Revista IBB - 26/05/2013 - Edi§£o 178

  • View
    223

  • Download
    4

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Revista semanal da Igreja Batista do Bacacheri.

Text of Revista IBB - 26/05/2013 - Edi§£o 178

  • SU

    M

    RIO

    2

    04 abc vidaOrando | Elisa Marques

    05 adorao e artesCoro Moody | Min. Samuel Vieira Barros

    06 roteiro de clulas Roteiro | Pr. Mrcio Tunala

    07 liderana de clulasRopa | Pr. Mrcio Tunala

    08 pastoralVoc e sua famlia | Pr. Silvanir A. Silva

    10 juventudeTransboard Day | Ob. Thiago Chabaribery

    11 infantilOportunidade de servir | Marins Mendona

    12 igreja discipularSeu legado | Pr. Marcos Paulo Ferreira

    13 ibb news Agenda | Dia a dia na igreja

    14 ministrio pastoral Campus | Misses

    15 livraria e videoteca Destaques | Promoes

    16 programao Cultos | Encontros

    facebook.com/ibbcuritiba @ibb_curitiba youtube.com/prrenatoibb www.ibb.org.br

    26/maio

    Expediente

    Igreja Batista do Bacacheri

    REVISTA IBB | Ministrio de Comunicao | Agncia IBBcomunicacao@ibb.org.br | (41) 3363-0327

    Coordenao de Comunicao Pr. Renato Mendona; Projeto Grfico e Diagramao Ana Letcia Pie; Capa Fabio Vinicius; Reviso Ortogrfica Irenice Ferreira, Hedy Silvado, Priscila Ferreira e Rejane Schtz; Imagens Banco de Imagens e Arquivo IBB; Impresso Cromos Graf; Tiragem 1400 exemplares.

    (41) 3363-0327 | ibb@ibb.org.brRua Amazonas de Souza Azevedo, 134

    Bacacheri - Curitiba - Paran82520-620

  • IBB

    OR

    AN

    DO

    3

    Grupos de Orao

    15h - Grupo MCACasas | Neuzi Bettes (3363-0327)

    14h30 - Grupo MCACasas | Dulce Coelho (3363-0327)

    15h - Grupo MCACasas | Ieda Rosa (3363-0327)

    20h - Sem Nome (Juventude)Capela | Rmulo Corra (3363-0327)

    15h - Grupo MCACasas | Hedy Silvado (3363-0327)

    15h - Grupo MCACasas | Terezinha Ribeiro (3363-0327)

    20h - EspanholSala 9 | Eros (3363-0327)

    Segunda

    Tera

    Quarta

    Quinta

    Assim, meu Deus, que os teus olhos estejam abertos e teus ouvidos atentos s

    oraes feitas neste lugar.

    II Crnicas 6.40

    Mais informaes no telefone (41) 3363-0327.

    *Se voc faz parte de um grupo de orao da igreja e esse grupo no est nessa lista, entre em contato para colocarmos. Envie e-mail para luciana@ibb.org.br ou 3363-0327.

    Agncia 1551C.C 05753-99

    Agncia 3702C.C 00096-3

    Agncia 3510-6 C.C 25034-1

    Agncia 3127C.C 4774-0

    Agncia 0372C.C 825-5 | OP. 003

    Se o seu dzimo ou oferta for em cheque, favor cruzar ou colocar nominal para Igreja Batista do Bacacheri (CNPJ: 76.042.126-0001/90). Dvidas ou informaes pelo e-mail dizimoeoferta@ibb.org.br.

    Deposite seus dzimos e ofertas nas contas da igreja e coloque o recibo de depsito no envelope duran-te o ofertrio. Escolha a melhor opo:

    DZIMOS E OFERTAS

  • Voc sabia que semanalmente passam pela ABC Vida centenas de jovens e adolescentes por meio do Programa de Aprendizagem? O projeto que capacita estes aprendizes para o pri-meiro emprego tambm um projeto que prepara para a vida.

    Imagine quantas famlias ali representadas, famlias que apoiam seus filhos, que se alegram ao v-los ingressando no mercado de trabalho, famlias que testemunham a mudana de com-portamento e de carter destes meninos e meninas.

    Porm, algumas destas famlias esto desestruturadas, arruinadas pelo sofrimento, pela pobreza e at mesmo pela fome. A ABC Vida realiza o acompanhamento destes alunos e de suas famlias, no somente com relao ao desempenho destes no trabalho e no curso, mas ouvindo-os, dando orientaes, orando por eles e com eles!

    Em plena campanha de orao pela famlia, desafio voc a participar deste movimento, intercedendo pelas famlias destes adolescentes e jovens, para que sejam famlias saudveis, impactadas pelo amor de Deus e pelas nossas oraes!

    ... e orai uns pelos outros, para que sareis. A orao feita

    por um justo pode muito em seus efeitos. Tiago 5.16b.

    Orando pelasfamlias dos aprendizes

    por Elisa Marques

    AB

    C V

    IDA

    4

  • Coro Moody faz intercmbio na IBB

    por Min. Samuel Vieira Barros

    Deus tem nos presenteado com diversos grupos artsticos desejando conhecer nossa igreja e buscando apoio para os seus ministrios. E nesta prxima semana receberemos mais um grupo, o MOODY CHORALE, que tem se estabelecido como umas das organizaes lderes de corais co-legiais nos Estados Unidos especializado em msica sacra. Veja aqui a agenda do grupo para esta semana e participe conosco desse intercmbio abenoador!

    29/05 (4 feira) - 12h30 Flash Mob no Shopping Curitiba- 19h30 Recital no Auditrio da UTFPR

    30/05 (5 feira) Recital em Telmaco Borba31/05 (6 feira) Participao no Acampamento do MAD01/05 (Sbado)

    - 09h s 16h Workshop de Regncia na IBB- 20h Encontros de Coros na IBB

    02/06 (Domingo) - 18h30 Participao no Culto da Noite

    AD

    OR

    A

    O

    E A

    RT

    ES

    5

  • RO

    TE

    IRO

    DE

    C

    LU

    LA

    S

    6

    Quando Jesus estava entrando no barco, o homem que estivera endemoninhado supli-cava-lhe que o deixasse ir com ele. Jesus no o permitiu, mas disse: V para casa, para a sua famlia e anuncie-lhes quanto o Senhor fez por voc e como teve misericrdia de voc. Ento, aquele homem se foi e comeou a anunciar em Decpolis o quanto Jesus tinha feito

    por ele. Todos ficavam admirados. (Marcos 5.1-20)

    Compartilhar o amorde Deus em famlia

    No livro de Marcos, encontramos a histria de um homem que provou libertao atravs do poder de Jesus Cristo. Muitos so os ensinamentos desse relato, mas gostaria de chamar a ateno para o dire-cionamento de Jesus ao homem liberto. Jesus contraria a expectativa dele e o direciona para voltar a sua casa e anunciar-lhes o quanto o Senhor fez por ele.

    APLICAO PESSOAL

    1. Como voc acha que o homem possesso por demnios se sentiu ao encontrar-se com Jesus: espe-ranoso, amedrontado, cansado demais para se importar, desejando misericrdia ou outro?

    2. Em sua opinio, porque Jesus disse a esse homem para compartilhar sua histria com sua famlia?

    3. O que Jesus fez em sua vida que voc gostaria muito que acontecesse com cada membro de sua famlia?

    4. O que voc tem feito que mostra o amor e interesse em ajudar a cada um em sua casa?

    O amor famlia uma marca evidente na vida de uma pessoa que teve sua histria transformada por Cristo. Nunca deixe de priorizar seus entes queridos em suas oraes e atos de amor.

    TEMPO DE ORAR (25 minutos)

    Estamos em meio campanha de 100 dias de orao em famlia. Um tempo de nos envolvermos ainda mais com a orao e com a palavra. Como isso est acontecendo em sua famlia? Compartilhe com a clula a experincia de sua casa com as devocionais e o tempo de orao.

    Vamos investir tempo orando por nossas famlias, pelos planos e sonhos do Senhor para ns e nossos filhos. Vamos orar pela cidade em que vivemos, pelos novos discpulos que esto abenoando tanto nossa clula. E por todos os pedidos apresentados pelos membros da clula.

    Ministrio de Clulas Roteiro 109 | 26 a 01 de junho | 2013

    Roteirista: Pr. Mrcio Tunala

    TEMPO DE COMPARTILHAR (10 minutos)

  • RO

    TE

    IRO

    DE

    C

    LU

    LA

    S

    7

    refletir

    planejar

    para crianas e juniores

    agir

    Qual tem sido a impor-tncia da orao e da leitu-ra da Bblia em sua casa? Como voc e sua famlia tm compartilhado das verdades Bblicas?

    O que poderia acontecer nesta semana com relao devocional em famlia que abenoaria sua casa?

    Escreva duas aes prticas que pode-riam abenoar sua casa ainda esta se-mana, quando e como essas aes po-deriam acontecer.

    orar

    Gaste um tempo orando pelos membros da sua casa, pea a Deus que use voc po-derosamente na vida de cada um.

    Revista de Clulas: Buscas e conquistas

    Semana 11 - Corao MissionrioTexto Bblico: 3 JooPrincpio Bblico: Deus nos ensina a cooperar com seus obreiros.

    Se sua clula tem crianas adquira sua revista de celulas no MIBB ou com a Marines - maripsicopedagoga@hotmail.com.

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

  • Creia no Senhor Jesus, e sero salvos, voc e os de sua casa. (At.16.31)

  • O carcereiro pediu luz, entrou correndo e, tr-mulo, prostrou-se diante de Paulo e Silas. Ento le-vou-os para fora e perguntou: Senhores, que devo fazer para ser salvo? Eles responderam: Creia no Senhor Jesus, e sero salvos, voc e os de sua casa. E pregaram a Palavra de Deus, a ele e a todos os de sua casa. (At.16.29-32).

    Estamos entrando na 3 semana da campanha dos 100 dias de orao, e nesta semana estamos sendo desafiados a desenvolvermos relaciona-mentos saudveis. Para que possamos desenvol-ver relacionamentos saudveis com as pessoas, primeiramente precisamos desenvolver um rela-cionamento saudvel com Deus. Somente depois de estabelecermos uma comunho verdadeira com Cristo, poderemos amar verdadeiramente nossos semelhantes.

    Mas todos ns somos pecadores, e incapazes de nos aproximar de Deus por nossas prprias for-as. Pois todos pecaram e esto destitudos da glria de Deus (Rm 3.23). Por isso, Ele mandou Jesus ao mundo. Cristo cumpriu perfeitamente toda a von-tade de Deus; carregou as nossas culpas e morreu numa cruz em nosso lugar. Jesus venceu a morte, ressuscitou e conquistou a vida eterna para todos os que creem nele. Como podemos obter o per-do dos nossos pecados e a vida eterna? E como desenvolver relacionamentos sa