulo/RJ: Difel, 1975. PERROT, Michelle (org.). Histria da Vida Privada: da Revoluo Francesa Primeira Guerra Mundial. So Paulo: Cia das Letras, 1991. RIOX, Jean-Pierre. A Revoluo Industrial 1789-1880. So Paulo: Livraria Pioneiro, 1875. UNICAMP, 1988.

12