Click here to load reader

Revista Ser Humano - 3ª Edição

  • View
    246

  • Download
    32

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Revista Hospital São Francisco

Text of Revista Ser Humano - 3ª Edição

  • O antigo Hospital da Venervel

    Ordem Terceira (VOT)

    Hospital So Francisco na Providncia de DeusMais mdicos, servios, conforto e qualidade para voc.

    agOra :

    Um 2014 repleto de

    sade!

    Ser Humano

    Revista do Hospital so FRancisco na

    pRovidncia de deus ano 1 n 3 dez 2013/FeV 2014

  • A chama do amor de Deus

    Neste tempo de Natal, quando se acendem as luzes nas rvores e nas fachadas de casas e prdios; quando a magia natalina toma conta de todos ns, quando, em cada pres-pio, somos lembrados de que, h mais de 2.000 anos, numa noite, Deus teve a coragem de descer at cada um de ns, trago em meu ser a alegria de ver que essa luz aqueceu nossos dias e iluminou nossas noites, durante todo este ano de 2013.

    Vi presentes sendo revelados no com palavras, mas, sim, com sorrisos verdadeiros e gestos sinceros. A unio entre a tcnica e a acolhida permitiu experincias to fortes e marcantes que nunca sero esquecidas. No leito ou ao lado dele, foram muitos os momentos em que a magia do Natal ocorreu de maneira espontnea e sem um ritual esperado.

    Assim, caro amigo, quero lhe propor dois movimentos: um de gratido e outro de esperana.

    Gratido por tudo o que nos aconteceu em 2013 e uma esperana firme para o prximo ano, concretizada no trabalho incansvel da construo de um mundo melhor.

    Meus irmos, no podemos esquecer que a razo de nossa dedicao o Amor Maior, que experimentamos e que nos move a servio de nossos irmos. O verbo se encarnou e habitou entre ns. Ao encarnar, Jesus assume a condio humana. Deus humano, que ensinamento to forte para ns! Jesus no se fez s prximo; Ele se fez um de ns. Convoco a todos para que, por meio do Amor a Deus, renovem o amor ao humano, pois SER HUMANO A NOSSA MISSO.

    Em 2014, sejamos ousados nesse amor, pois, se muito foi feita muito se tem por fazer. H em cada um de ns uma chama que jamais se apagar. Essa chama o Amor de Deus em ns.

    Um Feliz Natal!Um abenoado ano novo!

    Frei Francisco Belotti Superintendente do Hospital So Francisco na

    Providncia de Deus e fundador da Associao Lar So Francisco de Assis na Providncia de Deus.

    4 prespio: uma homenagem de so FranciscoA primeira vivificao do nascimento de Cristo foi realizada pelo santo em um emocionante evento.

    6 Fatos & FotosOs principais acontecimentos da Associao e Fraternidade So Francisco de Assis na Providncia de Deus em 2013.

    11 HumanizaoPastoral da Sade trabalha para acolher e levar carinho a pacientes e seus familiares

    12 Mais de 600 cirurgias por msHospital tem um dos maiores centros cirrgicos do Rio de Janeiro, com 11 salas concentradas em um s local.

    14 cardiologia tem foco na prevenoOs melhores especialistas e uma ampla estrutura, distribuda em trs subunidades, a servio do corao.

    16 pai tem nova coordenao Polo de Ateno Integral Sade Mental contrata nova equipe de psiquiatras e trabalha para ampliar atendimento.

    17 23 especialidades em um s lugarClnicas integradas facilitam o acesso dos pacientes a servios mdicos ambulatoriais de qualidade.

    18 implante coclearPrteses e reabilitao podem reduzir ou at resolver mais da metade dos casos de perda auditiva.

    20 Misso HaitiObra j atende a mais de 650 haitianos por dia. Associao agora quer viabilizar Casa de Partos.

    22 pastoral vocacionalVoc tem vocao para ser um franciscano? Conhea mais a fundo nossa misso e carisma.

    ERRATA

    Na ltima edio da revista ser Humano, o nome do diretor mdico do Hospital So Francisco na Providncia de Deus foi publicado com erro. O correto Henrique Gomes.

    expedienteRevista do Hospital So Francisco na Providncia de DeusANO 1 N 3 DEZ 2013/FEV 2014

    Produo: SB Comunicao (www.sbcomunicacao.com.br)Conselho editorial: Frei Francisco Belotti, Frei Paulo Batista e Gilmar SantosReportagem: Cristiane Crelier e Elisa MottaFotos: Marlon Carrasco e Andr TellesTiragem: 10.000 exemplares

    2 ser Humano | www.franciscanosnaprovidencia.org.br

    Editorial Mensagem de NatalSumrio

  • santa clara

    De volta vidaSofri um acidente no dia 14 de agosto de 2013, que poderia ter deixado sequelas graves, mas, graas a Deus e a uma incrvel equipe mdica e de enfermagem, estou muito bem fsica e mentalmente. Quero agradecer a todos vocs o profissionalismo, a pacincia eo cuidado que tiveram comigo. Chega a ser difcil conseguir as palavras certas para traduzir o agradecimento que vocs merecem. Sou muito grata, pois vocs foram agentes de milagre em minha vida. O Senhor usou suas mos para me tirar do vale da morte e me trazer de novo vida. Obrigada por todo amor, pacincia e dedicao. Atravs de suas habilidades sinto-me abenoada, pois, em um momento de medo e tristeza, Deus colocou anjos no meu caminho, que me ampararam, se dedicaram, me deram carinho, que por vezes me fizeram esquecer que eu estava em um leito de hospital. Hoje posso viver minha vida sem dores, sem pesares, e devo isso a vocs. Zelcia Baslio

    EmocionadaGostaria de deixar aqui registrado o quanto estou emocionada com a beleza de atendimento deste Hospital. Meu marido aqui chegou muito, mas muito mal, e hoje encontra-se muito melhor. Retornou vida pelos cuidados de uma grande equipe. Gostaria de agradecer s enfermeiras Gisele, Terezinha e Andrea, de um planto diurno, e, do dia seguinte, ao Sr. Ivo, aos do planto noturno, Valria e Raquel, sem menosprezar os amigos que aqui deixaremos. A Direo do Hospital est de parabns, sendo que sou surda, dou trabalho e sempre fui atendida muito bem pelas recepcionistas do elevador, todos, enfim, merecendo nota 10. Parabns a todos. Iracema Castanheira das Neves

    Atendimento maravilhosoGostaria de parabenizar o enfermeiro ureo e equipe pelo maravilhoso atendimento prestado minha me quando esteve no hospital. Carlos Augusto Alvim Corra

    Profissionais sensveisS tenho a agradecer todo o cuidado que dedicaram a mim nos perodos de internao. Gostaria de registrar que todas as equipes agiram de modo profissional e sensvel s minhas necessidades. Enia Marise Hoyos Kahn

    Agradecimento aos profissionaisVenho atravs desta agradecer todo o empenho dos profissionais de sade dessa unidade hospitalar. Agradeo muito s equipes de Enfermagem, das enfermeiras Slvia e Priscila, ambas trabalhando com muito amor, carinho, tica e procurando trabalhar o mais correto possvel dentro dos parmetros de CCIH. Agradeo tambm a todos os profissionais que cuidam do zelo do hospital (higiene e limpeza, organizao, boa comida), todos muito simpticos. Desculpe-me se esqueci de algum, mas ficam aqui o meu carinho e agradecimento por tudo e todos que cuidaram da minha filha e a ajudaram muito em sua recuperao. Carla de Souza Mousinho

    Enfermeira especialMuito me alegrou e at confortou quando, ao chegar ao 11 andar deste hospital, fui recebida com tamanha dedicao e carinho pela enfermeira Slvia.

    Parabns! Parabns! de seres humanos como essa pessoa que ns, nos momentos mais difceis da vida, precisamos. Perptua dos Santos SantAnna

    Gentileza e atenoTodas as pessoas, desde o Corpo Mdico que me atendeu at as pessoas comuns com as quais tive contato, foram extremamente atenciosas, gentis e profissionais. Espero que seja sempre mantido esse clima de tranquilidade profissional que aqui encontrei nestes dias. Olmpio Domingues

    Parabns equipeAgradeo de corao o tratamento recebido durante o tempo em que estive internada. Agradecer tanto Direo, s enfermeiras, s tcnicas, copeiras e aos serventes pela maneira como tratam os doentes, com carinho, alegria e educao. Parabns! Enyr Pedra Raymundo da Silva

    M U r a l

    Prata da casaO colaborador Washington Ricardo Clmaco da Silva lanou seu primeiro livro Contos, lendas e Fbulas, pela Editora Litteris/Qurtica Premium, na Bienal do Livro do Rio 2013. Em 19 contos, o livro busca provocar, brincar com o sonho e dar asas imaginao. Washington teve sua estreia como escritor na Bienal de 2009, quando teve um conto selecionado pela Editora Hama, durante o evento, que foi publicado, junto com outros 19 textos, em um livro lanado no ltimo dia da feira.

    a voz do paciente

    www.franciscanosnaprovidencia.org.br | ser Humano 3

    cartas

  • O Natal a festa que celebra o nas-cimento de Jesus Cristo. E So Francisco de Assis era especial-mente devoto data, tendo sido

    o primeiro prespio ao vivo feito por ele na noite de Natal de 1223, trs anos antes de sua morte, em um monte junto da aldeia de Greccio (Itlia). Sua inteno foi a de celebrar com a maior solenidade possvel e dar vida sagrada noite. O povo aju-dou a fazer uma grande manjedoura e seu amigo Joo, dono de uma gran-de propriedade rural, emprestou um boi e um jumento. Durante a celebra-o, o jovem Francisco proclamou e explicou o evangelho.

    Contou Toms de Celano, um fra-de medieval da Ordem dos Francisca-nos e autor de trs obras que descre-vem So Francisco de Assis, que, ao pronunciar o nome de Jesus, o santo passava a lngua pelos lbios como que a saborear mel e que, quando pe-gou a imagem de barro do menino

    No dia em que Ele nasceu, tivemos a certeza de que amos ser salvos

    So Francisco de Assis

    Jesus no colo, se animou e sorriu para ele. Ainda de acordo com o frade, sua alegria ao festejar o nascimento de Jesus era tamanha que quase impos-svel colocar em palavras. Chamava de festa das festas ao dia em que Deus, feito menino, se amamentava como todos os filhos dos homens. Beijava mentalmente, com esfomeada avidez, as imagens do Menino que o esprito lhe construa, e, dele entra-nhadamente compadecido, balbuciava palavras de ternura, maneira das crianas. Seu nome era para ele como um favo de mel na boca, descreveu.

    Seus votos de pobreza foram inspi-rados na humilde vida que levou Jesus, e, lembrando as dificuldades por que passou sua me, a extremamente po-bre Virgem Maria, se emoci