Click here to load reader

Revista edição 3

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Revista edição 3

  • Edio 3 - Maro/|Abril/Maio 2014

    Rio Grande do Sul

    Galpo da Peonada

    GP

    Coxilha de Ronda se colocaCoxilha de Ronda se coloca

    entre os favoritos para o Juvenart 2014entre os favoritos para o Juvenart 2014

    aps vencer a Reculuta Farroupilhaaps vencer a Reculuta Farroupilha

    em P.Fundo e Sentinela em Dana em S.Gabrielem P.Fundo e Sentinela em Dana em S.Gabriel

    Coxilha de Ronda se coloca

    entre os favoritos para o Juvenart 2014

    aps vencer a Reculuta Farroupilha

    em P.Fundo e Sentinela em Dana em S.Gabriel

    CPF Pi do SulCPF Pi do Sul CPF Pi do Sul se recupera diante se recupera diante

    do organizado do organizado se recupera diante

    do organizado

    Poncho VerdePoncho Verde de Panambi de Panambi Poncho Verde de Panambi e leva a Reculuta Adultae leva a Reculuta Adulta

    em Passo Fundo. em Passo Fundo.

    e leva a Reculuta Adulta

    em Passo Fundo.

    Fo

    to:A

    ng

    ela

    Let

    cia

    Malh

    eir

    os

  • O patro do CTG Clube Farroupilha de Iju no

    estava de brincadeira quando h algumas

    semanas conversou com a equipe da Galpo

    da Peonada e disse que independentemente

    da qualidade do grupo eles iriam disputar o

    ENART na Fora A, O Clube Farroupilha no

    grupo de disputar Fora B. A preocupao do

    Patro, Sr. Adilson Goi era o fato de no

    conseguir neste ano montar o grupo adulto e

    por esse motivo estava at aceitando o fato de

    no disputarem o ENART 2014 por falta de

    material humano, fato que deixaria a entidade

    mais antiga da 9 RT fora dos tablados. Ele foi

    um homem forte, deu um prazo de tempo para

    que os atuais danarinos da invernada adulta

    remontassem o grupo e assim pudessem

    seguir nas disputas. Porm, aps vencer o

    prazo, o grupo seguiu desestruturado e como

    sabemos, estamos na fase da participao de

    rodeios e de mostrar a cara do grupo. Estava

    na hora de partir para uma nova.

    DT CONTINENTE DE SO PEDRO DT CONTINENTE DE SO PEDRO DT CONTINENTE DE SO PEDRO

    NO T MORTO QUEM PELEIA.NO T MORTO QUEM PELEIA.NO T MORTO QUEM PELEIA.

    GP

    2Galpo da Peonada, maro/abril/maio 2014 - Rio Grande do Sul

    Os Continentinos do Clube FarroupilhaOs Continentinos do Clube FarroupilhaOs Continentinos do Clube Farroupilha

    Conforme as informaes que chegaram at ns,

    o DT Continente de So Pedro - Cruz Alta era um

    grupo criado com a base de danarinos que

    saram de algumas entidades e fundaram o DT, ali

    encontrando um abrigo. Desde a sua fundao

    passaram por muitas dificuldades, bem como

    problemas financeiros, aguentar as provocaes

    de concorrentes e falta de sede prpria, onde fato

    de no terem sua sede era a que mais pesava,

    pois assim tinham que correr atrs de algum local

    para poder real izar seus ensaios. Mas,

    independente dos empecilhos, o grupo conseguiu

    um renome estadual onde no ENART 2013 o

    grupo trouxe como proposta a histria do

    chamam e suas influncias, ficando em 12

    colocado, a qual foi a melhor colocao da histria

    do grupo que mostrou a todos que no est a

    para brincadeira. Porm, o ano de 2014 comeou

    tumultuado tambm para os Continentinos. J se

    ouvia falar da troca deles para outra entidade

    tambm de Cruz Alta, fato que no se confirmou

    devido a algumas exigncias no serem aceitas,

    aps vieram alguns boatos de que o grupo estaria

    quebrado. Assim, juntando a necessidade do

    Farroupilha de organizar um grupo forte e a

    ausncia de apoio para os danarinos do

    Continente, faltou apenas a proposta que

    contentasse aos dois lados. Juntando a fome com

    a vontade de comer, as duas entidades tinham

    tudo para se unir e foi o que aconteceu.

    ...a luz no final do tnel!...a luz no final do tnel!...a luz no final do tnel!

    Aps muito dilogo, o patro fechou com os danarinos do

    Continente, com a condio de continuarem sendo Continentinos.

    Para o CTG Clube Farroupilha o ms de maio foi

    satisfatrio. Agora sim eles podem dizer que esto

    com uma forte equipe com mais de 10 pares, so

    eles OS CONTINENTINOS DO CTG CLUBE

    FARROUPILHA. Porm, nem todas as partes

    ficaram contentes com essa novidade. Com a

    migrao dos Continentinos para o Farroupilha

    todos os antigos danarinos e instrutor tiveram

    que deixar a Entidade. Podemos perceber pelas

    redes sociais que os ex-integrantes do CTG Clube

    Farroupilha esto indignados com o ocorrido. Bem

    como uma ex-danarina citou em uma rede social

    Muitas pessoas foram personagens nestas

    histrias, aos quais colocaram um pouco de si na

    realizao do que se tem hoje, e tal sentimento, de

    repulsa, o que vigora na atual situao, tambm

    chamando os Continentinos de uma mistura

    improvvel. Mas como j foi dito acima, a

    gurizada teve seu prazo estipulado para poderem

    se estabelecer e criar uma nova base para a

    invernada adulta, e lamentamos por no terem

    conseguido. No nosso ponto de vista eles

    deveriam ficar felizes que o patro conseguiu

    organizar uma adulta de encher o salo, pois

    assim, a rica histria do CTG Clube Farroupilha

    no ir acabar e nem ficar esquecida, pelo

    contrrio, o grupo ir continuar com o trabalho

    srio que era desenvolvido pelo grupo h anos,

    continuando com seu instrutor Paulo Chervenski.

    A responsabilidade dos Continentinos grande,

    mas sabemos muito bem da fora de vontade e

    capacidade que o grupo tem. Esperamos que este

    ano seja um ano de muito sucesso para a entidade

    e seus danarinos. Vamos aguardar at os

    prximos rodeios e ver o resultado dessa

    mudana que tem tudo para dar certo.

  • Galpo da Peonada, maro/abril/maio 2014 - Rio Grande do Sul

    GP

    3

    Em Santa Maria...

    Fizemos uma loja com a cara de todoFizemos uma loja com a cara de todo

    Gacho. jovem e moderna. No deixe Gacho. jovem e moderna. No deixe

    de nos visitarde nos visitar

    Fizemos uma loja com a cara de todo

    Gacho. jovem e moderna. No deixe

    de nos visitar

    Na Walter Jobim, anexo a Aurora Mquinas e MotoresNa Walter Jobim, anexo a Aurora Mquinas e Motores

    (55) 9633.1595(55) 9633.1595

    Na Walter Jobim, anexo a Aurora Mquinas e Motores

    (55) 9633.1595

    GP

    Peonada

    Ex pe

    di en

    teEsta edio foi muito especial,

    passamos por So Gabriel,

    Alegrete, Uruguaiana, So

    Borja, Santo ngelo, Ijui,

    Passo Fundo, Cruz Alta e

    Santa Maria. Cada cidade

    conhecemos pessoas novas e

    em todas deixamos um pouco

    de saudades, pois amigos

    esto ficando por todo este

    e s t a d o . P o d e m o s

    acompanhar dois grandes

    eventos, a Recoluta em Passo

    Fundo e Sentinela em Dana

    em So Gabriel. Dois grandes

    eventos! Agora chegada a

    vez da Regio da serra e

    g r a n d e P o r t o A l e g r e .

    Obrigado a todos!

    Fundao

    20/09/2006

    Telefone

    (55)8121.9635

    Editor

    Eduardo Silva

    Matrias

    Eduardo Silva

    Angela Leticia Malheiros

    Joo Cezar Medeiros

    Reviso

    Dulce Lima

    Fotos

    Eduardo Silva

    Angela Letcia Malheiros

    Tiragem

    2.500 exemplares

    Impresso

    Grafica Pallotti

    Email [email protected]

    Soberano SupermercadoSoberano SupermercadoSoberano Supermercado

    Dispomos de Bebidas p;Festas, Aniversrios, Casamentos, etc

    Rua Siqueira Couto,764 - Bairro Progresso - Iju

    (55) 3333.1929(55) 3333.1929(55) 3333.1929

    CORPUSACADEMIA

    Rua Baro do Rio Branco, 286 - Iju

    (55)3332.7611

    Prof. Cludio Persson

    CREF:2953-G/RS

    (55)9943.8181

    claudiopersson

    www.labivida.com.br

    IDALABILaboratrio de Anlises Clnicas

    [email protected] (55)3225.4056

    Santa Maria

  • Galpo da Peonada, maro/abril/maio 2014 - Rio Grande do Sul

    conteceu nos dias 26 e 27 de abril a III Reculuta Farroupilha,

    Apromovida pela 7 RT em parceria com o CTG Lalau Miranda de Passo Fundo. Com o objetivo de valorizar o artista amador. O evento ultrapassou seus objetivos, pois contou com boa participao

    do pblico prestigiando as apresentaes e tambm um grande

    nmero de grupos participantes que vieram de todos os cantos do

    Estado. O evento contou com cerca de 80 grupos, divididos entre a

    categoria estudantil e entidades, alm das categorias individuais.

    A criao da Reculuta surgiu a partir da ideia de outras

    entidades e foi o CTG Lalau Miranda que idealizou o evento.

    Com estrutura confortvel para acolher a todos, um municpio

    com boa localizao no estado. Tudo propiciou para que

    todos os grupos interessados pudessem participar deste

    concurso artstico. Assim, em 2012, com o apoio da

    Coordenao da Regio e interesse de vrias entidades

    para participarem, o evento pode se concretizar. Seu

    nome Reculuta, vem do vocabulrio campeiro, refere-se

    ao ato de recuperar um animal que se perdeu de sua tropa.

    Como disse Vantuir de Oliveira, Instrutor do grupo adulto

    do Lalau, Reculuta unir todo mundo para que ningum fuja,

    unir todo mundo para fazer parte da artstica, todas

    sem distino de nenhum, aberto para todo mundo para que

    ningum fuja para outro caminho, trazer todo mundo pra parte

    artstica, todo mundo pra dana tradicional. Foi um final de

    semana regad