Resposta de cultivares de trigo ( Triticum aestivum L. ƒ  ...coral.ufsm.br/ppgaaa/images/Marcela_ ‚ ‚ 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Campus DE FREDERICO WESTPHALEN

  • View
    216

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Resposta de cultivares de trigo ( Triticum aestivum L. ƒ ...

  • 0

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Campus DE FREDERICO WESTPHALEN

    Programa de Ps-Graduao em Agronomia: Agricultura e Ambiente

    Resposta de cultivares de trigo (Triticum aestivum L.) interferncia de plantas daninhas

    DISSERTAO DE MESTRADO

    Marcela Reinehr

    Frederico Westphalen, RS, Brasil

    2013

  • 1

    Resposta de cultivares de trigo (Triticum aestivum L.) interferncia de plantas daninhas

    Marcela Reinehr

    Dissertao apresentada ao Curso de Mestrado do Programa de Ps-Graduao em Agronomia: Agricultura e Ambiente, rea de

    Concentrao em Recursos Agrcolas nos Sistemas de Produo da Universidade Federal de Santa Maria Campus de Frederico

    Westphalen, como requisito parcial obteno do grau de Mestre em Agronomia (rea do conhecimento: Herbologia).

    Orientadora: Dra. Fabiane Pinto Lamego

    Frederico Westphalen, RS, Brasil

    2013

  • 2

    Ficha catalogrfica...

    (A bibliotecria ter que fazer esta ficha, aps a aprovao da

    dissertao.)

  • 3

    Universidade Federal de Santa Maria Campus de Frederico Westphalen

    Programa de Ps-Graduao em Agronomia: Agricultura e Ambiente

    Comisso Examinadora, abaixo assinada, aprova a Dissertao de Mestrado

    Resposta de cultivares de trigo (Triticum aestivum L.) interferncia de plantas daninhas

    elaborada por Marcela Reinehr

    como requisito parcial para obteno do grau de Mestre em Agronomia

    COMISSO EXAMINADORA

    ___________________________________________ Fabiane Pinto Lamego, Dra.

    (Presidente/Orientadora)

    ___________________________________________ Mrio Antnio Bianchi, Dr. (CCGL Tec)

    ___________________________________________ Stela Maris Kulczynski, Dra. (UFSM)

    ________________________________________ Claudir Jos Basso, Dr. (UFSM)

    (Co-orientador)

    Frederico Westphalen, 9 de dezembro de 2013.

  • 4

    Aos meus pais, Marta Catarina e Ambrsio;

    Aos meus amados irmos, Jos Felipe e Joo Paulo;

    minha prima, irm e amiga, Indianara Mller.

    OFEREO E DEDICO

  • 5

    AGRADECIMENTOS

    Primeiramente, agradecer s foras superiores que convergem sobre ns e

    que nos do foras e iluminam nosso caminho, de tal modo que as escolhas que

    faamos sejam sempre as melhores. E neste crculo mstico, agrader de modo todo

    ao meu estimado padrinho Tio Juca (in memoriam), que sempre me apoiou e

    mesmo no estando mais entre ns, eu sei que sempre olhou por mim.

    Agradecer de corao aos meus pais Marta Catarina e Ambrsio, que me

    deram a vida, o apoio e as foras necessrias para sempre seguir em frente e

    superar as dificuldades encontradas ao longo da minha existncia. Aos meus

    manos Jos Felipe e Joo Paulo, companheiros de todas as horas; minha prima,

    amiga e mana Indianara, sempre ao meu lado, proferindo palavras sbias e

    reconfortantes nos momentos de tenso e de triunfo; minha tia Iria Alzira, cujo

    apoio sempre tive; aos meus avs paternos Vov Lucina e Vov Ubaldo e ao Vov

    Adalibio Nicolau, base e inspirao para seguir em frente, exemplos de vida e de

    superao.

    Agradecer aos colegas de profisso Jonas Cunha Gonzatti, Rafael Jos Zeni,

    Rodrigo Sassi e Saulo Ferigolo Venturini, pelo suporte, apoio e pela amizade. s

    minhas amigas e companheiras Janine Pilau e Gissele Wink.

    UFSM campus de Frederico Westphalen e ao PPGAAA, pela oportunidade

    de frequentar o Mestrado, dispondo de sua estrutura intelectual e fsica a fim de

    possibilitar o desenvolvimento dos trabalhos de pesquisa.

    CAPES e CNPq pela concesso de bolsa de estudos.

    Professora Orientadora Dra. Fabiane Pinto Lamego, por acreditar na minha

    capacidade e oportunizar o meu ingresso em seu consolidado grupo de pesquisa,

    mostrando-se sempre aberta para ouvir e contribuir nos trabalhos de pesquisa. Pela

    amizade construda, agradeo de todo o corao.

    Agradecer de modo todo especial s pessoas que viabilizaram a realizao e

    concretizao do projeto de pesquisa, que me receberam em seu grupo e se

    tornaram mais que colegas, so hoje amigos, Adalin Aguiar, Carlos Alberto Rigon,

    Daiane Frizon, Daniela Uliana, Dauana Dalla Libera, Fernanda Cassiane Caratti,

    Gabriela G. Chaves, Isabel Belinasso Pagliarini, Luan Cutti, Luciano Schievenin,

  • 6

    Marcos Turra, Marins Mazzon, Mateus Gallon, Miriam Fabiani Fracasso, Sabrina

    Tolotti e Vanessa Graciela Kirch.

    Aos colegas de mestrado, pela amizade; aos Professores do PPGAAA, em

    especial Dra. Stela Maris Kulczynski, Dr. Caudir Jos Basso e Dr. Antonio Luis Santi,

    pelo conhecimento e experincia compartilhados; e tambm Secretria Adriana

    Camponogara Aires da Silva, sempre altrusta e disposta nos auxiliar.

    Agradecer aos pesquisadores Dr. Eduardo Caiero e Dr. Luis Eichelberg

    (Embrapa Trigo) e Dr. Juliano Wagner e Dr. Mrio Antonio Bianchi (CCGL Tec.),

    pela concesso de sementes de trigo e informaes sobre os gentipos.

    Em fim, encarecidamente agradecer todos que contriburam, de uma forma

    ou de outra, para que eu pudesse alcanar os objetivos traados e por serem a

    pedra angular para esta conquista.

    Muito Obrigada!

  • 7

    No o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta s mudanas.

    Charles Darwin

  • 8

    RESUMO

    Dissertao de Mestrado Programa de Ps-Graduao em Agronomia: Agricultura e Ambiente

    Universidade Federal de Santa Maria

    RESPOSTA DE CULTIVARES DE TRIGO (Triticum aestivum L.) INTERFERNCIA DAS PLANTAS DANINHAS

    AUTORA: MARCELA REINEHR ORIENTADORA: Dra. FABIANE PINTO LAMEGO Frederico Westphalen, 09 de dezembro de 2013.

    As plantas daninhas consistem no principal tipo de interferncia direta sobre os cultivos anuais e so responsveis pela reduo do rendimento de gros. Neste contexto, o objetivo do presente trabalho de pesquisa foi investigar a habilidade competitiva de cultivares de trigo com as plantas daninhas de azevm e nabo. Foram realizados trabalhos em laboratrio, em nvel de campo e em casa de vegetao em 2012 e 2013. O artigo I contempla os trabalhos em laboratrio e casa de vegetao, onde foi avaliada a qualidade fisiolgica das sementes das cultivares de trigo e o efeito da competio com plantas daninhas sobre a germinao e o vigor de sementes, alm da mxima expresso de suas caractersticas de planta. No artigo II, avaliou-se a convivncia entre as cultivares de trigo BRS Guamirim, BRS 296, Fundacep Cristalino e Fundacep Razes com as plantas daninhas de azevm e nabo em condio de campo. Os artigos III e IV abordam os trabalhos desenvolvidos em casa de vegetao, sendo o artigo III relativo habilidade do trigo em competir com as plantas daninhas em esquema de srie de substituio. No artigo IV, simulada a competio inicial por radiao luminosa e os seus efeitos sobre caractersticas morfolgicos de plantas de trigo, azevm e nabo. possvel concluir que a cultivar Fundacep Cristalino possui a habilidade de manter o vigor de sementes quando mantida em competio por todo o ciclo, alm de apresentar caractersticas morfolgicas (estatura, rea foliar, massa seca e vigor inicial elevados), as quais lhe conferem maior habilidade competitiva com as plantas daninhas. A convivncia durante todo o ciclo com o azevm, no afeta o rendimento de BRS Guamirim, BRS 296, Fundacep Cristalino e Fundacep Razes, no entanto, a presena de nabo afeta significativamente a PBA, ICA e os componentes de rendimento. Independente da espcie competidora ocorrem alteraes morfolgicas nas plantas decorrentes da competio inicial por radiao luminosa. Palavras-chave: Habilidade competitiva, competio, interferncia, cultivar.

  • 9

    ABSTRACT

    Master's Dissertation Postgraduate Program in Agronomy: Agriculture and Environment

    Federal University of Santa Maria

    RESPONSE OF WHEAT CULTIVARS (Triticum aextivum L.) TO THE INTERFERENCE OF WEEDS

    AUTHOR: MARCELA REINEHR ADVISOR: Dr. FABIANE PINTO LAMEGO Frederico Westphalen, december 09, 2013.

    Weeds consist of the main type of direct interference with annual crops and are responsible for yield reduction. In this context , the objective of this research was to investigate the competitive ability of wheat cultivars with Italian ryegrass and radish weed plants. There were conducted works in the laboratory, field and in the greenhouse in 2012 and 2013. The article I includes laboratory and greenhouse experiments, where were evaluated the physiological quality of seeds of wheat cultivars and the effect of competition with weeds on germination and vigor of seeds, besides the maximum expression of their plant characteristics. In the article II there were evaluated coexistence among wheat cultivars BRS Guamirim, BRS 296, Fundacep Cristalino and Fundacep Razes and Italian ryegrass and radish weeds. The articles III and IV show experiments developed in greenhouse, being the article III about to wheat ability in to compete with Italian ryegrass and radish weeds in a replacement series arrangement In the article IV is simulated the initial competition for light and the effects on the morphology of wheat plants, Italian ryegrass and radish. Thus, it is possible to conclude that the cultivar Fundacep Cristalino has the ability to maintain vigor of seeds when in competition throughout the cycle, besides to show morphological characteristics (plant height, leaf area, dry weight matter and high initial vigor), which confers superior competitive ability with weeds. The coexistence through the cycle with Italian ryegrass do not affect the yield of BRS Gu