Revista tae n16

  • View
    250

  • Download
    16

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Aeração por ar difuso, sistemas de polimento para ETA e ETE

Text of Revista tae n16

  • ar difusoAerao por

    B&F Dias mantmliderana e inovao

    no mercado

    Biogs: tima fonte de energiaque pouco aproveitada

    Sistemas para polimentoem alta no mercado

    Tratamento de euentesna fabricao de bebidas

    Entenda as diferenas entrebombas para ETA e ETEde

    zem

    bro

    -201

    3/ja

    neiro

    -201

    4

    ISSN

    22

    36

    -26

    14

    16

    97

    72

    23

    62

    61

    00

    5

    especializada em tratamento de

    revista

    C

    M

    Y

    CM

    MY

    CY

    CMY

    K

    capa_aberta.pdf 1 26/11/2013 15:02:28

  • L3pp

    m.c

    om.b

    rProduzidos em:SBR, Nitrlica, Cloroprene, EPDM, Natural, Viton,Silicone, Poliuretano, Hypalon, Butlica.

    www. i t eb . c om .b ri t eb@i t eb . c om .b r

    Tel: +55 11 43469233

    SOLUES EM ARTEFATOS DE BORRACHA PARA O MERCADO DE SANEAMENTO, TRATAMENTO DE GUA E EFLUENTES

    AJE

    ABF

    VBFHL

    2GSFLEX

    AJTDA

    Desde 1973 fornecendo qualidade em borracha.

    Saneamento Bsico

    ISO 9001:2008

    PRENSADOS TRAFILADOS REVESTIDOS MANUFATURADOS

    AnisBuchasGaxetasRetentores

    BatentesTubosAcoplamentos

    Tampa para Ralo Sifonado, Boas, AVTF, AJTI, AJGI,Junta C-CQUI, Anel B-rau, A-rau, VBW, Junta Bipartida,peas para aerao.

    L3ppm.com.br

    C

    M

    Y

    CM

    MY

    CY

    CMY

    K

    Iteb - TAE 15.pdf 1 01/10/2013 09:22:47

  • ndice

    46Biogs: tima fonte de energia

    que pouco aproveitada

    26

    38

    Sistema para polimentoem alta no mercado

    Tratamento de efluentes na fabricao de bebidas Entenda as diferenas

    entre bombas para ETA e ETE

    Os danos que o Cromo Hexavalente pode causar sade

    GUA Anlise de gua mineral em Porto Alegre

    DESTAQUE Controle de odores no tratamento de esgoto

    sanitrio tema de workshop de inovao da SABESP

    EVENTOSFIMAI 2013 traz comitiva de empresas inovadoras

    da regio francesa Paris Region com solues em meio ambiente e tratamento de gua e efluentes

    VISO DE NEGCIOSJ pensou em no ser dono da sua central de tratamento?

    SEONovidades

    GUA EQUIPAMENTOS

    10Aerao por ar difusoB&F Dias mantm liderana e inovao no mercado

    16

    42

    35

    45

    6

    3422

  • Editorial

    Conselho Editorial:Adriano de Paula Bonazio; Alice Maria de Melo Ribeiro; Arno Rothbarth; Douglas Moraes; Eric Rothberg; Fbio Campos; Geraldo Reple Sobrinho; Giorgio Arnaldo Enrico Chiesa; Hercules Guilardi; Jeffrey John Hanson; Joo Carlos Mucciacito; Jos Carlos Cunha Petrus; Jos Luis Tejon Megido; Lucas Cortez Moura; Luciano Peske Ceron; Marco Antnio Simon; Nelson Roberto Cancellara; Patrick Galvin; Paul Gaston; Paulo Roberto Antunes; Ricardo Saad; Santiago Valverde; Tarcia Davoglio; Tarcsio Costa; Valdir Montagnoli.

    Colaboraram nesta edio:Edgard Luiz Cortez (Iteb); Amin Kaissar El Khoury (Etatron); Luciana Beneton e Simo Ribeiro Fernandes (Tecitec); Pamela Santos e Eng. Andr G. Gomes (GEA); (Agncia Publicis); Angela Halat Portugal e Jos Donizete dos Santos (Sulzer Pumps); Maria Candida Stecca DAngieri (Mann+Hummel Fluid Brasil); Andr Luis Moura (Laffi Filtration); Fred Schuurman e Luiz Carlos da Silva (Produqumica); Luciano Peske Ceron (Renner Txtil); Andr Luiz Zanette (BNDES); Charles Carneiro (Sanepar); Thiago Forteza (General Water); Luiz Abraho (Veolia Water); Renato Zerbinati (Grundfos); Roberto Brasil (Xylem); (KSB); Henrique Martins Neto (EQMA); Fabrcio Drumond (Nova Opersan); Anthony Gladek (Hoganas); Bruno Dinamarco, Manuel Dias e Felipe Dias (B&F Dias); Alan da Silva; Paulo Jos Menegasso e Michele Kimieciki.

    2014: Saber e querer fazerPara ns da revista TAE, esse exemplar j traz uma ideia de como deve ser o exerccio fiscal do prximo ano: apesar de todas as turbulncias que os brasileiros j enfrentaram ano a ano, 2014 no vai ser diferente do que todos ns j passamos e de muitos anos que viro. Neste editorial, na contramo de muitas publicaes, no vamos falar de previses e nmeros para o prximo ano. Na verdade, ndices e estatsticas so sempre muito bem-vindos, mas o que faz nosso exerccio fiscal apresentar resultados diferentes so nossas aes. Se houver uma mudana de atitude de forma positiva, os resultados tm grande possibilidade de representar um cenrio mais azul e expressivo. preciso ficar atendo s movimentaes do mercado e acompanhar tudo, no s em pocas difceis e turbulentas, mas tambm nas fases boas e seguras. Muitas vezes, o que falta para ns e para muitos segmentos da sociedade a simplicidade dos bons hbitos: estudar, entender, repetir e repassar o texto todos os dias.To ou at mais importante do que saber fazer, querer fazer. Quem tem vontade, aprende a andar por novos caminhos e realizar ainda mais. E se no meio do caminho algo der errado, ter a humildade de reconhecer o erro e recomear, como a clebre frase atribuda a Juscelino Kubitschek: Costumo voltar atrs, sim. No tenho compromisso com o erro.Trazemos nesta edio como matria de capa, uma entrevista com Manuel Antnio Magalhes Dias, diretor geral da B&F Dias, fundada em 1990 em um momento de crise no cenrio poltico-econmico nacional e se tornou a maior empresa em sistemas de aerao por ar difuso da Amrica Latina, com mais de 2000 plantas instaladas em diversos pases. E muito mais informao: uma anlise da gua mineral de Porto Alegre; o panorama de utilizao do biogs, recurso energtico ainda pouco explorado; novas tecnologias em sistemas para polimento de gua e efluentes ; a alternativa de terceirizar a operao de centrais de tratamento; diferenas entre bombas para ETA e ETE; seo Novidades; entre outros destaques. A todos os nossos leitores, clientes, colaboradores e amigos, um 2014 repleto de oportunidades para fazer, e muita disposio para alcanar a capacidade plena das suas possibilidades de realizar, tanto no campo profissional quanto pessoal e familiar.

    Boas festas e um prspero ano novo!

    Rogria Sene Cortez Moura - Editora

    Revista TAE - Informao cristalina e bem tratada.

    Os artigos e matrias no refletem a opinio desta revista, assim como declaraes emitidas por entrevistados e atravs de anncios, sendo de nica e exclusiva responsabilidade de seus autores e anunciantes. A reproduo total ou parcial das matrias s permitida mediante autorizao prvia da Revista TAE, e desde que citada a fonte.

    Editora Rogria Sene Cortez Mouraeditora@revistaTAE.com.br

    PublicidadeJoo B. Moura

    Yara Sangiacomopublicidade@revistaTAE.com.br

    RedaoAnderson V. da Silva, Beatriz Farrugia, Cristiane

    Rubim, Daiana Cheis e Vicente de Aquinojornalismo@revistaTAE.com.br

    Assinaturas, Circulao e Atendimento ao Cliente

    Rogria Sene Cortez Mouraatendimento@revistaTAE.com.br

    Comunicao Loiana Cortez Moura

    comunicacao@revistaTAE.com.br

    Criao e EditoraoAnderson Vicente da Silva

    Paula Zampolianderson@revistaTAE.com.br

    Impresso e AcabamentoGrfica IPSIS

    A Revista TAE uma publicao da L3ppm - L Trs publicidade,

    propaganda e marketing Ltda. Rua Aracanga, 330 Pq. Jaatuba CEP 09290-480 - Santo Andr - SP

    Tel.: +55 11 4475-5679 www.revistaTAE.com.br

    Acesse as nossas mdias sociaiswww.facebook.com/revistaTAE

    www.twitter.com/revistaTAE

    ERRATA: Na edio n 15 outubro/novembro, pgina 03 (ndice), foi informado erroneamente o ttulo da matria correspondente pgina 26 da revista, o ttulo correto da matria : Estaes compactas de tratamento de gua e esgoto so opes para locais que geram demandas menores. Na pgina 27 da mesma edio o crdito da foto superior e a da pgina 28 Mizumo.

  • NOVIDADES

    6

    A Prolagos Concessionria de gua e Esgoto do Grupo Equi-pav inaugurou no dia 11 de novembro, no municpio de Ar-mao dos Bzios, a estao de tratamento de gua de reso (ETAR), a primeira no Estado do Rio de Janeiro no setor do sanea-mento bsico com nvel tercirio.Em seu discurso, o presidente da Prolagos, Carlos Roma Jr., des-tacou os benefcios ambientais proporcionados pela unidade. O uso responsvel da gua fun-damental, principalmente nas re-gies metropolitanas mais popu-losas. Cada litro de gua de reso representa um litro de gua con-servada em nossos mananciais. uma maneira inteligente e capaz de assegurar que as geraes fu-turas tenham acesso gua pot-vel e de qualidade., afirmou.A ETAR de Bzios tem capacida-de de produzir mais de dois mi-lhes de litros de gua de reso por ms, o equivalente a 200 ca-minhes-pipa. A gua de reso pode ser utilizada para inmeras finalidades, como gerao de energia, refrigerao de equipa-mentos, aproveitamento nos pro-

    cessos industriais, na construo civil e limpeza de ruas e praas.Em Bzios, parte da gua pro-duzida pela estao j atende, diariamente, ao Campo de Gol-fe. So cerca de 40 mil litros de gua de reso por dia utilizados para a irrigao da grama que, por ser diferenciada, requer uso de gua com alto nvel de pota-bilidade. O local ser palco dos treinos da modalidade esportiva para os jogos olmpicos de 2016.A meta da Prolagos, agora, am-pliar o fornecimento deste insumo ao maior nmero de empresas e indstrias possvel. importante ressaltar que as empresas interes-sadas em utilizar a gua de reso passaro a colaborar com a eco-nomia de gua potvel destinada ao abastecimento do consumidor final, tornando-se, assim, ecoefi-cientes., disse o presidente da concessionria, Carlos Roma Jr.O prefeito de Bzios, Andr Gra-nado, classificou a inaugurao da ETAR como um marco para o desenvolvimento sustentvel da regio. Mais uma vez Bzios saiu na frente no quesito sustentabili-dade. A questo do saneamento e da preservao ambiental so nossas prioridades e acredita-mos na parceria firmada com a Prolagos, Consrcio Lagos So Joo e Governo do Estado para a concretizao de nossas metas, disse Granado. O vice--prefeito, Carlos Alberto Muniz