Click here to load reader

Revista IBB - 10/08/2014 - Edição 241

  • View
    225

  • Download
    4

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Revista semanal da Igreja Batista do Paraná.

Text of Revista IBB - 10/08/2014 - Edição 241

  • DOMINGO

    9h - Escola Bblica Dinmica

    10h45 - Culto Manh

    18h30 - Culto Noite

    REVISTA IBB Ministrio de [email protected]

    Coordenao de Comunicao Renato Mendona

    Projeto Grfico e Diagramao Ana Letcia Pie

    CapaJoo Campagnolo

    ColaboraoVitor Sampaio

    Reviso Ortogrfica Cludia Campagnolo

    ImpressoNova Grfica

    Tiragem 1400 exemplares

    Igreja Batista do BacacheriRua Amazonas de Souza

    Azevedo, 134Bacacheri - Curitiba - Paran

    82520-620

    (41) [email protected]

    Mdias Sociaisfacebook.com/ibbcuritibatwitter.com/ibb_curitiba

    youtube.com/batistabacacheri

    03 ROTEIRO DE CLULAS O Que Farei para ter a Vida Eterna? | Silvanir A. da Silva

    04 PASTORALPai Bem-Aventurado | L. Roberto Silvado

    06 IBB NEWS Agenda | Dia a dia na igreja

    07 MINISTRIO Colegiado | Aniversariantes

    08 DESTAQUEEnlutados | Celebrando a Recuperao

    SUMRIO

    DZIMO & OFERTA

    PROGRAMAO IBB

    Agncia 1551C.C 05753-99

    Agncia 3702C.C 00096-3

    Agncia 3510-6 C.C 25034-1

    Agncia 3127C.C 4774-0

    Agncia 0372C.C 825-5 | OP. 003

    Deposite seus dzimos e ofertas nas contas da igreja e colo-que o recibo de depsito no envelope durante o ofertrio. Escolha a melhor opo:

    SEGUNDA

    19h - C.F.I. Lidera

    20h - Grupo Resgate (Amor Exigente)

    QUARTA

    19h30 - Celebrando a Recuperao

    QUINTA

    20h - Culto de Cura e Libertao

    SEXTA

    19h - C.F.I. Lidera

    20h - Encontro Juventude (Adolescentes)

    20h - Encontro Pr-Adolescentes

    SBADO

    20h - Encontro Juventude (Jovens)

    2

    NECESSIDADES X REALIZADO

    JAN A JUL 94,8%

    19,9%AGOSTO REAL

  • DOMINGO

    9h - Escola Bblica Dinmica

    10h45 - Culto Manh

    18h30 - Culto Noite

    ROTEIRO DE CLULA

    TEMPO DA PALAVRASalmo 78. 3, 4 e 7

    3O que ouvimos e aprendemos, o que nossos pais nos contaram. 4 No os escondere-mos dos nossos filhos; contaremos prxima gerao os louvveis feitos do Senhor, o

    seu poder e as maravilhas que fez.7Ento eles poro a confiana em Deus; no esquecero os seus feitos e obedecero

    aos seus mandamentos.

    TEMPO DE COMPARTILHARUma das maiores virtudes de Deus em nossa vida a oportunidade de demonstrarmos o amor de Deus para com as pessoas que nos cercam. O amor de Deus nos leva a expe-rincias profundas. Essas marcas das experincias devem ser passadas aos nossos filhos. Isso revelar o quanto o Senhor tem agido em nosso corao e quo verdadeiramente amamos a Deus e Sua Igreja.

    APLICAO PESSOAL1. O que voc aprendeu com a sua famlia e que hoje voc tem compartilhado para esta gerao? 2. Todas as experincias que temos contribuem para nosso crescimento. Algumas pes-soas tiveram experincias boas e tambm ruins dentro de sua prpria casa. Compartilhe uma experincia na qual voc teve de perdoar algum de sua prpria famlia.3. No texto bblico acima, lemos sobre os louvveis feitos de Deus na histria. Quais os louvveis feitos de Deus em sua vida que voc no pode deixar de passar para as pessoas que esto perto de voc? Fale sobre isso.4. Em gratido a tudo que Deus tem feito em sua vida e na sua famlia, quais aes como Clula podemos adotar ainda neste ms que nos levem a juntos demonstrarmos o amor de Deus a esta gerao?

    TEMPO DE ORAR Faam seus pedidos e orem uns pelos outros em grupos de trs pessoas. Orem pela Virada Social que acontecer dia 13/09 uma oportunidade de demonstrar-mos o amor do Senhor em nossa sociedade. Anotem os pedidos e, durante a semana, separem um momento para interceder.

    Ministrio de Clulas

    Roteiro 31 | 10 a 16 de agosto | 2014

    3

    RENATO MENDONAPastor do Ministrio de Comunicao

    O VERDADEIRO AMOR QUE NOS ENSINA

  • Mensalo, Operao Lava-Jato, Usina de Pasadena nos EUA, Escndalo das per-guntas da CPI Petrobras. Todos os dias vemos escndalos publicados nos jornais. Como ser que se sentem os filhos dos envolvidos acusa-dos de tantos crimes? Como ser a vida deles na famlia, escola, faculdade e com amigos?

    Nesta semana falou-se muito sobre o Dia dos Pais. Como seus filhos se sentiram ao ouvir as propagandas? O que voc pai, significa para os seus filhos? Ser que no seu lar existem es-cndalos que no esto nas mdias?

    O desafio do pai cristo refletir os ensi-namentos do Sermo do Monte no lar e na so-ciedade para no envergonhar seus filhos, para servir de modelo e para ser bem-aventurado, feliz! Jesus, ao falar das bem-aventuranas em Mateus 5.1-12 cita oito caractersticas do cida-do do Reino de Deus, do pai que Seu dis-cpulo! Estas qualidades no so qualidades humanas, mas qualidades espirituais, resultado da ao do Esprito Santo.

    Bem-aventurados os pobres em espri-to...(v.3). O homem pobre em esprito vive consciente de que todas as coisas no sig-nificam nada e que Deus significa tudo! FE-LIZ O PAI QUE DEMONSTRA AOS FILHOS COMO UM HOMEM VIVE SEM ORGULHO E AUTOSSUFICINCIA, COLOCANDO SUA CONFIANA EM DEUS, POIS DELE O REI-NO DOS CUS!

    Bem-aventurados os que choram...(v.4). A palavra usada a palavra mais forte no idioma grego para dor e sofrimento. FELIZ O PAI QUE ENSINA SEUS FILHOS A ENFRENTAR A DOR, EXPERIMENTAR AS EMOES E ARREPEN-DER-SE DOS SEUS PECADOS, POIS SER CONSOLADO!

    Bem-aventurados os mansos...(v.5). Mar-tin Lloyd-Jones diz que mansido a atitude humilde e gentil para com os outros, determi-nada por uma avaliao correta de si mesmo. FELIZ O PAI QUE VIVE EDUCADA E MANSA-MENTE COM A ESPOSA E FILHOS, POIS ELE RECEBER A TERRA POR HERANA!

    Bem-aventurados os que tm fome e sede de justia...(v.6). Indiferena uma perigo-

    sa enfermidade do ser. Nas Escrituras, justia sempre est vinculada dimenso moral, legal e social. FELIZ O PAI QUE DESPERTA NOS FILHOS A NECESSIDADE DE VIVER UMA VIDA NTEGRA (ELE EXEMPLO DO QUE FALA), POIS SER SATISFEITO!

    Bem-aventurados os misericordiosos... (v.7). A palavra no original fala da capacidade de participar da vida do prximo com empa-tia. FELIZ O PAI QUE MOSTRA AOS FILHOS COMO A F CRIST NOS TORNA MAIS HU-MANOS E NOS LEVA A AGIR CONCRETA-MENTE PARA ABENOAR O PRXIMO.

    Bem-aventurados os puros de cora-o...(v.8). Crescimento na vida crist um processo de renovao da mente que nos leva a viver em santidade. FELIZ O PAI QUE DEMONSTRA AOS FILHOS QUE A VIDA CRIST UM PROCESSO PERMANENTE DE PURIFICAO.

    Bem-aventurados os pacificadores ... (v.9). John Stott afirma que a pacificao uma obra divina, pois a paz significa reconciliao, e Deus o autor da paz e da reconciliao. FELIZ O PAI QUE PROMOVE A PAZ NA FAMLIA POR MEIO DE PALAVRAS, AES E ATITUDES.

    Bem-aventurados os perseguidos por causa da justia... (v.10-12). Existe uma di-ferena entre sofrer as consequncias dos pecados pessoais e sofrer causa dos valores cristos. O apstolo Paulo fala sobre o chei-ro de morte que a vida crist produz para os que no conhecem a Cristo! FELIZ O PAI QUE MOSTRA AOS SEUS FILHOS QUE O CAMINHO DA RETIDO EXIGE SACRIF-CIOS POR AMOR A CRISTO, PORQUE DELE O REINO DOS CUS.

    O que seus filhos falam sobre voc? Se os amigos de seus filhos o conhecessem de fato, o que eles diriam de voc? Quais caractersti-cas mencionadas nas bem-aventuranas esto presentes na sua vida e no seu lar? Voc deseja ser um PAI BEM-AVENTURADO?

    L. ROBERTO SILVA DOPastor Coordenador Geral

  • 6Venha ter um perodo de comunho e almoce conosco!

    Cardpio: feijo tropeiro ; arroz carreteiro;talharim polonesa; empado; batata frita; alcatra acebolada; peixe com alcaparras; linguia assada; e costela. Saladas, conservas e frutas.

    Preos: Almoo R$ 29,90 kg; Refrigerante (lata) R$ 3,00; Refrigerante (2L) R$6,00; Sobremesa R$ 4,00.

  • SANDRO CRISTO KUSUNOKI

    ANITA PRECYBILOVICZ

    CLAUDEMIR FERREIRA FRANCO

    EDEMILSON PINTO VIEIRA

    JOO ORSI JUNIOR

    WESLLEY SCARPINI MIRANDA

    ANA CRISSIANE DE MORAES PRATES CORDEIRO

    ANTONIO NOVAES NETO

    DELMA AZEVEDO SATEL

    ELIANE MARIA DA SILVA DE ALMEIDA

    ETELVINA GENE GALVO

    HENRIQUE SEVERA MUCENIEKS PINHEIRO

    IVAIR POLICENO

    MARLETE TEBALDI

    RONALDO LOPES DE ANDRADE

    SIDNEI ELIAS JUSTO

    DANIELLE DA MOTTA FERREIRA FIALHO

    ELIANE INS SZNCER MURMEL

    10/8

    11/8

    11/8

    11/8

    11/8

    11/8

    12/8

    12/8

    12/8

    12/8

    12/8

    12/8

    12/8

    12/8

    12/8

    12/8

    13/8

    13/8

    ANIVERSARIANTES

    ANIVERSARIANTES DAS NOSSAS MISSES

    13/8

    13/8

    13/8

    14/8

    14/8

    14/8

    14/8

    15/8

    15/8

    16/8

    16/8

    16/8

    16/8

    LAODICIA MAIRE R. MACEDO

    NEUSA MARIA DE RESENDE MONTEIRO LISBOA

    VICTOR COSTA DA CRUZ

    ALANA BEATRIZ SCHREIBER

    MARCELO LOPES DA SILVA

    REJANE MOCELIN CORDEIRO

    THATIANNA WEINHARDT BAPTISTA

    RAFAELA SIMONE SCHULZ KALIL

    TATIANA LEITE VIEIRA

    BIRACY LUTZ

    CLUDIO GOUVEIA DA SILVA

    DIEGO GRIPPO

    LENIRA CAMARGO LISSARAA

    10/8

    12/8

    13/8