Planejar gneros acadmicos cesp

  • View
    350

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Planejar gneros acadmicos cesp

  • 1. Polcia Militar do Estado da ParabaCentro de Educao Centro de Ps-Graduao e PesquisaCESP 2011.2 Prtica de Leitura e Produode Textos Acadmicos Professora Eliete Santos

2. Equipe: Cap Luiz Tibrio Pereira Leite Cap Hilmrio Xavier Silva Cap Wherick Felcio de Lima Cap Alysson Figueiredo Limeira Cap Melquisedec Lima de Figueiredo Cap Geraldo Marques dos Prazeres Jnior Cap Elaine da Costa Simes Oliveira Cap Carlos Roberto Nascimento Silva Cap Mnica Luiz Rodrigues Cap Alcides Rodrigues Chaves Sobrinho 3. Anna Rachel Machado Eliane Lousada Llia Santos Abreu-Tardelli 4. Graduao, mestrado ou at doutorado; Produocientfica ou acadmica(Resumos, resenhas, crticas, relatrios,projetos de pesquisa e artigos cientficos,etc...); Falta de ensino sistemtico; 5. DIRIO DE PESQUISA: ELABORAO E MANUTENO NECESSIDADE; SUPORTES; ACOSTUMAR-SE A ESCREVER. 6. O QUE TEMA DE UM TRABALHO CIENTFICO ? 7. PELA INTERNETwww.universia.com.br www.cnpq.br 8. PROGRAMAS DE PS GRADUAO DE SUA REA GRUPOS DE PESQUISA NO BRASIL PLATAFORMA LATTES O PORTAL PERIDICO DA CAPES GOOGLE BANCO DE TESES ESPECIAL DE TESES BASE DE DADOS DE PS-GRADUAO DA CAPES SITES DAS BIBLIOTECAS DAS UNIVERSIDADES SITES DE PESQUISADORES DA SUA REA PUBLICAES EM OUTROS PASES 9. FORA DA INTERNET BIBLIOTECAS TTULOS (INTRODUO / PARTE FINAL) LIVRARIAS PROFESSORES/COLEGAS 10. CONSELHO TIL 11. CONSTRUO DAS QUESTES DEPESQUISA Em toda pesquisa h questes que o pesquisadorquer responder que servem para nortear seutrabalho; Um problema de investigao a formulao maisprecisa que fazemos sobre o que queremosresponder ou explicar; Problema expresso na forma de pergunta; Todo projeto de pesquisa est composto de dvidas,mas tambm de conhecimentos previamenteconstrudos que vo servir de referncia investigao que nasce. 12. Pesquisa Para comear, o que pesquisa?Fazer pesquisa defender uma idia, fundamentando-a com bibliografias 13. Pesquisa Fazer pesquisa crescer profissionalmente eadquirir conhecimento; Pesquisa tem como objetivo proporcionar respostasaos problemas que so propostos; As diferentes reas do conhecimento tambmproporcionamdiferentespossibilidades,delineamentos e metodologias de elaborao depesquisas; Pesquisa cientifica engloba questes comoproblematizao, construo de hipteses, tipos oumodalidades de pesquisas. 14. Requisitos fundamentais paraqualquer pesquisa A formulao de um problema de pesquisa, isto ,um conjunto de perguntas que se pretenderesponder, e cujas respostas mostrem-se novas erelevantes terica ou socialmente; A determinao das informaes necessrias paraencaminhar as respostas s perguntas feitas; A seleo das melhores fontes dessas informaes; 15. Classificao de pesquisas Pesquisas Exploratrias; Pesquisas Descritivas; Pesquisas Explicativas; Pesquisa bibliogrfica; Pesquisa documental; Pesquisa experimental; Pesquisa ex-pos facto; Estudo de coorte; Levantamento; Estudo de campo; Estudo de caso; Pesquisa ao; Pesquisa participante. 16. CONSTRUO DAS QUESTES DEPESQUISA Conselhos teis na formulao das questoesde pesquisa: Fatores determinantes; Fazer relaes; Efeitos destas relaes; Caractersticas; Semelhanas; e Diferenas. 17. OBJETIVOSDA PESQUISADefinies: Objetivo uma etapa da pesquisa que indica e caracteriza o que o pesquisador tem em vista alcanar com sua investigao. (MEDEIROS,2010) So resultados que precisam ser alcanados para que se construa toda a demonstrao. Est vinculado ao desenvolvimento do ato de raciocinar.(SEVERINO,2007) Responde no projeto de pesquisa as perguntas: Por que? Para que? Para quem? 18. OBJETIVOS DA PESQUISAO Objetivo da pesquisa ocorre quando j foi formulado oproblema,pois define a natureza do trabalho,material a sercoletado e define o que o pesquisador pretende atingir com suainvestigao.Medeiros(2010) apud Lakatos(1996,p.22) ensina: todapesquisa deve ter um objetivo determinado para saber o quevai procurar e o que se pretende alcanar.(grifo nosso)Ex: Ser que as categorias ocupacionais (burocrticas e deproduo) e o status ocupados na estrutura organizacionallevam o empregado a possuir diferentes tipos de aspiraes?Objetivo: verificar os motivos especficos que influem e/oudeterminam as aspiraes dos trabalhadores em relao natureza organizacional e social da empresa industrial. 19. OBJETIVOS DA PESQUISAObjetivos Gerais e Objetivos Especficos: Os objetivos gerais definem o que o pesquisador pretende atingir com suainvestigao. Os objetivos especficos definem as etapas do trabalho a serrealizado para que se alcance o objetivo geral. So construdas com verbo no infinitivo.ex(s):Exploratria: conhecer,identificar,levantar,descobrirDescritiva: caracterizar,descrever,traarExplicativa: analisar,avaliar,verificar,explicar OBS:Estabelecer objetivos com preciso e conciso, para que sirva de guia de pesquisa. Discusses,reflexes ou debates no constituem objetivos No confundir objetivos pessoais com o da pesquisa 20. OBJETIVOS DA PESQUISAA Lei n 11.464/07 se aplica aos crimes hediondos e equiparados cometidos antes dasua entrada em vigor, tomando por base a deciso proferida pelo Supremo TribunalFederal acerca da inconstitucionalidade do art. 2, 1 da Lei n 8.072/90? Objetivo Gerald: Estudar os aspectos legais acerca da retroatividade penal, aplicando o citado dispositivo em relao a lei n 11.467/07 para crimes anteriores a sua vigncia. Objetivos especficos: Conhecer a progresso de regime dos crimes hediondos e equiparados diante da Lei n 8.072/90;Caracterizar o posicionamento do Supremo Tribunal Federal sobre a progresso dos crimes hediondos e equiparados antes da entrada em vigor da Lei n 11.46.4/07; Estudar acerca do controle de constitucionalidade difuso e concentrado previsto na Constituio Federal;Analisar as correntes Doutrinrias que tratam da retroatividade da Lei n 11.464/07.Lembre-se: objetivos vagos ou enunciados de forma defeituosaconduzem a pesquisa ao fracasso. Boa pesquisa! 21. AUTOR LEITOR OBJETIVOS 22. IMAGEM (AUTOR)IMAGEM(LEITOR) PERCEPODASIMAGENS 23. A presente investigao As mudanas recentes dofornece material emprico mundo do trabalho alimentamatinente congrunciadvidas sobre quais crenaspersistem entre as pessoas.pessoa-organizao, noUm estudo americanodomnio dos climasidentificou empiricamente aticos, satisfazendopersistncia de cincocritrios desistemas: tica no trabalho,comensurabilidade para as crenas organizacionais,duas entidades do crenas marxistas, crenasbinmio. humansticas e tica do lazer,e o fortalecimento do ltimo 24. TEXTO FINALAUTOR/LEITOR LEITOR/LEITORAUTOR LEITOR(IMAGEM + (IMAGEM + REALIDADE)REALIDADE)) 25. Plano de trabalho Ttulo; Ttulo pblico X Ttulo privado ndice; Produo; Planejar antes de escrever. 26. PLANO VERBAL DOS TEXTOS ACADMICO E SUAS DIFERENTES PARTES A estrutura do trabalho acadmico O trabalho acadmico apresenta uniformidade grfica econtempla sua estrutura subdividida em elementos pr-textual,textual e ps-textual. Constituem elementos obrigatrios daestrutura pr-textual: capa, folha de rosto, folha de aprovao,resumo na lngua verncula, resumo na lngua estrangeira esumrio. A estrutura comporta, opcionalmente: lombada,errata, dedicatria(s), agradecimentos, epgrafe, lista deabreviaturas e siglas, lista de ilustraes, lista de smbolos elista de tabelas. 27. Capa ObrigatrioLombada OpcionaisFolha de rosto ObrigatrioFicha catalogrfica OpcionaisErrataOpcionaisFolha de aprovao ObrigatrioDedicatria(s)Agradecimento(s)EpgrafeOpcionaisPR-TEXTUALResumo na lngua verncula ObrigatrioResumo na lngua estrangeira ObrigatrioLista de ilustraesOpcionaisLista de tabelasOpcionaisLista de abreviaturas e siglasOpcionaisLista de smbolos OpcionaisSumrioObrigatrio 28. TEXTUAL INTRODUO DESENVOLVIMENTO CONCLUSO 29. Referncias ObrigatrioGlossrioOpcionalPS-TEXTUALApndice(s)OpcionalAnexo(s) Opcional 30. Capa: A capa contempla as informaes indispensveis identificao dotrabalho, cujas informaes obedecem seguinte ordem: nome daUniversidade; nome do autor; ttulo; subttulo (se houver); nmero de volumes(se houver mais de um); ano de depsito (da entrega). Folha de rosto: A folha de rosto rene informaes indispensveis identificao do trabalho. Contempla nome do autor; ttulo principal do trabalho;subttulo (se houver, dever ser precedido por dois pontos); nmero devolumes (se houver mais de um); natureza (tese, dissertao, trabalho deconcluso de curso e outros); objetivo (aprovao em disciplina, graupretendido e outros); nome do curso e rea de concentrao; nome daUniversidade; nome do orientador e do co-orientador (se houver); local(cidade) da Instituio de Ensino onde deve ser apresentado; ano de depsito(da entrega). O texto relativo natureza do trabalho deve ser digitado emespao simples e alinhado no meio da pgina para a margem direita (recuoesquerdo de 7 cm). 31. Folha de aprovao: A folha de aprovao rene os elementosnecessrios aprovao do trabalho. No apresenta ttulo ouindicativo numrico. Contempla nome do autor; ttulo do trabalho esubttulo (se houver subttulo dever ser precedido por dois pontos);natureza (tese, dissertao, trabalho de concluso de curso e outros);objetivo (aprovao em disciplina, grau pretendido e outros); nome daUniversidade Anhembi Morumbi; nome do curso e rea deconcentrao; espao para indicao da data de aprovao; deixarespao para a assinatura de cada um dos componentes da bancaexaminadora antecedendo o nome, titulao e instituio a quepertencem: A data de aprovao e assinaturas dos membroscomponentes da banca examinadora so colocadas aps a aprovaodo trabalho (NBR 14724, 2005, p. 5). 32. Resumo na lngua verncula: O resumo tem a finalidadeespecfica de passar ao leitor uma ideia completa do teor dotrabalho. Deve informar de maneira clara e sinttica osresultados e as concluses mais relevantes, bem como o seuvalor e a originalidade. Trata-se da composio de um texto eno da enumerao de tpicos. Resumo na lngua estrangeira: Trata-se da verso do textodo resumo em lngua verncula para o idioma de divulgaointernacional (em ingls Abstract, em espanhol Resumen, emfrancs Rsum),