Nerd universe: Projeto de pesquisa

  • Published on
    23-Jul-2016

  • View
    213

  • Download
    0

DESCRIPTION

Briefing: Escolher uma empresa, identificar um problema de comunicao que ela tenha e solucion-lo por meio de uma pesquisa de mercado que envolva as tcnicas qualitativas de Desk Research, Grupo Focal e Entrevistas em Profundidade.

Transcript

  • Pontifcia Universidade Catlica do Rio Grande do Sul Faculdade de Comunicao Social

    Ellen Baldissera

    Helen Raphaelli

    Larissa Lunge

    Leticia Tonelo

    Marina Blanguer

    Projeto de Pesquisa:

    Nerd Universe

    Disciplina: Pesquisa de Mercado em PP I Professora Cludia Bromirsky Trindade

    Porto Alegre

    Junho de 2015

  • 2

    Sumrio 1. Nerd Universe: .................................................................................................................... 3

    1.1. Dados Internos e de Setor ........................................................................................ 3

    2. Problema de Pesquisa, Objetivos e Hipteses .............................................................. 5

    2.1. Problema: ..................................................................................................................... 5

    2.2. Objetivos: ..................................................................................................................... 5

    2.3. Hipteses: .................................................................................................................... 5

    3. Metodologia ......................................................................................................................... 6

    4. Dados Secundrios ............................................................................................................ 8

    5. Roteiro do Grupo Focal Nerd Universe ..................................................................... 12

    6. Roteiro Entrevistas Qualitativas: .................................................................................... 12

    7. Anlise dos Dados Coletados ........................................................................................ 13

    8. Plano de Aes ................................................................................................................. 26

    9. Anexos ............................................................................................................................... 28

  • 3

    1. Nerd Universe: 1.1. Dados Internos e de Setor

    O mercado no qual a empresa est inserida o de vesturio alternativo,

    ou seja, no se trata de roupas voltadas para a moda, mas sim daquelas voltadas s preferncias e gostos culturais do consumidor. A empresa se posiciona no mercado como vendedora de produtos de qualidade a preos acessveis, de te-mtica geek (seu principal foco) ou de cultura pop em geral (que inclui livros e filmes de grande sucesso da atualidade, como Divergente ou A Culpa das Estrelas), pelo meio virtual.

    A Nerd Universe entrou no meio de vesturio alternativo ao perceber uma brecha no mercado. Existiam poucas lojas que disponibilizassem artigos com temtica geek no Brasil e, em sua maioria, eram apenas fsicas e de custo alto, pelo fato de os produtos venda serem importados e no fabricados no Brasil. Isso constitua um mercado de competio inexpressiva, pois a Nerd Universe entraria no mercado com produtos de qualidade similar, mas de preos muito inferiores aos de seus concorrentes, que eram poucos. Todavia, notou-se que os clientes das lojas temticas no se importavam com os elevados preos das empresas do mercado e compravam muitos artigos, por estes serem personali-zados e at mesmo fazerem parte de sua identificao como participantes do universo nerd. Alm disso, as barreiras entrada de novos participantes no mercado so baixas e a ameaa de produtos substitutos igualmente baixa. A partir da assimilao desses fatores, em 2012, o CEO da empresa percebeu que poderia facilmente entrar e se destacar no mercado de vesturio alternativo, o qual possua uma brecha. Alezi Goulart, o CEO, aproveitou a oportunidade que o ambiente oferecia para criar uma loja geek nacional, com produtos de quali-dade e preos acessveis, que operasse pelo meio virtual (o qual possui custos mais baixos do que lojas fsicas). Em quatro meses, a firma quadriplicou seu faturamento. A Nerd Universe no tinha preocupaes com concorrentes diretos, sendo sua principal dificuldade a existncia de competidores muito fortes fora do pas, os quais representam concorrncia indireta para a marca, por apresenta-rem pblico-alvo um pouco distinto (de classe social um pouco mais elevada, preferindo importar a comprar produtos nacionais).

    A Nerd Universe em sua pgina do Facebook possui mais de 570 mil cur-tidas, possuindo tambm contas no Instagram e Twitter. Por enquanto, a em-presa atua apenas em territrio nacional, tendo como meta a exportao entre os anos de 2015 e 2016. Sua comunicao reproduzida nas redes sociais e no site, j que a empresa no possui loja fsica, apenas o e-commerce. O CEO acredita que a partir de promoes nos sites, seus clientes iro reproduzir o nome da marca atravs do buzz marketing (o famoso boca-a-boca), fazendo com que muitas pessoas se inscrevam nas tais promoes e visitem o site, onde po-dem comprar os produtos. A marca costuma usar fotos de seus clientes junto com o que eles compram, para divulgar seus produtos e a felicidade do compra-dor. Tambm junto com seus produtos, a empresa envia um carto colecionvel de um total de doze, junto com outro que contm o nome do cliente escrito mo, aproximando bastante a marca com o consumidor. Alm disso, a empresa costuma fazer pesquisas no site e no Facebook. A ltima que fizeram foi para descobrir como est a cultura pop no Brasil, obtendo mais de 500 respostas. Em questo de vendas, para a Nerd Universe, o Rio Grande do Sul est na posio

  • 4

    de 4 Estado com mais vendas, vindo depois do Distrito Federal, Rio de Janeiro e So Paulo, sendo que o ltimo tem 60% do faturamento. Eles j participaram de eventos como Anime Extreme, onde puderam ter um contato fsico com o seu pblico-alvo, possuindo, durante o evento, um ponto de venda, tendo a ex-perincia de interagir com o pblico.

    Seus principais produtos so camisetas, moletons e casacos personali-zados com estampas do mundo geek e pop, assim como cartas, jogos de tabu-leiro, figuras de ao/decorao, brinquedos, canecas, objetos (colares, anis), luminrias, luvas de cozinha, mscaras, mscaras de dormir, dados, tigelas, al-mofadas, chaveiros, etc.

  • 5

    2. Problema de Pesquisa, Objetivos e Hipteses

    2.1. Problema: Como a Nerd Universe poderia estabelecer um relacionamento

    mais prximo com os seus clientes? 2.2. Objetivos:

    Investigar motivaes que fariam o cliente se aproximar ainda mais da marca;

    Analisar o perfil/preferncias do consumidor, seus principais inte-resses e o que se aproxima disso, para refletir no ambiente mercadolgico da

    empresa, tendo a possibilidade de adicionar produtos ou servios que interes-

    sem ao pblico consumidor.

    2.3. Hipteses: A Nerd Universe ter uma interao maior com seus clientes a partir de

    concursos de estampas e desenvolvendo campeonatos de jogos (com seu ga-

    nhador premiado), promovidos pela marca em eventos geeks, alm de montar

    estandes em Comic-Cons estabelecidos no pas. J que na grande maioria, es-

    tes eventos so divulgados em blogs nerds e tendo em vista a influncia que

    blogueiros trazem, o perfil nerd faria com certeza parte desses eventos que a

    Nerd Universe estaria participando.

  • 6

    3. Metodologia

    Para que os objetivos fossem atingidos e o problema fosse solucionado,

    foram realizadas tcnicas de pesquisa qualitativas O objetivo de uma pesquisa

    qualitativa (exploratria) desenvolver, esclarecer e modificar conceitos e ideias.

    Nesses tipos de pesquisas, as perguntas do roteiro elaborado so flexveis e

    usadas apenas como um guia, podendo o pesquisador alter-lo dependendo do

    andamento da pesquisa. As tcnicas utilizadas foram as de Desk Research, de

    Grupo Focal (Grupos de Discusso) e de Entrevista Qualitativas (Levanta-

    mento/Pesquisa em profundidade).

    Para entender o ambiente em que se insere a Nerd Universe, foi feita uma

    Desk Research (pesquisa de dados secundrios). Foram pesquisados concor-

    rentes e sua atuao, constituindo o microambiente e os ambientes demogrfico,

    sociocultural,

    A tcnica de grupo focal consiste em uma forma de pesquisa qualitativa

    em que um grupo de 8 a 12 pessoas, que correspondam com o pblico-alvo da

    empresa analisada, so selecionadas por recrutadores para discutir sobre deter-

    minado assunto. As questes norteadoras para a discusso dos integrantes so

    previamente formuladas e tm a finalidade de entender a percepo do pblico-

    alvo da empresa analisada, para melhor solucionar seu problema de pesquisa.

    Os moderadores (que so de nmero de um ou dois) so os responsveis por

    levantar tais questes e nortear a discusso, e, por isso, devem ter imparciali-

    dade (para no influenciar ningum), escuta ativa e raciocnio rpido, para con-

    seguir rapidamente detectar uma informao importante nas respostas dos con-

    sumidores e explor-la.

    No dia 15 de maio de 2015, foi realizado um grupo focal pelo presente

    grupo, na Faculdade de Comunicao Social (FAMECOS) da Pontifcia Univer-

    sidade Catlica do Rio Grande do Sul (PUCRS) para entender como , sob a

    tica dos clientes e futuros consumidores da Nerd Universe, o relacionamento

    da marca com seu pblico-alvo, o jovem nerd, entre 18 a 34 anos. O grupo con-

    tou com oito integrantes que fazem parte do perfil de jovem nerd e que pos-

    suem afinidade com a marca. Utilizamo-nos de duas moderadoras para a orien-

    tao do grupo, o qual foi filmado e gravado para a presente anlise e discusso

    sobre o problema.

    A entrevista qualitativa a modalidade de pesquisa em que uma pessoa

    questionada individualmente por um entrevistador, em forma de um bate-papo

    (pergunta - resposta). Os questionamentos buscam o entendimento de como o

    entrevistado v determinado assunto e o seu conhecimento a respeito dele. A

    tcnica de entrevista qualitativa se diferencia das outras por buscar respostas

    completas e detalhadas a partir de perguntas feitas a apenas uma pessoa (por

    entrevista) e, por isso, necessrio que o perfil do entrevistado seja extrema-

    mente selecionado, de acordo com suas caractersticas, preferncias e conheci-

    mentos. O principal objetivo dessa modalidade gerar discusses a respeito do

    tema da pesquisa e promover, desse modo, uma viso mais ampla e profunda

  • 7

    acerca dele, a fim de buscar ideias ou conhecimentos necessrios para solucio-

    nar o problema de pesquisa formulado.

    Foram realizadas duas entrevistas qualitativas para a presente pesquisa.

    As pesquisas foram feitas com dois jovens que admiram o universo nerd, uma

    mulher, de 19 anos, e um homem, de 20 anos. As entrevistas duraram cerca de

    30 minutos e foram feitas em locais escolhidos pelos entrevistados. A partir da

    juno da anlise das entrevistas e do grupo focal, buscam-se respostas e solu-

    es para o problema de pesquisa relacionado ao relacionamento da marca Nerd

    Universe com o seu cliente

  • 8

    4. Dados Secundrios

    4.1. Ambiente demogrfico: Jovens e jovens adultos, de classes B e C, que

    esto antenados no mundo de sries, jogos e filmes considerados

    nerds, dispostos a pagar um pouco mais por produtos personalizados

    e exclusivos, so o pblico-alvo da Nerd Universe. Segundo a ABIT

    (Associao Brasileira da Indstria Txtil e de Confeco) numa pes-

    quisa de usos, hbitos e costumes do consumidor, dentre 240 entrevis-

    tados (de acordo com o pblico-alvo), 74% deles costumam usar inter-

    net diariamente, 32% diz j ter comprado pela internet e 140/240 paga-

    riam um pouco mais para ter um design diferenciado. Outra pesquisa, de 2014, da BI Intelligence e da Forrester, os consumidores na faixa

    dos 18 aos 34 anos so o grupo que mais consome online, gastando

    em propores maiores do que em lojas fsicas em anos anteriores.

    4.2. Ambiente sociocultural: O pblico consumidor de produtos com a tem-tica nerd cresceu de forma acentuada no ltimo ano, com o avano da tecnologia investida em jogos, novas plataformas foram criadas e com o sucesso da saga Harry Potter e de sries como The Big Bang The-ory, motivou os fs a comprarem seus produtos. O jovem desde sem-pre tem necessidade se sentir parte de um grupo para criarem uma identidade e ser aceito na sociedade, por medo de se sentirem inferio-res e/ou rejeitados. O conceito de tribo urbana (subdivises da cultura social nos centros urbanos) se aplica a esta situao, em vista que os jovens que so nerds tendem a se relacionar com esse mundo, onde esto includos jogos online e off-line especficos, eventos de cosplay, animes, alguns filmes e livros, etc. Porm, com a globalizao, nota-se que essas tribos urbanos tendem a se misturar, como por exemplo o punk e o skatista, que resultam juntos uma nova tribo, a skapunk. As-sim tambm funciona com a tribo nerd, onde pessoas que possuem essas preferncias, tambm possuem outras caractersticas, como gostar de futebol, por exemplo, ou ser baladeiro, e assim por diante.

    4.3. Ambiente econmico: Atualmente, a populao brasileira est muito

    pessimista quanto economia do pas. Uma pesquisa do Instituto Ibope, realizada em 141 cidades, revela que 36% dos brasileiros esto pessimistas em relao ao futuro do pas, e outros 12% esto muito pessimistas. O ndice de inflamao alta deixa as pessoas preocupa-das com o futuro. Assim, os brasileiros esto optando por cortar gastos. Segundo o G1, tendem cortar primeiro os suprfluos, como as roupas, por vezes optando por comprar no exterior. Isso afeta diretamente a Nerd Universe, em vista que a marca vende mais por gostos e prefe-rncias do que por utilidade. A alta tambm reflete nos preos dos pro-

  • 9

    dutos vendidos na loja, podendo gerar um baixo ndice de vendas, fa-zendo com que os clientes associem o preo marca, e no ao mer-cado que est em constante mudana.

    4.4. Ambiente natural: A indstria txtil uma das quatro que mais conso-mem recursos naturais. No Brasil, 25% de todo agrotxico usado para agricultura usado para cultura de algodo comum, ou seja, cada quilo de algodo colhido levou 1,25kg de agrotxicos. O que leva a muitas pessoas adotarem o uso do algodo orgnico, que pode estar repre-sentado por apenas 1% da fibra produzida no Brasil, levando em conta que existe uma lista vasta de agrotxicos que pode ser usado. Como a Nerd Universe utiliza de camisetas 100% algodo, isto pode se tornar um problema. A empresa tem sua demanda de acordo com estaes do ano, no caso de camisetas para primavera/vero e moletons para outono/inverno, por exemplo.

    4.5. Ambiente tecnolgico: A marca possui e-commerce e Facebook, para divulgar os produtos que a loja oferece, as condies de pagamento, as promoes existentes e tudo que atraia mais consumidores. Alm de utilizar as ferramentas da internet para criar enquetes e question-rios, para que se demonstre de forma precisa o que o comprador est procurando. Isto j um avano, na medida em que a empresa possui apenas comunicao via internet e telefone. Utilizam a tecnologia das roupas: Camisetas fio 30 penteadas 100% algodo; Moletons 3 cabos; regatas e manga cadas em viscolaicra; de todas impresses so feitas em Serigrafia/Silk Screen. No Brasil, a empresa Epson lanou no ano passado uma nova tecnologia de impresso de camisetas que imprime direto no tecido, sem a necessidade de tranfers, com mais qualidade e utilizando uma quantidade de tinta menor que no silk, utilizada pela Nerd Universe.

    4.6. Ambiente poltico-legal: a empresa Nerd Universe est submetida s leis que englobam a indstria txtil e as condies gerais de venda para um site e-commerce, tais como o Cdigo do Consumidor, Cdigo Civil e Cdigo Comercial. Por exemplo, devem possuir obrigatoriamente no site do e-commerce: Razo social, endereo da empresa, endereo de e-mail, nmero de telefone, nmero de registo no RCS ou o Diretrio das profisses, Nmero Individual de Identificao Fiscal, condies de compra on-line (pedido), termos da ordem dos pedidos (on-line, atravs da criao de um espao cliente, por telefone, correio, etc.), o registro do pedido e as razes que podem invalid-lo, condies de pagamento, meios de pagamento aceitos, regras que regem o pagamento em v-rias parcelas, modo de garantia de pagamento, frete e prazo de en-trega, resumo do pedido preos com todas as taxas includas sobre o

  • 10

    fornecimento de produtos e servios, informaes claras sobre garan-tias, servios e condies aps venda, condies de resciso do con-trato, regras relativas s mudanas de preos dos produtos, especificar as regras de validade e aplicaes de ofertas especiais (exemplo: pro-moes).

  • 11

    < www.facebook.com/jovemnerd>

    < www.facebook.com/LojaMundoGeek>

    < http://www.nerdstore.com.br/>

  • 12

    5. Roteiro do Grupo Focal Nerd Universe

    Problema: Como a Nerd Universe poderia estabelecer um relacio-namento maior com o seu cliente geek, visto que h fortes concorrentes diretos no mercado?

    Pblico-Alvo: Jovens entre 18 e 30 anos consumidores da Nerd Universe.

    Tempo: 30 a 40 minutos.

    1. Como a sua relao com a marca? Voc acha importante manter uma

    relao? Acompanha suas publicaes nas redes sociais? Curte, com-

    partilha, interage?

    2. Voc costuma se envolver quando a marca prope atividades, como en-

    quetes?

    3. Voc, depois da compra, percebeu alguma relao ps-venda da

    marca?

    4. Nas suas horas vagas suas principais atividades so _________. (Jo-

    gos, Ler, Filmes, Festas > relacionadas ao mundo geek Explorar)

    5. Voc costuma acompanhar as novidades do mundo nerd, como lana-

    mentos de filmes e jogos? O qu (que tipo de filme/jogo/HQ/Musica)?

    Onde?

    6. Costuma frequentar eventos do mundo nerd?

    7. Que formas gostariam de interagir com a marca? (eventos, concursos)

    8. Que tipo de atividades e com que frequncia?

    9. O que vocs acham de uma competio de jogos promovida pela Nerd

    nesses eventos? Participariam?

    10. Nas redes sociais, que tipo de contedo voc gostaria de ser desenvol-

    vido? (blog de moda de como usar as roupas, dicas de filmes com opor-

    tunidade de dar sua opinio, debates)

    11. Gostaria que a marca promovesse um contato fsico maior, fora da inter-

    net? (como festas geeks, encontros para debater temas especficos)

    12. Quais so os produtos que vocs gostariam de comprar, que no cos-

    tuma ter a venda nas lojas de artigos nerds?

    6. Roteiro Entrevistas Qualitativas:

    Rela

    o e

    ntr

    e

    marc

    a e

    clie

    nte

    Perf

    il/Pre

    fer

    nci

    as

    In

    tera

    o

  • 13

    O esteretipo do nerd mudou!

    1. Como voc se descreveria, em relao ao seu estilo e preferencias?

    2. Como as pessoas te veem?

    3. O que voc costuma fazer nas horas vagas?

    4. Quais lojas de vesturio tu costuma frequentar?

    5. Digamos que um dia tu precise receber ou dar um presente para um

    amigo tu costuma comprar o que?

    6. Para voc o que torna uma pessoa nerd? So os hbitos, o modo como

    veste, etc?

    7. Para voc como a percepo das pessoas em relao a esse universo

    e a essas pessoas?

    8.Qual a sua relao com o universo nerd, mesmo no possuindo/pos-

    suindo pouco deste esteretipo?

    9. Voc gosta do universo nerd?

    10.Como voc v esse universo?

    11.O que mais gosta nele?

    11.1.Quais seus filmes preferidos?

    11.2.Gosta de jogo de vdeo games? Quais?

    11.3.Tu ls quadrinhos?

    12.Tu compras objetos (caneca, roupa, boneco, etc.) nerds? O que?

    13.Para ti qual a coisa mais nerd que tens?

    14.Prefere loja fsica ou online?

    15.Como seu relacionamento com as marcas em geral?

    16.Qual, em sua opinio, seria o relacionamento ideal entre marca e

    cliente?

    17.Tem alguma marca em que tu achas legal a relao com o cliente?

    18.Em relao s lojas nerds, como elas tratam as pessoas sem esse

    esteretipo do nerd, mas que consomem produtos desse universo?

    19. E como voc trata essas marcas? Tu te envolves com o site, p-

    gina do facebook, etc.?

    20.Como seria, para voc, o relacionamento ideal dessas marcas com

    seus clientes e possveis clientes?

    7. Anlise dos Dados Coletados

    Com

    o a

    pess

    oa

    O

    que

    um

    nerd

    ?

    Rela

    o c

    om

    univ

    ers

    o

    nerd

    Rela

    o N

    U, co

    mo

    melh

    ora

    r?

  • 14

    O grupo focal realizado no dia 15 de maio de 2015, s 20:30, na sala 303,

    na Faculdade de Comunicao Social da PUCRS (Famecos). Por se tratar de

    uma atividade para o mbito educacional, a atividade foi realizada em sala de

    aula e no em uma sala de espelho, que seria a mais indicada para a situao.

    O grupo focal reuniu quatro meninos e quatro meninas entre 18 e 24 anos, sendo

    trs clientes e cinco potenciais consumidores, que conhecem a marca, identifi-

    cam-se com ela e seus produtos, entretanto, no efetivaram a compra por alguns

    motivos, que ficaram expostos na anlise.

    Buscando resposta para o problema: Como a Nerd Universe poderia es-

    tabelecer um relacionamento mais prximo com os seus clientes?, buscamos

    participantes que tivessem o perfil do cliente da Nerd Universe, ou seja, o jovem

    nerd, para entender como eles veem a marca e como seria o relacionamento

    ideal da marca com eles. Os jovens nerds, entre 18 e 24 anos, Ingrid, Robson,

    Matheus, Samuel, Emanuelle, Paula, Max e Josi responderam s perguntas fei-

    tas pelas moderadoras Larissa Lunge e Helen Raphaelli. Para chegar a solues

    para o problema, as perguntas foram divididas em 3 blocos: Relao da Nerd

    Universe com o cliente, Perfil e as preferncias dos entrevistados e Formas de

    melhorar a interao da marca com seu pblico-alvo.

    Questionados a respeito da sua atual interao com a loja virtual, os par-

    ticipantes explicitaram o quanto importante a marca manter-se ativa nas redes

    sociais, mantendo as postagens sobre os produtos, mas tambm sobe o uni-

    verso nerd como um todo, como que conversando na mesma linguagem do

    consumidor, o que pode ser percebido a partir das seguintes citaes: A marca

    conversa muito contigo, no s a imagem atrai, mas o jeito como publicam, Em

    vrias postagens eles apresentam um contedo que tem a ver, que est em alta,

    personagens, seriados em alta. Chama a ateno porque algo que se est

    gostando. E tambm se tem um produto bacana, tu te interessas pelo link, entra

    para ver preo, namorar mais um pouco e Compartilhar fotos das pessoas

    usando, legal. Os participantes do grupo focal tambm explicitaram a impor-

    tncia do buzzmarketing, a propaganda boca-a-boca, mesmo nesse meio virtual:

    No meio virtual, tu v outras pessoas, que gostam das mesmas coisas que tu;

    tu v o que os amigos compartilharam, curtiram. H a tendncia de prestar mais

    ateno, porque o teu amigo que est postando, curtindo, compartilhando (e

    no uma marca) e Os ciclos de amizades so meio padronizados, ento certo

    nmero de amigos tm os mesmos gostos que tu. Ento, tu no v a marca pela

    comunicao do site em si, mas pelo prprio compartilhamento que algum amigo

    teu fez sobre ela.

    Os participantes tambm apontaram a internet como uma forte fonte de

    informaes a respeito do universo nerd, principalmente no tocante a lanamen-

    tos. No grupo focal, um integrante afirmou passar mais tempo vendo trailers das

    novidades do mundo nerd do que indo no cinema, enquanto outro complementou

    dizendo que usa muito as redes sociais para acompanhar as novidades, inclu-

    indo os portais de notcias, sendo que as lojas nerds, como a Nerd Universe,

    devem sempre estar antenadas para essas novidades.

  • 15

    A partir da anlise do grupo focal, pde-se perceber que, na verdade, o

    relacionamento cliente-marca muda de acordo com o perfil do cliente. A marca

    publica o mesmo contedo para todos os seus clientes, mas a interao que o

    cliente estabelece com a marca muda de pessoa para pessoa, sendo difcil es-

    tabelecer um padro de comportamento para o cliente. Como exemplo, no grupo

    focal, teve-se respostas que foram desde No tenho muito o costume de intera-

    gir com as marcas, s fico olhando mesmo, at Quando aparece algum post de

    personagem que eu gosto, costumo curtir para depois conseguir achar o produto,

    e tambm costumo marcar muito o perfil dos amigos, namorado, famlia. Tanto

    produtos que eu achei legal e gostaria de ganhar, da tambm j mando uma

    indireta, ou produtos que eu acho que eles gostariam.. importante para a

    marca manter o relacionamento em alta com todos os perfis de clientes, mas ela

    deve entender que certos consumidores no tendem a responder ou participar

    muito, por mais que gostem dos contedos postados pela marca.

    Para entender melhor o pblico com o qual estamos tratando, questiona-

    mos aos jovens nerds quais suas preferncias e hobbies. AS respostas que re-

    cebemos foram: ver sries, ver filmes, ir ao cinema, ler (livros e quadrinhos) e

    jogos, e, fugindo ao perfil do nerd, eles tambm responderam que gostam de

    dormir, sair para beber e ir para festas. Segundo um dos participantes, Nerd

    tambm tem namorada, tambm bebe, sai, se diverte, mostrando que os inte-

    resses de um nerd no apenas se restringem ao universo nerd.

    Quando perguntamos seus maiores interesses dentro do universo nerd,

    houve uma surpresa: os participantes afirmaram que esse universo no homo-

    gneo. H diferentes interesses entre os nerds, mesmo que todos estejam den-

    tro de um mesmo universo cultural. Cada nerd completamente diferente do

    outro, sendo que os gostos de cada um deles dependem de suas caractersticas,

    perfil e preferencias. Ou seja, o universo nerd possui vertentes, sendo que pode

    englobar nerds de todas as idades e preferncias. Alguns dos participantes do

    grupo focal explicaram a diferena entre essas vertentes a partir de exemplos

    pessoais, como pode ser verificado nas citaes: Tm vertentes, sabe? Eu

    gosto de super-heris, mas no gosto de Star Wars. Depende das vertentes. Pra

    quem tem pelo menos 24 anos, vai lembrar da Tv Machete, que passava Cava-

    leiros do Zodaco. Quando eu assisto Cavaleiros do Zodaco hoje em dia, fico

    muito feliz, pois eram coisas da infncia. Parte do universo nerd em si tinha muito

    da cultura japonesa. Era uma coisa que eu gostava quando eu era criana, e

    continuo gostando. O pessoal mais velho hoje em dia continua gostando. e Isso

    (os interesses dentro do universo nerd) depende muito, quando eu era mais

    novo, gostava mais de cultura japonesa, ia nos eventos de anime e tal. E depois,

    no achei mais graa. A comecei a gostar de outras coisas, ento a partir do teu

    crescimento, as tuas vertentes e gostos vo mudando, mas no necessaria-

    mente tu tenhas que deixar de curtir o universo nerd. Uma loja nerd, portanto,

    deve se posicionar, sendo que deve optar por ser uma loja de apenas uma ver-

    tente ou ser uma loja nerd completa, possuindo produtos de todas as vertentes,

    no decepcionando nenhum de seus clientes nerds.

  • 16

    Buscando maneiras de como a Nerd Universe poderia estabelecer uma

    interao entre a marca e o cliente na qual o ltimo acharia interessante, gerando

    receita para a primeira, os participantes foram questionados a respeito da inte-

    rao ideal. Uma das integrantes do grupo comentou que seria interessante que

    a marca tivesse estandes em eventos como o Anime Extreme. Foi dito por outro

    integrante (e comprovado em uma pesquisa feita a respeito da marca) que, na

    verdade, a marca j possua. A primeira, ento, rebateu dizendo: Seria interes-

    sante se a marca promovesse mais, porque eu nunca ouvi falar, e apoiada por

    outra integrante: Se eles participam, eu no sei. Deveria ter uma comunicao

    maior disso nas redes, para os clientes que vo nos eventos saberem que ela

    est l pra poder procura-la, e tambm para os clientes que no foram nos even-

    tos e nem viram a loja l saberem que ela estava presente. Sendo assim, uma

    maior comunicao sobre a participao da marca nesses eventos seria uma

    boa estratgia de marketing. Os clientes afirmaram que seria interessante a par-

    ticipao da marca em eventos, mas poucos sabem que a marca realmente est

    l. Uma melhor comunicao do fato de a Nerd Universe estar nesses eventos

    aumentaria a receita e a imagem positiva da empresa e a satisfao dos clientes.

    Outra interao da marca com seus clientes que os participantes do grupo

    afirmaram que gostariam muito seria a realizao de concursos nerds. Concurso

    de desenhos, de games e tambm relacionados com pocas do ano, como por

    exemplo, no Natal. Segundo um dos participantes do grupo focal, Campeonatos

    seriam legais. Pra quem jogador, pra quem gosta de msica ou desenho. Pra

    aqueles que gostariam de algo profissional e tambm pros que vo l s para

    assistir e se divertir igual. Quanto mais eventos uma empresa fizer, mais atrai

    mais publicidade. Os concursos de estampas foram os primeiros a serem cita-

    dos: Acho que eles fazerem eventos no teria tanto a ver com a marca, mas

    fazer um concurso... A sim! Tem muita gente que desenha, que colabora. Seria

    legal fazer um concurso assim, de desenho e estampas, pelo menos uma vez ao

    ano. legal valorizar os fs que fazem esse tipo de arte; Era legal fazer um

    concurso assim: eles do uma srie, um filme, como um tema. Quem ganhar,

    ganha uma camiseta com o desenho que ele fez de estampa, seguidos pela

    ideia de Trabalhar com datas, no natal, por exemplo, fazer um concurso nata-

    lino, esse tipo de coisa.

    Quando questionados, os participantes expuseram sua opinio a respeito

    da realizao de concursos de games: Esse mercado de games est muito

    grande (estourando) no Brasil, o A Sports (esportes eletrnicos) e muita gente

    vai se profissionalizando, se aposenta muito cedo, muito dinheiro. Acho legal

    explorar isso.; Em Porto Alegre, no tem eventos de League of Leagends e tem

    muita gente, tipo vrios amigos meus, que gostariam de ver, por exemplo, joga-

    dor brasileiro. Eles podiam fazer uma fora para trazer esse jogador em even-

    tos dele. Todavia, a ideia da realizao de eventos de games encontrou certa

    resistncia: No sei se seria pertinente promover esse tipo de evento com jogos,

    pois a marca no possui muitos produtos referentes a jogos online. Tem alguma

    coisa relacionada a animes, mas tem bem mais produtos de sries e filmes.

    Talvez outro tipo de evento seria melhor, algum que fosse mais voltado a filmes

    e sries. Em contrapartida, outro integrante comentou que Para a prpria marca

  • 17

    ela pode pegar um patamar diferenciado. Por enquanto ela no tem de anime,

    daqui a pouco ela comea a vender; vai ver o pessoal gosta disso e comea a

    comprar. Acredito que quanto mais a marca se diversifica, num parmetro que

    ela continue pegado um pessoal nerd, que o princpio da marca, favorvel

    para ela., mostrando que o fato de a marca no vender objetos de games no

    um obstculo, pois ela pode expandir seu portflio a qualquer momento.

    De um modo geral, a ideia de a marca promover concursos e participar de

    eventos foi bastante aceita. Embora no sejam todos os nerds que gostem de

    participar desses concursos ou de frequentar esses eventos (como comentado

    anteriormente, a interao que o cliente estabelece com a marca muda de pes-

    soa para pessoa, porque isso uma questo do perfil de cada um, sendo que

    alguns participariam e outros no se sentiriam vontade em participar), todos os

    integrantes, mesmo aqueles que no participariam, demonstraram que a intera-

    o e a preocupao da marca com o cliente sempre benfica, como compro-

    vado pela citao de uma das participantes: Eu no iria. Mas isso eu, EU no

    gosto desse tipo de coisa. Mas acho muito legal e interessante para marca, por-

    que eu sei que tem muita gente que participaria e tambm todo mundo passa a

    ver a marca com outros olhos, como uma marca amiga do cliente, inclusive eu.

    Ao final do grupo focal, todos demonstraram a importncia e o peso que

    uma loja fsica tem para uma marca. No grupo, cinco participantes so fs da

    marca, mas nunca compraram dela. Aliado ao preo elevado, a ausncia de uma

    loja fsica torna-se um dos principais fatores para os fs da Nerd Universe no

    comprarem dela. Esse fenmeno pode ser percebido a partir das citaes dos

    integrantes do grupo de como uma loja fsica faz falta: Eu sinto falta de pegar,

    sentir, provar antes de comprar. Faz muita diferena, Loja fsica muito impor-

    tante. Tu tens contato com o produto, tu sabes como ele , no a mesma coisa

    que olhar a foto, Sinto mais falta na hora do tamanho, nunca sabe se o tamanho

    P, se PP, se M. A confeco em si muda de uma marca pra outra e Loja

    fsica bom para ter em pontos especficos, como em eventos. As pessoas com-

    pram porque esto ali, uma coisa legal que tu curte e t ali pra quando tu qui-

    ser.

    Como ltimo fator chave para um bom relacionamento da marca com o

    cliente e a satisfao total deste, os participantes citaram a questo de a marca

    ouvir o que os clientes tm a dizer. E os clientes tm bastante a dizer, seja em

    relao ao design dos produtos: Seria legal se desse pra pedir estampas sobre

    tal personagem; porque, quando tu vai procurar, tu procura muito sobre um per-

    sonagem que tu gosta e no um que todo o mundo gosta. Por exemplo, um

    monte de gente gosta do Super-homem, e tem um monte de coisas sobre o Su-

    per-homem, mas quando tu vai procurar um personagem que tu curte e que no

    to famoso, tu achas s uma caneca ou um chaveiro. Podia pedir um design,

    que fosse mais o teu gosto; variedade de vertentes do universo nerd vendidas

    na loja: Tem um pessoal que curte sries que so mais populares fora do Brasil

    e essas pessoas no encontram produtos da sua srie favorita que no faz su-

    cesso no pas. Ento, acho que a marca poderia pesquisar mais nesse sentido:

  • 18

    Vocs curtem tal coisa? O que vocs pensariam se ns trouxssemos mais coi-

    sas dessa srie ou desse desenho pra vender na loja?; ou sugestes para a

    loja num geral: Acho bom o relatrio de opinio, que depois da compra o cliente

    preenche dizendo o que achou, sugestes. Acho fcil de responder e ajuda

    muito! Quando vou comprar algo, sempre pesquiso essas opinies que esto

    nos sites.

    A partir da anlise do grupo focal, pode-se perceber que o universo nerd no pertence apenas queles que se consideram nerds. Matheus, um dos inte-grantes do grupo, comentou que porque quem me apresentou a marca foi a minha namorada e ela no nada nerd, mas ela gostou das camisetas., mos-trando que os no-nerds podem se interessar pelo universo nerd e acompanhar suas novidades. A partir da percepo de que o universo nerd no apenas para nerds, buscamos entender como se comportam pessoas que acreditam no ter o perfil nerd, mas que participam e se identificam com esse universo. Para tanto, realizamos duas entrevistas em profundidade, uma com um menino e outra com uma menina.

    Para entrevistar pessoas de perfil no-nerd, necessrio que se defina

    o que um nerd. Segundo a entrevistada do sexo feminino, Jlia Dullius, de 19 anos, o perfil do nerd clssico definido pelo Aspecto mais visual, todas essas coisas (os hbitos, o modo como ele se veste, as coisas que ele faz) colaboram, porque tipo tu v uma pessoa com suter de losango, com culos, cheia de es-pinha na cara, com um gibi embaixo do brao, essa pessoa com certeza nerd. Segundo o entrevistado do sexo masculino, Bernardo Weber, 20 anos Hoje a gente tem vrios conceitos de nerd, daqui a pouco, tu te refere a algum ah, fulano nerd, porque o cara estuda muito e ao mesmo tempo tu te refere ah, fulano nerd, porque fica jogando RPG o dia inteiro (...) ento eu diria que, existem caractersticas que so atribudas a nerd e no um conceito de nerd em si. Ento dessas caractersticas, eu pontuaria algum que muito aplicado na faculdade, colgio; enfim, vai ser classificado/ taxado como nerd, algum que fica jogando esses jogos, a galera que assiste anime, que o meu caso, por exemplo, eu assisto. Ento por essa caracterstica eu seria taxado dessa forma, nerd tambm seria um cara isolado, um cara que no vai muito a festa. A partir do cruzamento dessas informaes, construmos um perfil que o clssico do nerd: uma pessoa tmida, estudiosa e aplicada (geralmente usando culos, usando bluso de losangos e com espinhas na cara) e que tem gostos especfi-cos, que giram em torno de quadrinhos, animes, jogos, heris, sries como The Big BangTheory e filmes como Star Wars, se isolando de qualquer coisa que fuja a esse universo, como por exemplo festas ou esportes.

    Os entrevistados passam longe do perfil do nerd clssico. Jlia afirma que

    seu estilo e preferncias, num geral, so bem femininos: Para ser bem sincera eu acho que sou bem guriazinha, na maioria das vezes pelo menos, porque, por exemplo, minha mochila de florzinha, minha cala de oncinha, meu estojo de bolinha, ento eu gosto, muita coisa assim feminina. Ela comenta que, nas horas vagas gosta de passear, fazer compras (Eu gosto de frequentar a Forever 21, desde antes dela abrir em Porto Alegre, eu tambm gosto, na verdade no o que eu gosto, mas que as vezes no tem muita opo n, ento eu uso C&A,

  • 19

    Marisa, Renner, Riachuelo, que mais. que nem eu disse, o que o meu di-nheiro banca eu uso, entendeu!), sair com as amigas, festa, fazer as unhas, ler, ver sries e filmes e cozinhar em casa. Analisando seu perfil e preferncias, po-demos perceber que Jlia distancia-se do perfil clssico do nerd e aproxima-se bastante do que pode ser considerado um estilo patricinha (segundo o dicion-rio de portugus, o termo uma gria que remete a uma mulher que na maioria das vezes ama cor-de-rosa, bem cuidada e tem uma tima autoestima. Nor-malmente so adolescentes, ou esto na faixa dos 20 anos e andam em grupos, com outras moas que compartilham os mesmos gostos. Para ser patricinha no necessrio ter uma classe social elevada apesar da imagem que foi criada devido aos filmes americanos assim como no existem apenas patricinhas loiras Jlia, por exemplo). Ela mostra que seu estilo prximo de patricinha contribui para a imagem que as pessoas tm dela: Para muitas pessoas eu acho que devo passar a imagem de certinha, porque eu sou bastante focada em certas coisas, nem tudo, e que eu sou quieta em algumas situaes, mas que seu jeito e seus interesses vo alm da imagem que passa: Para quem me conhece eu sou um pouco assim fora da casinha e eu tenho gostos bem peculiares, gosto de coisas que caras gostam tipo futebol americano, e tipo Homem de Ferro, o que que eu posso fazer se eu gosto? As pessoas se surpreendem quando eu digo que gosto de certas coisas, porque elas no tem essa noo de mim, quando elas me conhecem ou quando elas recm esto descobrindo quem eu sou como pessoa.

    Bernardo afirma ser realmente adepto de um estilo completamente misto,

    no sendo de um grupo especifico, porque tem vrios elementos de estilos dife-rentes que o agradam. O entrevistado acredita que seu estilo interfere direta-mente em sua imagem perante os outros: As pessoas me veem de uma forma, acho que meio louco assim, no, no louco no sentido, bah, perturbado, mas no sentido, Ah o cara no t nem ai, ele faz o que ele gosta. Cada dia um dia, e daqui a pouco ele faz uma coisa diferente, no tem um padro de atitude. Tm pessoas que conseguem definir um padro assim, ah, ela de tal jeito e ela amanh vai ser de tal jeito, eu diria que cada dia eu t com um humor diferente, enfim, roupa diferente, jeito diferente, tudo. Em suas preferncias, seu estilo misto tambm aparece: Eu gosto de tocar violo e eu gosto de academia, festa tambm, acho que como eu digo no tem um estilo prprio, gosto de jogar vdeo game tambm. Assistir anime um negcio que eu curto; no sou muito de sries, at assisto Mr. Bean e Chaves, mas geralmente no curto, no curto Supernatural, essas paradas a. Sou muito dos animes, vdeo game como eu disse, violo, festa, academia, e isso a, corrida tambm, sinuca tambm gosto muito, mostrando que ele tem interesses de diferentes universos, do universo social (festa, sinuca), musical (tocar violo), esportivo (academia e corrida) e nerd (assistir anime e jogar vdeo game). Jlia e Bernardo, com seus estilos pa-tricinha alternativa e misto, possuem caractersticas que fogem muito do perfil do nerd clssico, como diria Bernardo No me taxam como nerd e eu diria que eu tenho um pouquinho do lado nerd. Como eu disse, no me taxaria fixamente como um nerd, eu assisto anime, curto jogar vdeo game, at fui num evento que teve, Anime Extreme. Curto essas paradas e ao mesmo tempo eu sou super extrovertido, gosto de festa, gosto de esporte. Ambos gostam de sair para a festa e socializar, distanciando-se do perfil isolado e tmido do nerd; ela passa uma imagem de guriazinha e ele de algum com estilo misto, enquanto que

  • 20

    um nerd clssico passaria a imagem de tmido, estudioso e uma pessoa com suter de losango, com culos, cheia de espinha na cara, com um gibi embaixo do brao (Jlia), ambos possuem variados interesses, que vo desde sries at ir para a academia, ao contrrio do nerd clssico, que possui seus interesses voltados ao seu universo, nerd aquele que joga RPG o dia inteiro (Bernardo).

    Embora no possuam o esteretipo de nerd, Jlia e Bernardo se interes-

    sam muito por esse meio. Jlia demonstra grande interesse pelos super-heris da Marvel e da DC e pela srie Game of Thrones: Quanto mais foi divulgado esse universo mais eu comecei a assistir filme e a me envolver com isso e achar muito interessante, tipo coisas que geralmente eram consideradas de guri, agora faziam parte da minha vida sabe, ento, por exemplo, Game of Thrones, tambm considerado muito coisa de nerd e uma srie assim que eu adoro, eu leio os livros, eu acompanho sempre e foi uma coisa assim, muito natural, eu simples-mente descobri que eu gostava do nada, no aconteceu assim, nada que tivesse me impulsionado, todavia afirma ainda sentir-se meio perdida nesse universo nerd, que to grande, por ter comeado a se interessar por ele h pouco tempo, sofrendo certa influncia de seus colegas: Meus amigos, meus colegas me in-fluenciaram, assim alguns eu via comentando sobre quadrinhos, sobre livros es-pecficos e tal que me deram vontade de ler, mas foi uma coisa bem natural assim (...) Curto mais os filmes, porque sempre gostei de filme e livros, eu gosto muito de livro, mas ainda me sinto muito perdida quando as pessoas falam em assuntos de super-heris que eu no sabia da existncia, ento , as vezes eu me sinto meio poser, mas porque eu recm debutei. Em contrapartida, Ber-nardo j tem interesses do universo nerd desde pequeno: Nasci em 94, poca em que a gurizada assistia Cartoon Network, naquela poca boa do Cartoon Network que dava Sailor Moon, Samurai X. Hoje a gente tem Chowder, uns ba-gulhos nada a ver. Ento uma coisa que desde pequeno eu assistia muito es-ses desenhos japoneses. O pessoal da minha idade provavelmente assistiu tam-bm, muita gente acabou crescendo e no manteve muito a relao com isso, mas muita gente cresce e continua gostando disso ai, adultos at no Japo, por exemplo, mais assistido anime do que novela, isso uma coisa que bem interessante. Ento eu gosto muito de animes, Pokemon um que eu adorava e da a partir disso, joga o jogo do Pokmon tambm, ento vai indo n, uma coisa vai puxando a outra. uma coisa que eu diria que tem no mundo nerd ah tu gostou duma coisa, da tu olha outra e vai puxando, as coisas vo se relacio-nando. Ambos os entrevistados mostraram que gostam de tal universo por ele ser, realmente, um universo: um ambiente diferente do que esto acostumados a frequentar, com altas doses de fico e fuga realidade, o que pde ser per-cebido a partir das citaes meio que um escape da realidade, uma coisa muito ficcional, mas ao mesmo tempo muito idealizada, num sentido que a gente gostaria que fosse verdade, ento meio que uma utopia, mas que agra-dvel porque tu sabe que no vai ser real e tu te diverte lendo aquilo mesmo sabendo que no vai se tornar realidade, que eu sempre gostei de fico ento eu sou meia suspeita para falar assim sobre diferenciar realidade e fico, por-que uma rea que me interessa muito principalmente em questo de leitura, mas eu acho que um tipo cultural importante que muito significativo pra muita gente (Jlia) e Eu diria que um outro ambiente, um ambiente que uma outra sensao , tu ta com um grupo de pessoas diferentes, diferentes do que tu ta acostumado a frequentar. Ento quando tu ta num grupo nerd, digamos assim,

  • 21

    eu diria que tu te sente a vontade de falar sobre aquelas caractersticas que te colocam naquele grupo, por exemplo, na faculdade eu no vou conseguir con-versar sobre jogos, sobre essas coisas com algum ou outro colega, at vou con-seguir, mas no todos. (Bernardo).

    A partir das anlises dos interesses dos entrevistados, pode-se perceber que eles possuem interesses que fazem parte do universo nerd, mesmo no se con-siderando nerds ou sendo vistos como tais. Uma citao de Julia explica esse fenmeno: (Pergunta: Tu acredita que a percepo das pessoas em relao a esse universo est mudando?) Sim, com certeza. Olha a quantidade de filme de super-heri, que t saindo agora, sabe t muito divulgado. Esse negcio de Mar-vel e DC Comics acho que t expandindo muito esse universo dos nerds, com certeza Jlia acredita que a percepo do esteretipo do nerd est mudando, assim como o universo nerd est mudando: nerd era um esteretipo que a so-ciedade costumava excluir, hoje so mais includos, nerds so os patres do futuro. Na verdade, o que acontece que o nerd clssico, citado anteriormente, est mais para um esteretipo do que um perfil de verdade. Segundo a anlise do universo feita pelo grupo do presente trabalho, pode-se perceber que o perfil de um nerd clssico, aquele cara estudioso, aplicado, aquele cara isolado que no vai muito a festa, que usa aquelas camisas de losangos e leva um gibi embaixo do brao e que joga RPG o dia inteiro na verdade difcil de se en-contrar, porque ele um esteretipo. As pessoas que se assemelham comple-tamente a esse perfil so em pequeno nmero, principalmente se comparadas ao tamanho do universo do qual participam. A expanso da cultura nerd quebrou barreiras em relao a esse estereotipo, sendo que pessoas que no possuem o perfil do nerd clssico passaram a se interessar por esse universo e o prprio perfil passou a mostrar-se como apenas um esteretipo: cada vez menos pode-mos definir uma pessoa em apenas um estilo com determinadas caractersticas (como patricinha, nerd, etc) e cada vez mais as pessoas se encaixam no estilo misto citado por Bernardo, possuindo um pouco de cada universo.

    O pblico no-nerd que gosta do universo nerd consumidor em poten-

    cial para a Nerd Universe. Os entrevistados citaram que possuem objetos nerds; Jlia afirmou que tem camisetas, itens de decorao e presentes, que tem von-tade de comprar tudo sobre os filmes que ela gosta e o que a atrai para esse universo. Bernardo afirmou possuir camisetas, como por exemplo, do Goku (de Drangonball) e do Pikachu Vitruviano (na camiseta, o personagem de Pokmon imita a posio do Homem Vitruviano, de Da Vinci). Sendo assim, poderiam ser consumidores da Nerd Universe. Todavia, ela afirmou s consumir em loja fsica e ele, em eventos, sendo contagiado pela turma e pelo ambiente a comprar. Como eles, muitos consumidores em potencial da marca podem apenas consu-mir em loja fsica ou se contagiados por ocasies nerds (como eventos), o que se torna um desafio para a Nerd Universe, pois ela perde muitos clientes que pensam dessa maneira, na medida em que a loja vende apenas pelo site online, no possuindo loja fsica. A loja participa de eventos, mas como visualizado pe-las entrevistas, ela pode participar ainda mais, pois os eventos so uma tima oportunidade para captar novos clientes, alm de comercializar com consumido-res que no costumam consumir no dia-a-dia.

    Para entender como a Nerd Universe poderia estabelecer um bom relaci-

    onamento com esse pblico, os entrevistados foram questionados a respeito.

  • 22

    Para manter clientes fidelizados, ambos citaram a importncia de um produto diferenciado, Bernardo afirmou: Eu busco a marca que me da aquilo que eu preciso, aquilo que eu necessito (...) acho que o principal assim tu ter bastante numero de usurios satisfeito com o produto que tu oferece, porque da outros que busquem o mesmo tipo de produto vo conversar com essas pessoas e ter esse produto como uma referencia boa. Ento um grande numero de usurios satisfeitos uma boa propaganda, e Jlia confirmou ao explicar: S o fato dela ter um produto que eu gosto, ela no precisa fazer mais nada, ento para mim s o fato dela ter uma variedade daquilo que eu goste j um baita atrativo. Para mim no precisa mais fazer muita propaganda sobre isso. Eles demonstram que o atendimento tambm de extrema importncia. A partir da constatao de Jlia: Eu j fui olhada meio estranha quando entrei em uma loja nerd, porque sei l, os vendedores, na maioria so barbudos de piercing, de alargador, de no sei o que, cheio de tatuagem e eu sou muito gurizinha, s vezes, ento as pes-soas ficam pensando ah, ela deve ter vindo comprar alguma coisa para o namo-rado ou o que que ela ta fazendo aqui? Acho que ela entrou na loja errada. Mas sempre fui tratada bem, s que tu sente que a pessoa acha que tu no pertence aquele lugar, porque no parece que tu gosta das coisas que esto presentes naquele ambiente, podemos perceber como o atendimento de uma loja nerd no pode ser: excludente, uma vez que o universo nerd est cada vez mais am-plo, crescente e unificado. Cruzando com a constatao de Bernardo: Uma loja com uma aparncia voltada para aquilo ali, normalmente tu vai se sentir mais a vontade. Com quem se encaixa naquele estereotipo, mesmo tu no se encai-xando, porque ali tu ta buscando, que nem tu disse, nerd de carterinha, roqueiro de carterinha. Tu entra numa loja de rock, mesmo que tu no seja super ro-queiro, tu vai gostar que te atendam l um cara todo de preto, (para te orientar melhor), tu vai se sentir mais a vontade, do que se for algum que nem tu assim (com menos do esteretipo). Tu vai querer algum que seja daquele estilo de carterinha digamos assim, tu vai se sentir mais a vontade, com certeza., per-cebemos que o atendimento deve possuir bastante do estilo que vende, uma vez que o consumidor se sente mais seguro e informado sobre o produto de um uni-verso se quem vende-lo for algum do prprio universo. Portanto, o atendimento ideal de uma loja nerd o atendimento simptico, no-excludente e, principal-mente, que entenda do universo nerd.

    Como forma primordial para a escolha de novas lojas para consumir tem-

    se, para os entrevistados, a indicao e a referncia. Sendo assim, o buzz-mar-keting (propaganda boca-a-boca), toma uma importante proporo na divulga-o de uma marca. Para Bernardo, O principal tu ter bastante nmero de usu-rios satisfeito com o produto que tu oferece, porque outros que busquem o mesmo tipo de produto vo conversar com essas pessoas e ter esse produto como um referencia boa ento um grande nmero de usurios satisfeitos uma boa propaganda, melhor at que uma propaganda, por exemplo, televiso ou online. (Pergunta: e se, por exemplo, tivesse dois concorrentes iguais o que tu faria? Como tu escolheria a marca? Como ela se destacaria para ti?) Depende muito do valor do produto, se um produto de baixo valor enfim, uma marca de Ketchup, por exemplo, eu numa semana um, em outra semana outro, dai expe-rimentaria os dois e dali veria qual o melhor. Agora quando uma coisa mais cara a gente normalmente pede alguma indicao (...) a gente consulta com al-

  • 23

    gum que a gente tenha contato e confiana e digamos que o comentrio da-quela pessoa j basta, mas eu diria que quanto maior o valor do produto, mais pessoas tu consulta, por exemplo, carro, tu pergunta para vrias pessoas. e para Jlia, O importante o boca a boca, quando tu tem um amigo que "ai, comprei essa camiseta em tal lugar", ento tu tem a recomendao de algum e tu vai l e tu recomenda para algum tambm e assim vai se expandindo. Por exemplo, no precisa ficar entregando panfleto, nem colocando outdoor para descobrir a marca gostar e voltar l. Ento eu acho que principalmente conquis-tar o pblico aos poucos, o que vai te fazer ter um publico mais duradouro e mais fiel. E para conseguir que esteja bem e bastante falada, a Nerd Universe precisa entrar mais em contato com seu pblico-alvo, o jovem interessado pela cultura nerd. Alezi Goulart, presidente da Nerd Universe, j afirmou que essa sua principal forma de divulgao. Pela anlise da entrevista, percebemos que essa tcnica deve ser mantida e aprimorada.

    Jlia e Bernardo foram questionados tambm com o intuito de entender

    como seria, na viso deles, uma loja nerd ideal. Jlia comenta que a variedade

    de produtos muito importante: (As lojas nerds) Ento acho que tem muito mais

    possibilidade de produtos que d para fazer com esses temas (quadrinhos) e eu

    acho que seria um bom investimento correr atrs de coisas que as pessoas pos-

    sam usar no dia a dia, por exemplo, caneca, copo, sei l, coisas simples e sem-

    pre quando eu fui comprar uma camiseta de super-heri nunca tinha uma verso

    feminina, sempre tive que comprar masculina e customizar, porque ela ficava

    gigantesca em mim. Ento acho que seria um bom atrativo fazer verses femini-

    nas de coisas nerds tambm, porque no s guri que gosta disso e muitas

    vezes eu no t afim de recortar toda a camiseta, capaz de estragar, para ela

    ficar adequada ao meu corpo. Ento acho que pode ter mais variedade, princi-

    palmente para o pblico feminino, pois as camisetas que possui foram compra-

    das na verso masculina e personalizadas por ela prpria, uma vez eu no havia

    verso feminina nas lojas que consumiu; tal variedade deve ser expandida prin-

    cipalmente para aqueles produtos que deram origem a tudo, segundo Jlia,

    como por exemplo, os HQs dos super-heris (que foram a base para a criao

    de filmes, desenhos e sries de todo esse universo dos heris), que deveriam

    ser encontrados com maior facilidade em lojas nerds: As pessoas pegam e fa-

    zem camisetas do lanterna verde, t legal tem uma camiseta do lanterna verde

    na loja, s que eu s vi o filme do lanterna verde, eu no sei qual a historia do

    lanterna verde. Ento, tipo ao em vez de ter s camiseta poderia ter o gibi, podia

    ter outras coisas, podia ter o filme, o poster, podia ter outros materiais, no s

    roupa. Jlia tambm comenta que a demonstrao da existncia destes produ-

    tos nerds em uma loja muito importante, pois, muitas vezes, ela encontrou pro-

    dutos nerds em lojas que nunca imaginaria encontrar: Essas lojas de coisas

    nerds no so exclusivamente coisas nerds, por exemplo, tem uma loja que tem

    um monte de coisas de rock na frente e se tu no entrar, tu nunca vai descobrir

    que ela de coisa nerd tambm. Ento eu acho que, s vezes, as lojas se rami-

    ficam muito e no focam em uma coisa especifica. Eu acho que isso as vezes

    acaba dispersando as pessoas , tipo, tu passa na frente e pensa ah, no deve

    ter o que eu t procurando, ento as vezes as pessoas deixam de comprar por

    causa da aparncia da loja ou pela falta de demonstrao do contedo que tem

  • 24

    dentro da loja". Jlia demonstra que ter um site bom e atualizado, assim como

    uma loja fsica tambm so muito importantes para a manuteno dos clientes:

    Eu sempre curto pginas de lojas que eu tenho interesse em voltar a comprar e

    eu t sempre acompanhando, principalmente quando eu t em busca de alguma

    coisa especifica, eu sempre vasculho todo o site, eu vou na loja, ou ligo e per-

    gunto quando chega. Eu corro bastante atrs assim de quando eu gosto de uma

    marca, eu t sempre presente na loja. Jlia inclusive segue a pgina da Nerd

    Universe no Facebook, mas no compra com a marca por ela no possuir loja

    fsica: "Uma coisa que me chateia o fato de algumas lojas no terem lojas

    fsicas e isso complica bastante o fato de eu comprar ou no, porque eu no

    costumo comprar pela internet. Ento se eu conheo uma loja que eu sei que

    oferece produtos do meu interesse, eu sempre vou atrs e, s vezes, eu tenho

    que encomendar coisas, mas tudo bem, eu sempre sei que eu vou ter quando

    eu precisar. Ento eu acho que ter uma loja fsica faz toda diferena na minha

    deciso de compra, acho que isso o mais importante para mim. Sendo assim,

    tendo uma loja fsica com produtos de qualidade, que esteja com suas pginas

    online atualizadas (porm no sobrecarregando o cliente: Baseada nas nossas

    preferencias online, geralmente marcas chegam at ti conforme as tuas pesqui-

    sas, ento essa eu acho que uma boa estratgia, s que, por exemplo, esses

    dias eu comprei uma coisa para minha v na internet e da ao mesmo tempo

    vieram outras vinte e quatro empresas oferecer o mesmo produto. s vezes,

    muito sobrecarregante o excesso de informao, mas eu acho que esse link que

    as empresas fazem sobre coisas que eu gosto e coisas que eu possa vir a gostar

    uma coisa interessante, porque geralmente elas acertam) a chave para um

    bom relacionamento para o cliente. Ela comenta tambm que o marketing e o

    relacionamento com o cliente so muito importantes para a marca: Nunca fui

    em inaugurao de loja nem nada disso, ento eu no sei at que ponto isso

    influenciaria a minha compra, mas acho que toda a forma de marketing vlido.

    . E tambm afirma que as lojas nerds atualmente perdem oportunidades que

    poderiam utilizar para gerar receita e fidelizar consumidores: Quando eu fui na

    pr-estreia de vingadores, eu esperava alguma coisa relacionada a isso e no

    teve absolutamente nada. Foi um evento que foi esperado por muita gente e no

    teve absolutamente propaganda nenhuma de loja querendo se promover, nem

    nada disso e com certeza ia ter dado lucro, porque eu iria comprar uma camiseta

    na pr-estreia do filme dos vingadores. Ento, acho que as vezes as empresas

    perdem as oportunidades assim de lanamento de filme, e lanamento de qua-

    drinho para poder se promover quando eles poderiam tipo t tirando muito lucro

    disso. Bernardo concorda com Jlia no sentido de que a divulgao online

    muito importante, porm, como ela, pensa que as lojas devem tomar cuidado

    para no se tornarem desgastantes: No acho que a loja deve ir atrs dos cli-

    entes, mas simplesmente divulgar na pgina dela os produtos disponveis e a

    partir disso quem acompanha a pgina ir buscar esses produtos, mas ir atrs

    do cliente se torna algo persistente e que, assim como o produto diferenciado e

    o atendimento, a aparncia da loja tambm importante: A distncia tendo um

    site bem interativo, mostrando bem os produtos, proporo, dimenso e na parte

    fsica uma loja chamativa, no tanto por fora, mas mais dentro. Sendo que Ber-

    nardo est h mais tempo imerso no universo nerd, ele j participou de mais

  • 25

    eventos nerds que Jlia e d grandes ideias para o que ele acreditaria ser ben-

    fico para uma marca no sentido de relacionamento com os clientes. Ele acha

    interessante que as marcas organizem tipos de feiras para demonstrao de

    seus produtos: acho legal eventos que demonstrem a funcionalidade dos pro-

    dutos, que renam pessoas do mesmo interesse. Esses eventos organizados

    pela marca so importantes, porm acho que esses eventos no podem ser fei-

    tos em grande quantidade, ou seja, a marca no pode lanar um produto, fazer

    um evento e daqui a dois meses lanar outro produto e fazer outro evento. Acho

    que a marca precisa conseguir aglomerar bastante informao e lanar tudo em

    uma espcie de feira, um encontro maior j avisado com antecedncia para po-

    der comercializar os seus produtos., assim como eventos nerds que renam

    pessoas que se interessam por esse universo: Outra forma a marca investir

    em eventos que no mostrem (os produtos), mas interajam, que faam as pes-

    soas participarem, (...) no caso da universo nerd, acho que a galera gosta muito

    de jogos, ento eventos que reunissem o pessoal pra uma competio e no final

    colocar um prmio (Bernardo sugeriu que fosse um produto da prpria loja). As-

    sim, ao mesmo tempo tu t interagindo com pessoas que gostam do que tu

    gosta, tu vai estar na loja vendo o que eles esto vendendo, mesmo que tu no

    ganhe, tu vai ter gostado de estar l, vai bater um papo legal, vai quem sabe

    adquirir produtos que esto l. Contribui para a concepo da marca, tu fala a

    marca meio que personalizando ela. Bernardo cita que, alm de a marca orga-

    nizar seus prprios eventos, ela deve, concordando com Jlia, tambm aprovei-

    tar as oportunidades j existentes, como estreias de filmes, citando que a pre-

    sena da loja inclusive aumentaria a segurana e o entrosamento dos consumi-

    dores nerds, sendo que ela no apenas venderia produtos, mas criaria uma ima-

    gem muito positiva entre seus consumidores, citando um exemplo que aconte-

    ceu com ele: Esses encontros, exemplo o filme do Dragon Ball que vai estrear

    agora, o f- clube do Dragon Ball aqui de Porto Alegre, que organiza torneios

    est convidando o pessoal para ir ao cinema ver o filme. Eles (f-clube) vo estar

    l com alguns estandes, exposies de produtos. Esto aproveitando a oportu-

    nidade do filme, chamando a galera que vai se sentir a vontade, pois vai ter um

    estande e muitas pessoas que so desse universo que vo e que gostam tanto

    do filme quanto elas. Segundo Bernardo, bom que haja um local fsico espe-

    cifico onde aqueles que se interessam pela cultura nerd saberem para onde ir

    para se encontrar com pessoas que compartilham dos mesmos interesses (ele

    cita o Shopping Total, shopping conhecido pelo pblico nerd sedia eventos de

    carta, RPG, todos esses eventos ocorrem l), mostrando como seria um timo

    negcio para a Nerd Universe ter estandes ou fazer seus prprios eventos, me-

    lhorando seu relacionamento com seus clientes e o relacionamento entre os pr-

    prios clientes, umas vez que, segundo Bernardo, O pblico tambm se sente a

    vontade com toda aquela organizao nerd, quem est l no vai se sentir mais

    sozinho, vai estar na tua famlia, teu grupo, tua galera. E, segundo Jlia, Con-

    quistar o pblico aos poucos vai te fazer uma marca duradoura.

  • 26

    8. Plano de Aes

    Loja fsica: abrir uma loja fsica em Porto Alegre (cidade sede da Nerd

    Universe), no Barra Shopping Sul (por ser um shopping movimentado e com

    principal pblico pessoas de maior poder aquisitivo) ou no Shopping Total (por

    maior presena do pblico-alvo), porm isso ainda est para ser estudado, e

    ser mais bem desenvolvido com outras pesquisas especficas a respeito. H

    possibilidade de expanso para outras das principais capitais do pas, de modo

    que seja suprida a necessidade de um ponto de venda para maior confiana

    dos consumidores.

    Estandes: fazer parcerias com shoppings e cinemas, para montar estan-

    des nos mesmos em pr-estreias e estreias de filmes que tenham relaes com

    os produtos da Nerd Universe e nas universidades em eventos das mesmas

    para divulgar a marca e os produtos.

    Divulgao de eventos: divulgar mais a participao da Nerd Universe em

    eventos nerds, como Anime Extreme, onde a marca costuma apresentar um

    estande de vendas.

    CineNerd: promover eventos em espaos locados de cinema, ou at

    mesmo em espaos pblicos, com a transmisso de filmes deste universo. Co-

    locando estandes da marca no local e distribuindo brindes. Pode ser feita par-

    cerias com empresas de alimentos ou vendedores ambulantes como pipoquei-

    ros, bem como empresas de tecnologia para a transmisso do filme caso seja

    transmitido ao ar livre.

    Campeonatos de jogos: realizar eventos de jogos especficos, mas que

    possam atrair todos os tipos de tribos. A marca alugar um espao e far par-

    cerias com empresas de tecnologia, como a Dell, por exemplo, e esta fornecer

    os computadores e vdeo games, para o publico conseguir competir. Os vence-

    dores sero premiados. Os jogos podem ser: Rock Band, Guitar Hero, Fifa So-

    ccer Game, League of Legends, Dota, e assim por diante.

    Festas nerds: fazer parcerias com produtoras de festas e promover festas

    nerds com temtica de filmes, sries, jogos e estilos musicais de interesse dos

    consumidores, com concurso de jogos e brindes da marca, alm de drinques

    temticos.

    Campanha: realizar campanhas baseada nos resultados da pesquisa, se

    baseando no tema "liberte o nerd que existe em voc", para eliminar os este-

    retipos de nerds e defender a ideia de que nem s nerds compram coisas

    nerds, com o objetivo de prospectar novos clientes. Assim como a campanha

    Viajar no mundo dos nerds, que tem como objetivos mostrar o quo belo e poderoso .

    Grupos de discusso: criar grupos de discusses sobre temas nerds, o

    que ou no o nerd, como lidar com esse esteretipo e acabar com ele, e

    assim por diante, para estimular a interao. Ser feito tambm pesquisas para

    descobrir o que o pblico quer discutir.

    Descontos: oferecer descontos aos clientes nas seguintes situaes: na

    prxima compra do consumidor que postar foto com o produto e utilizar

  • 27

    hashtags criadas para divulgar a marca, no ms de aniversrio e na primeira compra.

    Parceria com blogueiros nerds e lderes de opinio na rea: fornecer pro-

    dutos, principalmente em lanamento, para blogueiros e formadores de opi-nio do mundo nerd, como os blogs .intendo, Ah Nego!, No Salvo, Omelete, Mundo Nerd, TGS Brasil, etc., para testarem e divulgarem em seus blogs e redes sociais, fazendo promoes e sorteios nos mesmos com os

    produtos da marca. Estes blogueiros e lideres de opinio tambm costumam

    estar em eventos desse universo, assim a marca pode fazer parcerias com os

    mesmos para ampliar o conhecimento do pblico-alvo.

    Concursos e votaes: realizar concursos e votaes ao longo do ano,

    utilizando o Facebook, Instagram ou Twitter. No primeiro momento se realizaria

    um concurso de estampas, possibilitando os seguidores e fs da Nerd Universe

    fazer comentrios com imagens (desenhos, esboos, ilustraes, vetores, es-

    tampas, etc.) que eles gostariam de ver em produtos da marca (camisetas, mo-

    letons, canecas, etc), os mais votados sero fabricados e os vencedores rece-

    bero um exemplar do produto com sua estampa e aps os novos produtos sero postos venda em verso limitada. Este concurso se repetir em vrias

    edies, como por exemplo, a Nerd Universe definindo o tema (srie, filme,

    jogo, etc.), e os donos das estampas com o maior nmero de curtidas ir ganhar

    o produto. Para atender melhor aos gostos e expectativas dos clientes, espo-

    radicamente sero feitas votaes de estampas, nas quais a Nerd Universe ir

    criar um questionrio nas redes sociais para fazer votaes de estampas para

    os produtos de filmes, livros, sries e jogos que os fs mais demonstrarem in-

    teresse. As estampas mais votadas sero produzidas para a venda.

    Jogo da marca: ser criado um aplicativo, verso ios e android, onde o

    jogador poder escolher o personagem (vrios esteretipos da sociedade, para

    reforar a ideia de que no s os nerds que consomem contedo nerd, como uma patricinha, um bombado, um super-heroi, um normal, etc.), e a partir da escolha o jogador ter que cuidar do seu personagem, dando-lhe comida, brin-

    cando com ele, e cuidando como se fosse uma verso do tamagoshi divertida. Cada cena ter uma parte engraada da situao, tornando o jogo cmico.

    Cada evoluo que o personagem atinge, acumula pontos, que podero ser

    trocados por alguns brindes ou produtos, dependendo da pontuao atingida.

    Ps-venda: enviar e-mail de agradecimento imediatamente aps a confir-

    mao de pagamento da compra e e-mail de pesquisa de satisfao aps a

    entrega do produto, para avaliar todo o processo, como a qualidade do produto,

    o atendimento e tempo de entrega da mercadoria.

  • 28

    9. Anexos

    (Fig. 1) Pgina inicial do e-commerce da Nerd Universe .

    (Fig. 2) Pgina inicial do Facebook da Nerd Universe.

  • 29

    (Fig. 3) Pgina de vendas de ves-

    turio no e-commerce da Nerd

    Universe.

    (Fig 3) Foto dos clientes usando as roupas

    da Nerd Universe; Pgina dos produtos

    venda

  • 30

    (Fig.4) Pgina de vendas de coleci-

    onveis no e-commerce da Nerd

    Universe.