Portugues (Editado)

  • View
    36

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of Portugues (Editado)

,SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAOBSICA SUPERINTENDNCIA DE EDUCAO INFANTIL E FUNDAMENTAL DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL

PROGRAMA DE INTERVENO PEDAGGICA - PIP

MATRIZ CURRICULAR LNGUA PORTUGUESA VERSO PRELIMINARCICLO COMPLEMENTAR DA ALFABETIZAO - 4 E 5 ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

EIX0 1.1

CAPACIDADES - Conhecer e valorizar a escrita em diferentes modos de produo e circulao e em diferentes usos e funes.

DETALHAMENTO Estar ativamente inserido na cultura escrita significa ter comportamentos letrados, atitudes e disposies, frente ao mundo da escrita (como interesse e gosto pela leitura), saberes especficos relacionados leitura e escrita que possibilitam usufruir de seus benefcios. Diz respeito tambm ao saber onde e como a escrita usada no universo social, sua importncia na vida das pessoas, quem produz textos escritos e quando so produzidos, como e onde esses textos circulam e que vantagem a escrita traz para as pessoas, o mundo, para a cultura em geral. Exercitar essa capacidade significa colocar o aluno em contato com diferentes gneros e suportes de textos escritos e possibilitar-lhe a vivncia, o conhecimento e a utilizao dos diversos espaos de circulao de textos, desde as bancas, livrarias, bibliotecas, sebos, aos espaos virtuais.

CONTEDOS/CONCEITOS Vivncia e conhecimento: dos espaos de circulao dos textos (no meio domstico, urbano e escolar, entre outros); dos espaos institucionais de manuteno, preservao, distribuio, venda de material escrito (biblioteca, livrarias, bancas, etc.); das formas de aquisio e acesso aos textos (compra, emprstimo e troca de livros, revistas, cadernos de receita, etc.); dos diversos suportes da escrita (cartazes, out-door, livros, revistas, folhetos publicitrios, murais escolares, livros escolares, etc.); dos instrumentos e tecnologias utilizados para o registro escrito (lpis, cadernos, computadores, etc.).

CICLO COMPLEMENTAR

EIXO 1 Compreenso e Valorizao da Cultura Escrita

importante que a escola, pela mediao do professor, desperte seu aluno para a observao da presena da escrita ao seu redor em sua casa, na escola, na comunidade, no bairro, na cidade. para a reflexo a respeito da funo da escrita nos diversos ambientes, para o entendimento de que a escrita est presente na vida das pessoas na identificao, nos documentos, nos relacionamentos, nos negcios e em outros setores e com vrias funes. Assim, importante e necessrio incentivar o aluno a ler tudo, textos de todos os gneros, instalados nos mais diversos suportes, das leituras necessrias s leituras por prazer, por entretenimento. Isso contribuir para que ele se torne, a cada dia, mais eficiente enquanto leitor nesse universo letrado. 1.3 - Conhecer os usos e funes sociais da escrita. Trabalhar os conhecimentos e capacidades envolvidos na compreenso dos usos e funes sociais da escrita implica trazer, para a sala de aula, e possibilitar a observao e o manuseio pelos alunos de muitos textos dos mais variados gneros e suportes, permitindo-lhes perceber funes, igualdades/diferenas, caractersticas fsicas e de contedo. Orientar os alunos para a explorao de materiais escritos - do dinheiro ao vale transporte, da bula de remdio receita de bolo, da notcia lista de compras valorizando seus conhecimentos prvios, permitindo dedues e descobertas a respeito dos usos e funes sociais, incentivando-os a criar hipteses e a confirmar ou descartar suas expectativas, significa contribuir para que o aluno viva bem e interaja com competncia, nessa sociedade grafocntrica. Reconhecimento e classificao, pelo formato, dos diversos suportes da escrita, tais como livros, revistas, jornais, folhetos. Identificao das finalidades e funes da leitura de textos a partir do exame de seus suportes. Relao entre suporte e possibilidade de significao, de temtica, de gnero, de finalidade do texto.

1.4 Desenvolver capacidades necessrias para o uso da escrita no contexto escolar.

Ser capaz de se utilizar da escrita no contexto escolar perpassa pelo conhecimento e pela ampliao das possibilidades de emprego dos diversos instrumentos de leitura e de escrita de que a escola dispe. Entre eles esto os livros didticos, livros de literatura, dicionrios, enciclopdias, os prprios materiais de uso do aluno (lpis, borracha, cadernos, agendas) os computadores, os instrumentos de vdeo, entre outros. O professor deve desenvolver trabalhos com a perigrafia do livro, isto , analisar, saber as funes da capa, das orelhas, da quarta capa, do sumrio, da apresentao, do prefcio. Tambm trabalhar com a utilizao dos cadernos de forma organizada, orientando o aluno a respeitar margens, separar as atividades e disciplinas; com os textos produzidos, sejam manuscritos, digitalizados no computador, mquina de escrever. importante trabalhar a sua diagramao, disposio na pgina, a utilizao da estrutura pertinente ao gnero, o emprego de pargrafos, respeitando-se o alinhamento; no trabalho com a confeco de cartazes, panfletos, propagandas, necessrio discutir e acordar quanto a utilizao da letra no tamanho adequado, a conjugao entre linguagem verbal e no-verbal, a disposio da informao; enfim preparar o aluno para estar apto a se utilizar de todas as possibilidades de leitura e de escrita, no ambiente escolar e, consequentemente, fora dele.

Reconhecimento e utilizao do suporte e instrumento de escrita usuais na escola e em outros contextos, respeitando-se suas especificidades: Sequenciao do texto nas pginas; Disposio do texto escrito na pgina (margens, pargrafos, espaamentos entre as partes, ttulos, cabealho); Relao entre o texto escrito e as ilustraes; Reconhecimento de nome do livro, de seu autor, editora e data de publicao; Localizao, no livro didtico, no livro literrio, no dicionrio, na enciclopdia, na internet, de uma informao desejada; Consulta a ndice, sumrio; Reconhecimento e utilizao de saberes relativos a como funcionam no computador: - a sequenciao do texto, - a disposio na pgina, - a relao com imagens e ilustraes. Reconhecimento e utilizao do texto, no cartaz considerando-se: disposio, tipos de letra, recursos grficos. Reconhecimento de como se leem histrias em quadrinho, tirinhas, livros literrios (capa, contracapa, orelhas), jornais (primeira pgina, cadernos, sees), revistas (ndices por tema ou por seo), textos de opinio, notcias, propagandas, classificados, entre outros.

.

Desenvolver capacidades para o uso da escrita nos contextos sociais supe preparar o aluno para a compreenso e o emprego dos diversos gneros textuais que circulam na sociedade. Essa interao com os textos, seus suportes (jornais, revistas, out-doors, embalagens, entre outros) seus usos e funes, seu contexto de circulao construda tambm e inclusive com o trabalho do professor, em sala de aula. Explorar jornais, revistas; desenvolver aes como planejar e realizar excurses, visitas a feiras de cultura, idas a teatro, a exposies de arte, a cinema; realizar atividades que exijam leitura de resenhas, de planfletos, de propagandas, de planos de viagens; que exijam produo de convite de solicitao, de permisso, de comunicados, de planejamento, antes, e de relatrios, aps a realizao do evento, so experincias que permitem colocar o aluno em situaes reais de leitura e de produo de textos orais e escritos. Abre possibilidades para que o aluno se torne usurio da leitura e da escrita, no universo social, com competncia.

Manuseio de livros escolares, de literatura, de pesquisa, dicionrios, enciclopdias, cadernos, computador, e de demais instrumentos de leitura e escrita. Cuidado com os textos manuscritos: letra legvel, conservao dos espaos na pgina, paragrafao, diagramao conforme as caractersticas fsicas do gnero, dando prioridade adequao e a esttica da apresentao do texto; Cuidado com os textos digitalizados: disposio do texto na tela, diagramao e formatao adequadas s caractersticas do gnero e do suporte de circulao; Ateno ao contedo: fidelidade ao tema, tratamento adequado ao contedo a linguagem, considerando-se o destinatrio, a situao comunicativa e o objetivo do texto a ser escrito, respeitando-se o gnero e o suporte em que o texto poder circular.

.

EIXOS 2.1

CAPACIDADES Desenvolver atitudes e disposies favorveis leitura.

DETALHAMENTO As disposies favorveis leitura manifestam-se pela adeso a prticas sociais prprias do universo da cultura escrita. Dentre essas prticas, esto ir a bibliotecas, freqentar livrarias e bancas, visitar sebos, ter disposio para ler os escritos que organizam o cotidiano da escola e do meio social. Esto tambm atividades de produzir e organizar espaos, na escola e no meio em que se vive, para realizao de leituras, para produo de instrumentos como jornais, murais, para levar e buscar informaes, para ler, para se comunicar. Assim, adotar atitudes coerentes com esses ambientes, como tambm saber utilizar-se das possibilidades e recursos que esses espaos tm a oferecer so comportamentos e aprendizagens que a escola, continuamente, deve ajudar o seu aluno a desenvolver, praticando essas atividades com ele. Para o desenvolvimento dessa capacidade de identificar diferentes gneros textuais, h que se considerar, nessa etapa escolar, a introduo de gneros ainda no trabalhados, ou a escolha de textos de gneros j trabalhados, mas com maior grau de complexidade adequado etapa escolar. Essa complexidade pode ser observada na temtica desenvolvida, na estruturao do texto, no vocabulrio menos comum, na utilizao de frases mais elaboradas, entre outros aspectos. Identificar o gnero do texto pela funo, finalidade, pelo ambiente de circulao, pelos aspectos lingstico-

CONTEDOS/CONCEITOS Desenvolvimento de atitudes de leitura: Atitudes de leitura: visita a bibliotecas, a banca de jornal, a livrarias; ateno aos escritos urbanos e escolares; uso do computador: busca de informaes na internet, uso das salas de bate-