Click here to load reader

Revista IES 3ª Edição

  • View
    245

  • Download
    22

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Os vários paéis que interpretamos no dia a dia

Text of Revista IES 3ª Edição

  • Publicidade

  • 03

    MOTIVAO...............................................04FELICIDADE A R$ 1.99Por Olga Bongiovanni

    PNL...............................................................07PROGRAMAO NEUROLINGUSTICA UMA FORMADE VIDA!-Mrcia Dolores Resende

    CAPITAL HUMANO......................................10 DESENVOLVIMENTO HUMANO E APRENDIZAGEM- Valdizar Andrade

    VENDAS.......................................................12 OFERTAR NO OFENDE. QUEM NO OFERTA, NO VENDE-Cesar Frazo

    COACHING.................................................14 COACHING E A TRANSIO DE CARREIRA- Edson Harada

    GESTO.......................................................17 O SEGREDO DO SUCESSO NAS SOCIEDADES- Srgio Souza

    CARREIRA....................................................21- Plinio Sergio Cerqueira Leite

    RH E GESTO DE PESSOAS.........................23 PROMOVER SEM DESFALCAR: O DESAFIO DA SUCESSO- Sonia Jordo

    TI...................................................................25 REDES SOCIAIS VENDEM!- Felipe Morais

    NEUROCINCIAS APLICADAS....................28 PROCRASTINAO: O PROBLEMA DE DEIXAR PARA AMANH O QUE SE PODE FAZER HOJE.- Profa. Dra. Silvia Helena Cardoso

    SUCESSO......................................................33 SOBRE CRTICAS E INTELIGNCIA- Bernardo Leite

    ESTGIOS.....................................................35 SAIBA MAIS SOBRE A DEMANDA DO MERCADO DE TRABALHO- Seme Arone Jnior

    Expediente

    A E-Revista IES uma publicao mensal.Ano 2 / n 03 - 2013Publisher: Dr. J FurlanPresidente do Conselho Editorial: Bernardo LeiteChefe de Redao: Marlia MonteiroDir. de Criao/Arte: Levi FerreiraArte/Diagramao: Jorge KavickiE-mails para a redao: [email protected] [email protected]: Mundial na InternetPublicao: Portugus, Acesso: Free (gratuito)

    3 SETOR.......................................................37 A EXPERINCIA DA ALEGRIA- Wellington Nogueira

    SADE E BEM-ESTAR....................................40 OS ALICERCES DO BEM ESTAR- Prof. Esp. Lus Otvio S. Moscatello

    PAPO DE MULHER.......................................45 TODA MUDANA PODE SER BEM VINDA- Shirley Marya

    COMUNICAO........................................48 VOICE DESIGN, O PODER DA PALAVRA FALADA APLICADA-Jorge Cury Neto RELACIONAMENTO HUMANO...................51 OS VRIOS PAPIS QUE INTERPRETAMOS NO DIA A DIA- Bernardo Leite

    T&D..............................................................53 A EDUCAO CORPORATIVA NO BRASIL- Marcos Baumgartner

    EDUCAO.................................................56 EI, VOCE EST ONLINE? - Sidinei Oliveira

    QUALIDADE DE VIDA NO MEIO CORPORATIVO...59 POSSIVEL TER UM ESTILO DE VIDA SAUDVEL NAS EMPRESAS?- Dr. Alberto Jos N. Ogata

    LIDERANA..................................................61 OS SEGREDOS DOS LIDERES INSPIRADORES - Csar Souza

    IES INDICA....................................................64APRENDER SEMPRE!- Dr. J Furlan

    DICAS DE SADE...........................................66 FUJA DA MICOSE! - Dr. Cssio Hernandes

    TICA.............................................................69 A TICA E A SUTENTABILIDADE COMO DIFERENCIAIS COMPETITIVOS - Roberto Belotti

    EMPREENDEDORISMO.....................................71 O EMPREENDEDOR NO BRASIL - Prof. J.B.Duarte

    LIVROS INTERESSANTES...................................73 INTELIGNCIA................................................74 TRANSFORMANDO SEU POTENCIAL EM AO - Dr. J Furlan

    MEIO MIDITICO...........................................76 UMA INOVADORA FORMA DE ARTE - Dr. J Furlan

  • 04||Motivao||

    FELICIDADE A R$ 1,99Por Olga Bongiovanni

    Minha vida comum como a de milhes, minha hist-ria igualmente de lutas como da grande maioria das pessoas, mas fico surpresa quando recebo convi-tes para palestras e justamente o assun-to conte-nos sua trajetria.

  • 05

    do, ficam nas filas dos restaurantes badalados. Tudo isso para alimen-tar exemplos que nem se sabe se so os que se quer. Quem saber? O meu colega de trabalho, que vai me olhar de olho torto por eu no ter ou no escolher o exemplo que ele acha o certo? Sua me ou seu pai?

    Compre exemplos de felicida-de a 1,99 e no seja um excludo - ou pelo menos no se sinta assim. Essa a ditadura dos exemplos bons e felizes. Roupas que vestem sem voc saber se tem seu estilo, comi-das que te fazem engolir sem saber se combinam com seu paladar. E dessa forma, sem perguntar, eles vo te preenchendo com o vazio.

    Vazio de no sabermos o que so mos, para onde vamos, pois nem sa-bemos mais se devemos ir ou ficar.

    Olga Bongiovanni uma das mais conhecidas e re-speitadas profissionais no setor de comunicao.

    Apresentadora se apaixonou pela rdio ainda menina. teve passagens pela Tv Aparecida e Tv Gazeta. Em novembro 2012 recebe uma proposta irrecusvel para voltar Tv Tarob de Cascavel, emissora onde iniciou sua carreira. At-

    ualmente apresenta diariamente o programa Atuali-dades, s 11hs10.www.facebook.com/olgabongiovanni.oficial

    ||Motivao||

    Trajetria para servir de exemplo. Exemplo de qu? Mulher, jornalista, dona de casa, apresentadora, de ven-cedora? Escolham! Por que se hoje me tem como exemplo de um modelo fe-liz por que um dia eu tambm segui um destes por a. Agarrei-o com as duas mos e fiz dele a minha verdade.

    Pergunto isso porque quando agar-rei aquele exemplo l atrs eu no sa-bia o trabalho que ele ia me dar. Eu me viciei no meu exemplo. Para mant-lo comigo nessa trajetria eu passei a me exigir demais. Precisei ler tudo, assistir tudo o que anda pela web, no perder os noticirios, ficar sempre alerta.

    Ainda h aqueles que, para no perder seu exemplo de vista vo para as academias, compram a bolsa que acabou de ser lanada, calam o sapato do estilista disputa-

    Por todos os exemplos que citei nesse texto digo: olhe para voc, veja os sinais da sua vida, escute o seu gri-to de socorro e seja feliz do seu jeito!

  • 06

  • 07

    A PNL ou programaoo Neurol ingst ica entrou na minha vida, quando

    eu estava em busca de novas abordagens para desenvolver uma grupo de executivos para um novo desaf io prof iss ional.

    Ento comecei minha trajetria para conhecer algo que at ento tinha um certo preconceito pois que tinha vinculado a um tipo de auto ajuda.

    Como tenho um principio que s falo que algo que conheo, iniciei meu cami-nho para conhecer melhor a PNL, atravs dos criadores e do material disponvel John Grinder e Richard Bandler.

    Programao NeuroliNgustica: uma forma de vida

    E verdadeiramente posso afirmar que mudei no s minha viso do que a PNL como da minha prpria vida.

    A PNL uma metodologia que estuda a excelncia humana para reproduzi-la para o maior nmero de pessoas, eu considero uma filosofia de vida que gera excelncia!

    Dentro da PNL o mapeamen-to dos modelos de excelncia essencial e reproduz i r esses modelos para diversas pessoas a misso da PNL.

    Tanto na rea da comunicao,

    educao e sade, se algum ex-celente eo voc tambm pode de-senvolver essa excelncia!

    Por Mrcia Dolores Resende

    ||PNL||

  • 08

    Essa uma premissa bsica da PNL, que todos somos capazes, basta objeti-var.

    Quando tive acesso a esse co-nhecimento, descobri uma outra forma de viver e dar significado as minhas experincias de vida.

    Na poca eu tinha um quadro de alergia que me limitava muito, e que resolvi fazer uma estratgia para lidar com alergias, que mudou minha forma de pensar sobre minha sade e minhas possibilidades.

    Programamos nosso crebro o tempo todo e nossa vida responde a essa influncia. Basta lembrar os expe-rimentos do Dr. Masaru Emoto com a gua , os cristais e o arroz.

    Quando pensamos de uma forma imprimimos essa maneira em nosso mi-cro universo, ou seja os ambientes nos quais estamos inseridos.

    Nosso pensamento programa nos-so crebro e na PNL, somos donos da nossa programao, podemos con-duzir nossos pensamentos em sintonia com o que queremos nessa vida.

    A Linguagem uma grande in-fluenciadora de nossa mente, quando falamos algo programamos novamen-te nosso crebro para o que estamos falando...

    No estudo do Dr. Masaru Emoto, ele coloca a importncia das pala-vras, e muitas vezes ningum explica a razo de se dar tanta importncia ao que falamos.

    Quando voc fala algo, seu cre-bro produz o que voc falou, simples assim!

    O crebro muito concreto, ele vais formar o que foi informa-do.

    Ento cuidar das suas palavras por uma razo simples: sincronizar o vocabu-lrio aos objetivos.

    Voc ser certamente algum com mais sucesso ao fazer isso!

    Afinal, como costumo lembrar e relembrar estamos aqui para vivermos o melhor que temos, viver mais ou me-nos pouco saudvel e a PNL na mi-nha viso uma filosofia de vida, para que voc tenha mais e o melhor da sua existncia!

    Espero que voc se encante como eu e queira saber mais.

    Mrcia Dolores Resende Psicloga com especiali-zao voltada para a rea de sade( NLP Health

    Certification) em PNL, habilitada em formar novos profissionais na PNL ( Trainer Advanced Trainer). Possui cer-tificaes ICI e ICF Master Coach-ing. Idealizadora e diretora do Instituto Saber que em 2010 se tornou Instituto de Thalentos,

    www.institutodethalentos.com.br/

    ||PNL||

  • anuncio Opus

    09||PNL||

  • 10||CaPitaL HuMaNo||

    DeseNVolVimeNto HumaNo e aPreNDiZagemPor Valdizar Andrade

  • 11||CaPitaL HuMaNo||

    A busca incansvel pelo conheci-mento vem se tornando cada dia mais indispensvel para o exerc-cio das nossas atividades tcnicas e emocio-nais no contexto das empresas. natural que

    os cursos de graduao, ps- graduao e outros de curta durao venham ocupando espaos de grande relevncia para o apri-moramento do n